Creepypasta Arkade: Especial Halloween – Os segredos macabros de World of Warcraft

31 de outubro de 2014
Autor: Renan do Prado

Creepypasta Arkade: Especial Halloween - Os segredos macabros de World of Warcraft
World of Warcraft é o MMO mais famoso e mais jogado em todo o mundo, atraindo dezenas de milhares de jogadores novos a cada momento. O mundo de Azeroth é imenso, e esconde muitos segredos. E alguns são muito bizarros.

World of Warcraft. Você conhece esse nome mesmo que nunca o tenha jogado, ou quem sabe (apesar de muito improvável) jamais viu algum game da franquia. Mas você conhece esse nome, ou a popular sigla WoW pela qual o game é mundialmente conhecido. World of Warcraft é o MMORPG mais popular do mundo, e o mundo de Azeroth, onde acontecem as histórias do game é imenso, recebendo sempre novas expansões que tornam o gigantesco mundo ainda maior e com muito mais atrações para os jogadores.

E uma das características mais atrativas do game são seus inúmeros segredos. Seja os itens em lugares remotos, easter eggs bem escondidas, lugares de difícil acesso, entre muitas outras coisas. Se você quiser tentar descobrir tudo o que há no game por conta própria vai precisar de muito, mas muito tempo sobrando e mesmo assim com certeza deixaria muitas coisas passarem batidas.

Creepypasta Arkade: Especial Halloween - Os segredos macabros de World of Warcraft

Mas por ser um game 100% online, WoW passa por curiosas situações: O mundo todo de Azeroth, apesar de extenso e populado por milhões de jogadores que normalmente acessam o game simultaneamente, possui muitas áreas desertas. Acontece que, quando uma nova expansão é anunciada, a massa de jogadores migra para as novas áreas disponibilizadas, com isso, muitas cidades e áreas do game tornam-se completamente vazias de jogadores, povoadas somente pelos NPCs programados para habitar esses locais.

As áreas mais antigas perdem o interesse dos jogadores, que ou já fizeram tudo o que era possível nelas, ou não quiseram esperar para explorar as áreas novas. E o que sobrou foram belas paisagens livres da presença de jogadores, como a cidade de Silvermoon ou The Exodar. Existem ainda outros locais abandonados no jogo, incluindo uma área inacessível em meios normais. Abandonada pela própria Blizzard e descoberta por jogadores atentos aos mínimos detalhes dos cenários.

Quando a primeira expansão do game, The Burning Crusade foi lançada. a região de Deadwind pass foi adicionada ao game. Nessa área existe uma enorme torre, a torre de Karazhan. Rumores se espalhavam de que a torre seria muito maior do que aparentava, pois além de toda a sua área que elevava-se da superfície, diziam que Karazhan teria sua versão invertida, estendendo-se da base da torre abaixo, nas profundezas do solo. Sendo a exata cópia da torre, mas de cabeça pra baixo. A própria história da torre dava indícios a isso, porém a tal torre invertida jamais foi encontrada, possivelmente nunca sequer tendo sido criada.

Creepypasta Arkade: Especial Halloween - Os segredos macabros de World of Warcraft

A torre de Karazhan

Mas há um lugar secreto nessa área que se estende abaixo do solo. Uma área que ficou conhecida como “Lower Karazhan”. Atrás da imponente torre, há um misterioso cemitério que não possui nenhum propósito real. E dentro desse cemitério, uma escadaria desce até um portão de metal fechado e intransponível. Não há nenhuma forma de se abrir o portão, mesmo sendo possível ver o caminho que desce até uma nova área. Mas jogadores dedicados e decididos a explorar aquela área descobriram como acessá-la, explorando glitches que permitiam atravessar o cenário e literalmente cair dentro da área bloqueada pelo portão.

A extensa área descoberta, uma dungeon não usada no game, está completamente vazia. Não há nenhum inimigo a se enfrentar, e nenhum item a se coletar. Ela é composta por diferentes zonas, algumas não completamente vazias, e muito estranhas. Em uma das zonas, chamada de The Pit of Criminals há uma gigantesca pilha de ossos humanos empilhados logo abaixo de um gigantesco buraco que se inicia na primeira área da cripta, a Weel of the Forgotten. Mas isso não era nada comparado com o que veio duas zonas depois, no lugar chamado de The Upside-down sinners (Os pecadores de cabeça pra baixo). O nome é estranho, mas é literal. Ao andar por essa área, o jogador encontraria uma enorme área alagada, e ao nadar por ela, um susto: Debaixo d’água correntes gigantescas se estendem de um lado a outro, e várias correntes pendem do teto, com enormes e afiados ganchos em suas pontas, balançando em um lento ritmo.

Creepypasta Arkade: Especial Halloween - Os segredos macabros de World of Warcraft

E a parte mais estranha, dezenas de humanos mortos pendurados de cabeça pra baixo nas correntes. Ao se aproximar deles, era possível notar duas coisas: Eles não tinham mãos e não tinham olhos. A razão para a existência dessa área, bem como a das dezenas de humanos mortos debaixo d’água jamais foi revelada. Foi revelado porém que no incio da produção de WoW, bem como de suas expansões, muitas ideias foram criadas, porém descartadas sem qualquer motivo aparente, simplesmente a equipe de desenvolvedores decidiu não usar tais ideias. Porém, jamais foi explicado que função, ou porque haviam tantos NPCs mortos nessa área, se era simplesmente um recurso visual, ou se eles possuíam alguma relevância para o enredo do game.

A cripta de Lower Karazhan explorada

Apesar disso tudo, a área está “aberta” a quem quiser tentar acessá-la e mesmo após tanto tempo de sua descoberta, a Blizzard não removeu a área do game ou mesmo corrigiu os glitches que permitem os jogadores de entrarem no local. Talvez eles tenham considerado isso como um esforço inválido, ou deixaram isso da forma que está propositalmente, para os jogadores tentarem explorar?

Mas isso é só apenas uma de muitas outras coisas estranhas que podem ser achadas no mundo de Azeroth. Inúmeros easter eggs podem ser encontrados, como esqueletos em uma barbearia, referência ao personagem Sweeney Todd o barbeiro demoníaco. E até mesmo um easter egg em homenagem ao falecido ator Robin Williams. Mas ainda existem mais coisas escondidas no MMO, e especialmente uma dessas coisas é estranhamente bizarra.

Ao criar uma conta em WoW, você deve escolher uma das várias raças disponíveis para criar seu personagem. Cada raça possui sua cidade inicial, e conforme o jogador progride pode ir até outras cidades e conhecer todas as outras regiões do game. As primeiras cidades de cada raça são criadas com o objetivo de serem o primeiro lar e local de treinamento dos jogadores iniciantes antes de partirem para suas aventuras reais. E após estarem fortes o suficiente para explorar o mundo, alguns jogadores podem não querer mais voltar para essas primeiras cidades. E perder cenas incompreensíveis.

Creepypasta Arkade: Especial Halloween - Os segredos macabros de World of Warcraft

Localização de Goldshire

Se você iniciar sua aventura com um personagem humano, seu jogo vai começar na região de Northshire. Após estar forte o bastante para deixar esse local, o destino mais escolhido pelos jogadores é a cidade de Goldshire, local onde se encontra a primeira taverna para aqueles que iniciam o game como humano. Mas os jogadores que passarem muito rápido por essa cidade não notarão tudo o que se encontra nela, e passarão batido pela coisa mais estranha que existe no mundo de Azeroth. Pois durante um horário específico, algo acontece nesse lugar.

Cada raça de WoW possui seres de diferentes idades, e como era de se esperar, até mesmo crianças e bebês. De todas as raças, a raça humana é a que possui o maior número de crianças. Na cidade de Goldshire existem seis crianças, aparentemente normais para quem olha, mas que possuem um macabro segredo. Em um ponto afastado à nordeste da cidade, existe uma casa aparentemente normal, como qualquer outra casa do local. Exceto se você passar nesse local durante certo período do dia. Dependendo do servidor em que você estiver jogando, ou se você for realmente alguém viciado em WoW a ponto de jogar até de manhã, quando o relógio do servidor estiver marcando 7:00 da manhã as crianças irão aparecer dentro da casa.

Creepypasta Arkade: Especial Halloween - Os segredos macabros de World of Warcraft

As crianças de Goldshire

E um arquivo de som do game, com uma música única que não toca em nenhum outro lugar de Azeroth irá tocar, uma música assustadora e diferente de todas as músicas do jogo. O curioso é: Essa música toca somente dentro dessa casa. Gritos, sussurros, choros também podem ser ouvidos dentro da casa, e vez ou outra uma voz falará com o jogador. Essa estranha voz diz ao jogador “You… Will… Die” (Você… Vai… Morrer), ou então lhe dá um aviso: “Death is close” (A morte está próxima). Essa voz pertence a C’thun, um dos maiores inimigos do game, sendo um dos Old Gods, criaturas que desejam o caos e a destruição acima de tudo.

Segundo a mitologia do game, Azeroth foi criada pelos antigos Titãs como um mundo belo e cheio de harmonia. Após os Titãs deixarem o mundo, os Old Gods o encontraram e o invadiram. Eles então retornaram o mundo a seu estado primordial de caos e destruição, deturpando os elementos que constituíam o mundo e tornando-os seus vassalos na forma de poderosos Elementais. Os Titãs então voltaram para acabar com a destruição e salvar Azeroth. Uma feroz guerra aconteceu e foi vencida pelos Titãs. Dos cinco Old Gods, apenas três sobreviveram, e foram aprisionados nas profundezas do solo, onde não poderiam mais atacar. Um desses deuses era C’Thun, Cujo nome e visual foi baseado no monstro Cthulhu, criado pelo escritor H.P. Lovecraft. Rumores de alguns jogadores falam que a criança líder do grupo pode em alguns momentos falar “Remember C’thun? Good ol’ C’Thun.” (Lembra-se de C’Thun? Bom e velho C’Thun).

Dentro da casa, as seis crianças: Cameron (O líder), John, Jose, Lisa, Dana e Aaron se posicionarão de uma maneira bizarra e curiosa. Duas crianças ficarão ao centro do quarto olhando uma para a outra. E em cada canto do quarto haverá uma criança olhando para as duas no centro. Fora as animações padrão das crianças, elas não farão mais absolutamente nada. Até que, as 7:15 AM no horário do servidor, elas deixarão a casa e caminharão juntas nos arredores, marchando em uma posição específica com uma das crianças ao centro e as outras 5 a sua volta, formando a imagem de um pentagrama. Elas andarão para diferentes  locais da região, indo e voltando parecendo estarem andando sem qualquer rumo.

Elas caminharão para lugares específicos, mas aparentemente sem nenhum propósito. Pelo padrão dos caminhos que as crianças percorrem, muitas pessoas especularam que elas estavam tracejando um grande pentagrama no mapa. E algo muito estranho, se você ficar no meio das crianças e verificar o seu quest helper, ele dirá que você está há exatamente 666 jardas de distância da floresta de Ewynn e da fronteira de Stormwind.

Não é possível interagir com as crianças de nenhuma forma. Não é possível falar com elas, e como regra de WoW, é impossível causar qualquer dano a elas. Ao encontrar as crianças, tudo o que pode ser feito é observá-las enquanto realizam seu estranho ritual, até que as 07:40 AM elas retornam até a estranha casa, e novamente se posicionam imóveis no quarto, até que as 08:00 AM elas simplesmente desaparecem.

A Blizzard nunca detalhou ou se pronunciou oficialmente sobre essas crianças. Não se sabe quem as inseriu no game, ou qual é o seu propósito. Por conta disso, muitas especulações existem sobre o significado daquelas crianças, assim como muitos rumores. É dito, apesar de não existir provas disso, que um funcionário da Blizzard, mais especificamente um Representante de Atendimento aos Clientes revelou que as crianças demoníacas de Goldshire são na verdade um easter egg da série Diablo. Mas não há qualquer prova ou informação para sustentar isso.

Os jogadores então levantaram a teoria de que as crianças são um easter egg de um antigo filme de terror americano: The Children of the Corn (No Brasil conhecido como A Colheita Maldita). O filme de 1984 é baseado no conto de mesmo nome escrito por Stephen King e lançado no ano de 1978 no livro de contos Sombras da Noite. O filme altera muito o enredo original do conto, e conta a história da cidade fictícia de Gatlin, perto de Nebrasca, que vive graças a economia agrícola e a seus extensos milharais.

Em um ano de péssima colheita, um estranho garoto aparece e começa a pregar para todas as crianças da cidade a salvação dos milharais através do assassinato de todos os adultos que vivem nela. As mortes dos adultos são oferecidas em sacrifício a um demônio conhecido como “Aquele Que Anda Por Trás das Fileiras” e que vive no milharal. O filme teve uma péssima recepção, apesar de contar com muitas continuações e ser estrelado por Linda Hamilton, a eterna Sarah Connor da série O Exterminador do Futuro.

Creepypasta Arkade: Especial Halloween - Os segredos macabros de World of Warcraft

Cena do filme “Children of the Corn” – 1984

Porém tudo permanece sendo pura especulação. Muitos jogadores acreditam que existe um propósito para existência das crianças, e que possivelmente ela tenham algum tipo de quest envolvida, mesmo que nada tenha sido lançado até agora e provavelmente nunca venha a ser lançado, pois se o objetivo das crianças envolvesse alguma quest relacionada a C’Thun, o tempo para sua criação já passou, pois o Old God já teve seu fim nas mãos de milhares de jogadores.

Lower Karazhan, as crianças demoníacas de Goldshire de todos os segredos de Azeroth, esses certamente são os mais obscuros. Mas será que isso é tudo? Existem muitos outros segredos e bizarrices no game, como macabras tendas cobertas por peles humanas, entre outras coisas tão estranhas quanto isso. Uma nova expansão de World of Warcraft vem aí com Warlords of Dreaenorque mostrará uma viagem ao passado que alterará um importante fato histórico na vida dos Orcs. Será que novos e talvez ainda mais assombrosos segredos serão adicionados?

Você é jogador de WoW? Já conhecia esses segredos? Caso sua resposta seja não, você pode ver esses segredos por conta própria. Para ver as crianças de Goldshire basta ir até a misteriosa casa as 07:00 da manhã no horário de seu servidor e elas aparecerão. Rumores dizem que elas aparecem por volta do dia 10 de Julho, mas não há confirmação disso. E se você quiser tentar forçar o glitch que lhe dá acesso a cripta proibida de Lower Karazhan, assista o video abaixo que mostra como entrar nesse misteroso local:

Os significados de muitos desses segredos continuam sendo um grande mistério, na falta de respostas, os jogadores de WoW acreditam que tudo foi criação de produtores ociosos, que decidiram colocar esses segredos por pura diversão. Mas nada faz os jogadores deixarem de pensar em quais teriam sido as quest ligadas a Lower Karazhan, bem como se um dia as crianças de Goldshire receberão algum significado a mais. Só resta aos jogadores imaginar o que poderia ter sido.

E vocês jogadores de World of Warcraft, já encontraram coisas estranhas em suas partidas? Coisas aparentemente sem sentido e muito macabras? Compartilhe suas experiências ou medos conosco! Afinal, o que mais poderia existir em Azeroth?

(Via Cracked, WoW Wiki, Gotgame, A.V. Club)

18 Respostas para “Creepypasta Arkade: Especial Halloween – Os segredos macabros de World of Warcraft”

  • 31 de outubro de 2014 às 00:58 -

    Edgar Menezes

  • Ótima matéria, achei muito interessante. Espero que mais matérias desse tipo saiam falando dos segredos de outros games. Sempre achei WoW interessante mas ao tentar jogar uma vez não fui muito bem e também o fato de ter que pagar assinatura não me agradou. Quem sabe algum dia eu crie coragem…

  • 31 de outubro de 2014 às 01:53 -

    RenanLk' s

  • Ótima matéria, eu sabia de todos, mas nunca consegui entrar na Crypta de Karazhan :D

  • 31 de outubro de 2014 às 01:55 -

    Diana Cabral

  •  It is so creepy, I’m gonna die! Hahahahahaha

    Não conhecia essas histórias, apenas ouvi falarem uma vez que Karazhan é bem misteriosa… Na verdade, sempre que explorava WoW, assim como me fascinava, aquilo tudo causava um sentimento de compreensão limitado, uma apreensão pelo desconhecido. Algumas vezes, quando terminava certas dgs, eu passeava um pouco por elas para ver certos detalhes.

    O mundo, assim como o lore, de WoW é muito vasto, cheio de detalhes e easter eggs inexplorados. E acredito que isso é uma das melhores características de um MMORPG.

    Bizarrice no WoW já vi de monte e mesmo assim sempre tem um mínimo de desconforto. Como quando estou em dg ou algum map com undeads. Por incrível que pareça, jogo de boa com a raça undead (tenho uma warlock) e adoro o Halloween do jogo, o qual inclusive estou perdendo… (Nunca consegui a mount, mas tenho orgulho do title adquirido \^-^/)

    Adorei essa creepy, Renan!! Best creepypasta ever. Yes, because is about WoW. Sorry. ~♡

    • 31 de outubro de 2014 às 02:00 -

      Diana Cabral

    • Quem sabe essa Lower Karazhan ainda vá ser usada. É muito comum reviver mapas com expansões novas. Deixaram lá porque tiveram alguma ideia e engavetaram e acredito que não tiraram, pois certamente não querem descartar um mapa inteiro que pode ser aproveitado. Só falta os bichin. Hahahahahaha

    • 31 de outubro de 2014 às 08:20 -

      Renan do Prado

    • Seria interessante ter algo em Lower Karazhan, mas nada explica as crianças demoníacas!!!! Seria interessante algo a mais sobre elas tbm!!! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  • 31 de outubro de 2014 às 03:20 -

    Babiro

  • Matéria excelente Renan. Bacana conhecer um pouco mais dos segredos de WoW e Azeroth, mas sei que existem muitos outros game com segredos tão ou mais macabros que o das crianças de goldshire. E já que hoje é Halloween, você poderia fazer mais uma Creepypasta Renan, só pra “comemorar” a data, afinal que ocasião é melhor que o dia das bruxas pra colocar mais de uma creepy?!!

    • 31 de outubro de 2014 às 08:22 -

      Renan do Prado

    • kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk não sei se o povo estaria preparado pra 2 creepypastas seguidas.

      Valeu Babiro!!!

      • 3 de novembro de 2014 às 12:05 -

        Guilherme Baronto

      • Eu acesso a Arkade todo dia na esperança de ter uma creep nova… Seria legal se fosse mais frequente esses lançamentos, fica essa sugestão ^^grande trabalho!

    • 3 de novembro de 2014 às 11:29 -

      mattheews_potter

    • Não colocaram uma das mais importantes coisas, quando encontrei isso na primeira vez que vi fiquei surpreso e espantado…que é a relação do WOW com a Divina Comédia: em Deadwing Pass tem 2 ou 3 humanos enforcados e uma placa dizendo “leave all hope” ou seja abandone (deixe) toda a esperança (este é parte do aviso na entrada do Inferno no livro de Dante)…o mesmo acontece no jogo Fable the Lost Chapters onde tem uma placa com este trecho na entrada de uma caverna com uma luz vermelha saindo dela…A outra referencia de WOW à Divina Comédia é a própria DuksWood (floresta onde no testo em inglês Dante Alighieiri se perdeu) é descrita no livro como uma floresta escura, trevosa e densa ou seja igual a DuskWood de WOW e vice-versa…além daquela música sinistra do game…

  • 31 de outubro de 2014 às 09:18 -

    Chinalia

  • Esses jogos são feitos com milhares de pessoas, programadores… etc, muitas vezes os mesmo podem acrescentar pequenas coisas dentro d q foi pedido pra q fizessem e ate q isso seja percebido o jogo ja pode ter sido lançado, principalmente quando são online, em caso de lugares quando se começa esses jogos é possível milhares de ideias serem acopladas ao game mas algumas deixarem de ser utilizadas e até mesmo nunca serem usadas, mas pra mexer nisso levaria tempo e dinheiro, sendo assim menos importante.  

  • 31 de outubro de 2014 às 10:41 -

    André Costa

  • Curti a matéria hahaha, parabéns Revista Arkade, gosto desses tipos de matéria, continuem assim.

  • 31 de outubro de 2014 às 11:17 -

    Arthur

  • Esqueceram de mencionar sobre a WKM Room da cidade de Orgrimmar. https://www.youtube.com/watch?v=zjrWBjhVbNY

  • 31 de outubro de 2014 às 11:18 -

    arthur_alyson

  • Esqueceram de publicar sobre a WKM Room que existe na cidade de Ogrimmar.https://www.youtube.com/watch?v=zjrWBjhVbNY 

    • 31 de outubro de 2014 às 11:31 -

      Renan do Prado

    • Caramba, essa é bem interessante!!!!

  • 1 de novembro de 2014 às 14:41 -

    Marcos

  • Será que ninguém aqui ouviu falar em bem ou mal, ou que existem coisas como religiões pagãs e satanismo? Abram o olho pessoal, tomem muito cuidado com esses jogos e seus rituais, nada é por acaso.

    • 11 de março de 2017 às 11:32 -

      Emmy

    • El making está cool!Ni idea quien es el pana de la música, pero su nombre es por el protagonista de The Killing of a Chinese Bookie, de John Cassavettes. Mil puntos por esa refacenrie.El otro día estoy seguro que vi a Carolina Herrera esperando su limosina en los Palos Grandes.

  • 17 de março de 2015 às 22:03 -

    gui26

  • Curto demais esse jogo… são coisas realmente creepy que estão aqui… parabéns, ótima creepy

  • 12 de março de 2016 às 14:28 -

    Luiz Alcindo Lima

  • Legal, tô jogando WoW e vi essas crianças, só que fora da casa no Lago Cristal, elas ficam naquela posição com quatro formando um quadrilátero e duas olhando uma pra outra. Nunca vi essa parte delas na casa e correndo pela região, porque eu só entro a noite. Mas muito legal essa creepypasta.

Deixar um comentário (ver regras)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *