Rock and Games: U2, a banda que curte tecnologia, mas que estreou tarde nos games

18 de junho de 2017
Autor: Junior Candido

Rock and Games: U2, a banda que curte tecnologia, mas que estreou tarde nos games

Quem gosta do U2, sabe de algumas características da banda. O ativismo social de Bono, e o gosto pela tecnologia nas turnês da banda são algumas das marcas do grupo que há mais de 40 anos segue se reinventando e marcando o seu nome entre os grandes da música. E você sabia que eles quase tiveram um Rock Band exclusivo?

Mesmo com uma participação tímida no mundo dos games, o U2, que vai se apresentar novamente no Brasil em outubro para tocar na íntegra o lendário álbum The Joshua Tree, marca presença nos jogos. Vem então conferir com a gente como ‘jogar com o U2″ nos videogames.

Leia a matéria ouvindo The Joshua Tree do U2, e não esqueça de seguir o Arkade no Spotify.

A Banda

Rock and Games: U2, a banda que curte tecnologia, mas que estreou tarde nos games

Iniciada em 1976 e formada desde sempre por Bono nos vocais, The Edge na guitarra, Adam Clayton no baixo e Larry Mullen Jr. na bateria, a banda sempre se manteve fiel a seus valores, cantando sobre temas pessoais e sócio-políticos, além de confiarem sempre na maneira única de se tocar de The Edge, além dos vocais de Bono. Mesmo assim, a banda sempre se reinventa e busca novos meios de se conectar a seus fãs.

A banda já passou por uma fase mais clássica, com The Joshua Tree alavancando definitivamente os irlandeses entre as maiores bandas de rock de todos os tempos, mas também contou com uma mudança extremamente radical a partir de 1991, com shows altamente tecnológicos, alguma interpretação no palco e muitos elementos eletrônicos, para se reapresentar como uma banda mais descolada, tirando de vez a visão introspectiva que eles ofereciam até então.

Rock and Games: U2, a banda que curte tecnologia, mas que estreou tarde nos games

No mundo da tecnogolia, o U2 já fez várias coisas, como a Zoo TV Tour, que inseria diversos elementos megalomaníacos a seus shows, com direito a transmissão via satélite com os bósnios, que vivam uma grande guerra em Sarajevo na época. A banda também fez um lançamento inédito no iTunes em 2014 com o seu álbum Songs of Innocence sendo “adicionado” em todas as contas dos usuários gratuitamente (e causando certa polêmica pela “invasão”), além de U2 3D, lançado em 2008, e que levava alguns de seus shows da turnê Vertigo para a tecnologia 3D.

O U2 segue firme e forte, usando muito bem as armas que adquiriu durante a sua trajetória: letras políticas e espirituais, elementos musicais marcantes, muita tecnologia a seu favor e ativismo são o que fazem do grupo um dos mais influentes e queridos de todos os tempos, lotando estádios até hoje.

Os Games

Não há muito do U2 nos videogames, mas a banda sempre esteve ligada ao universo pop e com a tecnologia. Em 1991, junto com o álbum Achtung Baby, que reinventou a banda para a nova década que começara, foi lançado um CD-ROM com dois discos trazendo dicas de como se tocar na guitarra, teclado ou a cantar as 12 faixas do álbum, além de vídeos, fotos e um quiz sobre a banda.

Em 2009, após o lançamento de The Beatles: Rock Band, Adam Clayton chegou a afirmar para o USA Today que via os videogames como um novo meio de divulgação da banda, e afirmou que a banda chegou a conversar com a Harmonix para um jogo próprio, mas o jogo acabou não sendo produzido. Na época, Clayton, além de mostrar o interesse em “virar game”, também comentou que tais jogos servem como uma iniciação musical. Além disso, o fato da direção artística do game dos Beatles, que valorizou todas as fases da banda, além de oferecer junto ao jogo os instrumentos baseados na que o quarteto realmente usou também fez os olhos dos irlandeses brilharem.

Rock and Games: U2, a banda que curte tecnologia, mas que estreou tarde nos games

O jogo nunca existiu, mas em 2015, o Rock Band 4 acabou incluindo I Will FollowCedarwood Road em sua playlist. Mais tarde, foi lançado um DLC com mais oito músicas, com vários clássicos na lista, além de duas novidades do Songs of Innocence, o mais recente álbum do grupo: Sunday Bloody Sunday, War, Pride, The Unforgettable Fire, Where The Streets Have No Name, Desire, Rattle and Hum, One, Vertigo, The Miracle (Of Joey Ramone), e California (There Is No End To Love).

Rock and Games: U2, a banda que curte tecnologia, mas que estreou tarde nos games

No mundo do entretenimento, o U2 também participou da trilha sonora do filme de Tomb Raider, com a canção Elevation, em 2001. E, ainda marcou presença no episódio Empate de Titãs dos Simpsons, da nona temporada, exibido em 1998, que marca o episódio de número 200 da série. Lá, a banda faz um show em Springfield enquanto Homer pede licença para dar um discurso sobre lixo, apoiado por Bono. Mais tarde, após o show, a banda ainda dá uma passada no bar do Moe. Curiosamente, recentemente a banda foi flagrada em uma lanchonete de Houston, Texas, logo após o show, o que mostra que o conjunto curte uma boquinha (ou os ovos vencidos de Moe) após suas apresentações.

O show no Brasil

Rock and Games: U2, a banda que curte tecnologia, mas que estreou tarde nos games

O U2 irá tocar no Brasil em outubro, em São Paulo, nos dias 19 e 21 de outubro, com abertura do ex-Oasis Noel Gallagher. O show comemora os 30 anos do álbum The Joshua Tree, e terá a execução de todas as suas músicas na íntegra. Segue o serviço:

DATA: 19 e 21 de outubro

LOCAL: Estádio do Morumbi (Praça Roberto Gomes Pedrosa, 1 – Morumbi, São Paulo)

HORÁRIO: a confirmar

VENDA PÚBLICO GERAL: (para o dia 22) quinta-feira, dia 22 de junho, a partir de 0h01

INGRESSOS:

  • Superior 1: R$ 900,00 (inteira) e R$ 450,00 (meia)
  • Superior 2: R$ 900,00 (inteira) e R$ 450,00 (meia)
  • Superior 4 (Vip Gold Fan Pack): R$ 1360,00 (inteira) e R$ 910,00 (meia)
  • Inferior A: R$ 800,00 (inteira) e R$ 400,00 (meia)
  • Inferior B: R$ 800,00 (inteira) e R$ 400,00 (meia)
  • Red Zone: R$ 1250,00 (inteira) e R$ 1000,00 (meia)
  • Pista: R$ 500,00 (inteira) e R$ 250,00 (meia)
  • Arquibancada 1, 3 e 4: R$ 280,00 (inteira) e R$ 140,00 (meia)
  • Arquibancada 2: R$ 260,00 (inteira) e R$ 130,00 (meia)

Junior Candido é editor do Arkade e você pode seguí-lo no Twitter.

Deixar um comentário (ver regras)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *