Review – Príncipe da Pérsia: As Areias do Tempo (filme)

24 de junho de 2010
Autor: Fábio Torres

princeofpersia02 Review   Príncipe da Pérsia: As Areias do Tempo (filme)

Historicamente, filmes baseados em games não são lá tão bons, mas de vez em quando surge um que promete salvar a lavoura. A bola da vez neste ano é Príncipe da Pérsia: As Areias do Tempo, baseado na trilogia Sands of Time-Warrior Within-Two Thrones dos games Prince of Persia.

A história de Príncipe da Pérsia consegue prender sua atenção, mas não é nada que vá ser candidato a melhor roteiro pela Academia no Oscar. O herói da película se chama Dastan (Jake Gyllenhaal), um menino pobre que, ao desafiar um dos soldados do rei Sharaman, chama a atenção deste e acaba sendo adotado. Ele então cresce ao lado de seus dois irmãos, Tus e Garsiv, sendo que Tus é o principal herdeiro ao trono. Um dia, Nizam (Ben Kingsley), tio dos três, aconselha Tus a atacar Alamut, uma cidade sagrada que supostamente traiu o império persa. É neste ataque que a Adaga do Tempo chega a Dastan.

princeofpersia05 Review   Príncipe da Pérsia: As Areias do Tempo (filme)

A Adaga do Tempo

Ao voltarem para casa, o rei Sharaman morre envenenado e Dastan é acusado de ter matado o próprio pai. Tendo agora ao seu lado a bela princesa Tamina (Gemma Arterton), de Alamut, responsável por guardar a Adaga do Tempo, o príncipe renegado busca então revelar a verdade e provar sua inocência.

princeofpersia04 Review   Príncipe da Pérsia: As Areias do Tempo (filme)

Um ponto de destaque do filme são suas cenas de ação. Dastan passa o filme todo pulando de prédio em prédio, andando por paredes e realizando as mais loucas acrobacias permitidas pelo corpo humano. Tal qual todo filme de Jerry Bruckheimer, Príncipe da Pérsia também é recheado com algumas cenas em câmera lenta – apesar de que o filme num todo se sairia bem sem elas.

princeofpersia03 Review   Príncipe da Pérsia: As Areias do Tempo (filme)

As atuações não comprometem, mas também não são de destaque. Gyllenhaal se mostra apto a atuar em filmes de ação, Ben Kingsley, grande ator que é, não foi exigido e cumpre bem o papel de vilão da película e Gemma Arterton pode não ser um primor de atriz, mas embeleza bastante o filme.

Príncipe da Pérsia: As Areias do Tempo conta com cenários belíssimos e figurino impecável. As músicas, todas instrumentais, dão o tom perfeito para o filme e casam com a história e temática.

princeofpersia06 Review   Príncipe da Pérsia: As Areias do Tempo (filme)

Se você quer uma “sessão pipoca” das boas, Príncipe da Pérsia é o seu filme. Só não vá esperando um filme sensacional e extremamente fiel aos jogos, pois não é esta a intenção do filme. É uma película boa, que certamente ganhará uma ou duas sequências, mas que dificilmente marcará época como “O” filme de videogame.

Nota: 7,5

7 Respostas para “Review – Príncipe da Pérsia: As Areias do Tempo (filme)”

  • 24 de junho de 2010 às 20:29 -

    João Pedro

  • Mt boa matéria, fez um resumo bom do filme.
    eu já assisti e gostei bastante, como foi citado
    aqui em cima, o figurino realmente ficou show
    recomendo ai aos fãs do game e de cinema

  • 24 de junho de 2010 às 21:03 -

    RituaLs

  • Gostei também.. vou assistir!

  • 24 de junho de 2010 às 21:46 -

    Wesley

  • Sem sombra de dúvida foi uma ótima adaptação.
    Espero que sirva de exemplo para os futuros filmes baseados em games.

  • 3 de julho de 2010 às 14:51 -

    Rafael_pk

  • Ainda não assisti.
    Na verdade nem li o post
    medo dos spoilers

  • 3 de setembro de 2010 às 12:05 -

    gabriel

  • sem sombra de dúvida foi uma otima adptacao mas deviam lança outro ou outros games eo filme fico da ora

  • 11 de setembro de 2010 às 08:52 -

    cassia

  • Fascinante o filme é muito bom

  • 26 de outubro de 2011 às 13:19 -

    eu

  • fico muito bam nao em

Deixar um comentário (ver regras)

Olá, Visitante!

Faça login ou cadastre-se