Análise Arkade: Human Fall Flat é caótico, desafiador e muito divertido

13 de maio de 2017
Autor: Rodrigo Pscheidt

Análise Arkade: Human Fall Flat é caótico, desafiador e muito divertido

Esta semana, um dos maiores hits da Steam está chegando aos consoles. Human Fall Flat traz seus puzzles criativos, sua física afiada e seus bonecos molengas para o PS4 e o Xbox One!

Resolvendo puzzles com bonecos molengas

Human Fall Flat é um jogo que mistura exploração, puzzles e bonecos molengas que respondem de forma relativamente realista à física. Não há uma história, uma campanha nem nada do tipo: cada fase é uma série de desafios que devem ser superados de maneira inventiva, usando a própria física e elementos do cenário para prosseguir.

Análise Arkade: Human Fall Flat é caótico, desafiador e muito divertido

O diferencial aqui é o estilo de gameplay: controlamos cada braço do boneco separadamente, de modo que ações simples como segurar coisas, empurrar, escalar, se pendurar… tudo isso se torna uma missão muito mais trabalhosa, o que rende alguns momentos de frustração… mas outros simplesmente hilários!

Até um simples trecho de plataforma pode se tornar um martírio no início. Abaixo deixo um breve vídeo de gameplay (jogando em coop tela dividida) que mostra como a simples missão de saltar e escalar pode ser particularmente desafiadora neste jogo:

Seja empurrando um vagão para servir de plataforma, controlando uma bola de demolição para derrubar alguma barreira ou atirando a si mesmo em uma catapulta (?!) para atravessar um abismo, o jogo mescla raciocínio lógico com experimentação e uma boa dose de maluquice para oferecer uma experiência bem fora dos padrões.

Em coop é mais legal

É perfeitamente possível jogar Human Fall Flat jogando sozinho, mas eu recomendo fortemente que você descole um “player 2” para jogar com você. Isso não só reimagina os desafios do game para que eles se adequem ao trabalho em equipe, como torna a resolução dos puzzles muito mais caótica e divertida!

Análise Arkade: Human Fall Flat é caótico, desafiador e muito divertido

Jogando em modo cooperativo a tela fica dividida na vertical, mas este inconveniente é compensado pela liberdade concedida aos jogadores. Fica muito mais fácil e cômodo explorar os cenários, fuçar e buscar soluções para os puzzles que o game apresenta, e mesmo que o ditado diga que “2 cabeças pensam melhor do que 1”, ainda assim você e seu companheiro terão um bocado de trabalho!

Novos conteúdos

Na prática, o Human Fall Flat que está chegando aos consoles esta semana é o mesmo que fez do game um sucesso na Steam. Porém, ele traz alguns conteúdos extras — que estão sendo adicionados também à versão PC através de um patch gratuito para todos aqueles que já tem o jogo.

Análise Arkade: Human Fall Flat é caótico, desafiador e muito divertido

Esta versão para consoles do game traz alguns novos puzzles e roupinhas para customizar os personagens, e a maior novidade é uma nova fase, inspirada na cultura Azteca, que traz uma área tematizada totalmente nova, com novos puzzles para serem superados, que rendem mais umas boas horas de jogatina.

Audiovisual

Falar da parte audiovisual de Human Fall Flat é quase chover no molhado, dada a popularidade do jogo no Youtube. Ao lado de Gang Beasts, este jogo ajudou a popularizar os personagens de pernas curtas e braços compridos que se movem de forma desajeitada, e caem daquele jeito ragdoll que todo mundo gosta. Por mais desengonçados que eles pareçam, suas animações são ótimas, e por si só rendem boas risadas.

Os cenários também são bem interessantes, ainda que por vezes pareçam meio vazios. Cada fase é uma imensa ilha flutuante tematizada, contendo objetos e estruturas condizentes com o tema (castelos, catapultas, andaimes, tratores, etc). O game prioriza cores claras, e suas paisagens sem contornos não são necessariamente incríveis, mas possuem seu charme, e contam com ótimos efeitos de luz e sombra.

Análise Arkade: Human Fall Flat é caótico, desafiador e muito divertido

No departamento sonoro o game derrapa um pouco: os efeitos até são bons, mas a trilha é quase inexistente, e quando aparece, é melancólica , e não combina em nada com a vibe fanfarrona e divertida proposta pelo jogo. Umas músicas mais constantes e animadas sem dúvida seriam muito bem-vindas e casariam melhor com a proposta do game.

Conclusão

Human Fall Flat é um jogo que pode parecer simples e até meio bobinho em uma primeira olhada, mas é capaz de entregar horas de diversão e alguns puzzles que realmente vão testar a sua perspicácia e a sua criatividade. E, como já dito, ele fica ainda mais legal se jogado em coop com outro player (lembrando que o coop é apenas local).

Análise Arkade: Human Fall Flat é caótico, desafiador e muito divertido

Por conta disso, ele é especialmente indicado para quem tem um “player 2” que tem a mente aberta para experiências gamísticas um pouco fora dos padrões, Human Fall Flat honra seu sucesso nos consoles, onde deve alcançar tanto sucesso quanto já faz nos PCs. Qualidade sem dúvida ele tem, e passada a estranheza inicial, ele se mostra um puzzle game competente e cheio de personalidade.

Human Fall Flat foi lançado esta semana para PS4 e Xbox One. O game já estava disponível para PCs desde meados do ano passado.

3 Respostas para “Análise Arkade: Human Fall Flat é caótico, desafiador e muito divertido”

  • 19 de dezembro de 2017 às 19:49 -

    GUILHERME KAIAN DE ALMEIDA DA CRUZ

  • ESSE JOGO E LEGAL QUERO JOGAR ELE

  • 30 de dezembro de 2017 às 21:51 -

    Carlos Campos

  • Boa noite. Como colocar para jogar com dois players?

  • 22 de janeiro de 2018 às 13:44 -

    PABLO

  • KKND,KGVJKLDJDJJDKK

    KIFKJFUIFFHUHF
    JKNFJKBJRFBR
    FRUFUIRBFBR
    RFUIHRGFR
    YFGGFURHF
    IRFURFR
    FJPPR

Deixar um comentário (ver regras)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *