A Hyperkin ataca de novo e vai “relançar” o Game Boy, com luz interna e tudo!

12 de janeiro de 2018
Autor: Junior Candido

A Hyperkin ataca de novo e vai "relançar" o Game Boy, com luz interna e tudo!

A Hyperkin, depois de trazer ao mundo um Super Nintendo portátil, um outro Super NES com saída HDMI, um Atari 2600 que roda os jogos a 1080p, e sua linha RetroN, que tem como a mais famosa a RetroN 5, que roda dez sistemas antigos diferentes em um só aparelho, aproveitou a CES 2018 para trazer a sua próxima novidade: trata-se de um novo Game Boy, com as evoluções naturais que o console receberia, se fosse fabricado nos dias atuais.

O Ultra Game Boy (seu nome provisório) conta com design bem parecido com o Game Boy Light, não reinventa a roda e oferece suas novidades mais em caráter de atualização. Seu corpo é de alumínio, ao invés do plástico original, acompanha luz interna azul, e ao invés de pilhas, uma bateria que garante, de acordo com a fabricante, até seis horas de jogatina, com recarga via USB-C e saída de som estéreo mais conexão para fones de ouvido.

No mais, é o mesmo Game Boy de sempre, inclusive precisando dos cartuchos originais para funcionar, já que ele não conta com nenhuma entrada para cartões microSD nem armazenamento interno. Diferente do que a Hyperkin costuma fazer, criando produtos com design próprio, este portátil parece muito com um console oficial da Nintendo, chegando ao ponto de “enganar” algum desavisado, achando que se trata de uma versão oficial da Big N, que inclusive conta com rumores de que irá relançar seu portátil de maneira semelhante ao que já fez com o NES e o Super NES.

E este não é o “primeiro” Game Boy da Hyperkin. A empresa também tem em seu catálogo o Smartboy, um case para smartphones Android que transforma os dispositivos no portátil da Nintendo. O Ultra Game Boy terá um nome definitivo em breve, e conta com previsão de lançamento no último trimestre deste ano, pelo preço sugerido de US$100, o que dá aproximadamente R$321, fora os impostos e as taxas de envio.

Deixar um comentário (ver regras)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *