Melhores Jogos do Ano Arkade 2017: Outlast 2

Outlast 2 é a continuação que muitos esperavam de um jogo de terror que virou febre em 2013, a Red Barrels resolveu inovar e mesmo que não tenha conseguido superar o primeiro lançamento, ainda assim criou um jogo que será lembrado por muito tempo.

Em Outlast 2 você controla um personagem totalmente novo, em uma nova situação de terror e sobrevivência: a história em si pode não ser a continuação direta do primeiro, mas se passa após os acontecimentos de Outlast e tem uma certa ligação.

Desta vez assumimos o papel do jornalista Blake Langermann que viajou — junto de sua esposa também repórter — para uma região remota em busca de respostas sobre o desaparecimento de uma mulher grávida.

Chegando lá a vida dos dois vira um inferno e a realidade passa a ser somente uma miragem: o povoado da região guarda uma seita fanática cheia de segredos obscuros, e eles definitivamente não querem saber de visitantes.

Neste lugar, a mente do repórter começa a remoer dolorosas lembranças do passado, e ao somar isso com toda a insanidade dos membros da seita, Outlast 2 cria um clima de horror e tensão que chegam a superar o primeiro no que diz respeito a temas pesados e terror psicológico.

Apesar de não ter se tornado outra febre como aconteceu com o primeiro game, Outlast 2 mostrou que a franquia está viva e que você pode se sentir sufocado e encurralado até mesmo em um campo aberto.

A essência de Outlast ainda está na sequência: você usa a icônica visão noturna da câmera filmadora e passa por cenas de perseguição constante que fazem você suar frio. Seu personagem não pode se defender com armas então só o que podemos fazer é fugir e nos escondermos.

Para os fãs mais ardorosos, Outlast 2 pode ter decepcionado um pouco por deixar mais perguntas do que respostas, mas é inegável que este jogo foi sim um dos mais marcantes de 2017. Leia nossa análise completa, estoque umas fraldas e encare o terror você também!