Mighty Nº 9 ganha data de lançamento e novo vídeo com 20 minutos de gameplay

29 de setembro de 2015
Autor: Rodrigo Pscheidt

Mighty Nº 9 ganha data de lançamento e novo vídeo com 20 minutos de gameplay

Depois de um polêmico adiamento, Mighty Nº 9 ganhou uma nova data de lançamento oficial. Ah, e saiu também um novo vídeo de gameplay da demo do game!

Vamos por partes: antes de mais nada, confira o gameplay da demo de Mighty Nº 9, que foi disponibilizada recentemente em um Humble Bundle. O vídeo mostra mais de 20 minutos contínuos de jogo, passando por menus, fases e encontros com chefes, confere aí:

Agora, vamos à data de lançamento: depois de ser adiado indefinidamente para 2016 — lembrando que a a meta inicial para o lançamento do game era setembro de 2015 –, a Comcept resolveu enfim ser mais específica: Mighty Nº 9 chega no dia 9 de fevereiro de 2016.

Segundo um email que foi enviado aos backers do game — fãs que ajudaram doando dinheiro à campanha do Kickstarter — o jogo em si já está praticamente pronto, mas há muitos bugs que precisam ser corrigidos. “Todo o conteúdo do game está desenvolvido e em um estado completo. Porém, ainda há bugs e problemas relativos às funções online do jogo. Esses bugs influenciam diretamente o aproveitamento do game, então decidimos consertar essas questões antes do lançamento”, diz o email.

Mighty Nº 9 será lançado para as mais variadas plataformas: PC, Mac,Linux, PS4, PS3, Xbox One, Xbox 360, Wii U, PS Vita e Nintendo 3DS.

(Via: All Games Beta)

7 Respostas para “Mighty Nº 9 ganha data de lançamento e novo vídeo com 20 minutos de gameplay”

  • 29 de setembro de 2015 às 11:22 -

    Onigumo

  • Tomara que dessa veis saia mesmo! To doido pra jogar, espero que nao seja retro so no estilo e tenha alguma dificuldade porque na real os jogos de hoje nao DEIXAM ninguem perder, tipo: “mas eu QUERO perder!”, “Nao nao pode mais ,ja foi o tempo meu caro,,,,,”

    • 29 de setembro de 2015 às 14:30 -

      Vi Keka

    • Cara, seu argumento tá meio infundado – nada pessoal. Vamos por partes. O que faz um jogo “não deixar vc perder”:
      1. saves, continues, checkpoints, e afins. Pela lógica, eles servem para que vc, de alguma forma, consiga ganhar;
      2. a fluidez da mecânica. Se compararmos a mecânica do primeiro mega-man ou mario com jogos tipo Dark Souls (um dos que melhores usam desse conceito) você percebe uma diferença gritante. Mario mesmo só pula, pega itens, e de quando em vez solta uma bola de fogo saltitante (a grosso modo, claro). Em DS vc tem um sistema de esquiva, riposte, backstab, ataques fortes e fracos, dezenas de tipos de armas que mudam sua jogabilidade… ou seja, temos mais recursos nos jogos. CLAAARO que há jogos como CoD em que você é cravejado de balas, se auto-recupera, e consegue encontrar munição a torto-e-a-direita. Mas também temos Gears of Wars cujo conceito é basicamente o mesmo, mas que ainda assim tem um grau de dificuldade.
      Enfim, acho que o grande lance é o modo que os desenvolvedores usam os recursos disponíveis. Mighty pode ser um jogo com um bom nível de dificuldade e ainda ter uma mecânica fluida.

    • 29 de setembro de 2015 às 17:03 -

      Roniele Ferreira Brandão

    • Monster Hunter 4.
      Tente passar as missões Rank G1, 2 e 3 sozinho offline.
      vai enjoar de tanto perder…….
      Kkkkkk

  • 29 de setembro de 2015 às 15:25 -

    Amaury

  • 9 de fevereiro de 2016?? Ta de brincadeira

    • 30 de setembro de 2015 às 23:33 -

      GabrielPeresrs

    • tu nem ajudo no Kickstarter e ta reclamando

  • 30 de setembro de 2015 às 17:05 -

    Elienay Junior

  • kkk só falta cancelar ele para á geração passada !!

  • 7 de outubro de 2015 às 12:37 -

    Onigumo

  • Claro que tem suas exeçoes ne meu povo, monster hunter e dark souls foram otimos ( mas meio obvios) exemplos, ate porque eles vao na contra mao dos jogos de hoje em dia que so ficam simplificando tudo a ponto de sacrificar a dificuldade para que o jogador continue empurrando o game, oque eu quero dizer e que espero que o might 9 nao seja um azure gunvolt da vida, so isso ja tava de bom tamanho

Deixar um comentário (ver regras)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *