Análise Arkade: torne-se um DJ com SUPERBEAT: XONiC EX, agora nos consoles

17 de junho de 2017
Autor: Rodrigo Pscheidt

Análise Arkade: torne-se um DJ com SUPERBEAT: XONiC EX, agora nos consoles

Um dos melhores jogos de ritmo do PS Vita chegou aos consoles de mesa recentemente: liberte o DJ que existe em você com o frenético e divertido SUPERBEAT: XONiC EX!

Contextualizando

SUPERBEAT: XONiC foi lançado originalmente para o PS Vita em 2015, fez bastante sucesso e levou até o prêmio de melhor jogo do portátil naquele ano. Considerado “sucessor espiritual” da série DJMax, o game se diferencia de outros jogos de ritmo por ter uma set list mais variada, indo do house ao RnB, passando por pop japonês e até metal progressivo.

Análise Arkade: torne-se um DJ com SUPERBEAT: XONiC EX, agora nos consoles

Considerando que o PS Vita não é lá a plataforma com maior adesão do mercado, é interessante ver o jogo chegando aos “consoles de mesa” tradicionais, o que sem dúvida permitirá que muito mais pessoas tenham acesso ao game.

Ser DJ não e fácil

SUPERBEAT: XONiC EX pode parecer “só mais um jogo de ritmo”, mas é bem mais complexo do que em uma primeira olhada. Isto porque ele divide a tela ao meio, e vai trazendo os botões que devem ser apertados de acordo com a cor/posição no controle dos dois lados da tela.

Análise Arkade: torne-se um DJ com SUPERBEAT: XONiC EX, agora nos consoles

Os controles acabam ficando “espelhados”: de um lado temos gatilhos, alavanca analógica esquerda e botões do direcional digital, do outro temos gatilhos, alavanca analógica direita e botões tradicionais. Porém, o imput não é espelhado (ocasionalmente é), de modo que você precisa coordenar seu cérebro e suas mãos para intercalar comandos do lado esquerdo e do lado direito no timing da música. Na prática, é mais ou menos como se uma pessoa resolvesse jogar Guitar Hero com 2 guitarras de uma vez só.

Confira abaixo meu gameplay de uma das músicas mais tranquilas do game:

As músicas mais simples servem apenas de aquecimento para você pegar o feeling do jogo e se habituar com o pouco convencional sistema de botões. Há uma barrinha que mostra o nível de dificuldade de cada música, e dos 3 pontos para cima, elas já são um teste insano de atenção, velocidade e perícia nos controles!

Modos de jogo

Há 3 modos de jogo principais: Free StyleTrax e World Tour. O primeiro permite que você jogue a faixa que quiser quando quiser, sem “punições”. Já o modo Trax é uma sucessão de 4 músicas ou 6 músicas com dificuldade crescente, que exige um desempenho minimamente razoável em cada uma delas para computar sua nota final. Se você mandar mal já na primeira, nem vai ter chance de jogar as próximas.

Análise Arkade: torne-se um DJ com SUPERBEAT: XONiC EX, agora nos consoles

O World Tour é, como o nome sugere, uma turnê mundial, onde precisamos tocar uma série de músicas em clubes de diferentes países. Além de mandar bem na música como um todo, também é necessário cumprir uma “missão” — por exemplo, fazer um combo de 80 comandos sem errar nenhum.

Análise Arkade: torne-se um DJ com SUPERBEAT: XONiC EX, agora nos consoles

Essa imagem só está aqui para te mostrar meu combo de 240. ;P

É preciso obedecer a ordem de países, que exigem que seu DJ Level seja alto o bastante para poder acessá-lo. Felizmente, você ganha pontos de experiência em qualquer modo de jogo, e mesmo mandando mal e levando um F, ainda assim vai ganhar uns pontinhos de XP, e há um ranking global de DJs a ser superado. Ah, e cada vez que sobe de level, libera novos avatares e outras “bijuterias” para incrementar seu perfil.

Audiovisual

SUPERBEAT: XONiC EX possui um visual minimalista e psicodélico. Luzes pulsantes e padrões coloridos enchem a tela, criando um clima bem “discoteca” que combina perfeitamente com a proposta do game. De início a gente até perde os comandos no meio da zoeira multicolorida, mas com o tempo os olhos se acostumam e aprendem a separar o background dos comandos.

Análise Arkade: torne-se um DJ com SUPERBEAT: XONiC EX, agora nos consoles

Ainda que seja um jogo cheio de efeitos bacanas, a estrela aqui é o set list, que chega bem mais encorpado que a versão Vita, trazendo um total de 65 faixas diferentes, incluindo aí conteúdos que foram lançados como DLCs para a versão portátil do game, que contava com cerca de 50 músicas em sua versão standard.

Por mais que não tenha legendas em português nem nada do tipo, isso não é realmente algo que faça diferença, visto que os menus são bem simples e auto-explicativos. Tudo é pulsante, luminoso e colorido, mantendo uma identidade visual digna de uma rave.

Conclusão

A chegada de SUPERBEAT: XONiC EX para os consoles pode não trazer grandes novidades para quem já tem o jogo no Vita, mas considerando que o público do portátil é bem menor que o do PS4 e do XOne, esta é uma ótima oportunidade para quem curte jogos de ritmo experimentar este que é um dos mais interessantes games do gênero.

Análise Arkade: torne-se um DJ com SUPERBEAT: XONiC EX, agora nos consoles

Pessoalmente, gosto de jogos que ousam mais — como o ótimo Aaero, jogo de ritmo que tem até batalhas contra chefes gigantes –, mas SUPERBEAT: XONiC EX traz um  conteúdo de qualidade, em um pacote que sem dúvida vai entreter quem curte o estilo.

Se você sempre sonhou em sem um DJ, ou simplesmente é fã de jogos de ritmo com mecânicas difíceis que podem dar um nó no seu cérebro, aqui está um jogo que não pode faltar na sua coleção.

SUPERBEAT: XONiC EX foi lançado para Playstation 4 e Xbox One no dia 7 de junho. O game também tem uma versão para PS Vita desde 2015.

Deixar um comentário (ver regras)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *