Dos campos para os jogos: games que se destacam no realismo e outras curiosidades

2 de novembro de 2017
Autor: Arkade

Dos campos para os jogos: games que se destacam no realismo e outras curiosidades

Quem é gamer e vivenciou a década de 1990 jogou muitos clássicos esportivos do videogame. Grandes títulos como Superstar Soccer, André Agassi Tennis e os primórdios da saga Madden foram jogos muito populares, mas pecavam pela falta de autenticidade completa.

Mais de 20 anos se passaram e alguns games continuam incompletos neste quesito, como é o caso clássico do Pro Evolution Soccer, do Brasileirão no Fifa e dos estádios genéricos que há tempos fazem parte dos jogos de futebol.
Portanto, é de se admirar jogos franquias como NBA, MLB The Show e esportes americanos no geral contenham todos os estádios onde acontecem os jogos, praticamente todas as equipes com jogadores, incluindo os reservas, e até mesmo os técnicos delas.

Além de constatar quais jogos de hoje que oferecem realismo no gameplay e nos nomes das ligas/jogadores, também lembraremos de alguns não tão novos que sempre se destacaram pela autenticidade e outros que ainda pecam neste quesito.

NBA 2K na ponta — Esse é talvez o jogo mais completo e realista dos esportes atuais. A produtora do jogo faz questão de colocar mínimos detalhes no game, o que, claro, ajuda a popularizar ainda mais esta franquia de sucesso.
Como se não bastassem os ginásios, uniformes e jogadores atuais presentes, o NBA 2K também conta com uma gama enorme de equipes clássicas. Tem atletas antigos desde a década de 1960 e eles utilizam os uniformes clássicos que marcaram cada época.

Para completar o pacote, os narradores, comentaristas e toda a equipe de transmissão são personalidades muito famosas nos Estados Unidos, como Shaquille O’Neal e Ernie Johnson.

MLB The Show logo atrás — Não é um jogo tão completo quanto a franquia NBA 2K, mas o MLB The Show tem seus destaques. Assim como no jogo de basquete, esse game de beisebol também traz muitos jogadores clássicos e estádios originais de várias décadas passadas.

O principal ponto falho do MLB The Show é não ter todas as ligas menores, que são consideradas essenciais para diversos fãs do esporte. Ainda assim, tudo que acontece na MLB, que é a liga de beisebol mais forte do mundo, está presente no jogo.

Clássicos que se destacam — Não são apenas os jogos atuais que contam com muita riqueza em detalhes inseridos. Dentre os antigos, não é possível deixar de citar os jogos da série Tony Hawk’s Pro Skater.
Além de Hawk, skatistas como Bob Burnquist, Steve Caballero, Chad Muska, Bam Margera e tantos outros atletas clássicos tiveram participação na franquia. A popularidade do game foi tão grande que, junto com o nome de Hawk, ajudou a impulsionar o esporte no mundo.

Também há um clássico jogo de poker que chama atenção em relação ao quesito autenticidade. O World Series Of Poker (WSOP) foi um game recorrente na última década, principalmente para a plataforma de PlayStation e Xbox. Na versão de 2008, por exemplo, além do nome do evento, jogadores famosos como Phil Gordon e Mike Matusow estão presentes no game.

Considerando a popularidade crescente do esporte online e o fato de novos praticantes receberem diversas facilidades para começar. Na 888 Poker, por exemplo, há um bônus para o primeiro depósito com até 100% do valor dobrado. É curioso o fato de na geração atual de videogames ainda não existir um game tão expressivo como o WSOP.

Madden NFL ainda sem uma lenda — Demorou algum tempo para a saga Madden finalmente se atrelar a NFL, mas quando isso aconteceu, o progresso em relação ao realismo dos jogadores, estádios e uniformes foi considerável. No entanto, em pleno 2017 a franquia ainda não consegue ter o técnico Bill Belichick no game.

Belichick é amplamente reconhecido como um dos maiores treinadores da NFL e todos os anos um substituto aparece no lugar do famoso e ultracompetente treinador do New England Patriots.

Apesar disto, considerando que praticamente todo o resto está presente e o game é um dos mais realistas e completos disponíveis, trata-se mais de uma curiosidade que um problema verdadeiro.

Futebol sem Brasileirão — Durante vários anos o game Fifa contou com o Brasileirão, entretanto isto mudou nas edições mais recentes. Na última que foi lançada, o nome do campeonato foi alterado e o jogo conta com apenas 16 das 20 equipes brasileiras.

Apesar desta falta, que afeta principalmente os fãs brasileiros da franquia, o jogo ainda conta com os jogadores e uniformes de diversas ligas, além de muitos estádios ao redor do mundo.

Uma resposta para “Dos campos para os jogos: games que se destacam no realismo e outras curiosidades”

  • 7 de novembro de 2017 às 17:08 -

    Anonimo

  • Claro, aue tem tudo, ele só tem que administrar a licença de UMA LIGA

Deixar um comentário (ver regras)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *