CCXP 2017 – Galápagos Jogos investe em board games acessíveis para novos adeptos

10 de dezembro de 2017
Autor: Junior Candido

CCXP 2017 - Galápagos Jogos investe em board games acessíveis para novos adeptos

Com o crescimento de adeptos dos board games, novos nichos de mercado vão surgindo. E um destes nichos são formados por pessoas que jogavam ou até jogam jogos mais simples em tabuleiro, como Detetive ou o Banco Imobiliário, porém desejam uma experiência mais profunda, mas sem a complexidade de um War Game. Em seu estande na CCXP, a Galápagos Jogos se mostrou atenta a tudo isso e trouxe boas opções.

Entre elas, um jogo com tema de O Poderoso Chefão, que dá ao jogador a possibilidade de comandar a máfia e lidar com sindicatos, policiais corruptos e tudo o mais que o universo do filme tem para oferecer, dividido entre os quatro atos do clássico de 1972. Com o nome de The Godfather: Império Corleone, o objetivo é obter dinheiro atrás de meios ilícitos e conseguir lavá-lo, além de mantê-lo protegido. A proposta é de um jogo completo, com várias coisas a se fazer, porém com uma duração curta, já que os atos guiam a jogatina, que leva cerca de uma hora e meia.

Outro produto bem simples e acessível é Zombicide, jogo para até seis jogadores, que oferece partidas de 20 minutos em um tabuleiro iniciante, até três horas, se jogado em um tabuleiro expert. O jogo te faz virar um sobrevivente de uma cidade cheia de zumbis, buscando o equilíbrio entre sobreviver e matar os seres. O zumbicídio vai aumentando o nível de perigo do jogo, que vai deixando cada vez o erro mais imperdoável.

Para apresentar os jogos, e ensinar os interessados sem experiência em jogos deste gênero, a Toddy montou um espaço, com curadoria da Galápagos Jogos. A iniciativa mostrou que pessoas de todas as idades podem se divertir com um tabuleiro, já que crianças e adultos circulavam pelo espaço com muita alegria. Estes jogos, por causa do sucesso de projetos bem complexos, acabam assustando alguns jogadores, mas iniciativas como a que vimos mostra o quão simples um jogo de tabuleiro pode ser, e ao mesmo tempo levar diversão e jogatina mais complexa do apenas “ande duas casas”.

Deixar um comentário (ver regras)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *