Presidente da Nintendo terá salário cortado pela metade

29 de janeiro de 2014
Autor: Daniel Zimmermann

Presidente da Nintendo terá salário cortado pela metade

Reduções nos salários de Iwata, Shigeru Miyamoto e outros executivos da Nintendo chegarão a 50%.

Após o revés nas previsões de vendas do Wii U e 3DS e a expectativa de mais um fechamento anual no vermelho, a Nintendo anunciou que seus principais executivos terão os salários reduzidos durante os próximos meses.

O presidente da empresa, Satoru Iwata, sofrerá o corte mais drástico, de 50%. Shigeru Myamoto, criador de franquias lendárias como Super Mario, Donkey Kong e Star Fox, receberá 30% a menos. Outros diretores da cúpula da Nintendo terão reduções entre 20% e 30% no salário.

Segundo a empresa, o corte é voluntário deve durar, no mínimo, até junho, quando a situação será reavaliada. Uma situação parecida ocorreu algum tempo após o lançamento do 3DS.

Mercado mobile

Há algum tempo, a Nintendo sinalizando certo interesse no mercado de aparelhos móveis. Essa tendência foi mencionada no final do ano passado e gerou várias especulações por parte da imprensa. A mais recente delas terminou com a publicação de um artigo que dizia que a empresa começaria a criar mini-games para smartphones e tablets.

Em uma declaração recente, a Nintendo negou formalmente estes rumores:

“Nossa intenção não é disponibilizar jogos Nintendo para dispositivos móveis, como tal, não temos planos para oferecer mini-games para smartphones”

Nesta quinta-feira (30), o presidente Iwata participará de uma coletiva para revelar os planos da Nintendo em relação aos dispositivos móveis. Como mostramos aqui, a Nintendo já afirmou que este interesse, à princípio, é voltado para “pequenas experiências”, ou seja, aplicativos complementares que levem um “tira-gosto” do universo de Mario, Luigi e Cia. ao público mobile.

(Via: CVG)

15 Respostas para “Presidente da Nintendo terá salário cortado pela metade”

  • 29 de janeiro de 2014 às 16:43 -

    Thiago Tfk

  • o cara ja eh milionario q diferença faz..

  • 29 de janeiro de 2014 às 16:43 -

    Diogo Sobral

  • Iwata mostrando que é um bom CEO e assumindo no bolso o desempenho de sua empresa, quero ver alguém fazer isso aqui no Brasil.

    • 29 de janeiro de 2014 às 17:36 -

      Lipe

    • Cara, até onde eu sei, no japão é muito comum esse tipo de atitude.
      Ao invés de demitir gente, eles cortam os próprios gastos. isso diz muita coisa sobre a sociedade deles, né?? não que seja perfeita, longe disso..

    • 29 de janeiro de 2014 às 18:50 -

      Renan do Prado

    • Iwata bom CEO? Não é bem assim não…

  • 29 de janeiro de 2014 às 16:43 -

    Beto Caldas

  • pra acabar com a crise da nintendo basta lançar um mmo de pokemon… só isso.

  • 29 de janeiro de 2014 às 16:17 -

    leandro leon belmont alves

  • é, o cara pagando pelos erros…mas se jogar com as cartas certas….vai recuperar a fama para o WiiU

  • 29 de janeiro de 2014 às 16:43 -

    Francisco Ari Josino Junior

  • devia reduzir era mais, pra esses puto lembrar oq eh trabalhar direito hauhauhauhauah =p

  • 29 de janeiro de 2014 às 16:43 -

    Daniel Dos Santos Alves

  • eles cagaram a nintendo toda

  • 29 de janeiro de 2014 às 17:43 -

    Gustavo Bueno

  • a nintendo só começou a cair por causa das desições dele

  • 29 de janeiro de 2014 às 18:51 -

    Renan do Prado

  • Pra mim o corte no salário do Iwata não é intencional, mas consequência (se bem que ele é o presidente, quem aumenta e reduz salários é ele…), mas o do Miyamoto e cia acho que são voluntários mesmo.

    Por mais que o Iwata esteja fazendo (muita) merda, a Nintendo não o deixaria de lado. Imagino que essa redução seja não um apoio a ele, mas uma… “Mascarada” pra não assustar acionistas. Imagina, se o povo se volta contra o Iwata, é certeza que o cargo dele estaria em risco e isso refletiria nos investimentos que a Nintendo recebe.

  • 29 de janeiro de 2014 às 22:43 -

    Eduardo Miranda Dos Santos

  • só não pode cortar o meu!

  • 29 de janeiro de 2014 às 22:30 -

    Arthur.E

  • Não consigo acreditar que esse corte foi realmente voluntario, mas é o japão e lá eles tem outra mentalidade e pans.
    Mesmo com o Iwata fazendo tanta bobagem e tendo ficado parado sem fazer nada enquanto via a empresa que comandava seguir por três anos consecutivos no vermelho, a saída dele provavelmente não ia adiantar de muita coisa, a Nintendo teria agora que lançar grandes títulos para o WiiU e com isso aguentar firme a turbulência ao mesmo tempo que já se prepara com tudo para a próxima geração, pois acho que só bons resultados na próxima geração possa realmente reverter a situação……e sem essa bobagem de lançar o novo console um ano antes dos outros.

  • 29 de janeiro de 2014 às 23:43 -

    Halysson Abreu

  • Tem que cortar o Salário todo e mandar embora logo. A nintendo precisa de direção nova urgente!

  • 30 de janeiro de 2014 às 20:43 -

    Pedro Henrique

  • A Nintendo sempre tenta inovar, as outras só fazem mais do mesmo, espero que consigam reverter a situação, espero que não acabe igual a SEGA

  • 30 de janeiro de 2014 às 20:43 -

    Alexandre Xavier da Silva

  • Tanto a Nintendo qto a sega fizeram mto pelo mundos games, galera nova mal sabe qto divertido eram os anos 90 na questão diversão, inovação e evolução em relação a geração antiga de games.

Deixar um comentário (ver regras)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *