Revista Arkade – Edição Especial de 2 anos: A história dos videogames

20 de junho de 2011
Autor: Arkade

Revista Arkade – Edição Especial de 2 anos: A história dos videogames

Revista Arkade – Edição Especial de 2 anos: A história dos videogames

Revista Arkade – Edição Especial de 2 anos: A história dos videogamesDownload da versão em PDF
(clique com o botão direito e Salvar como)

59 Respostas para “Revista Arkade – Edição Especial de 2 anos: A história dos videogames”

  • 20 de junho de 2011 às 18:40 -

    Márcio Luís

  • Aí sim!!!
    Parabéns!!!

  • 20 de junho de 2011 às 19:00 -

    Raphael Cabrera

  • Tem várias mudanças nesta versão, fonte maior, tamanho diferente. Gostaria de saber a opinião de vocês..

    • 21 de junho de 2011 às 14:03 -

      Lady Lirudel

    • Adorei, a revista ficou maravilhosa!! Ficou apenas o gostinho de quero mais em relação aos Pcs.
      Parabéns!!!

    • 21 de junho de 2011 às 18:30 -

      Samuel

    • Muito bom!

    • 21 de junho de 2011 às 20:36 -

      Mario

    • Ficou excelente a revista. Tem qualidade, muitas outras pagas não tem. Abraços!

    • 22 de junho de 2011 às 09:57 -

      Marcello Costa

    • Realmente esta edição da revista ficou excelente,em especial a história dos videogames.Relembrei aqui bons momentos que tive com vários consoles.Gostaria de parabenizar todos os envolvidos nesta revista digital, não perde em nada para a mídia impressa.

  • 20 de junho de 2011 às 19:24 -

    Diego Estrela

  • A revista continua excelente, embora gostasse mais do tamanho anterior da fonte, talvez se houvesse um botão para aumentar ou diminuir a fonte ficasse perfeito!

    • 20 de junho de 2011 às 19:41 -

      Raphael Cabrera

    • Valeu pelo feedback Diego, a fonte é relativa ao tamanho da janela, tinhamos muito problema para leitura em monitores acima de 20′. Para diminuir a fonte, basta diminuir a janela da revista :)

  • 20 de junho de 2011 às 19:26 -

    Samuel

  • Ficou putaqueparivelmente foda essa edição. Gostei bastante das mudanças. Parabéns a toda equipe!

  • 20 de junho de 2011 às 19:28 -

    jennifer

  • eu como leitora,gostaria que existisse um epaço maior pra nos leitores,aonde podiamos ajudar nas dicas das publicaçoes,tenho medo de ser apedrejada claro,mas ta ai,fui,beijones,vou voltar pro meu battle field ;d

    • 20 de junho de 2011 às 19:45 -

      Raphael Cabrera

    • Na revista é mais complicado Jennifer, publicar as 3 versões diferentes (flash, PDF e iPad) limita um pouco as funcionalidades. Aqui no blog quem sabe, um shoutbox talvez?

      • 21 de junho de 2011 às 00:15 -

        Alexo Mello

      • “Shoutbox”, aquele mini bate-papo? É legal, é legal. Informal, apertado, mas é legal pra… “bate-papo”! rs

      • 22 de junho de 2011 às 08:25 -

        Mano Beto

      • Nossa! Que edição mais sênior hein Raphael! Nem preciso dizer que adorei né? XD
        Parabéns à equipe toda!
        Achei sensacional o novo formato, a única observação seria somente a fonte, como já foi falado antes por outros aqui.

        Novamente meu caro, parabéns! Iremos divulgar até com um post na casa dos sêniors ^_~

        Um grande abraço!

    • 20 de junho de 2011 às 19:51 -

      HaroldO

    • Eu apoio o shoutbox, uma “pergunta da semana” ou mesmo um tópico livre ocasional.

  • 20 de junho de 2011 às 19:34 -

    L

  • Tá maneira

  • 20 de junho de 2011 às 20:03 -

    HaroldO

  • Vou comentar a parte técnica primeiro já que pediram e ler antes com mais calma pra comentar o conteúdo depois.

    Primeiro, adorei que agora o padrão quando clica em “Abrir Revista Digital” é abrir em aba ao invés de janela. Testei com 3 navegadores aqui e achei a alternativa mais confortável em todos.

    Senti falta do tutorial ensinando a passar as páginas, acho que não custava manter pros leitores novos, apesar de ser bem intuitivo. Pena também terem removido a habilidade de mover páginas com teclado, eu achava bem mais confortável passar páginas assim quando lendo num notebook sem mouse.

    • 20 de junho de 2011 às 20:05 -

      Erick

    • Nós iremos adicionar os comandos pelo teclado nos próximos dias, não se preocupe. ;)

      • 20 de junho de 2011 às 20:13 -

        HaroldO

      • oh, ótimo.

  • 20 de junho de 2011 às 20:10 -

    HaroldO

  • Gostei bastante de como organizaram a os botões de miniaturas, muito mais vísivel que antigamente do lado de outros. Virar páginas automaticamente não é tão útil, mas não mata ninguém e é legal pra fazer um showcase. gostei bastante da navegação em tela cheia, deve ficar ótimo em projetor.

    Só não gostei muito da fonte. Achei que o reajuste de tamnho de acordo com o tamanho da janela deixa fonte com um aspecto meio “lamacento”. Talvez seja nesse monitor apenas, depois testo em outros. Estou vizualizando num HP Pavilion DV-4 com 1280×800.

    • 20 de junho de 2011 às 20:20 -

      Bruno

    • Aqui ficou meio borrado, da pra notar quando vc lê os textos.

      • 20 de junho de 2011 às 22:48 -

        Renan

      • Aqui ficou um pouco borrado tbm, mas nas imagens, a fonte fica perfeita para ler.

  • 20 de junho de 2011 às 20:31 -

    Bruno

  • Melhor edição que eu já vi aqui! Muito bom rever alguns consoles, e até conhecer por que tem alguns ai que eu nem sabia da existência! E é claro, conhecer mais sobre a história dos videogames.

  • 20 de junho de 2011 às 21:17 -

    josimarco

  • Meu irmão,muito boa essa viagem pelo tempo,e pela história dos consoles!!! Mais uma vez voçês da Arkade acertaram com essa matéria especial de aniversário!!! Gostei muito mesmo!!! Parabéns a todos da revista!!

  • 20 de junho de 2011 às 22:49 -

    Renan

  • Baixada aqui!!! Começando a ler!!!!!

  • 20 de junho de 2011 às 22:59 -

    jhontan manson

  • nossa me sentir com 10 anos de novo ^^ muito boa a materia o formato da revista esse inovação ficou melhor a leitura ainda mais para mim que nao enchego bem falow abra

  • 20 de junho de 2011 às 23:06 -

    renato

  • Parabéns

  • 21 de junho de 2011 às 00:15 -

    LEANDRO

  • bela revista, alias, como de praxe! parabens!
    já estou divulgando ela em meu blog!
    abraço!

  • 21 de junho de 2011 às 00:25 -

    Alexo Mello

  • Antes mesmo de virar pra página dois, quero dar os parabéns. Já gostei de várias coisas. Gostei do grande tema pra edição especial. Como costumo ler as edições em PDF, gostei de ver que montaram dessa vez a revista em tamanho nativo grande.

    Notei também as fontes não pixeladas, que ah, fazia um tempo que eu criticava. Acho que foi um avanço e agora é ir fazendo ajustes-finos. Alguns leitores podem até não gostar, mas basta ampliar alguma página pra entender que agora os textos são ‘vetores’ e vão ficar ótimos mesmo em qualquer apliação (isso inclusive melhora o aspecto “acessibilidade”, para eventualmente quem tenha problemas visuais etc.).

  • 21 de junho de 2011 às 00:30 -

    Alexo Mello

  • Vou mais a fundo. Notei que o peso (em MB) da revista em PDF desta edição ficou 2/3 menor que o número anterior! Não sei se foi por outro motivo – acredito que pelo uso de vetores ao invés de converter tudo em imagem – mas isso me permite sugerir um outro avanço. Fechar as imagens em medidas compatíveis com Full HD, que é padrão atual de telas hoje. Né, quero dizer, se eu leio em tela cheia (agora posso!), as imagens serrilham um pouco. Aumentando um pouco a definção das imagens bitmaps, a revista em tela cheia vai ficar “o ó”!

    • 21 de junho de 2011 às 00:33 -

      Alexo Mello

    • Eu só criticaria o último artigo, que mais deixou na vontade que clareou um pouco, no quesito história. Se vocês queriam falar de história, minimamente, pra computadores (hoje chamados genericamente de PCs), assustem a gurizada direito e comecem falando dos verdadeiros computadores pessoais que tivemos aqui no Brasil, os micros da linha Sinclair, sem som e sem cores e com mídias em fitas K7. Kkk! Aí a gurizada ia saber o que é velharia. Disquete… DOS… Isso é “modernidade”! rss Se precisarem de algumas pistas, posso pesquisar algumas coisas (tive um desses daí, velhaco eu!).

      Abraços, parabéns pelo aniverário e continuem o belo trabalho.

      • 21 de junho de 2011 às 12:30 -

        HaroldO

      • Como PC Gamer acima de tudo eu apoio uma nova edição especial, a História dos Jogos de PC. De Spacewar!, Zork, King’s Quest, Maniac Mansion, Wolfenstein 3D, WarCraft: Orcs & Humans… até Crysis. Do tempo preto e branco, gráficos EGA, gráficos VGA, Surgimento do Direct X, boom das placas de video aceleradoras. Seria um sonho.

      • 21 de junho de 2011 às 13:22 -

        Raphael Cabrera

      • Fala Alexo! O PC acabou entrando de última hora. Eu que escrevi o artigo e nasci em 1984, então foi a minha experiência, mas imagino que antes disso devia ser muito mais penoso para jogar alguma coisa, heheh. Com certeza vc poderia ter contribuído nessa se soubéssemos antes.. se vc puder/quiser, posso colocar vc na equipe da Arkade, é basicamente um grupo de gamers que trocam emails e postam coisas aqui no blog. Seria uma honra p/ nós. Me manda um e-mail qquer coisa, abraços!

      • 22 de junho de 2011 às 22:45 -

        Alexo Mello

      • rss Íamos jogar bola no quintal enquanto carregava um jogo! Tem noção? kkk

    • 28 de junho de 2011 às 12:42 -

      Diogo Farias

    • Lembro do computador do meu primo que tinha uma manivela pra fazer o monitor funcionar! Hehe

  • 21 de junho de 2011 às 10:06 -

    Kubrick Stare Nun

  • Estou orgulhoso por ter acompanhado vocês desde o começo, parabéns Arkade. :)

  • 21 de junho de 2011 às 11:19 -

    Renan

  • Ainda nem terminei de ler mas já preciso comentar. Edição perfeita!!!! Comecei minha história no mundo dos games com meu antigo Master System III com o Sonic na memória (que está com minha prima e quero de volta), depois passei pro Super Nintendo (que foi pra outro primo, e esse nunca mais verei….. T-T), depois PSOne (perfeito o video que vcs colocaram!!! Crash e Tenchu 2 são jogos que marcaram demais pra mim!!!!), depoi o PS2 e PS3, que ainda vou ler na revista!!!!

    • 21 de junho de 2011 às 13:04 -

      Renan

    • Agora terminei de ler, e bateu uma saudade do meu Gameboy Color que ainda vive (só faltando as pilhas) kkkkkkkkkkkkkk Excelente edição!!!! E que venham muitas mais!!!

  • 21 de junho de 2011 às 13:54 -

    HaroldO

  • Terminei de ler e gostei muito da edição. Acho que escolheram bem de quais consoles falar. Fiquei querendo mais.

  • 21 de junho de 2011 às 13:56 -

    Rafael

  • parabéns pela ótima edição, a revista nao para de evoluir!
    só um fato que acho interessante e nao foi citado: a principio, a sony deveria projetar um adaptador de CD-ROM para o SNES. Mas a nintendo desistiu do projeto.A sony resolveu tocar pra frente e acabou desenvolvendo o psone.

  • 21 de junho de 2011 às 14:58 -

    mixirica

  • caraca adorei a edição sou oldgamer com orgulho, parece que nãi se fazem masi pérolas com outrora (véio mode off kkk)

  • 21 de junho de 2011 às 15:12 -

    KING OF KINGS

  • boa matéria vixi deve dá um trabalho do cão fazer essas matérias

    • 21 de junho de 2011 às 15:13 -

      KING OF KINGS

    • ah é, e edição especiais são sempre bem vindas

  • 21 de junho de 2011 às 15:53 -

    Sadi Junior

  • PARABENS Galera da Arkade!!
    Que venham muitas outras revistas por ai…
    Desde que “descobria” a sua revista digital, virei fã e leitor assiduo do site.
    Obrigado pelas informações e pelo momento nostalgia deste especial. Lembro muito bem do meu 1º game, um atari 2600 modelo remold. Alias tenho 26 anos e já passei por mtos destes modelos de games!! hehehe
    Abração

  • 21 de junho de 2011 às 17:47 -

    Tronper

  • A fonte era um problema. Muito pequena pra ler. melhorou.

  • 21 de junho de 2011 às 18:49 -

    Gênesis Lima

  • Muito boa edição!
    Parabéns por nos lembrar que não somos felizes de hoje!
    heheheheheheheheheheheheheehhe

  • 21 de junho de 2011 às 21:53 -

    Eduardo

  • Leio no monitor de 22″ e nunca tive problemas.
    Mais uma ótima revista, embora seja especial sem as matérias tradicionais, teve um texto bom para cada video-game.
    Gostei pra caramba! (:

  • 22 de junho de 2011 às 00:45 -

    Edgar Lindman

  • Poxa vida acabou faltando portateis lá na lista !! onde está o NOMADE ( o MEGA DRIVE portátil )!! eu tenho uma aki e o MULTI MEGA CDX ?? kkkkk o resumoão de vcs ficou 10 !

  • 22 de junho de 2011 às 09:39 -

    Charles

  • Muito bom, Rafa! Adorei o novo formato, e felizmente, segundo li comentários anteriores de que a navegação por teclado não estava funcionando, aqui funcionou.

    Só quando coloco em tela cheia não funciona a navegação por teclado.

    No mais, show de bola. Parabéns pelo sucesso da revista, por esses dois anos, e obrigado pela nostalgia dessa edição! Na linha do tempo dos portáteis, me lembrei de quando um amigo meu que assinava a Nintendo World, e me emprestava pra ler, e eu ficava babando nas páginas de lançamento do Gameboy Color… tão bonito, hehehe! Mas eu nunca tive um! :(

    Abraço!

  • 22 de junho de 2011 às 11:11 -

    Thiago

  • Nossa que nostalgia. Tenho 27 anos e cresci rodeado por games, sempre tive um console na minha casa e sou apaixonado por tudo que é relacionado a games. Meu filho alimenta a mesma paixão. Muitas memórias minhas são relacionadas aos games. Lembro de ir buscar um Mega Drive que ganhei de aniversário em uma loja de brinquedos perto do shop Ibirapuera. Lembro que ficava imaginando as fases do jogo só olhando as capas dos cartuchos alugados na locadora numa sexta para entregar na segunda. Nossa, muito bom relembrar tudo isso!

  • 22 de junho de 2011 às 12:35 -

    Junior Sousa

  • Raphael, ficou show de bola! Parabéns!!

  • 23 de junho de 2011 às 09:45 -

    yurifw

  • pow, a revista ficou mto foda xD
    eu preferi nesse modelo, achei essa fonte melhor xD

  • 24 de junho de 2011 às 00:01 -

    Lucas

  • Como sempre mais uma revista espetacular de vocês,quando vi o primeiro Playstation me lembrei logo do cd combo que vinha com ,Hot Shots Golf,Parappa The Rapper,Jet Moto 2,e Tomba.Tinha tbm o Vigilante 8,Final Fantasy VIII e Tomb Raider 2,Bloody Roar 2 bons tempos,só uma coisa que achei muito diferente e muito desconfortante para mim é que se eu deixar tela normal eu não consigo ler muito bem pq as letras são pequenas e ficam um pouco borradas,e se eu botar para tela cheia eu não consigo mexer na Internet e ler a revista ao mesmo tempo,tenho que apertar Esc toda vez que quero mandar uma mensagem no msn ou qualquer coisa do tipo.Acredito que botar em modo de aba realmente
    em tela cheia com opção de zoom! iria ficar mais interessante.Mais uma vez parabéns pela revista e continuem assim.=)

  • 28 de junho de 2011 às 12:50 -

    Diogo Farias

  • Ficou bem resumida a história né… Pularam os consoles obscuros da Sega (Sega CD, Sega 32X e Sega CDX).
    Falando nisso… Estava pensando, será que o Sega CDX foi o primeiro console com retro-compatibilidade…? Já que ele roda jogos de Sega CDX e Sega CD… Acho que é algo que poderiam considerar pro Guinness Book Games 2012! :D

    E praticamente não falou sobre os fliperamas, mas a ideia é falar sobre consoles caseiros né?
    É que eu acho muito interessante o fato de que antigamente os fliperamas sempre estavam a frente dos consoles… É difícil imaginar isso hoje em dia. Ainda mais pensar que no início dos anos 80 nos Estados Unidos o Video Game caseiro era considerado uma mídia ultrapassada, foi declarado que consoles caseiros não dão dinheiro!

    • 28 de junho de 2011 às 12:59 -

      Diogo Farias

    • Então a empresa de videogame passou a investir apenas nos fliperamas. Mas a Nintendo mudou a história ao trazer pro ocidente o NES (versão o cidental do, já famoso no Japão, Famicom). A informação que eu conheço é diferente da citada na revista, o que sei é que, na verdade o nome Family Computer (Famicom) não seria bem aceito no Ocidente, porque aqui não temos a mesma visão de “diversão em família” que se tem no Japão. Então decidiram chamalo de Nintendo Entertainment System, assim como decidiram mudar o visual do aparelho pra dar mais valor ao mesmo.
      Acho que deveria ter dado mais valor ao NES nessa edição, já que ele reviveu a empresa do videogame caseiro.

    • 28 de junho de 2011 às 13:14 -

      Diogo Farias

    • Mas ficou muito boa a revista viu?! Adorei as mudanças!
      E é sempre bom ler sobre videogames antigos…

  • 16 de agosto de 2011 às 10:26 -

    Jaque

  • Muito legal ter um conteúdo assim tão bom e grátis! Realmente vocês estão de Parabéns!!! E essa reportagem sobre a história dos videogames ficou bem legal, super interessante!

  • 25 de setembro de 2011 às 05:53 -

    Guto

  • A revista tá legal mas senti falta do PC-Engine da NEC que apesar de não ter sido um sucesso estrondoso, foi o primeiro videogame a utilizar CD-ROM, padrão esse que popularizou o Playstation posteriormente, e o Sega CD que capacitava o Mega Drive a ler jogos em CD-ROM.

  • 25 de setembro de 2011 às 07:57 -

    Andre Gutierrez Ripoll

  • Parabéns,são demais,,

Deixar um comentário (ver regras)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *