Electronic Super Joy traz psicodelia, música eletrônica e dificuldade extrema ao Xbox One

13 de janeiro de 2016
Autor: Rodrigo Pscheidt

Electronic Super Joy traz psicodelia, música eletrônica e dificuldade extrema ao Xbox One

Quando foi a última vez que você jogou um game de plataforma 2D realmente desafiador? Se já faz algum tempo e você está com saudade de “chorar sangue” na frente da TV, fique ligado em Electronic Super Joy, que chega na semana que vem ao Xbox One!

Lançado em 2013 para os PCs, Electronic Super Joy é fruto da mente insana de Michael Todd, e traz como complemento a trilha sonora “techneira” contagiante de Envy para te acompanhar por fases incrivelmente difíceis, coloridas e psicodélicas.

Na real o jogo já começa com uma mensagem bem simpática para te deixar ciente do que vem por aí:

Electronic Super Joy traz psicodelia, música eletrônica e dificuldade extrema ao Xbox One

Depois desse aviso nem tão sutil, não espere nada que faça muito sentido: a intro do jogo diz que você perdeu várias partes do seu corpo, em eventos deveras bizarros. Mas, “perder um braço nas Disco Wars ou “um olho na War of Rock n’ Roll não é nada, mas após perder seu traseiro (?!) para um Feiticeiro do Mal, você decide recuperá-lo.

Electronic Super Joy traz psicodelia, música eletrônica e dificuldade extrema ao Xbox One

E assim, o jogo narra a missão de um personagem sem nome em busca de seu traseiro. Para recuperá-lo, você vai encarar mais de 40 fases de dificuldade extrema, com cores saturadas e plataformas invisíveis, mísseis teleguiados, um Papa maluco que voa em uma nave e quer te matar (?!) e outras bizarrices nonsense.

Electronic Super Joy traz psicodelia, música eletrônica e dificuldade extrema ao Xbox One

Electronic Super Joy parece que mistura a dificuldade de Super Meat Boy com a trilha sonora de Sound Shapes, mas ainda tem uma dose de Limbo e até um pouco de Bit Trip Runner  na receita, e seu nível de desafio só vai aumentando conforme as fases passam.

É engraçado como mesmo sendo mais um representante de um gênero bem manjado (plataforma 2D), Electronic Super Joy consegue inovar e desconstruir um pouco o gênero: em algumas fases, temos plataformas “invisíveis” que só aparecem quando você “muda a cor” do cenário. Temos ainda uma fase louca que simplesmente vai se inclinando (imagem abaixo) enquanto você avança, e você deve acabá-la antes que ela fique íngreme demais!

Electronic Super Joy traz psicodelia, música eletrônica e dificuldade extrema ao Xbox One

Ele também foge do próprio gênero ao nos brindar com boss battles bem desafiadoras e que remetem a outros tipos de jogos. A batalha contra o Papa, por exemplo, começa como um jogo “de navinha” e termina em um combate acirradíssimo cheio de mísseis teleguiados que deixam rastros de arco-íris:

Electronic Super Joy traz psicodelia, música eletrônica e dificuldade extrema ao Xbox One

Acostume-se a fazer tudo correndo neste jogo: em 90% das fases tem aquele esquema da câmera ir seguindo e “engolir” você, ou seja, você nem tem muito tempo para pensar, pois se a câmera alcançar você, já era. Some essa câmera implacável com as fases que vão apresentando novidades aleatórias sem te avisar de nada e o que você tem são toneladas de mortes.

Electronic Super Joy traz psicodelia, música eletrônica e dificuldade extrema ao Xbox One

Felizmente, ele tem aquele lance imediatista de Super Meat Boy: morreu, começa de novo em um piscar de olhos. Existem checkpoints (na maioria das fases, mas não em todas) para te dar uma força, e por alguma razão que não consigo entender, cada vez que você usa um checkpoint, ouve um gemido tipo “ohhh yeeah” que parece saído diretamente de um filme pornô (?!).

Electronic Super Joy traz psicodelia, música eletrônica e dificuldade extrema ao Xbox One

Electronic Super Joy é um jogo que vai te fazer passar raiva, pois em muitos momentos sua dificuldade beira o absurdo, e você realmente não pode errar um pulo, senão já era. Porém, sua música é tão enérgica e contagiante, tudo é tão vibrante, colorido e aditivo que a chance de você ficar naquela de “só paro de jogar quando passar dessa fase” é imensa, e o sentimento de “missão cumprida” é recompensador.

O jogo será lançado no Xbox One no dia 20 de janeiro, mas já está em pré-venda com 20% de desconto, aproveite! ;)

Deixar um comentário (ver regras)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *