O que a chegada do MSI ao Rio de Janeiro pode significar para o eSport brasileiro?

9 de fevereiro de 2017
Autor: Junior Candido

O que a chegada do MSI ao Rio de Janeiro pode significar para o eSport brasileiro?

Goste ou não, o eSport no Brasil não é mais uma promessa, já é realidade. Claro que em comparação com alguns países, ainda há muito o que se melhorar, porém não tem como negar a influência e a força de torneios e equipes, que estão conseguindo conquistar cada vez mais espaço em nosso país.

E mais uma grande notícia chega para os fãs do eSport: o Mid-Season Invitational, ou MSI, organizado pela Riot, que reúne os campeões das ligas oficiais de LoL do mundo todo, terá o Brasil como sede. Primeiro, os estúdios da Riot em São Paulo receberão de 28 de abril até 6 de maio a primeira fase. E, entre os dias 10 a 14 de maio, a Jeunesse Arena (ex-Rio Arena), no Rio de Janeiro, receberá a fase de grupos, e também sediará as finais, que ocorrerão entre os dias 19 a 21 de maio.

Ainda sobre o torneio, o MSI deste ano terá a presença de todas as 13 ligas profissionais de League of Legends do mundo, por isso a primeira fase, chamada de Fase de Entrada, será realizada, para que todas as equipes possam ser alocadas da melhor maneira possível na tabela. E o time brasileiro que participará será o campeão da primeira etapa do CBLoL, participando do torneio na Fase de Entrada.

Para o Brasil, receber um evento deste porte significa muito. Leo Tang, gerente de eSports da Riot Games no Brasil, afirmou que o torneio segue o plano de melhorar o nível dos jogadores brasileiros. “Estamos felizes em anunciar o MSI no Brasil. Temos trabalhado para dar uma experiência de nível internacional para os jogadores brasileiros e receber o MSI no país é um reconhecimento de que estamos atingindo nosso objetivo. É muito empolgante trazer para o Brasil um torneio internacional com os melhores nomes do cenário profissional mundial”, explica.

Além disso, o Brasil ganha mais exposição no mundo do eSport. Hoje, temos, além das tradicionais transmissões no Youtube, Twitch e Azubu, eventos sendo transmitidos ao vivo em canais de esportes como o Esporte Interativo, a ESPN e a SporTV. Jogos e mais jogos aparecem buscando o seu espaço entre os jogadores e público e os atletas já contam com status de estrela. Mas isso não pode nunca significar uma zona de conforto, já que este universo vive em constante mutação e exige de jogadores, imprensa, dirigentes e demais pessoas envolvidas, muita atenção com tudo o que ocorre, não permitindo que os atuais resultados positivos signifiquem uma tirada do pé do acelerador. O mundo do eSport será injusto com quem fizer isso.

Sim, receber o MSI fará com que mais fãs de eSport pelo mundo possam olhar para o Brasil, e também fará com que o LoL (e por tabela, muitos outros jogos) seja capa e matéria de mais veículos de notícias “extra-games” possível, mas que não fique apenas nisso. Que todos os envolvidos possam aproveitar para melhorar ainda mais o cenário, com esta oportunidade. Que os jogadores possam evoluir mais em suas performances, que as equipes sejam mais organizadas e continuem oferecendo o melhor para seus atletas, que os torneios sejam mais sérios, e que o público em geral, especialmente o gamer, pare com o preconceito com o eSport, pois o sucesso desta modalidade, só faz bem para o nosso cenário, atraindo o olhar de produtoras, fabricantes de equipamentos e gerando mais oportunidades de se fazer o videogame no Brasil ser considerado cada vez mais, algo sério e digno de atenção.

2 Respostas para “O que a chegada do MSI ao Rio de Janeiro pode significar para o eSport brasileiro?”

  • 9 de fevereiro de 2017 às 21:19 -

    Ronald

  • Ótimo pro cenário nacional essa vinda do MSI. Receber um evento desse porte mostra que o Brasil está no caminho certo pra tornar o eSport forte.

  • 12 de fevereiro de 2017 às 02:07 -

    Alessandro

  • Nunca joguei lol mas fico muito feliz de ver um evento desse porte no Brasil, o esport ganhando cada vez mais atenção por aqui, é o nosso mercado no rumo certo.

Deixar um comentário (ver regras)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *