Como escolher e configurar sua TV para games

4 de abril de 2012
Autor: Rodrigo Pscheidt

Você já deve ter se perguntado: qual a melhor TV para instalar um videogame? Como configurar uma TV moderna para melhor usufruir dos seus games? O que é melhor: plasma, LED ou LCD? Se você já caiu nestes dilemas, fique tranquilo: a Arkade preparou um guia completo, com dicas para você escolher e/ou configurar a sua TV da melhor forma possível!

As TVs de alta definição já estão populares há um bom tempo no mercado, e explodiram de vez com a chegada dos videogames da atual geração e dos leitores de blu-ray.

Mesmo assim, muitos jogadores ainda têm dúvidas na hora de escolher uma TV, ou não se preocupam em configurar corretamente a tela para a jogatina. Este guia lhe dará algumas dicas valiosas na escolha da uma TV ou, para quem já tem uma , poderá saber como melhorar a qualidade visual dos seus jogos.

1 – Qual TV escolher?

As tecnologias disponíveis atualmente são: LCD, LED e plasma. Confira a seguir os pontos fortes e fracos de cada tipo de TV:

LCD: essa se tornou muito popular pelos tamanhos pequenos de tela, possibilitando preços mais baixos. As vantagens do LCD em relação às TVs de plasma são o peso reduzido, menor consumo de energia e tela com baixo nível de reflexividade.

As TVs de LCD são melhores para ambientes bem iluminados. Um dos maiores problemas do LCD é a possível aparição de pixels mortos ou presos, assuntos que abordaremos mais adiante.

LED: não é exatamente uma nova tecnologia. Usa um painel de LCD como os modelos acima, mas a iluminação do painel é feita por LEDs, ao contrário das LCDs convencionais que usam luz fluorescente. Desta forma, o nível de preto é melhor. Basicamente, LED é a evolução do LCD.

As TVs de LED têm maior contraste, consome menos energia, e as TVs são mais finas. O que conta aqui é o preço. Se puder pagar por uma TV iluminada por LED, não pense duas vezes, a não ser que tenha medo dos pixels presos ou mortos, que ainda aparecem.

Plasma: por conter plasma, esse tipo de TV conta com gases nobres dentro do aparelho. Este é o motivo de não existirem TVs pequenas de plasma, pois a produção ficaria cara. A vantagem é que nos tamanhos maiores o custo varia muito pouco. Desta forma, mesmo os maiores tamanhos podem sair mais baratos que LCD ou LED.

A grande vantagem do plasma é que, em imagens escuras o gás “se apaga”, criando um nível de preto absoluto que nenhuma TV com painel de LCD (que é retroiluminado) pode alcançar. Isso gera um contraste de imagem muito maior. Outra vantagem é o tempo de resposta quase nulo. Várias TVs de LED e LCD simluam fraquências de 120 hertz ou mais para tentar diminuir esse efeito. Na plasma isso não é necessário.

Por fim, o que não faz com que plasma seja sempre a melhor escolha, é o fato de serem mais pesadas e possuírem um vidro de proteção na tela que gera reflexos, então ela é ideal para ambientes escuros. O consumo de energia também varia bem mais. Imagens escuras gastam menos energia, mas o consumo aumenta em imagens muito claras.

Conclusão: sempre existem variações entre cada marca e seus recursos. Algumas LCDs podem ser melhores que LEDs, enquanto plasmas podem ser melhores ou piores que TVs de LED ou até algumas LCDs. Mas no geral, por estarem evoluindo cada vez mais, as TVs de LED são as mais interessantes para se comprar no momento, mas se você deseja qualidade absoluta de imagem, então nada supera as TVs de plasma.

2 – HD ou Full HD?

O ideal é usar uma TV que tenha nativamente a mesma definição da resolução da imagem. Como atualmente raríssimos jogos rodam 1080p nativos, TVs com resolução HD (720P) terão melhor qualidade de imagem.

Ao contrário de monitores CRT que possuem resolução dinâmica, onde os pixels mudam de tamanho conforme a resolução de entrada, TVs de LCD e plasma possuem resolução estática. Desta forma, os pixels da imagem terão que se esticar para encher resoluções maiores como Full HD, resultando em uma qualidade comprometida.

Note que o termo “resolução dinâmica” se aplica também à resolução que a TV atinge em imagens em movimento, porém usamos o termo para definir o tamanho dos pixels, que varia nos monitores para se adequar ao vídeo, mas não na TV.

3 – Cabos

Existem 3 cabos de imagem para videogames: vídeo composto, vídeo componente e HDMI. Ainda existe a conexão S-Video (intermediária entre composto e componente), mas que raramente é usada, e poucas TVs possuem entrada para essa conexão.

O problema da história dos cabos é que muita gente acredita que o jogador deve escolher o cabo apenas pensando na resolução da TV. Não é bem assim. Confira abaixo os detalhes de cada um desses cabos:

Vídeo composto:

Cabo padrão de consoles da geração passada e DVD players. Possui apenas uma conexão para a imagem (ponta amarela) e duas conexões de áudio. É o pior de todos os cabos, deixa a imagem borrada e não aceita alta definição nem progressive scan (480i). Mesmo as TVs de tubo e DVD players mais modernos já possuem entradas de cabo video componente, o que tornou este cabo praticamente obsoleto.

Vídeo componente:

Os consoles atuais e os da geração passada (com excessão dos modelos mais novos do Gamecube) suportam essa conexão. Basicamente, a imagem que antes ia toda para o cabo amarelo é dividida em três cabos (geralmente um azul, um verde e um vermelho), o que dá uma refinada na imagem.

O ponto mais importante neste tipo de cabo, é que todas as TVs de tubo, ou que não sejam de alta definição, também têm entradas componentes (a não ser que sua TV seja muito velha, mesmo!). Com esta conexão, a imagem fica bem melhor do que usando um cabo composto, mesmo que a resolução da imagem seja a mesma.

As bordas ficam mais finas, as cores melhores, e os textos mais definidos, mesmo em imagens na resolução 480i. O  vídeo componente suporta alta definição, mas neste quesito ele perde para o HDMI na qualidade de cores, então só deve ser usado para este fim quando o jogador não tiver de fato um cabo HDMI.

HDMI:

Cabo extremamente popular hoje em dia. Áudio e vídeo digitais em alta definição, tudo em apenas 1 cabo, o que acaba com a embolação e transmite cores melhores e mais vivas que o componente. Se você tem uma TV de alta definição e um console com saída HDMI, este cabo é obrigatório para uma melhor experiência.

Observações:

Alguns jogos da geração passada suportam 480p, mas o formato widescreen é uma opção distinta. Eles podem suportar progressive scan, mas não suportam o formato widescreen.

A maioria dos jogos do Nintendo Wii suportam 480p e widescreen. Note que uma imagem 480p não é padrão 16:9, como acontece nas resoluções 720p e 1080p.

A imagem abaixo ilustra a diferença de tamanho entre os formatos mais comuns:

A resolução 480p, ou progressive scan, só pode ser alcançada com no mínimo um cabo componente, e a TV precisa suportar. Como é muito difícil existirem TVs com resolução nativa de 480p, geralmente essa resolução é usada em TVs HD ou Full HD em consoles que não suportam 720p, como é o caso do Nintendo Wii.

Muitas gente fica decepcionada ao ligar consoles da geração passada em TVs atuais de LCD ou plasma. O que acontece é que o cabo composto deixará a imagem muito mais borrada do que em uma TV de baixa definição, devido à resolução estática da tela ser muito mais alta, como explicado anteriormente.

Mudar para um cabo componente (se possível) melhora bastante a imagem e deixa a qualidade razoável, mesmo sem um recurso de progressive scan.

4 – Pixel preso e pixel morto

Geralmente são usados os termos em inglês “dead pixel” e “stuck pixel”. O pixel morto é um pixel que queimou, portanto não acende mais e fica sempre preto. O pixel preso é um pixel que não consegue mudar de sua cor primária (que pode ser azul, vermelha ou verde). Este pixel está trancado.

Esse problema infelizmente é bem comum, e pode atingir qualquer dispositivo com painel de LCD, como monitores, TVs, tablets, e videogames portáteis. Até mesmo o PSVita com sua tela OLED (neste link você vê um PS Vita com MUITOS pixels mortos).

Se você encontrou um pixel morto, infelizmente nada pode ser feito. Algumas fabricantes afirmam que de 3 a 4 pixels defeitusosos não é um defeito, portanto a garantia não cobre isso. Se você pegou um TV nova com esse problema, tente fazer a troca na loja. Isso também vale para pixels presos.

Mas para os “stuck pixels”, existem alguns procedimentos que podem fazer o pixel voltar a funcionar. Porém, não é garantido que irá fazer efeito. Os procedimentos são:

Mudança rápida de cores: existem vários programas, ou até mesmo vídeos que mudam as cores primárias rapidamente para tentar desprender o pixel. Algumas pessoas conseguem sucesso em pouco tempo, outras precisam de várias e várias horas para funcionar, e em outros casos isso não funciona. Vai da sua sorte e da sua paciência.

Pressão na tela: massagem nas áreas próximas ou toques sobre o pixel preso podem ajudar a “desprendê-lo”. Tenha cuidado apenas para não arranhar a tela (utilize um pano de proteção), e não aplique muita pressão para não danificar outros pixels  ao redor. Nem sempre esta técnica é eficaz.

Vale ressaltar que conforme a resolução aumenta, a chance de aparecer um pixel defeituoso também aumenta. No geral um pixel preso só é bastante perceptivel em imagens muito escuras, enquanto o pixel morto aparece em imagens claras.

Se você não quer correr o risco de ter esse problema, a escolha de uma TV de plasma pode ser decisiva, ou se optar por LCD, uma resolução menor é mais aconselhável, já que a maioria dos jogos atuais de consoles não rodam os jogos em 1080p nativo.

5 – Configurando a sua TV

Ok, você comprou sua TV nova, agora é só ligar e jogar, certo?

Não exatamente. Mesmo na melhor das TVs, você ainda pode alterar algumas configurações para melhorar ainda mais sua experiência de jogo.

Confira abaixo os detalhes sobre o que deve ser configurado na imagem de sua TV para que a qualidade seja aproveitada ao máximo:

Contraste: quanto mais alto, mais vivas as cores ficam. Porém, contraste muito alto faz com que as cores comecem a borrar, saindo das bordas dos elementos e dos textos. Uma boa maneira de regular isso é colocando o contraste no máximo, e ir baixando até o momento em que as cores não estiverem mais estouradas.

Cor: esse é o mais básico, e o principal nível de controle é a cor vermelha. Aumente até que tenha um vermelho vivo, mas não berrante.

Brilho: controlar o brilho também é fácil. Aumente o máximo que puder, mas sem deixar a cor preta começar a ficar cinza. Muitos jogos oferecem sua própria regulagem de brilho, mas manter o brilho da TV ajustado é sempre a melhor opção.

Nitidez: eis aqui o elemento que poderá fazer toda a diferença na imagem. Normalmente como imagens de videogames não geram ruídos, a primeira coisa a se pensar é colocar a nitidez no máximo para deixar a imagem o mais definida possível. Mas na verdade o que acontece é que nitidez muito alta gera linhas brancas nas bordas dos elementos, deixando a imagem pior, e parecendo de baixa resolução.

Para colocar a nitidez correta, você deve primeiro baixar o nível para o mínimo possível. Agora você verá que a imagem ficará borrada. O que você deve fazer agora é aumentar lentamente até que você note que a imagem deixou de ganhar mais nitidez e começou a clarear as bordas. Na maioria dos casos o nível de nitidez correto fica entre 20 e 30%, mas pode variar de marca para marca.

Redutor de ruído: os famosos “fantasmas”e interferências. Como videogames não geram ruídos de imagem, essa opção deve ser desligada, pois o que ela faz é borrar a imagem. Não existe milagre para sumir com os ruídos.

Uma dica é configurar tudo isso rodando algum jogo, para que você perceba na hora

6 – Opções avançadas

Além das opções padrões, existem alguns ajustes mais avançados e muito importantes:

Contraste dinâmico: desligue. Sabe aquela história de vendedor falando de TVs com nível de contraste com um número absurdo, como 100.000.000:1? É puro marketing. Isso é contraste dinâmico, e o contraste dinâmico pode inicialmente parecer bonito, mas olhando atentamente você pode perceber que ele estraga as cores. Como ele vai ficar desligado, esqueça esses números na hora de comprar uma TV. O que conta é o contraste estático, dificilmente divulgado pelos fabricantes.

Super branco: em algumas TVs simplesmente não dá diferença. Em outras, o branco fica mais forte, porém com aspecto azulado. Então, deve ficar desligado.

Nível de preto: aqui outra opção inútil. Você muda, e o preto fica bem mais forte. O que acontece é que o brilho foi abaixado, então daria na mesma você controlar o brilho manualmente, conforme já foi explicado. Mexer nesta opção irá acabar com todas as configurações feitas anteriormente, então tome cuidado.

Existem algumas outras opções, mas que não são tão relevantes. O gosto também pode variar para cada jogador, mas os conceitos básicos para se configurar uma imagem são sempre os mesmos.

Então, antes de ligar a TV de qualquer jeito e sair jogando, saiba que uma boa configuração pode fazer uma diferença gigantesca na qualidade da imagem!

Feitos todos os ajustes possíveis, aí é só colocar o seu game preferido para rodar, e aproveitar toda a glória que a alta definição pode nos proporcionar! Boa jogatina!

Este artigo foi elaborado por Fernando Paulo, membro da equipe de colaboradores da Arkade.

  • http://Enteryourwebsite... FeeH

    Ótima materia ! Essa semana mesmo passei o dvd pro video componente e melhorou um pouco sim , agora vou fazer isso com o wii , porém to afim de ver como ficara com o HDMIKey , mas primeiro passar pro componente , ja que o adaptador hdmi só custa 150 dilmas e o componente 50 ! Brasil néh !!!!

    • Adilson

      Olá, cara eu comprei esse dispositivo aqui: http://www.neoya.com/shop/wii2hdmi/ (mais barato). Paguei US$ 30.00 (trinta) dólares e consigo usar o Nintendo Wii com 1280x720p de resolução via cabo HDMI.
      Posso te dizer que os jogos melhoraram MUITO.
      Aqui em casa a “mulecada” tem PS2, PS3 e Xbox 360, mas a diversão mesmo acontece é jogando Wii.
      Posso dizer por mim que minha compra valeu os dólares pagos.
      Valeuzzz

      • Gabriel Alves

        Estranho, aqui na minha de 26 polegadas, me decepcionei com o wii2hdmi. A imagem ficou pior até que com o cabo composto. Já mexi em várias opções da TV e ficou até mais serrilhado. Tem alguma dica aí?

  • Henrique

    Wow… muito legal essa matéria!
    Façam um sobre como configurar monitores :D [?]

  • http://www.1pgames.com.br Abel

    Animal a matéria! Testarei na minha tv hoje.

  • Clei

    Muito boa a matéria! To testando no meu monitor aqui, depois vou ver na TV lá da sala.

    Se eu encontrasse uma camisa com esse adaptador da 1ª imagem, nem pensaria 2 vezes em comprar!

  • Rafael Guedes

    Matéria boa, mas deixou a desejar alguns detalhes:

    – Plasma é uma televisão que esquenta bastante, então é bom pensar um pouco onde for colocar a tv.

    – Poderia citar rapidamente a conexão DVI.

    – Jogos PAL nos videogames antigos podem chegar até 576p.

    – Nas televisões mais novas, você pode “renomear” cabos para suas respectivas funções, melhorando a experiência do usuário quando for utilizar o aparelho conectado. Por exemplo: na minha tv, tem como pôr a entrada HDMI que conecta meu videogame no modo “GAME”. Isso ajuda na diminuição do imput lag.

    – Lembrar que na grande maioria das vezes um monitor > televisão se for jogar (se bem que muitos nem notam). Não sei bem mas tem a ver com o imput lag também. Varia de tv para tv. Os mais prejudicados são quem joga GH ou RB, por exemplo.

    • http://blog.benzaiten.com.br Alexo Mello

      DVI eu uso no computador. Estranhamente a conexão HDMI deixou a imagem ruim (desculpe, não lembro agora o resultado), mas bem, é outro assunto!

      • Rafael Guedes

        Não é nada de outro mundo o que deve ter acontecido. Apenas uma mudança de coloração que fuçando nas opções do monitor deve ajeitar sem problemas. A única diferença entre HDMI e DVI é o áudio digital. Se você tem um monitor não-TV, nem precisa conectar a um cabo HDMI, DVI já da conta do recado.

  • KING OF KINGS

    boa pra testar, vou tentar

  • DanielWarfare

    Ótima matéria, até porque esse ano vou comprar uma TV nova(a minha é de tubo…..)

  • Raphael Cabrera

    Excelente matéria! Vai ajudar muita gente..
    Parabéns Fernando.

  • Lucas

    É agora que encomendei meu console de ultima geração vou ter que comprar uma TV “monstra” também uhsahuasas
    Mas ótima matéria, parabéns!

  • http://Vaticano-Killers.tumblr.com Yuri Nenduziak

    Muito bom mesmo, uma das melhores matérias que já li aqui, vou até indicar pra amigos e parentes.

  • Jack

    Pela primeira vez fui jogar na minha tv, usei cabo hdmi na minnha tv de LCD, mas foi horrivel jogar dota2,o mouse simplesmente estava com lag, o cursor esta em slow.

    Acho que é a minha tv, at’e porque meu laptop é bom, meu mouse tmb.

    Alguem sabe o que poderia ser?

  • Bruno

    Faz pouco mais de 1 mês que eu comprei uma de LCD, até agora não aconteceu nada de “pixel morto” ou “preso”. É muito comum mesmo acontecer isso na TV de LCD? Fiquei preocupado agora o.o

    • Fernando Paulo

      Em monitores é bem mais comum. Tanto que já peguei 2 monitores com stuck pixel. Esse que tenho no momento tem um vermelho.

      Em TVs é um pouco mais difícil de acontecer.

      • Renan

        Até em notebook já vi isso, um único pixel diferente, geralmente vermelho mesmo

  • Renan

    Execelente matéria!!!! Totalmente de parabéns!!!! Tenho uma LCD 32” Full HD onde jogo meu PS3, o cabo HDMI fez toda a diferença, mas a configuração da TV é essencial, testei as configurações no Castlevania Lords of Shadow, Nitidez no máximo ficou horrível, até que encontrei o ponto certo, o brilho normalmente eu gostava de deixar alto na época de TV Tubão, mas no LCD fica ruim, como foi falando o preto fica acinzentado. Minha TV felzimente não tem nem dead nem stuck pixels, mas meu monitor do PC tem um único pixel travado, que me falaram que a própria fabricante o bloqueia em alguns casos, não sei o pq…

    • Renan

      Joguei meu PS3 por bastante tempo numa tubão 21” dos anos 90, a imagem ficava boa, no cabo composto, o velho cabo VGA. A imagem era boa até, mas longe da imagem do HDMI. Outra dica importante é a configuração de som, a minha eu configurei como som de filme, que é a melhor configuração que minha TV oferecia, tinha tbm a configuração Game, mas não gostei muito dela. Uma vez tentei ligar o PS2 na TV Full HD no cabo VGA e vi uma das imagens mais horríveis da minha vida!!!! Então uma dica, quem tem console da geração passada, como o PS2, e uma TV LCD ou LED, NÃO USE cabo VGA, abra essa carteira e a mão de vaca e comprem um cabo melhor

  • http://www.mobilegamer.com.br Dario (mobilegamer.com.br)

    Matéria Top!

    A primeira imagem explodiu minha cabeça e a de muitos pais que achavam que aquela pecinha detonava a TV.

  • emanoel

    Excelente, tentarei aplicar aki na TV.

    Se possivel poderia fazer um desses só que para SOM. Pq o xbox 360 aqui o som fica um lixo. ( teste em 3 TVs, LG,Sony ) mexi , mexi, mexi e deixei de um jeito jogavel + mt ruim… ;/

  • http://cerebelonabrita.com.br/ Filipe Carnage

    Parabéns Fernando pela excelente matéria.

    Estava justamente conversando com um amigo meu sobre as variedades de TVs e como configurá-las essa semana toda, já que ele vai comprar uma TV nesta segunda agora. Já até enviei pra ele o link da matéria antes de ele efetuar a compra.

    Outra coisa que me ajudou é a como configurar a TV, já que me incomodo bastante com o “serrilhado” que vejo nos games ao jogar na minha LCD de 40″. Hoje mesmo chegando em casa vou aplicar essas configurações aqui explicadas.

    Alguém teria uma sugestão de alguns jogos bons para estarem rodando enquanto se configura a imagem? Dois games que me parecem bons pra se testar isso são o Assassins Creed Brotherhood e o Halo Reach(ou o outro destas séries) pois variam bem nas imagens e cenários.

    Inté mais pessoas!

    • Fernando Paulo

      Pra configurar a nitidez o Castlevania Lords of Shadow é sem dúvidas o melhor. Com nitidez alta da pra notar o show de bordas brancas. A roupa dele é vermelha também e ajuda na configuração das cores.
      Pra ajustar o contraste a interface do Burnout Paradise mostra bem as cores saindo das bordas quando está muito alto.
      E brilho acho que um jogo escuro, como Dead Space.

  • Luciano Fleck

    Pessoal parabéns pela matáeria muiro esclarecedoura, o que acham de uma plasma 3D de 50 polegada, é uma boa escolha, melhor que uma de 40 3D de LED ? Para usar no PS3 e XBOX 360 ?

    • DENIS

      eeeeeeeeeeeeeeee

  • KING OF KINGS

    A tv certa pra vc é a tv que consegue pagar kkk

  • http://alienecafe.blogspot.com/ Paulo Henrique

    Opa, muito legal o site, eu passei a acompanhar todo santo dia… Cara poderia fazer uma postagem de como usar fone de ouvido nos consoles (360 e PS3). Gosto de som alto nos games, mas como jogo a noite acabo incomodando, então queria ver as várias maneiras de usar esse acessório. Obrigado.

    • KING OF KINGS

      putz arranjei um h7 mas so transmite o microfone do outro jogador fuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu

  • LUIS RENATO

    PARABÉNS PELA MATÉRIA.

    MUITO OBRIGADO É EXECELENTE E DE GRANDE UTILIDADE.

  • fred oliveira

    O seu texto sobre o assunto foi o melhor texto que já li

    e olha que estudo o assunto a tempo,o seu texto é perfeito

    fala exatamente a vantagem e desvantagem real de cada tecnologia.

    fala perfeitamente sobre as diferenças dos cabos,as caracteristicas dos cabos etc.

  • ISMAEL

    OTIMA MATERIA MAS O MEU PS1 NAO PEGA COLORIDO NA TV LED T19B300 OBS.ELA PEGA PS2 E SEGA GENESIS,NAO ENTENDO POIS PS1 E PS2 SAO NTSC OBS PS1 DOS QUADRADO ME AJUDA AI

  • Wagner Almeida

    Amigo …tenho uma TV PLASMA 42″ LG ano 2006 .
    Comprei um PS3 , USEI TODAS AS CONECÇÕES E DEVIDOS CABOS .
    e não sobe a tela , nem HDMI nem vIDEO COMPONENTE NEM OS CABOS NORMAIS AMARELO VERMELHO EM BRANCO NAS SAIDA DE S- VIDEO .

    aLGUME PODERIA ME DIZER SE TEM ALGUMA CONFIGURAÇÃO ESPECIFICA
    OU SE MINHA TV NÃO SUPORTA O PS3 .

    Obrigado

  • DENIS

    a minha TV e um LED se eu soubesse que tem esse problema dos pixel morto eu não teria comprado então aconselho a te uma se não quiser anda te raivakkkkkkk

  • http://123456 123

    vai toma no cu porra vai te fude pau no cu………… _)_

    • http://123456 123

      kkkk….

  • Alan Marques

    Recentemente comprei uma LG LED 3D 42″ e ontem fui jogar PS3 nela e estou muito decepcionado com o resultado pois a resolução ficou muito ruim (joguei Assins Creed 3, F1 2012, PES 2013). Tive que voltar a jogar na antiga TV: uma SONY LCD 32″.
    O pior é que os filmes (bluray e DVD) também ficaram com uma imagem pior na LG do que na SONY.

    • marcos

      Tenha em mente que nenhuma marca de televisor se compara a sony,podem falar o que quiser,mas a sony é sempre superior em nitidez,tom de cor,nivel de preto etc,principalmente quando se trata de games,aí ela ganha de lavada!Jamais abra mão de uma Sony,a imagem dela é sempre melhor.Depois dela a que mais se aproxima é a Samsung…

      • Elissandro

        Vocês tão errados! melhor marca de tv é Panasonic, principalmente de Plasma.

  • http://fecebook diego

    minha tv e pylipis ela nao tem av tem como ligar o video game

  • irlando

    eu costumo jogar varias horas por dia sem parar, quando eu digo varias, eu quero dizer 6h,8h por dia,e sempre que eu jogo muito, eu comesso a ficar com dor de cabeça devido a imagen que quando ta clara deixa a minha vista cansada e quando ta escura eu forço muito a minha vista pra einxerga. eu queria saber se tem como eu deixar a imagen de um modo que fique perfeita pra jogar varias horas

  • Lucas

    gente qual é a melhor calibragem pro t27a550 pra jogar ps3?

  • lucas

    se o cabo hdmi e tao bom assim tecnicamente o ps3 que le ate blu ray deveria vir de fabrica com o hdmi pq ele vem so com o de video composto??? isso nao faz sentido… alguem saberia o pq disso?

    • marcos

      simplesmente porque o cabo HDMI é mais caro e pois ate bem pouco tempo atras nem toda tv tinha entrada HDMI,como as tvs de tubo por exemplo… simples assim,mas o cabo HDMI é infinitamente superior ao de video composto que vem de blinde,é mesma coisa de vc comparar uma ferrari a um gol 1.0,ligue um PS3 em uma boa tv de led nos 2 cabos em um jogo top de grafico como uncharted ou god of war e veja a diferença! uma imagem vale mais que mil palavras…

  • Severino

    Não encontrei nenhuma resposta do que eu estava procurando, vcs são uns cornos viados mesmo pra colocar uma coisa dessa, não me ajudou em nada

  • http://comprartv.com.br/melhores-televisoes-jogar-videogame/ Guido

    Gostei da matéria, parabéns!

  • danilo

    boa materia… mas meu caso é q tenho uma tv de led 40′ e uma lcd 26’… tentei ligar o nintendo 64 pelo cabo rca e ficar ruim a imagem… conprei um coversor rca para hdmi.. e continuou ruim… ae comprei os cabo rf… mas nao aparece imagem na tv.. coloco no canal e nada.. sintonizo e tbm nada… alguem sabe um modo de fazer ficar bom a imagem… tenho uma tv tubo de 20′ mas queria dispensar ela

  • daniel

    depois fala sobre assasinos creed como deixa a tela mais colorida no hdmi XBOX 360

  • nando

    Obrigado! pessoal da arkade me ajudaram bastante com essa matéria ^-^

  • nando

    a primeira imagem do aparelho me lembra a minha primeira tv que não tinha entrada para audio e video composto e usava esse aparelho com o nome RF mais só que era outro modelo ^-^

  • Anklas Ribeiro

    Olá, tenho um Nintendo 64 e vou adquirir uma TV HD. Li em outro Blog, que o ideal seria um cabo S-video, no entanto, hoje em dia praticamente não existe Tv Hd com essa entrada. Se eu utilizar o Video Componente numa TV HD, o resultado irá ser catastrófico, com cores borradas. O Nintendo 64 não suporta saída de video componete e nem HDMI. Somente Video Componente, S-video e RF. Destes três, qual ficaria melhor numa TV HD?

    • Anklas Ribeiro

      Ops, desculpe, o Nintendo 64 só tem cabos para S-video, Video Composto e RF. Qual destes ficaria melhor numa TV HD?

Olá, Visitante!

Faça login ou cadastre-se