Este é provavelmente o melhor jogo brasileiro indie que você já viu!

12 de agosto de 2011
Autor: Rodrigo Pscheidt

Este é provavelmente o melhor jogo brasileiro indie que você já viu!

Quem pensa que a indústria brasileira de games não é grande coisa precisa se atualizar: The Light of the Darkness é um promissor game de ação com pitadas de RPG que está sendo desenvolvido há anos no Brasil, e conta com um design inspirado criado para dar vida ao rico universo do game.

The Light of the Darkness é um projeto da produtora indie Epifanica, criada pelo designer carioca Fernando Rabello. O game já está em desenvolvimento há vários anos, mas só agora teve um novo trailer divulgado.

Confira abaixo, e a gente comenta mais sobre o game na sequência:

Bacana o visual do game, hein? Pois por trás da produção de The Light of the Darkness está um extenso trabalho de criação e desenvolvimento que não deve nada aos grandes jogos gringos: todo um universo foi criado para o game, com ilustrações e personagens pintados à mão e muita atenção aos detalhes.

Em um mundo dividido entre a Luz e a Escuridão, o personagem principal – Sephius – desapareceu por algum tempo, e ao retornoar, havia se tornado uma curiosa mistura de ambos os lados. Ele deve aproveitar esta sua particularidade para se infiltrar em ambos os mundos e descobrir o que atacou seu vilarejo e o deixou com esta aparência estranha.

A Epifanica criou um dialeto próprio para as diferentes espécies de criaturas do game (que você ouviu na narração do trailer acima) e elaborou diversas runas que desencadeiam magias e feitiços. Para conhecer mais a fundo o denso universo de The Light of the Darkness, é recomendável que você visite o site oficial do game (totalmente em português!) e confira em detalhes os vários pormenores que compõe o jogo.

The Light of the Darkness segue em desenvolvimento, mas infelizmente ainda não tem uma data de lançamento definida. A equipe de produção criou uma campanha no Kickstarter para angariar os fundos necessários para a continuidade dos trabalhos. São oferecidos diversos brindes aos jogadores que doarem algum dinheiro, desde cartões postais até a possibilidade de você ter seu rosto eternizado em uma das estátuas do game! Se quiser contribuir, clique aqui.

O vídeo abaixo apresenta um pouco mais do gameplay do game:

Inicialmente programado apenas para PC, a Epifanica tem planos de levar The Light of the Darkness também para iPod, iPad, iPhone e Xbox Live.

(Via: Destructoid)

65 Respostas para “Este é provavelmente o melhor jogo brasileiro indie que você já viu!”

  • 12 de agosto de 2011 às 10:03 -

    Sadi Junior

  • DÁ-LHE BRASIL!! VAMO LÁ!! OTIMO JOGO!!

  • 12 de agosto de 2011 às 10:57 -

    joao vitor

  • n gostei … mas isso ja um começo neh !!!

    • 12 de março de 2017 às 18:40 -

      uno

    • faz melhor então

  • 12 de agosto de 2011 às 11:04 -

    João

  • Bom jogo, talvez tenha um bom roteiro, porém achei algumas personagens, em especial a principal com algumas articulações meio robóticas demais. Parece com animação em Flash. Mas o jogo supera muito os padrões nacionais.

    • 12 de agosto de 2011 às 14:22 -

      HIGH SUMMONER

    • parece castlevania de gameboy

    • 13 de agosto de 2011 às 10:53 -

      Rafael

    • O jogo É em flash

      • 13 de agosto de 2011 às 12:41 -

        andoerson

      • kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      • 6 de setembro de 2011 às 21:34 -

        bunomonteiro

      • Sim, o jogo é em Flash.
        Prova mais uma vez que o flash é muito mais do que pseudos-criticos/analistas/desenvolvedores/arquitetos dizem.

        Parabéns aos desenvolvedores.

  • 12 de agosto de 2011 às 11:07 -

    zecarlos

  • interessante,achei o visual legal…e um jogo 2.5d parece

    em se tratando da industria de games do brasil,talvez nao seja o fato o fato del aser grandiosa e tal,ate prque tem muita mao de obra aqui no brasil produzindo pra EA,UBISOFHT e tal…o lance talvez seja que ela nao e tao significativa comparado a outros paises

  • 12 de agosto de 2011 às 11:10 -

    leoavesani

  • Acho que esse é o primeiro jogo brasileiro que eu vejo e parece um jogo de verdade, pensado, com conceito e design. Geralmente um Zé qualquer baixa o Unity e acha que é só sair fazendo qualquer lixo. Parabéns para os caras. Tomara que a campanha no Kickstarter dê certo, vou fazer meu pledge logo mais..

  • 12 de agosto de 2011 às 11:23 -

    Lucianopolessi@hotmail.com

  • Ótimo jogo mesmo a primeira vista lembra um pouco ACTRAISER 2 do super nintendo ! mas no desenrolar do jogo tenho certeza que particularidades virão ! Mas ótimo mesmo paranbens aos produtores ! É BRASIL xD

    • 12 de agosto de 2011 às 13:48 -

      petterson

    • lembrei de actraiser tbm, os movimentos tão estranhos, mais gostei da arte

  • 12 de agosto de 2011 às 11:28 -

    Renan

  • Gostei hein!!!!! Está bem feito!!!! Me lembra muito o visual de Blood Omen. Só acho que deveriam desenhar o lado demônio do personagem, pois quando ele vira de lado, é a mesma imagem, ´so que espelhada que vemos. Se fizessem de um lado o lado da luz e outro o lado da escuridão no gameplay ficaria muito melhor!!!!

    • 12 de agosto de 2011 às 14:47 -

      Fernando Magalhães

    • Cara, o jogo ainda está em fase de projeto, então com o tempo eles devem ir corrigindo os erros e adicionando mais detalhes.

    • 21 de agosto de 2011 às 09:56 -

      Rogerioshinigami

    • bem lembrado e tomara q tenha uns puzzles bem dificeis tb kkkk

  • 12 de agosto de 2011 às 12:08 -

    samuka

  • achei muito legal,e parabens a revista ta dando moral aos brazukas

  • 12 de agosto de 2011 às 12:18 -

    Zuliaman

  • Muito bom! Parece jogo internacional mesmo..

  • 12 de agosto de 2011 às 13:34 -

    diego

  • sinceramente acho q esse é a primeira coisa q eu vejo do cenário de games do brasil q me deu vontade de conhecer mais a fundo ^^ parece ser bom ,jogarei com certeza

  • 12 de agosto de 2011 às 13:44 -

    rato amarelo corredor com uma taser

  • brasil agora é fluxo dos video game, agora nois é tudo boladão em questão de video game nois vai bota pra fude com os gringo.

    • 12 de agosto de 2011 às 13:48 -

      rato amarelo corredor com uma taser

    • e já que é um jogo brasileiro será que tambem vai ser lançado para o zeebo?

      • 18 de agosto de 2011 às 14:01 -

        mixirica

      • o Zeebo “faliu” meu bom homem

  • 12 de agosto de 2011 às 14:23 -

    HIGH SUMMONER

  • me lembra castlevania 2d.

    • 14 de agosto de 2011 às 10:30 -

      KING OF KINGS

    • cara eu tbm, parece mesmo

  • 12 de agosto de 2011 às 14:26 -

    Bosco

  • Até que gostei do jogo, só achei meio travada a movimentação do personagem e do golem de gelo, mas isso ainda pode ser melhorado…também podia ter maior variedade de cenários, saindo um pouco do cinza…
    enfim, um ótimo jogo levando em consideração onde está sendo produzido(não é preconceito não, e sim realismo) me lembrou um pouco Demon’s Crest do Snes, o qual eu amava!

    • 13 de agosto de 2011 às 13:53 -

      caio

    • lembra mesmo Demon´s Crest mas a história pelo q vi vai ser muito phoda e a narração se não me engano em sansico
      deu um toque enigmático e diferenciado ao game ,narrado tipo Soul Reaver .gostei muito e velho a historia de unir um ser de luz e escuridão é tipo “eu sou Phoda e fecha o C#´ pra falar comigo”.aposto minhas fichas e vamos ajudar o projeto se possivel temos q apoiar iniciativas como essa .

  • 12 de agosto de 2011 às 14:38 -

    Fernando Magalhães

  • O Made in Brasil da Arkade tá a todo vapor hein?! Esse game promete, eu gosto quando eles pensam em todos os detalhes tanto na história, nos gráficos quanto na programação; pra mim esse jogo vai ser um grande progresso na lenta entrada do Brasil no mercado dos Games!

    • 12 de agosto de 2011 às 14:45 -

      Fernando Magalhães

    • Quem pagar pra poder botar o logo de uma empresa no jogo pode saber que vai ter muito destaque, pois com certeza o game não vai ser menosprezado.

    • 12 de agosto de 2011 às 15:17 -

      RyogaBr

    • eu acredito e espero que o Brasil seja promissor em MMOs cara igual alguns paises asiaticos, isso porque os MMOs sao super populares aqui e arrecadam mais dinheiro que um jogo vendido normalmente pelo menos eu acredito q isso ainda vá acontecer

  • 12 de agosto de 2011 às 15:10 -

    RyogaBr

  • muito bom e vale apena mesmo apoiar o pessoal essa ideia de ter seu nome no jogo ou rosto fico bem legal e esse jogo pelo menos na minha opnião esta bem melhor que os grandes desse genero como castlevania que eu ja nao curto muito e esse ai ja me interessou bastante

  • 12 de agosto de 2011 às 16:22 -

    Joe

  • Olha, é um jogo produzido no Brasil com produtores brasileiros, mas nem por isso, devemos deixar de ser críticos, apesar claro, de não desmerecer o trabalho deles.
    O Jogo em si, me pareceu muito genérico, aquele puzzle de acender as tochas pra abrir portas ja vi em pelo menos uns 3 jogos do nintendo DS, e deve ter mais por ai, o visual sim achei bem diferente doque to acostumado, por estar em projeto tenho certeza que ainda vão melhorar a movimentação e tudo mais, E SE SAIR NA LIVE EU COMPRO, a não ser que seja 1200 msp, ai é forçar a barra shausuasa

    • 12 de agosto de 2011 às 23:04 -

      zecarlos

    • meu se for levar tao a serio o lance do generico como c falo,nao sobra quase nenhum game pra vc compra na prateleira entao,pois 80% dos games sao genericos,call of duty esta ai e nao me deixa mentir assim como outros grandes titulos que sai ano a ano…eles estao fazendo como o mercado mundial de games faz,a formulazinha magica(criada na decada de 80) e visual atualizado

      • 14 de agosto de 2011 às 14:47 -

        Joe

      • Não to i que tá, tantos jogos ai genéricos, eu queria algo novo, não to levando a sério, tanto que falei que compraria se sair na live, a questão é que, o game genérico, pra fazer sucesso, tem que trazer coisas novas, o game ainda não foi finalizado, e eu sinceramente espero que tenha novidades, se não, concerteza vai ser só um jogo genérico :/

  • 12 de agosto de 2011 às 16:59 -

    KING OF KINGS

  • gostei do jogo

  • 12 de agosto de 2011 às 17:16 -

    Tzar

  • Joe concordo com você,sou um critico construtivo mais convenhamos fazer um jogo e difícil pra c@#@!40,ainda mais com um excelente enredo e ótima jogabilidade,ainda mais
    com uma equipe minuscula em comparação as outras empresas.

    • 12 de agosto de 2011 às 23:14 -

      zecarlos

    • cara,o game e brasileiro dificuldade faz parte da coisa,e se vc espera que se forme uma equipe de 100,300 caras pra produzir um game no brasil como e feito nas grandes produtoras la fora….senta que c vai cansa de fica em pe
      e se o game ficar como vc mensiconou ai em cima,cara,eu tiro chapeu pra esses caras,pois e o tipo de game que eu compraria, o que e preciso e iniciativa pra se tentar ter um mercado interno de games,e esses caras tao tendo…ou continuaremos perdendo exelentes profissionais pros gringos

  • 12 de agosto de 2011 às 17:31 -

    zenjutsu

  • esperem meu jogo sai que esse ai vai ficar no chinelo…

  • 12 de agosto de 2011 às 20:27 -

    Rafael

  • Eu gostei do trailer, só achei o jeito que o personagem corre muito estranho, mas nada que irá me impedir de jogar o game!

  • 12 de agosto de 2011 às 21:01 -

    r.

  • Sò uma coisa no sprite do protagonista… É a mesma coisa quando ele anda para a direita ou para a esquerda… E é algo que deveria ser ajeitado, visto que ele é um personagem assimétrico…

    • 13 de agosto de 2011 às 00:37 -

      Kubrick Stare Nun

    • É mais fácil eles mudarem a concept art.

  • 13 de agosto de 2011 às 00:36 -

    Kubrick Stare Nun

  • Sinceramente, não gostei. Essas estórinhas de bem/luz/anjos contra mal/escuridão/demônios só não são mais manjadas do que o “mordomo assassino” e a “donzela em apuros”.

    • 13 de agosto de 2011 às 01:24 -

      zecarlos

    • acho que ainda e cedo pra questionar o enrredo,ate porque precisamos acompanhar o desenrolar do jogo pra nos basearmos numa narrativa que agrade ou nao,e o trailer nao nos transmite isso…alem do fato de ainda estar em precesso de producao

    • 14 de agosto de 2011 às 01:31 -

      Diogo Farias

    • Hahauhashaha
      O pior é que acho que se usassem o mordomo assassino e a donzela em apuros seria mais imprevisível…
      E esse negócio de o protagonista ser meio anjo meio demonio me lembrou muito o Anjos da Noite. Na época que lançou o filme isso ja tava manjadinho, imagina agora…

  • 13 de agosto de 2011 às 05:33 -

    Fernando

  • Gente, não sei se muitos entenderam, mas o projeto precisa do apoio de vocês para continuar. Sem o apoio, não será lançado nem em PC, nem em Live ou em lugar algum.

    É por isso que o projeto está no Kickstarter: http://www.kickstarter.com/projects/epifanica/the-light-of-the-darkness-the-game

    Se gostaram do jogo. Se acham que ele tem potencia, entrem no kickstarter e apoiem. Tem muitas recompensas legais também para quem fizer isso.

  • 14 de agosto de 2011 às 01:39 -

    Diogo Farias

  • O jogo me lembrou bastante NyxQuest pra Wii Ware.
    Gostei do visual (apesar de precisar melhorar a movimentação, com certeza), parece ser bem legal, apesar da história não me chamar muito a atenção…
    E gostei das formas de eles agradecerem quem apoia! Fiquei com muita vontade de apoiar o projeto!

    Só acho que não precisava desse negócio todo de mitologia… Isso até que é legal e tal, mas olha por exemplo The Legend of Zelda… Miyamoto não se preocupa muito com isso ao fazer um novo jogo da série, não se preocupa nem mesmo com o nexo das sequencias. Mesmo assim, os jogos da série são sempre considerados verdadeiras artes!

  • 14 de agosto de 2011 às 03:09 -

    zecarlos

  • poxa,tmbm achei call of duty uma copia de contry strike,assim como splinter cell de tomb raider e nem por isso os games sao ruins de um modo geral
    eu acho errado tentar comparar o projeto desse game nacional com grandes franquias,ate porque esses titulos mencionados por vcs,tmbm nao sao originais como vcs acham eles sao base de games mais antigos,entao acho injusto e nao esquecam que boa parte da qualidade de um game esta na diversao proposta,quem sabe esse game nao nos surpeenda futuramente

  • 14 de agosto de 2011 às 09:29 -

    Paulo Rodrigo

  • O protagonista me lembrou aquele do game Actraiser.

    Muito bom esse game, mostra que o Brasil tem potencial, o que falta é o governo perceber isso.

    Mas não é pra se estranhar, o brasileiro não percebe o tipo de governo que elegeu, como querem que esse governo perceba alguma coisa util para os brasileiros?

  • 14 de agosto de 2011 às 15:28 -

    Ronald

  • Levando em consideração as condições atuais do mercado brasileiro de games e a falta de incentivo, para mim os caras da equipe estão conseguindo “tirar leite de pedra” com esse projeto de jogo. Parabéns à equipe desenvolvedora brazuca!

  • 14 de agosto de 2011 às 15:45 -

    Renan

  • Anjos de Demônios é tão manjado quando temas medievais e místicos dos RPGs e MMOs. Não vejo o pq criticar isso sendo que são temas que muitos gostam e defendem.

    • 18 de agosto de 2011 às 14:02 -

      mixirica

    • e o que não ta manjado hj em dia!!?!?!??!?

  • 14 de agosto de 2011 às 19:08 -

    joão

  • Acabei de ver o video! Logicamente, não se compara às produções estrangeiras mas já é motivo de orgulho pra um país que até hoje não oferece apoio suficiente ao desenvolvimento nacional de games! Parabens pra equipe do jogo!

  • 14 de agosto de 2011 às 22:21 -

    zecarlos

  • o governo nao subsidia,male mal o cinema,quadrinhos,teatro,publicacao editorial…muito menos o setor de games
    mas isso so ate eles verem que podem tirar grana disso,ai sim,vcs vao ver omercado e producao nacional de games bombarem….acso contrario ficara na mesma,porque brasileiro nao vive e nao consome arte ,e por isso que e tao dificil produzir algo internamente,cinema,quadrinhos,livros…e games

  • 14 de agosto de 2011 às 23:11 -

    Rafael

  • Desejo sorte! jogo sem incentivo e no Brasil, parabéns pela iniciativa.

  • 16 de agosto de 2011 às 13:01 -

    Erika

  • Parece interessante. E o pessoal aqui tem q lembrar q isso é jogo Indie.

    Achei a arte e os cenários fantásticos.

  • 16 de agosto de 2011 às 18:17 -

    Guga

  • Fica melhor se inverterem o movimento dos braços.

  • 17 de agosto de 2011 às 02:52 -

    stibium

  • alguém aí lembra do valkirie profile pro ps2?

  • 17 de agosto de 2011 às 09:15 -

    Abelardo

  • Muito bacana… mas concordo que os movimentos dos personagens ainda estão um pouco robotizados.

    Mas já é um ótimo começo com certeza!

    Mas pra quem fala que nunca tinha visto um game brazuca deste nível, é porque nunca ouviu falar de outlive, que fez um grande sucesso na época que foi lançado!

    Tem o Taikodon (acho que é assim q se escreve) também.

    Enfim, prevejo coisas boas aí para o futuro de games no Brasil. Espero que o mercado se expanda, e que existam maiores incentivos.

  • 17 de agosto de 2011 às 10:33 -

    william

  • parece ser bem promissor esse jogo, graficos muito bons uma boa jogabilidade para uma jogo de plataforma, excelente historia , gostei do post.

  • 17 de agosto de 2011 às 11:55 -

    Leandro Gonçalves

  • Olá sou produtor digital e resido em Manaus-AM.

    Gostaria de parabenizar a iniciativas de vocês. Gostei do projeto e gostaria de apoiar vocês.
    Gostaria inclusive de conversar com vocês com respeito a como vocês poderiam conseguir recursos financeiros para subsidiar o projeto.

    Parabéns novamente e espero o contato de vocês!

  • 17 de agosto de 2011 às 15:19 -

    jonatas

  • parece castlevania com alucard… um dos melhores e mais belos jogos que ja joguei. parabens brasileiros uma boa ideia é procurar o tipo de jogabilidade preferida no brasil. essa é uma delas, desde castlevania nao vi nenhum jogo igual ou que pelo menos chego ao pés… parabens mesmo!

  • 17 de agosto de 2011 às 18:32 -

    João Pedro

  • Sempre irá existir idiotas afim de acabar com os produtos nacionais! não conhecem e estão julgado o jogo por um trailer. Vamos lá galera apoiar e mostrar para estes gringos que a industria nacional de games existe e está em crescimento.

  • 18 de agosto de 2011 às 14:06 -

    mixirica

  • Muito legal, a pintura das ilustraçõs tão muito boas a luz que erradia (ta certo?… errdia?) dos ambientes é muito legal, tomara que a produtora consiga finaliza-lô esse eu compraria com toda certeza!!

    • 20 de agosto de 2011 às 14:37 -

      Wilson Roberto

    • Na verdade é irradia meu irmão, mas o que vale é a intenção! Não vi ninguém daqui dizendo sobre a narração, o texto todo é “falado” de tras pra frente. Há uma cidade do interior onde todo mundo tem essa mania. Quanto ao jogo em sí é realmente chover no molhado que a idéia é manjada mesmo, mas, em se tratando de Brasil temos que aplaudir!!!

  • 27 de dezembro de 2011 às 03:56 -

    Dionathan

  • pô mano quando e q sai pra download to meio ansioso pra jogar kero ver o quanto os Br’s evoluíram, mas ate agora ta me parecendo mt bom, ta meio catlevania, q eu adoro pra deixa bem claro. bom e isso ai, liberem ai esse jogo pra nos ok vlw!!!

  • 11 de abril de 2012 às 04:52 -

    Fabio

  • Perae. Melhor jogo indie brasileiro? E Toren?

  • 16 de abril de 2012 às 14:44 -

    Jean Bruno

  • ii komo baixo ?

Deixar um comentário (ver regras)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *