Top 15 Arkade: Jogos de Macho

4 de outubro de 2012
Autor: Arkade

Top 15 Arkade: Jogos de Macho

Sabe quando você está estressado e precisa aliviar a tensão com um game cheio de testosterona que te permita trucidar inimigos, pegar mulheres e se dar bem no final? Estes são jogos de macho, e a equipe Arkade se reuniu para fazer uma lista com os melhores jogos do tipo!

Para compor a lista abaixo, membros da equipe Arkade sugeriram 2 ou 3 games que eles consideram “de macho”. Temos sugestões de praticamente todos os membros da equipe, que fizeram um verdadeiro “brainstorm” de jogos de ontem e de hoje.

Não leve esta lista tão a sério, afinal não queremos parecer machistas, nem nada do tipo. Nossa ideia é apenas sugerir games que ofereçam adrenalina, pancadaria e, claro, muita testosterona!

Todos os games desta lista são tão machos que preferimos não estabelecer uma ordem. Não há primeiro nem último colocado, são apenas graus diferentes de macheza.

Leisure Suit Larry

Recomendado por Raphael Cabrera

Nos anos 80 e 90, época em que reinava o MS-DOS e as primeiras versões do Windows, um jogo brincava com a imaginação de muitos gamers: Leisure Suite Larry, game de aventura que nos colocava no papel de Larry, um baixinho sedutor que vivia tentando se dar bem com mulheres, mas sempre acabava em situações engraçadas e constrangedoras por conta de sua má sorte.

Mesmo sabendo que o jogo não possuía cenas de sexo, cabia a nós, gamers e machos, tentar pelo menos ver um par de peitos digitais. O game teve tanto sucesso que virou uma série, recebendo 8 games no total. Sua última versão foi Leisure Suit Larry: Box Office Bust, de 2009, que ganhou versões até mesmo para Xbox 360 e Playstation 3.

X-Man

Recomendado por Renan do Prado

A macheza pura em 8-bit. Não se engane, pois em X-Man não temos nada de Wolverine, Ciclope, Magneto ou qualquer outro super-herói de collant, afinal, isso não é nada macho.

Em X-Man, você controlava um homem pelado, com a “moral alta”, que corria por um labirinto lotado de tesouras voadoras, caranguejos e dentaduras que tentam a todo momento cortar fora “a alegria” do rapaz. Tudo isso para chegar ao centro do labirinto e ser premiado com uma intensa relação sexual com uma belíssima mulher, cheia das mais belas curvas que os gráficos do Atari podiam gerar

Com direito a posições sexuais diferentes e orgasmos psicodélicos, X-Man é um legítimo teste de masculinidade, afinal, tem que ser muito macho para arriscar o bilau desse jeito!

Duke Nukem 3D

Recomendado por Henrique Gonçalves

Em 1996 ocorreu um evento muito importante para todo gamer: Duke Nukem 3D chegou, impressionando a todos com sua jogabilidade de FPS em 3D, diversos inimigos, modos multiplayer e a habilidade revolucionária de poder dar uma gorjeta para as strippers mostrarem seus peitos.

Neste ano, um dos ícones mais importantes na indústria dos videogames nasceu: Duke é tão macho que ele é uma verdadeira paródia de todos os heróis de ação que já apareceram em Hollywood.

Para completar, ele mija, canta Steppenwolf e solta algumas das frases de efeito mais icônicas dos videogames. Duke é o homem mais machista, egoísta e misógino do mundo dos games, o que faz dele uma grande (e máscula) sátira aos machões.

No More Heroes

Recomendado por Abel Melo

Em No More Heroes a testosterona se traduz em sangue, matança, golpes de Lucha Libre e uma espada laser recarregável que precisa de movimentos sugestivos (?!) para começar a funcionar.

Na pele de Travis Touchdown, o objetivo do jogador é se tornar o assassino número 1 do mundo para poder pegar uma garota, missão que por si só já é bem máscula. Para se tornar o número 1, você  deve matar os assassinos que estão acima de você, sempre de maneiras deveras sangrentas.

No More Heroes tem um pouco de tudo que torna um jogo verdadeiramente macho: sangue, lutas de espada, humor ácido, matança sem motivo aparente e até um pouco de cavalheirismo, afinal, não são todos os personagens que se recusam a lutar contra uma assassina profissional só por que ela é mulher.

Mortal Kombat

Recomendado por Raphael Cabrera

Com gráficos fotorrealistas e muito sangue, o primeiro Mortal Kombat era um game de fazer qualquer machão parar no meio do shopping e ir comprar fichas para jogar.

Seus personagens clássicos entraram no rol dos mais importantes da história dos games, e são cultuados por gamers até hoje, afinal, quem poderia esquecer da clássica frase “Get Over Here!”, do Scorpion? Em uma época onde os games eram voltados ao público jovem, Mortal Kombat foi um dos primeiros a “chocar” o mundo com tanta violência.

Seus fatalities derramavam sangue na tela, assustavam mães e davam aquela satisfação ao destruir (e humilhar) seu oponente de maneira brutal. A franquia foi lançado há 20 anos (!) e continua recebendo novos jogos até hoje. Depois de perder a mão por um tempo, a série voltou com tudo com Mortal kombat, lançado no ano passado.

Ninja Gaiden

Recomendado por Eduardo Diamenti

Ninja Gaiden é um jogo que testa os limites da macheza e da paciência do jogador, afinal seu nível de dificuldade altíssimo mostra-se uma provação para o maior dos machões. E não estamos falando dos games recentes: não é qualquer um que consegue zerar os primeiros jogos da série, que foram lançados nas décadas de 80 e 90 para NES.

Se na atual geração o nível de dificuldade de Ninja Gaiden continuou alto, ele ainda acrescentou outra coisa que todo macho adora: violência gratuita e sangrenta, com membros voando e sangue esguichando pela tela. Isso para não mencionar as personagens femininas que possuem muito corpo e pouca roupa.

Então seja você um retrô gamer ou um cara mais moderno, Ninja Gaiden é sinônimo de muita violência, belas mulheres e um desafio altíssimo!

Max Payne

Recomendado por Eduardo Diamenti e Renan do Prado

Bebidas, mulheres, tiroteios, palavrões, sarcasmo e uma trama noir repleta de reviravoltas: Tudo isso faz de Max Payne uma série obrigatória para os machos de plantão que curtem uma boa história policial.

Em todos os jogos da série, o jogador assume o papel de um dos policiais mais machões do mundo dos games: Max Payne é um cara que nunca desperdiça uma bala, e não tem pudores na hora de fuzilar seus inimigos.

“Sentar o dedo no gatilho” é rotina para Max, e seu charmoso e convidativo bullet time (câmera lenta) deixas a ação ainda mais sangrenta e cinematográfica. Max Payne é o típico bad ass berberrão e mal humorado que mata sem hesitar qualquer um que cruzar seu caminho.

Esta matéria possui mais páginas: 1 2

34 Respostas para “Top 15 Arkade: Jogos de Macho”

  • 4 de outubro de 2012 às 16:28 -

    Renan do Prado

  • X-Man, o jogo mais macho alpha que existe.

    Isso sim é lista de jogo pra macho mesmo, tão macho que não chupa mel, masca a abelha.

    • 4 de outubro de 2012 às 16:44 -

      DanielWarfare

    • Essa frase tem cheiro de “Chuck Norris facts”

      “Chuck Norris não chupa o mel, ele masca a abelha”

      • 4 de outubro de 2012 às 16:50 -

        Renan do Prado

      • Essa frase eu ouvi nos meus tempos de escola, mas não sei se é de fato um Chuck Norris fact.

        A menção do nome do Chuck Norris eleva o nível de macheza desse top 15 ainda mais

      • 4 de outubro de 2012 às 17:16 -

        Raphael Cabrera

      • Huhauahuh citar Chuck Norris subiu o nível de testosterona da página em 10 pontos..

      • 29 de julho de 2014 às 02:19 -

        Adonica

      • Your answer lifts the inletligence of the debate.

      • 16 de outubro de 2014 às 14:19 -

        resource over

      • That’s really thinking of the highest order

    • 4 de outubro de 2012 às 16:52 -

      Renan do Prado

    • Mas sejamos sinceros, tem que ser macho demais pra arriscar virar um eunuco pra ter uma boa furunfada kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    • 4 de outubro de 2012 às 17:13 -

      Guilherme Pacelli

    • kkkkkk vou guardar a frase da abelha.

  • 4 de outubro de 2012 às 16:46 -

    DanielWarfare

  • Não existe jogo mais másculo que POSTAL 2!!! pois mijar num ser que está sendo destruindo em chamas(feitas por você mesmo) não tem preço.

    • 4 de outubro de 2012 às 16:55 -

      Matheus Humenhuk

    • LOL deu vontade de jogar

    • 4 de outubro de 2012 às 17:26 -

      Kubrick Stare Nun

    • Eu gosto de Postal 2 porque ele é um jogo onde você pode:
      *Arrancar as cabeças das pessoas com uma pá e sair jogando futebol com elas.
      *Interromper a fala de uma pessoa mijando na boca dela até ela vomitar.
      *Usar gatos como silenciadores.
      *Atear fogo em uma multidão de protestantes contra a violência nos vídeo games.
      *Matar todo o time de produção do jogo.
      *Atacar pedestres com choques elétricos nas genitais até eles cairem no chão, se enrolarem feito um tatu e se mijarem todos.
      *Usar um facão como bumerangue e arrancar as pernas de uma dúzia de inocentes de uma só vez.
      *Botar o pinto para fora na frente de uma policial gostosa e esfregar nela.
      *Assustar uma manada de elefantes e fazer eles matarem uma multidão que tava por perto de bobeira.
      *Enfiar marretas no cu de vacas.
      *Comer um travesti.

      • 5 de outubro de 2012 às 15:45 -

        Matheus Humenhuk

      • *Atear fogo em uma multidão de protestantes contra a violência nos vídeo games.

        TO BAIXANDO AGORA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • 4 de outubro de 2012 às 17:20 -

    leandro(leon belmont) alves

  • jogos de macho…tá, mas a grande maioria é chato de jogar. vou de Quake e Doom mesmo.

    ao menos não colocaram os RE atuais nessa lista

    • 4 de outubro de 2012 às 17:40 -

      leandro(leon belmont) alves

    • esse Ninja Gaiden do arcade é feio que doí. mas se for do NES,SNES,Xbox 1 e nos consoles atuais, aí é outra história.

      • 4 de outubro de 2012 às 17:57 -

        Fábio Ribeiro

      • Grandes coisas serem “bonitos”, mas repetitivos e com metade da graça dos originais. E nem adianta comparar hoje: quem não jogou na época, não tem como ter uma base comparativa.

      • 5 de outubro de 2012 às 06:37 -

        leandro(leon belmont)alves

      • Fábio, sou retrogamer. não sou como a maioria que prefere jogos modernos, tenho um Xbox, mas mal toco nele. eu jogos mais do NES,SNES,MEGA,N64,DREAMCAST,SATURN e alguns de de PS2. e concordo com a maioria que os Ninjas gaiden do NES foram os melhores.

      • 5 de outubro de 2012 às 06:45 -

        leandro(leon belmont)alves

      • e já joguei muito mais games antigos e os terminei do que você pensa, acredite.

  • 4 de outubro de 2012 às 17:38 -

    Kubrick Stare Nun

  • Procurem no Google Search por “Manhunt” e olhem o segundo resultado.

    • 4 de outubro de 2012 às 18:22 -

      Rubens Vinícius

    • Legal, um aplicativo de iOS de encontros homossexuais. Você é muito macho cara! xD

      • 4 de outubro de 2012 às 19:36 -

        Kubrick Stare Nun

      • LOL! Não sou gay, descobri essa coincidencia foi procurando pelo jogo mesmo. :D

      • 4 de outubro de 2012 às 19:46 -

        Humberto

      • Ser macho não está associado com ser hétero. rs

      • 4 de outubro de 2012 às 20:03 -

        mauricio de souza

      • na verdade…está sim

      • 4 de outubro de 2012 às 20:41 -

        Kubrick Stare Nun

      • Concordo com o Humberto. A qualidade mais importante do macho não é comer buceta, pois qualquer marica consegue fazer isso, a verdadeira qualidade do macho é ter coragem e sede de sangue.

      • 5 de outubro de 2012 às 12:52 -

        DanielWarfare

      • Vou guardar essa frase Kubrick XD

  • 4 de outubro de 2012 às 20:20 -

    Alex Mercer

  • Prototype.

  • 5 de outubro de 2012 às 02:14 -

    César Alberto

  • Saudades do dois para traz e uma para frente com o Raiden.

  • 5 de outubro de 2012 às 19:13 -

    Fernando Paulo

  • Pow, cadê Barbie Super Model do snes?

    • 5 de outubro de 2012 às 23:15 -

      Renan do Prado

    • Se colocasse esse aí seria o top 1 de games da macheza mais bruta existente kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    • 7 de outubro de 2012 às 19:01 -

      Rodrigo Pscheidt

    • Resolvemos deixar este post cheio de revelações questionáveis para uma próxima oportunidade.

      Talvez ele renda algo tipo “Top 15 Arkade: games que queimam a cara de nossa equipe”.

      Esse povo fã de Barbie… tsc, tsc… ¬¬

  • 6 de outubro de 2012 às 19:08 -

    Matheus Godoy

  • po, esses jogos sao mesmos arrasadores
    foda mesmo, principalmente Mortal Kombat (tenho o 1,2,3,4,4 gold, Armageddon) e Max Payne

  • 6 de outubro de 2012 às 19:58 -

    Ana

  • Eu ri mto com os comentários aqui, lol.

    Apesar de ser fêmea, tbm achei q faltou o Manhunt. Esse jogo era um monstro, literalmente. “What kind of twisted soul made this game??”

    • 6 de outubro de 2012 às 20:22 -

      Renan do Prado

    • Manhunt tá na página 2 :D

      • 6 de outubro de 2012 às 21:14 -

        Ana

      • Não ler o título da matéria (TOP 15) + Não ter notado que havia apenas 7 jogos na página + não notar link para segunda página = pagar mico.

        Obrigada pelo toque, Renan @_@

  • 18 de outubro de 2012 às 21:49 -

    Arthur Nascimento

  • feio

Deixar um comentário (ver regras)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *