Rock and Games – Green Day e sua história nos videogames

29 de outubro de 2017
Autor: Junior Candido

Rock and Games - Green Day e sua história nos videogames

Uma das bandas que passou por maior mutação nos últimos anos, o Green Day já foi a banda oficial do fundão da escola, passou por uma época “Opera Rock”, e a cada ano que passa vai evoluindo mais e mais a sua música e sua essência. O trio formado por Billie Joe, Mike Durnt e Tré Cool se estabeleceu como um dos grandes do rock, se destacando na geração do punk rock do início dos anos 90, e garantindo uma base de fãs bem fiel que os acompanha até hoje.

E, como todos sabem, o Green Day é uma das bandas que contam com um jogo só seu: uma versão de Rock Band para tocar seus clássicos e conferir um pouco sobre a história da banda. Mas você sabia que Billie Joe já foi “skatista” secreto de um game Tony Hawk? E você sabe os games que tocam Green Day? Então dê o play no Dookie e vem com a gente conhecer a história desta banda com os videogames.

Aproveita e segue a gente no Spotify, temos playlists bem legais com trilhas de games pra você curtir!

Green Day embalando videogames desde 2002

Mesmo com as músicas licenciadas fazendo parte dos videogames desde a época de Road Rash, isso em 1995, com direito a Dookie explodindo nas rádios, o Green Day estreou de forma tardia com sua trilha sonora. O primeiro jogo que recebeu uma música da banda é o polêmico BMX XXX. O game, que era para ser uma evolução do clássico Dave Mirra Freestyle BMX, acabou se tornando um game de bikes com garotas de topless e rendeu muita conversa em 2002, bem antes dos textões e do Facebook. Basket Case foi  a canção de estreia da banda nos games.

Os games esportivos também ganharam músicas da banda: Madden NFL 2005 embalou American Idiot, e em 2006, Wake Me Up When September Ends foi a música da vez. NHL 10 contou com Know Your Enemy, que também foi trilha em Shaun White: Skateboarding. Falando em games de Skate, o Green Day também marcou presença nos games Tony Hawk: Holiday e The Network: Teenagers From Mars apareceram em American Wasteland, e Murder City apareceu em Ride. Outro game que contou com trilha da banda foi o Need for Speed: Most Wanted da Criterion, que tocava Stop When The Red Lights Flash durante as suas corridas, além de Watch Dogs 2, que toca The Lookouts entre suas faixas.

E, por fim, os games musicais, que sempre foram vistos com bons olhos pela banda. Além da sua versão exclusiva de Rock Band, o Green Day também já apareceu no concorrente Guitar Hero Live, com American Idiot e Nuclear Family (esta última, via DLC), além de aparições em Rocksmith 2014, com X-Kid, e Rock Band 4, com Still Breathing vindo como DLC.

Um Rock Band para chamar de seu

Após o sucesso de Rock Band: The Beatles, que consistia em trazer o gameplay consagrado da franquia no contexto dos Fab Four de Liverpool, o Green Day topou ser a próxima banda a contar sua história através dos videogames. Como o game foi lançado em 2010, então muita história já havia sido escrita, o que deu aos desenvolvedores bastante material para trabalhar.

Os locais que você toca são referências diretas ao passado da banda: The Warehouse é uma casa de shows que não existe na vida real, porém é totalmente inspirada nas casas de shows em que o Green Day tocava nos primeiros anos de vida; Milton Keynes é o palco que serviu de gravação para o DVD Bullet in a Bible; e The Fox Theater é uma casa de shows na Califórnia, que foi local de um dos shows secretos que a banda fez para anunciar 21st Century Breakdown.

Cada local apresenta a banda com o figurino que o trio usou pelos anos: das vestimentas mais despojadas, passando pela fase das roupas mais escuras e maquiagem pesada, o jogo, que saiu na época para Playstation 3, Xbox 360 e Nintendo Wii, cumpre muito bem o seu papel de contar a história da banda, funcionando tanto pelo lazer, quanto pela nostalgia de quem é fã da banda e encara o Dookie inteiro, vendo os três usando roupas comuns desta época.

Billie Joe’s Pro Skater

Uma participação curiosa de Billie Joe está em Tony Hawk American Wasteland. Todos sabemos que a série é famosa por ser bem sem noção e colocar personagens dos mais variados em um skate: Homem-Aranha, o Homem de Ferro e Gene Simmons do Kiss são alguns exemplos. E, no auge de American Idiot, não foram só as músicas da banda que apareceram no game, mas foi o próprio Billie Joe que assumiu posição de personagem secreto e entrou para a festa do skate.

Para jogar com ele, basta terminar o game no modo campanha e encontrá-lo na lista dos personagens secretos. Não há nada em especial em suas habilidades, sendo mesmo mais interessante jogar com ele devido a suas vestimentas “2005”, ao som de sua própria música. Sempre foi bem interessante essa insanidade dos games Tony Hawk, e o Green Day merecia participar desta festa.

Deixar um comentário (ver regras)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *