ArkadeCast 2.0 Episódio #04: Jogos de terror, creepypastas e traumas de infância

7 de novembro de 2014
Autor: Henrique Gonçalves

ArkadeCast 2.0 Episódio #04: Jogos de terror, creepypastas e traumas de infância

No quarto episódio do ArkadeCast 2.0, falamos sobre nossas piores memórias envolvendo jogos de terror com os convidados de nossa equipe, Diana e Renan! Confira o episódio completo, logo abaixo.

Desta vez temos uma rápida substituição do time, removendo a nossa musa Babi (só dessa vez, ela volta na próxima!) e chamando nossos companheiros de equipe Diana Cabral e Renan do Prado para um papo aterrorizante (ou não).

Mantendo o clima de Halloween (que já passou mas que “continua em nossos corações”), juntamos Rodrigo Pscheidt, Junior Candido, Paulo Macedo, Diana Cabral, Renan do Prado e este que vos fala, para bater um papo sobre jogos de terror favoritos, os traumas de infância que alguns deles geraram, relembrando creepypastas e debatendo como os jogos de terror mudaram de lá para cá.

Links mencionados no podcast:

Análise Arkade: A melhor ambientação da franquia e gameplay problemático em Alien: Isolation

Análise Arkade: O pesadelo pode ficar mais interessante no mundo indie em Neverending Nightmares

Análise Arkade: Embarque no pesadelo sinistro que é The Evil Within

A famosa (e bizarra) história do cartucho maldito de Zelda

Creepypasta Arkade: O pesadelo interminável de LSD Dream Emulator

Conheça a história de Centralia, a Silent Hill do mundo real

O que Um Tira no Jardim de Infância e Silent Hill têm em comum?

ArkadeCast 2.0 Episódio #04: Jogos de terror, creepypastas e traumas de infância

Lembrando que você pode nos acompanhar pelo Spreaker, que é onde hospedamos os episódios, pelo ask.fm, email, e agora podemos ser encontrados também no agregador de podcasts Youtuner, onde você encontra ótimos podcasts nacionais, como Matando Robôs Gigantes, Gorila Polar, Jogabilidade… e agora, o nosso também!

E você, qual foi sua melhor (ou pior) experiência com os jogos de terror? Já trollou algum coleguinha com algum jogo de terror? Compartilhe conosco a sua história, e ele será lida no próximo ArkadeCast!

6 Respostas para “ArkadeCast 2.0 Episódio #04: Jogos de terror, creepypastas e traumas de infância”

  • 7 de novembro de 2014 às 18:00 -

    leandro leon belmont alves

  • parabéns a Arkade pelo cast, embora não curta o gênero

  • 7 de novembro de 2014 às 21:55 -

    RAUL

  • Pode até não ser de terror, mas eu me caguei quando aquele raptor salta da janela em Dino Crisis. Fica aí o primeiro susto que me marcou. 

    • 9 de novembro de 2014 às 19:14 -

      Henrique Gonçalves

    • Que nem os Boys of Silence que aparecem no Bioshock Infinite, MENINO FDP QUE APARECE DO NADA!

  • 9 de novembro de 2014 às 00:12 -

    Leonardo Giuliani

  • Venho aqui comentar que gostei muito do cast novamente, porém quero fazer uma crítica a edição de áudio, porque muita vez a música de fundo do cast, estava no mesmo volume das falas, dificultando o entendimento. Mas quanto ao tema terror, não sou muito fã, mas quando falamos de Survival horror, não tem como não falar de Bioshock 1 e 2 que são super jogos!!! 

    • 9 de novembro de 2014 às 19:13 -

      Henrique Gonçalves

    • Foi mal, acho que acabei me animando demais na hora de editar e deveria ter verificado mais uma vez para corrigir o nível do áudio com as nossas vozes. Valeu pelo feedback Leonardo!

      E cara, acho que Bioshock tem umas das ambientações mais creepys e bizarras de todas, especialmente o primeiro. Outro que não é bem de terror mas tem uma vibe bem tensa no jogo inteiro é o Fallout 3, tem algo naquele mundo pós apocalíptico que faz o clima dele ser bem pesado… talvez sejam os Deathclaws.

       

Deixar um comentário (ver regras)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *