Tribuna Arkade: gamers reclamam da sexualidade exagerada de Cindy em Final Fantasy XV

30 de abril de 2015
Autor: Gui Mendes

Tribuna Arkade: gamers reclamam da sexualidade exagerada de Cindy em Final Fantasy XV

No quesito sexualidade, o Japão, aos nossos leigos olhos ocidentais, sempre parece um lugar totalmente alienígena. Há algo no alegorismo japonês que não se explica em 2 horas de demo, mas sim numa cultura milenar intrínseca à visão oriental de certos valores que, pra nós, pode parecer um completo absurdo (vide tentáculos e garotas colegiais jovens demais). Só que nos dias de hoje, onde há um maior questionamento relacionado a representação das mulheres na indústria dos jogos – algo que sequer era pauta há alguns anos — nem sempre toda reprodução é válida.

Tribuna Arkade: gamers reclamam da sexualidade exagerada de Cindy em Final Fantasy XV

Não é a primeira vez que uma grande franquia japonesa vem sofrendo com sua imagem de personagem feminina no lado ocidental do globo. Recentemente o caso da Quiet em Metal Gear V também gerou um certo rebuliço indignado, gerando uma controvérsia em cima da estratégia do Kojima em criar uma personagem que incentive cosplays sexistas e vendas de action figures.

Uma conclusão dada pelo Kojima, para toda a discussão, foi explicar de forma como a personagem cria uma antítese à personagens antigos de jogos de luta, e que há um motivo para tamanha exposição. Não convenceu todo mundo, mas por hora só nos resta esperar o MGS V para tirarmos nossas próprias conclusões.

Tribuna Arkade: gamers reclamam da sexualidade exagerada de Cindy em Final Fantasy XV

Já recentemente, Hajime Tabata, diretor de Final Fantasy XV, comentou alguns detalhes sobre o jogo num recente Active Time Report (espécie de coletiva que você pode conferir aqui), que fez com o Akio Ofuji (gerente de marketing), e discutiu sobre as opiniões dos fãs em relação à demo.

A principal reclamação, para os europeus, no entanto, foi exatamente sobre a personagem que, até o lançamento da demo, não tinha chamado muita atenção – tirando o fato de ser a primeira Cid feminina da saga.

Tribuna Arkade: gamers reclamam da sexualidade exagerada de Cindy em Final Fantasy XV

Ela tem bronzeado

A mecânica Cindy foi considerada muito sensual devido sua roupa o que, segundo os europeus, não encaixa na sua profissão. Tabata chegou a explicar que o seu design não foi feito para torná-la uma personagem erótica mas sim uma personagem extrovertida, que por um acaso também é mecânica. Claro uma boa desculpa, não fosse a pérola do Akio Ofuji.

Confira abaixo:

Tribuna Arkade: gamers reclamam da sexualidade exagerada de Cindy em Final Fantasy XV

“Então recebemos um monte de comentários da Europa criticando que Cindy é muito sexy”…

Tribuna Arkade: gamers reclamam da sexualidade exagerada de Cindy em Final Fantasy XV

“Mas eles querem uma personagem feminina na equipe”.

Tribuna Arkade: gamers reclamam da sexualidade exagerada de Cindy em Final Fantasy XV

“Isso me parece um pouco contraditório”.

Claro, afinal, personagem feminina precisa obrigatoriamente ser sexy e usar pouca roupa, né? #ironia

Fica o questionamento do que é contraditório no final das contas: descrever uma personagem como não sendo apelativa demais, pois seria tranquilo os pais do jogador entrarem na sala enquanto ele estiver jogando — palavras do Tabata — ou querer uma personagem feminina, (única na equipe principal de FFXV) que não precise apelar na demonstração dos dotes físicos.

Para uma empresa que já nos brindou com personagens femininas memoráveis (e bem vestidas) como Terra, Lucca e Garnet, esta é sem dúvida uma visão um pouco sexista das personagens femininas.

Deixamos até algumas sugestão de modelito para Cindy, que são mais condizentes com sua profissão e seguem um caminho “sexy sem ser vulgar“:

Tribuna Arkade: gamers reclamam da sexualidade exagerada de Cindy em Final Fantasy XV

E você, o que acha do visual de Cindy e da postura dos produtores? Vamos debater nos comentários!

(Via: EuroGamer)

160 Respostas para “Tribuna Arkade: gamers reclamam da sexualidade exagerada de Cindy em Final Fantasy XV”

  • 30 de abril de 2015 às 16:07 -

    Rick Nascimento

  • Estamos na era do choro mesmo.
    Digo, eu vejo pessoas usando esse tipo de roupa na rua todos os dias… E a grande maioria dos mecânicos que eu conheço nem usam macacão, haha. Não sei onde se vestir com roupa curta é ser apelativo, daqui a pouco vão sugerir que todas mulheres dos games apareçam de burca pra “realçar o caráter”.

    • 30 de abril de 2015 às 16:18 -

      Henrique

    • É apelativo no momento que a roupa curta está sendo usada para promover o personagem, e que além disso, se torna uma das poucas características dela. Sério mesmo que é tão difícil fazer uma personagem feminina sem essa sexualização desnecessária como a única dimensão dela como uma pessoa?

      • 30 de abril de 2015 às 18:14 -

        Alessandro do Carmo Silva

      • Difícil não é, mas; a principio, o que é que tem de errado nisso? A maioria absoluta de todas as estórias já contadas pela humanidade (sejam mitos, fabulas, poesias, livros, peças teatrais, filmes, etc…) tem pelo menos alguns personagens unidimensionais e, dentre eles, muitas e muitas mulheres que não são nada mais do que seres sexuais. Uma das personagens mais importantes do Épico de Gilgamesh (a obra literária mais antiga da qual se tem conhecimento) é uma prostituta que não faz praticamente nada além de transar com um dos personagens principais lá.

        Não há nada nisso em si só que seja especificamente machista, pois não se trata de nada mais do que uma personagem unidimensional entre várias outras na qual, por um acaso, a característica que foi definidora foi a sexualidade. Só vê um fato isolado assim como machismo quem está dando importância especial a sexualidade feminina (isto é, discriminando) e considerando ela como sendo algo em necessidade de um tratamento especial. Pra mim, não há diferença entre essa atenção excessiva à sexualidade feminina das ‘feministas’ de hoje em dia e a atenção excessiva que se dava ao serviço de velar a sexualidade feminina na cultura vitoriana.

      • 30 de abril de 2015 às 18:35 -

        Luan Barbosa

      • O problema, Alessandro, é que a humanidade existe para usar a sexualidade feminina como servidão, enquanto que a sexualidade masculina, como dominação.

      • 30 de abril de 2015 às 18:45 -

        Alessandro do Carmo Silva

      • Vejam só, ele coloca a dominação sexual masculina como sendo o padrão natural da humanidade. Isso é uma forma absoluta de pensamento machista.

        Preciso repetir que não há diferença entre este ‘mimimi’ com a sexualidade de personagens de vídeo game e o machismo vitoriano?

      • 30 de abril de 2015 às 18:55 -

        Luan Barbosa

      • Dominação sexual masculina não é colocação machista. É a realidade (e a ser combatida, no caso).

        Desenhando: Há um abismo de diferença entre um homem livre sexualmente, quase sempre considerado um macho alpha, e uma mulher também livre sexualmente, que é julgada pela sociedade com nomes que nem quero citar aqui.

      • 30 de abril de 2015 às 19:23 -

        Alessandro do Carmo Silva

      • Se decida aí, porque olha só as palavras que você usou lá no seu primeiro comentário e a contradição gritante que elas tem com seu segundo comentário.

        Fora as contradições (que não se resumem somente as contradições entre suas duas respostas, mas também a contradição de isso tudo ser um vitorianismo velado e também ao elemento da “síndrome de cavaleiro branco” latente), tem que observar também que se o que você acredita é o que disse primeiro, que a dominação sexual masculina é natural, então por que reclama? E se acredita que ela é uma realidade muito forte e que precisa ser combatida, então isto nada mais é do que a sua ideologia; ninguém é obrigado a aderir a ideologia de ninguém tão pouco a ajustar para que seus trabalhos de ficção sejam a retratação do mundo ideologizado de ninguém. Imagina só se todos os ideólogos fossem tão enjoados com a sua ideologia quanto as feministas são com a suas: Pacifistas choramingando por conta de tudo quanto é jogo de guerra, comunistas choramingando por conta de tudo quanto é jogo de negócios, todo mundo reclamando por conta de tudo… Ser um produtor de ficção seria o inferno.

      • 30 de abril de 2015 às 19:28 -

        Luan Barbosa

      • Não há contradição no que eu disse, lamento se sua capacidade não lhe permite entender que se pode enxergar um FATO, mas ser totalmente contra ele.

      • 30 de abril de 2015 às 20:37 -

        Alessandro do Carmo Silva

      • “Apesar das duas coisas que eu falei estarem em contradição direta, elas estão ambas corretas, pois minha opiniões são todas fatos.”

        Já ouviu falar em uma coisa chamada ‘duplipensar’?

      • 30 de abril de 2015 às 21:06 -

        Marcel

      • Bom, levando em consideração que ninguém deve meter o bedelho na liberdade sexual de outra pessoa, qual o problema em homens considerarem comedores machos alfa? Mulheres acham comedores galinhas, assim como homens pensam o mesmo de mulheres que dão pra vários caras (eu não acho nenhum dos dois galinhas, apenas livres e sem pudores, mas estou generalizando, ok?). O problema na inexistência de uma simetria aí é que as próprias mulheres acham que as outras livres sexualmente são vadias. Ou seja, o problema da falta de liberdade sexual feminina está principalmente nos conceitos conservadores das próprias mulheres. Mas o foco das feministas é demonizar esse conservadorismo nos homens, como se eles fossem os culpados pelo conservadorismo das próprias mulheres, sempre com aquele papo de que mulheres internalizaram conceitos machistas e bla bla bla. Na boa… isso é desculpa de gente com mentalidade fraca, onde falta inteligência, senso crítico e personalidade. O problema não é o machismo, mas a falta de massa cinzenta em pessoas que compram esses conceitos ultrapassados e conservadores sobre sexualidade – e existem conservadores de ambos os sexos.

        Outro ponto é que esse papo de que “a sexualidade feminina é usada como servidão” é uma falácia: os homens supervalorizadores de pepecas são a maioria esmagadora em qualquer lugar. E as próprias mulheres sabem o poder que a própria vulva tem. Mas, claro, aí vem sempre aquele outro mimimi da “objetificação feminina”, como se mulheres não objetificasem homens bonitos também (Clooney, Pitt, Lucas Lucco, Harry Styles, Timberlake, etc.). E mais, muitos falsos moralistas de movimentos humanistas falam como se alguém enxergasse algo além de um rosto e um corpo bonito antes de conhecer de fato uma pessoa. Qualquer tentativa de enxergar a profundidade que existe por trás de uma pessoa bonita é puro exercício de idealização.

        O que enche o saco é que feministas usam um monte de falsas dicotomias pra tentar validar alguns conceitos delas. Ao invés de atacarem o conservadorismo, o moralismo excessivo das pessoas de forma geral. Boa parte delas preferem demonizar apenas os homens. Pra elas qualquer conceito opressivo existente na sociedade é fruto da mente masculina, o que é ridículo.

        Eu sou a favor de muitos pontos do feminismo… mas tem vários que são puro vitimismo barato.

        Mas voltando a discussão do tópico… o próprio post exemplifica que existiram outras personagens femininas no Final Fantasy com outros tipos de vestimentas. Por que dessa vez não pode existir uma personagem mais sensual? Mulheres assim não refletem a sociedade, a mulher real? Se alguém achar que não tá faltando botar um pouquinho a cara no sol pra ver que existem pessoas (de ambos os sexos) que valorizam bastante a própria sexualidade na maneira de se vestir e se portar…

      • 30 de abril de 2015 às 20:47 -

        Daniel H.

      • As mulheres não devem ser julgadas pelo que elas vestem, ou deixam de vestir, fica a dica pra não falar merda da proxima vez que quiser dar sua “opinião”

      • 30 de abril de 2015 às 22:25 -

        Henrique

      • Eu não sei se você notou, mas não foi uma mulher que fez ela assim e sim os desenvolvedores mencionados na matéria. Agora você me fala, qual foi o intuito deles fazerem isso? E me fala mais uma coisa, aonde que eu falei o que vocês está acusando? Ou você não leu a parte “como a única dimensão dela como uma pessoa”?

        O meu problema não é a personagem de pouca roupa, mas sim a personagem que a única função dela é ficar com pouca roupa, sem adicionar nenhum conteúdo e ser um pedaço de carne pra gamer punheteiro. Eu ficaria feliz em pagar a minha língua se ela for diferente, mas até agora (baseado no demo) eu só vejo esse resultado, e o que eles falaram somente reforça o meu ponto.

      • 30 de abril de 2015 às 23:57 -

        Roberto Santos

      • Não é por nada não, mas se tu já jogou algum final fantasy na vida, deveria saber que nenhum personagem é raso como o que você acabou de falar.

        Ainda mais se ela vai assumir o papel do “cid” que sempre foi um dos NPCs mais importantes.

        Dia desses eu vi feministas opinando sobre um jogo que feito por uma delas, imitava o link por considerar o mundo dos jogos machista demais e no mesmo momento lembrei dessa série que gosto tanto. Vários personagens são mulheres e dentro da série vários deles são as protagonistas, vide Terra, Lightning e Yuna.

        Não sou hipócrita, ela é teve a aparência erotizada sim, mas considerar o personagem raso pela roupa já mostra que você também está sendo preconceituoso.

      • 1 de maio de 2015 às 00:40 -

        Henrique

      • Eu não to dizendo que os personagens de Final Fantasy são rasos e eu sei que existem personagens femininas fortes em vários jogos da série. Toda a reclamação que temos no momento é baseado no que vimos até agora, ou seja, o demo, esse stream dos devs e informações que recebemos sobre o game, e até agora não encontrei nada nela, além do visual.

        Vai por mim, o que eu mais quero é pagar a lingua de tudo que estou falando nesse post e que ela seja uma personagem forte assim como todas que você citou.

      • 1 de maio de 2015 às 02:01 -

        Roberto Santos

      • Cara, você disse que a personagem tem a função de ficar com pouca roupa e sem adicionar nenhum conteudo e ser so um pedaco de carne pra gamer punheteiro.

        Mesmo Tifa, que é muito útil pra isso, anda com menos roupa ainda, os peitões balançando e uma mini saia, tem MUITA importância no jogo e na história de um dos melhores ff.

        Se você perder uns segundos da sua vida e fizer uma pesquisa
        “best video game stories” você vai ver tanto alguns FF como metal gear (que tá bem ero também, alí em cima).

        Ai te pergunto, errado tá quem critica sem conhecer ou quem erotiza as personagens?

      • 6 de maio de 2015 às 11:12 -

        Hurashima

      • TODOS Cids de FF tem papel relevante na história.
        E em cada um dos jogos, eles inovam o personagem e adicionam algo a ele. Vide o CID de FF12 que é vilão.
        Na minha opinião todo esse debate é desnecessário pois julgar a profundidade de um personagem baseado no que foi mostrado em um demo é como dizer que a história de um filme é ruim pq o trailer não contou a história.

      • 30 de abril de 2015 às 20:54 -

        Rick Nascimento

      • O jogo ainda nem saiu, como você pode AFIRMAR que ela é só a roupa curta??
        Se a equipe responsável pelo jogo for feminina e colocar uma mulher pelada pedindo sexo, ela tá exercendo os direitos de mulher, mas se uma equipe masculina faz uma personagem mulher que usa roupa curta é machismo?

        Depois vão reclamar que não tem personagem feminina pra jogar. Mais da metade das personagens que aparecem vira polêmica porque não tá dentro da cartilha do politicamente correto…

        O cara andando de camisa aberta o jogo inteiro tudo bem, já que homem nunca sente frio e isso é “necessário pra arte do jogo”. Mas a mulher com roupa curta é apelação pra agradar os homens…

      • 30 de abril de 2015 às 22:44 -

        Henrique

      • 1º Onde tá esse jogo que você mencionou onde uma dev feminina colocou uma mulher pedindo por sexo?

        2º Quer dizer que só porque tem poucas personagens femininas a gente deve aceitar qualquer coisa que vier pra gente como um agradecimento? “Não tem “insira personagem estereotipado pela mídia”, então vamos colocar mais deles porque é isso que todo mundo quer!”

        3º Por que vc tá mencionando algo que eu nem cogitei, não é só porque eu apoio um lado da moeda não quer dizer que eu não apoie o outro. Abaixo aos homens desnecessários malhados e sem camisa também!

        (Atentem ao “desnecessário” que quer dizer: Inserido como puro eye candy e feito para meios de sexualização e mais nada. Veja como eu não estou banindo o artista de fazer sua arte, mas sim criticando o indivíduo que fez aquele personagem somente para este motivo, sem nenhum aprofundamento ou caracterização do personagem que ele criou i.e. motivos da sexualização, porque ela é desse jeito, importância dela para a história como um personagem sexualizado)

      • 1 de maio de 2015 às 04:24 -

        michelle

      • Parabéns Henrique por demostrar sua opinião mesmo sendo quase hostilizado, infelizmente são valores tãooo introjetados na sociedade que as pessoas naturalizam esse estado como o natural das coisas, como se vê os próprios produtores acham isso muito comum e os próprios jogadores também acham. Realmente é apelativo a retratação da figura feminina, como se para ter um personagem feminino ele necessariamente precisasse ser hipersexualizado. Acho que isso é reflexo de uma cultura machista, mas também pode refletir os traços de uma cultura fechada, como é a dos japoneses, quanto a parte de sexualidade, que talvez reflita essas hipersexualização das coisas, e que em alguns olhos soam estranhos, principalmente hoje em dia que há mais questionamento sobre a representação feminina. Alias gostei do post em trazer essas questões para discussão.

      • 1 de maio de 2015 às 04:29 -

        michelle

      • Infelizmente as pessoas não aceitaram bem sua opinião, mas olha eu fiquei muito feliz de verdade de não me decepcionar totalmente ao ler os comentários =))

      • 1 de maio de 2015 às 07:58 -

        Rick Nascimento

      • 1º Foi um exemplo, mas pode procurar o mercado alternativo de games do Japão que existe isso sim. Não só games, até mangá erótico tem com autoria feminina. Ou mesmo mangás “comuns”, soft, voltados ao público masculino. Acho bizarro essa coisa de ser machista “porque foi uma equipe masculina que fez a personagem assim”.

        2º Não. Perceba que, como eu disse, quase toda personagem feminina que aparece na mídia pop hoje recebe críticas. Ou é muita roupa, ou é pouca, ou é sexista, ou não tem tanta atenção quanto gostariam, etc. Tudo vira problema! Eu gosto de comer pizza, mas quando to com fome, me conformo com pão e mortadela se não tem pizza, saca? No ocidente muitos games já tem uma consciência social maior e no Japão, pela cultura fechada, esse processo ainda pode levar algum tempo. Criar guerra só vai frear o interesse deles no ocidente (que já aconteceu várias vezes com outras empresas de game) e fazer a situação regredir.

        3º É só um jogo. E eles agradam ambos os públicos, masculino e feminino. Por que ir contra isso? Não é como se eu tivesse perdendo alguma coisa por ter um cara sarado sem camisa no game que eu to jogando… Sério, eu não me sinto ofendido por jogar um game com personagens que sejam diferentes de mim, mesmo no caso daqueles que não só são diferentes, como eu acho completamente babacas. Faz parte do jogo. Até porque esse tipo de pessoal existe de verdade, se fosse tomar ofensa por tudo que existe que não me agrada…

        (E o que eu to tentando dizer é: o jogo não saiu. Estão fazendo todo esse alvoroço por causa de uma aparição de 30 segundos numa demo de um jogo que ainda está em processo de produção. Entende como é bizarro bradar contra uma coisa que a gente ainda nem sabe como vai ser? Tá todo mundo tratando a personagem como se o único motivo dela estar no jogo fosse pra rebolar pra gente e NINGUÉM tem qualquer condição de afirmar isso ainda)

      • 30 de abril de 2015 às 21:16 -

        Carlos Schneider

      • Aparentemente as parties de RPG agora terão um sistema de cotas pra agradar as minorias. 1 negro, 1 trans, uma feminista com peitos de fora, a gostosa usando burca pq seu corpo desagrada a feminista, 1 índio e um cachorro adotado. Dane-se a diversão, vamos aprender mais sobre a opressão ocidental no jogo.

      • 30 de abril de 2015 às 22:37 -

        Henrique

      • Uai, demorou! Se o jogo for bom E ainda tiver toda essa diversidade eu vou amar ele!

      • 1 de maio de 2015 às 00:24 -

        Carlos Schneider

      • Q bom, então deixe os outros se divertirem em paz sem vomitar moralismos baratos.

      • 1 de maio de 2015 às 00:36 -

        Henrique

      • Incentivo a diversidade na cultura e entretenimento é moralismo barato agora? Engraçado isso.

      • 1 de maio de 2015 às 00:37 -

        Carlos Schneider

      • Onde vc incentiva a diversidade de cultura querendo q façam personagens femininas apenas ao seu gosto? O mundo n gira em torno do seu umbigo e dos seus traumas cara.

      • 1 de maio de 2015 às 00:42 -

        Henrique

      • Meu gosto? Não sei se você viu mas esse problema é o que mais está rolando nos últimos anos, e mais uma vez, eu não me importo com as roupas dela, o que eu me importo é que ela seja SOMENTE isso. Me dê um personagem com uma boa história, boas motivações e boas razões pelo que está fazendo e por mim o personagem pode fazer o que bem entender.

      • 1 de maio de 2015 às 00:49 -

        Carlos Schneider

      • Ah sim agora vc mudou o discurso. E qual o problema dela ser fútil ou inútil amigo? Pra se usar roupa curta ela precisa ser o Cloud de tamanha profundidade histórica? Vc tá vendo polêmica onde n existe.

      • 1 de maio de 2015 às 00:54 -

        Henrique

      • Você leu algo que escrevi até agora ou tá só pegando as partes que lhe convém? E você quer personagens fúteis e inúteis em um jogo? Eu não quero isso mesmo, quero histórias interessantes, personagens com motivações que condiz a personalidade e algo que me prenda e me deixe com vontade de jogar do começo até o fim.

      • 1 de maio de 2015 às 01:01 -

        Carlos Schneider

      • Bom concordamos em algo. Mas é de direito da franquia se quiser inserir uma personagem vazia e de roupas curtas. Não vejo nada demais nisso, até pq existem várias personagem de apelo fortemente sexual oq não é o caso da Cindy.

      • 1 de maio de 2015 às 01:06 -

        Carlos Schneider

      • Discussão tá boa mas vou indo. O fato é que ninguém obriga um pastor a entrar no X-vídeos. Segue a mesma lógica do ”cada um consome aquilo que quer” Um judeu tem direito de não comprar Wolfenstein por ter nazistas simplesmente pq fica ofendido, mas nem por isso ele tem o direito de querer censurar uma obra de um artista. Vide oq aconteceu no caso Charlie Hebdo. Abs.

      • 1 de maio de 2015 às 00:39 -

        Carlos Schneider

      • Tô no aguardo do seu jogo do politicamente correto. Um GTA onde n se pode furar o sinal, as mulheres usam burca, vc separa o lixo do reciclável hahaha.

    • 30 de abril de 2015 às 16:22 -

      Gisa Castro

    • Exato…to cansada de toda mulher sexy agora ser obrigada a se vestir comportada. machismo pra mim é exatamente o contrário, o fundamentalismo bíblico. Essas feminazis não tem nada mais importante pra combater ao invés de ficarem ditando o que uma mulher deve ou não usar? Amo mulher sUper sensual forever.

      • 30 de abril de 2015 às 17:08 -

        LiquidCampbell

      • Maldita geração mimimi

      • 30 de abril de 2015 às 23:06 -

        Henrique

      • Mas quem disse algo sobre ditar o que a pessoa deve ou não usar? A ideia é completamente o oposto, é poder usar o que a pessoa achar melhor. O problema que esta sendo proposto é a sexualização desnecessária NOS JOGOS, ou seja, desenvolver um personagem feminino (ou masculino) com o único objetivo de sexualiza-lo, sem nenhuma história por trás ou algo do tipo (coisas que estamos baseando no demo/essa conversa dos devs). Agora, veja que eu coloquei “jogos” em caps-lock justamente para diferenciar o que fazemos na vida real e o que é demonstrado nos jogos, sendo duas vertentes totalmente diferentes.

      • 2 de maio de 2015 às 01:44 -

        Matheus Pavelizky

      • Meu deus do céu, ela é um CID! Vc ja jogou algum Final Fantasy, ja viu algum Cid q fosse importante pra história? Não! Eles só fazem a nave, eles nunca fazem nada além disso.

      • 2 de maio de 2015 às 11:43 -

        Gabriel Mendes Rocha

      • Tá doidão, mano??? Sério que vc tá falando que nenhum Cid é importante pra historia em Final Fantasy? Vai pesquisar direito, cara.

    • 30 de abril de 2015 às 16:45 -

      Marcel

    • Cômico são as feministas questionarem estereótipos e quererem que as mulheres tenham liberdade de se vestir com quiserem, mas ficam questionando o modo como uma personagem do jogo se veste. Muito mimimimi contraditório…

    • 30 de abril de 2015 às 20:01 -

      Pedro de Souza

    • A questão não é uma mulher sexy, e sim um homem representando uma mulher sexy. e obviamente, é necessário ver se tudo encaixa, há uma chance de tudo combinar e dar certo tb

    • 24 de janeiro de 2017 às 16:32 -

      Andre

    • Olha eu vejo mulher usando essa roupa na ora do ato sexual, a menos que se mora na favela ou perto de um prostíbulo pra ver uma mulher usando roupa asim lol

  • 30 de abril de 2015 às 17:24 -

    Giallahorn

  • tudo agora é motivo pra mimimi, ao invés dessas feminazi ficarem falando merda, joguem o jogo sem encher o saco, tudo é reclamação pra elas

  • 30 de abril de 2015 às 17:38 -

    Cristiano soares

  • Oh povo chato, os mesmo que procuram imagens xxx da personagem, são os que ficam de mimimi depois. kkkk

    • 24 de janeiro de 2017 às 16:34 -

      Andre

    • Pela foto você é negro, imagina que vc não pode reclama pq vc tb sofre preconceito, se vc vivesse na idade média. Ainda existe machismo em pleno século XXI, parece mesmo que ainda não passaram na época da puberdade esses moleke de bosta

  • 30 de abril de 2015 às 17:59 -

    Alessandro do Carmo Silva

  • Se você coloca uma mulher sensual no seu game é machismo, se você coloca uma mulher seca e frígida no seu game também é machismo. Se você coloca uma mulher com o corpo escultural no jogo é machismo, se você coloca uma mulher gorda e feia no jogo também é machismo. Se você coloca uma mulher que transa muito é machismo, se você coloca uma mulher que vive na castidade é machismo. Se você coloca uma cena em que uma mulher transa com um homem é machismo, se você coloca uma cena em que uma mulher transa com outra mulher também é machismo. Se seu jogo tem muitas personagens femininas é machismo, se seu jogo tem poucas personagens femininas também é machismo…

    Enfim, parece que o único jeito de fazer um game que não será considerado machista hoje em dia é inserir apenas personagens masculinos. Ah! Não, vão reclamar que a falta de uma personagem feminina no jogo também é machismo…

    • 30 de abril de 2015 às 20:14 -

      BaconINFINITO

    • se a mulher tem cargo baixo é machismo,se a mulher tem cargo alto ela está sendo oprimida pelos subalterno,se ela é negra é machismo,se é branca é machismo,pelada/com roupa é machismo, se o personagem homem ajuda ela é machismo ,se o homem não ajuda é machismo,se ela é bonita é machismo se é feia é machismo .

      maldita era mimimimi ,até parece que os homens não sofrem opresao e nã ose fodem,.

      • 1 de maio de 2015 às 04:00 -

        Leandro alves

      • Homem sofre opressão aonde cara? PRATICAMENTE TODO DIA é ” o dia do homem”. ou você é daqueles que acham que mulher ou o gay não deveria ter o seu dia? pelo que sei, os homens dominam quase tudo desde que esse mundo existe.

      • 1 de maio de 2015 às 08:32 -

        BaconINFINITO

      • homem só se fode sim,é julgado violentamente e sem do ,sofre estereótipos opressores , mulher tmb se fode um monte mas na maioria das situações sempre tem alguém para passar a mão na cabeça delas.

  • 30 de abril de 2015 às 18:32 -

    Luan Barbosa

  • Entendam: Há uma diferença muito grande entre uma mulher se vestir do jeito que quiser, inclusive usando decote e roupas curtas, e um grupo de homens colocarem uma personagem secundária, que mal sabemos qual é a real importancia pro jogo, que nem faz parte dos protagonistas (alias, Final Fantasy XV é um One Direction, praticamente), sendo sexualizada com esse tipo de roupa.

    • 30 de abril de 2015 às 20:16 -

      BaconINFINITO

    • então para a personagem ser gostosona teriam que contratar uma designer MULHER para poder fazer isso?

    • 30 de abril de 2015 às 21:07 -

      Rick Nascimento

    • É justamente por não saber qual o propósito da personagem no jogo que não se deve sair acusando as pessoas de serem machistas só porque ela foi criada com roupas curtas. Espera o jogo sair e decide depois se ela é uma “puta do machismo” ou a “personagem feminina memorável” citada no texto do artigo.

      • 1 de maio de 2015 às 04:09 -

        Leandro alves

      • “É justamente por não saber qual o propósito da personagem no jogo que não se deve sair acusando as pessoas de serem machistas só porque ela foi criada com roupas curtas. Espera o jogo sair e decide depois se ela é uma “puta do machismo” ou a “personagem feminina memorável” citada no texto do artigo.”

        personagem “memorável” ???

        ahhh…como a Tifa Lockhart onde chuto que 80% daqui a lembra pelos motivos MENOS NOBRES possíveis? (bustos enormes e saia curta) e que dane-se que o protagonista caga litros para ela, onde esse supostamente ama uma garota já morta que era namorada do amigo dele?

        não cara, é melhor nem tentar defender a personagem. por qualquer motivo ou a personalidade que a Cid tenha, ela é fan service puro esfregando na cara dura (err…isso vai ser interpretado errado.). mas sinceramente, acho que o pessoal está grilando demais aqui. ela é fanservice e chuto que ela não vai estar no grupo dos heróis, então não sei porque isso tudo de discussão. e como falei antes, quase tudo que é feito para nerds ou gamers japoneses tem fan service.

      • 1 de maio de 2015 às 08:14 -

        Rick Nascimento

      • Ela é uma mecânica que conserta o carro do grupo. Ela fez o que deveria, caso isso seja o único papel que ela tem no jogo (o que eu duvido muito). Roupas não interferem nesse trabalho. Como eu disse em outro comentário, todos mecânicos que conheci até hoje trabalhavam de camiseta regata e só usavam calças jeans porque eram obrigados (e olha que trabalhei durante anos num estabelecimento entre duas oficinas automotivas, além de ter amigos funcionários de outras oficinas).

        E quem tá falando que ela é só um pedaço de carne por causa das roupas não sou eu…

    • 30 de abril de 2015 às 21:27 -

      Carlos Schneider

    • Segundo a lógica do Luan só pode fazer personagem gostosa se for um grupo de eunucos.

      • 30 de abril de 2015 às 21:30 -

        Luan Barbosa

      • Primeiro: qual é a necessidade pratica de se colocar uma mulher gostosa em um jogo como Final Fantasy?

      • 30 de abril de 2015 às 21:38 -

        Carlos Schneider

      • Pq não? Devem ser só feias pra te agradar?

      • 30 de abril de 2015 às 21:57 -

        Carlos Schneider

      • Inclusive Luan vc é dos únicos que está diminuindo a personagem pela roupa que veste como se ela fosse apenas isso. Ela não deixa de ser foda pq veste um shortinho ou um vestido. Por ela usar roupas provocantes vc mesmo a coloca como algo somente pra vender alem do que foca exclusivamente na polêmica de roupa curta como se não existissem inúmeras personagem da ficção com roupas comportadas. Basicamente no seu contexto você quer impor quase que uma norma para os artistas por causa do seu gosto pessoal e de onde eu venho isso se chama boicote ou censura. Por isso a cada dia temos mais Filmes, HQ’s e Jogos de pior qualidade por causa de exigências do politicamente correto onde o problema geralmente fica na cabeça do reclamante.

      • 30 de abril de 2015 às 22:07 -

        Luan Barbosa

      • Eu? Diminuindo a personagem? Ok.

        Olhe os comentários da galera que você concorda aqui no tópico. Pelo menos a maioria acha que a personagem é apenas um pedaço de carne feito apenas pro fanservice.

        Eu sou totalmente contra a sexualização exacerbada da figura feminina nos jogos. Por mim (não só por mim, na real), existiriam mais personagens como Korra, Kamala Khan, a nova Mulher Maravilha, Jacqui Briggs e etc. São personagens fodas e que tem um contexto, não precisando ter um decotão feito por um homem pra agradar outro homem.

        Agora, por outro lado: as mulheres, no mundo real, devem ter todo o direito de se vestir da maneira que quiserem, com decotes e shorts curtos, se bem entenderem, por aí, não é uma questão de ser um produto feito de homem para homem: é simplesmente uma mulher se vestindo da maneira que se achar melhor.

        O que está acontecendo aqui é justamente ao contrario: essa mesma galera que ta exaltando e não achando nada de mais uma personagem ser ultrassexualizada e que em nenhum momento vi alguém a exaltando pelas suas qualidades em lutas ou no próprio jogo mesmo, chamaria uma garota de puta ou attention whore caso ela fizesse um streaming jogando Final Fantasy XV: Episode Duscae usando um decote ou apenas sendo bonita.

        Enfim, não vou mais por palavras aqui. Fui o mais claro possível, se optarem pela ignorância, e não pela empatia, não vou ser eu que vou ficar gastando meu tempo e minha paciência com essa cultura gamer brasileira conservadora.

      • 1 de maio de 2015 às 00:29 -

        Carlos Schneider

      • Amigo parei no ”personagem é apenas um pedaço de carne”, vc vê erotização em ficção. Na sua teoria os jogos n devem ter violência gratuita, assassinatos, estupro, mortes e roubos, mas sexismo (q vc insiste em ver) que é o seu problema. Como eu disse, pessoas com essa sua ideia beiram ao ponto de misturar ficção com realidade e devem achar q jogos violentos geram seres violentos. Militar por causas sociais em jogos beira no minimo ao ridículo e falta de senso.
        Caras como vc se deixasse n existiria a Samus do Metroid pq tira a roupa no final de um jogo de 8bits e nem um GTA da vida por esse pensamento retrógrado.

      • 1 de maio de 2015 às 04:28 -

        Leandro alves

      • por Fan Service…pura e simplesmente. eu sei que esse pensamento é errado Luan, mas sendo simples, é pra isso mesmo que ela está ali. mesmo se ela tiver alguma importância no jogo.

      • 24 de janeiro de 2017 às 16:40 -

        KKKK

      • Qual a necessidade de ter o trabalho de desenhar uma mulher super-sexualizada? bonita tudo bem, agora usando roupa toda rasgada parece que foi estrupada por 30, acho que esse não é o objetivo do jogo. Pensei que davam mais preocupação para o estilo de combate do personagem, da história, não se vai ter PEITO e BUNDA grande kkkkkkkkkkkkkkkkkk

    • 1 de maio de 2015 às 00:49 -

      Roberto Santos

    • Se tu conhecesse final fantasy não iria questionar a real importância do “cid” em TODOS final fantasy…

  • 30 de abril de 2015 às 19:49 -

    Leandro alves

  • “Para uma empresa que já nos brindou com personagens femininas memoráveis (e bem vestidas) como Terra, Lucca e Garnet, esta é sem dúvida uma visão um pouco sexista das personagens femininas.”

    a mesma que fez Tifa, Ashe e Fran…ou a tal Riku.

    é um jogo feito por japoneses, o que esperavam?

    mas a roupa dela está curta mesmo, mas se ela nem vai estar na nossa party (ao menos é o que falam), então não vamos vê-la muito. e mesmo que estivesse usando um macacão do desenho acima, lembremos da feliz e infame, “regra 34…”

  • 30 de abril de 2015 às 20:08 -

    BaconINFINITO

  • EU QUERO ELA GOSTOSA na minha party ,é uma personagem FICTÍCIA gerada pelo computador ,não é uma pessoa , não é baseada em uma pessoa , s´oque me faltava mesmo , então tirem os músculos de todos os personagens homens de todos os jogos carai ,e outra ,que mal tem usar de putaria para promover algo? isso ocorre desde o ano -999999999999 ,ficou ofendido não compra o jogo ,s´oque não venha estragar o jogo para mim .
    sim gosto de mulheres atraentes sim,decotes ,coxa de fora , foda-se e gosto disso tmb em jogos , maldita ala de humanas.

    • 30 de abril de 2015 às 22:49 -

      Henrique

    • Wow.

    • 24 de janeiro de 2017 às 15:37 -

      hentaizeiro tem que morrer rs

    • Bom tenho certeza que se o homem entrasse num corpo de uma mulher não ia aguenta 1seg se quer.

      Vcs jogariam um jogo em que os personagens são todos mulheres e o unico homem é hipersexualizado e mostra os peitinho dele td hora?
      Obvio que não kkkkkkkkkk

      Queremos personagens feminas não só atraentes mas que sejam legais Jogabilidade decente, IMPORTANTE para a história, fortes. Vcs homens sabem que no fundo isso é Machismo, só que não reclamam pq vao tocar uma punheta pra mulher que serve so pra nerd virjao tocar punhete, pq nao tem funcionalidade nehuma.

      Fala de barriga cheia é facil, tudo é desenvolvido pra o nerd punheteiro que precisa saciar sua vontade de se masturbar em todo jogo.

      No fundo todos os homens sabem que é errado essa sexualização exagerada da mulher nos jogos.

  • 30 de abril de 2015 às 20:46 -

    Luan Barbosa

  • Depois de todos esses comentários

    • 30 de abril de 2015 às 22:16 -

      Henrique

    • SOCORRO LUAN, ME SALVA DESSES COMENTÁRIOS.

      • 30 de abril de 2015 às 22:24 -

        Luan Barbosa

      • Péssimo dia pra saber ler.

      • 30 de abril de 2015 às 23:19 -

        Alessandro do Carmo Silva

      • Verdade. Se você não soubesse ler (e escrever) a gente deixaria de ter lido um bocado de merdas.

      • 30 de abril de 2015 às 23:26 -

        Luan Barbosa

      • Se acabou o argumento, não precisa me ofender, cara. É só falar. Toda ignorância se esvazia de ideias uma hora. :)

      • 1 de maio de 2015 às 00:14 -

        Alessandro do Carmo Silva

      • Deve dizer isso por experiência própria, porque quem fugiu da discussão pra regurgitar memes e soltar provocações baratas não fui eu.

    • 1 de maio de 2015 às 04:31 -

      anaoefdp

    • Falou o cara com a foto da personagem sexualizada.

    • 1 de maio de 2015 às 10:29 -

      gui men

    • eu também não consigo mais cara, não consigo…

    • 2 de maio de 2015 às 00:24 -

      nagai13

    • logei no disqus só pra curtir seu comentário :v realmente, dá tristeza vir nos comentarios e ver que só tem gente idiota e atrasada… mas ao mesmo tempo fico feliz de ver que cada vez mais tem gente comentando fazendo críticas construtivas :) ainda é pouco comparado a quantidade de trolls babacas que aparecem… mas pelo menos vejo que não sou a única que pensa dessa forma

  • 30 de abril de 2015 às 20:48 -

    Daniel H.

  • Mimimi sem fundamento, 3D é arte, arte é livre, arte não tem obrigação de agradar. Isso é um personagem fictício, se for pra ser realista fiquem na realidade e não se metam nos games.

    • 1 de maio de 2015 às 00:06 -

      Danilo Souza

    • A arte é livre e as pessoas são livres pra achar a arte uma merda. Assim é a vida.

    • 24 de janeiro de 2017 às 15:42 -

      Larissa

    • Tão livre que se quiser eu falo que é uma bosta. Pq gora não pode mais reclamar do que é errado? Ou é vc que tem medo de aceitar críticas construtivas?

      • 24 de janeiro de 2017 às 15:51 -

        Larissa

      • Críticas vao sempre existir quero vc ou não. Colocam uma mulher peitudo mostrando o ate ùtero e ainda n querem ser criticados? Vc obvio que não, mas tem gente que joga pela qualidade dos personagens.

        Sou mulher e não gosto dessa sexualição desnecessária, por isso eu não joguei e nunca vou jogar e nem é esse o motivo principal, fui 😊

  • 30 de abril de 2015 às 20:55 -

    Carlos Schneider

  • Isso já foi debatido aqui milhões de vezes. Querem moralizar até os jogos, na verdade querem IMPOR o que se acha certo. Pode reparar que quem mais se incomoda são as que não consome o produto e que compra briga apenas pela polêmica. Acusar um jogo de ficção de ser sexista ou machista entra na mesma esfera dos dementes que acham que jogo violento gera agressividade, aí meu amigo o problema mora em VOCÊ e não no jogo.

    • 1 de maio de 2015 às 00:05 -

      Danilo Souza

    • Impor? Ninguém obriga os devs a fazerem nada… Nunca vi um jogo ser judicialmente proibido de ser feito. Quando isso ocorre, há uma reação negativa de praticamente todos os gamers…

      O que se critica é a possível qualidade de uma obra que cria um personagem com viés sexista. Uma personagem feminina que é desenhada de forma exageradamente sexualizada só por fanservice. A crítica aqui é puramente a esse fanservice sem propósito. O próprio comentário do dev mostra a mentalidade, ele brinca que acha contraditório querer uma mulher no jogo que não seja sexualizada. Ou seja, na cabeça dele mulher em jogo só serve pra ser eye candy. É uma postura que ofende diretamente as gamers… Fora que é uma postura muito hipócrita, principalmente porque essa mesma empresa modificou a roupa de um personagem homem porque mostrava pele demais. Eu achei a roupa ridícula, e deveria ter sido mudada mesmo… Mas pela lógica, essa da Cindy também.

      • 1 de maio de 2015 às 00:31 -

        Carlos Schneider

      • Se vc n gosta n consuma amigo, n precisa dar chilique e querer boicotar algo só pq n bate com seu jeito de viver.

      • 1 de maio de 2015 às 03:17 -

        Danilo Souza

      • Não é chilique, cara… É crítica. E o boicote consiste justamente em não consumir, porra. KKKKKKKKK

        Já vi nego fazendo chiadeira bem maior por causa de queda de framerate em jogo e não chamam de chilique (porque não é). Não é diferente daqui, é simplesmente potenciais consumidores insatisfeitos com um produto. Não sei pra que o espanto e a cagação de regra.

      • 1 de maio de 2015 às 11:38 -

        Carlos Schneider

      • Critica ela é baseada e construída em informações adquiridas do produto do qual vc tem conhecimento diferentemente do chilique pre adolescente que vemos aqui puramente polêmico.

      • 1 de maio de 2015 às 12:21 -

        Danilo Souza

      • A crítica aqui é baseada só no que já sabemos do jogo. Uma das coisas que sei do jogo é que a roupa da Cindy tá ridícula, então estou comentando que ela está ridícula e por que. Se isso é ~polêmico~, posso fazer nada…

      • 2 de maio de 2015 às 10:27 -

        Carlos Schneider

      • Vc é totalmente contraditório. Na sua primeira reply do meu comentário vc incita sexismo onde não existe apenas pq você acha a roupa ridícula. Ou seja polêmica gratuita. Vinculou seu gosto estético pessoal pro lado do sexismo e vc sabe disso.

      • 1 de maio de 2015 às 00:31 -

        Carlos Schneider

      • O mais engraçado e irônico de tudo que são os caras que pagam de feministo que são os primeiros a serem esculachados pelas feministas exclusivamente por serem homens e não poderem opinar sobre a causa delas. Amigão elas tão se lixando pra sua opinião e tentativa ser cordial com a causa delas.

      • 1 de maio de 2015 às 03:26 -

        Danilo Souza

      • É uma minoria bem barulhenta que vem com esses esculachos. O que não vem ao caso… Eu dou minha opinião, doa a quem doer. Seja em quem tem medo de feminista ou em feministas radicais com alergia ao cromossomo Y. Eu sou cordial à causa delas de modo geral porque é compatível com minha visão de mundo, não quero ganhar biscoito nem estrelinha de bom menino das feministas.

        Embora seja um problema muito sério essa ala feminista mais radical ser tão hostil com homens, independente da conduta. É burrice também… afastar e segregar é contraproducente, principalmente fazer isso com gente disposta a apoiar a causa. Mas divago…

      • 1 de maio de 2015 às 00:33 -

        Carlos Schneider

      • Finalizando, eu INSISTO o problema tá na cabeça de quem vê sexismo em tudo, busque ajuda psicológica ao invés de querer mudar o mundo atrás do PC só pq algo n te agrada.

      • 1 de maio de 2015 às 03:22 -

        Danilo Souza

      • É só uma crítica a um jogo, amigo. Você que tá vendo coisa demais, achando que feminista são os Illuminatti que querem dominar o mundo e usar cintaralho em todos os homens. KKKKKKKKK

        E você pode não ter visto sexismo… mas é muito óbvio que muita gente veria. Ponha-se na mente das pessoas criticando, na visão de mundo delas. Não precisa nem concordar, é só ter a honestidade intelectual de admitir que alguém pode ter uma opinião diferente da sua sem ser um doente.

      • 24 de janeiro de 2017 às 16:02 -

        Malu

      • Não é questão de agradar uma minoria (e n é assim tao pouco mulher q joga), é pq desde que os jogos existem ele é produzido pra agradar o homem sentado na frente do pc. Não quero proibir nada, tem homem fresco que faz (mimimi) tópico no forum pq fizeram a mulher com pouco peito. Tá normalizado na cultura dos jogos a sexualização da mulher e algumas pessoas com senso crítico percebem outros n ligam.

  • 30 de abril de 2015 às 21:15 -

    Carlos Schneider

  • Aparentemente as parties de RPG agora terão um sistema de cotas pra agradar os as minorias. 1 negro, 1 trans, uma feminista com peitos de fora, a gostosa usando burca pq seu corpo desagrada a feminista, 1 índio e um cachorro adotado. Dane-se a diversão, vamos aprender mais sobre a opressão ocidental no jogo.

    • 24 de janeiro de 2017 às 16:04 -

      Malu

    • “Sistema de cotas”, não seria tão bom todos ser representados e então ninguem reclamaria de nada, um sonho!

  • 30 de abril de 2015 às 21:44 -

    Aaron Quebra-galho

  • Sobre o visual da Cindy, achei excelentemente perfeito. Sobre a postura dos produtores, eu achei uma bosta, pois os mesmos poderiam dizer apenas o óbvio: “A sexualização da nossa personagem incomoda vocês? Que pena, nós gostamos dela assim. Perdão se não temos o ‘poder’ de agradar a todos.”, HAuaHUahuHUa!!! Teria sido uma postura bem mais convicta.

  • 30 de abril de 2015 às 22:41 -

    Luiz

  • Se fosse um homem seminu estariam todos ofendidos agora. O problema é que as pessoas analisam as coisas com o mesmo peso e medida, quando não conseguem reparar que a realidade é totalmente diferente. E nela na maioria das vezes a mulher foi vista como mero objeto sexual, se existir motivo para o personagem ser assim, beleza, mas é fácil ver que nesse caso é apenas para promover o personagem. É possível fazer um personagem feminino provocativo e não usar isso como desculpa pra vender, exemplo: Maria em Silent Hill 2.

    • 30 de abril de 2015 às 22:48 -

      Henrique

    • Ou Ellie de The Last of Us, Faith de Mirror’s Edge, Nilin de Remember Me e todas as personagens femininas de Borderlands.

    • 1 de maio de 2015 às 03:57 -

      Leandro alves

    • “Se fosse um homem seminu estariam todos ofendidos agora”

      depende, você se ofende com o Kratos ou com o Asura?

      • 1 de maio de 2015 às 14:22 -

        Luiz

      • Porra, “problema é que as pessoas analisam as coisas com o mesmo peso e medida”. O visual do Kratos não foi feito pra ser sexy. Porém nesta mesma franquia, já ouve reclamação pra deixarem um dos personagens masculinos menos sexy. http://en.rocketnews24.com/2015/04/03/too-sexy-new-final-fantasys-hunky-male-lead-has-his-revealing-costume-toned-down/ Agora olhe como a abordagem deste personagem citado na matéria é muito diferente da do Kratos. Apesar dele usar mais roupa do que o próprio Kratos.

        E não, não me sinto ofendido e se surgir um protagonista super afeminado e muito sexy, não continuarei me ofendendo, exatamente por este personagem estar indo de confronto com todos os outros comuns. Mas é claro se colocarem um personagem assim, numa franquia de terror, não faria nenhum sentido. Porém pra vender, fazer sucesso, chamar atenção etc é capaz que ocorra o contrário, ou seja, um personagem feminino desnecessariamente sensual. No games de luta então, os exemplos são infinitos… última vez o problema não é a mulher ser sexy e sim, desnecessariamente sexy.

  • 1 de maio de 2015 às 00:02 -

    Daniel Zimmermann

  • Galera, lembrando a todos como funcionam as discussões na Arkade: mesmo com opiniões radicalmente diferentes, vamos manter a discussão SEMPRE na área das ideias, sem partir para grosserias e/ou ataques pessoais.

  • 1 de maio de 2015 às 00:22 -

    Roger Wilson

  • Acho que a galera perdeu um pouco o foco. Pensem comigo, o Jogo é um grupo de amigos que viajam em um carro matando monstros, usando habilidades etc. Dps eles nos apresentam essa personagem Cid, ultra sensual e pá. Pensem bem, qual o público alvo que eles estão mirando? Pensa só mais um pouco… Adolescentes homens heterossexuais 13~18. Ou seja, se vocês não se encaixam, ou não tem um pouco da mentalidade dessa faixa etária, com certeza vão achar coisas que não gostam. Mas aí vc pode dizer: “Ah mas isso tem que mudar, os jogos tem que parar de influenciar a mentalidade dos homens sexualizando a mulher”. Bom, a sociedade está mudando aos poucos em muitos sentidos, principalmente nos preconceitos, mas ainda não é hora de exigir que certos conceitos que vêm mudando sejam implementados em todos os jogos, até por que, como vi em outro comentário isso tira a liberdade artística dos desenvolvedores.

  • 1 de maio de 2015 às 00:32 -

    Carlos Schneider

  • Notem bem. O mais engraçado e irônico de tudo que são os caras que pagam de feministo que são os primeiros a serem esculachados pelas feministas exclusivamente por serem homens e não poderem opinar sobre a causa delas. Amigão elas tão se lixando pra sua opinião e tentativa ser cordial com a causa delas.

  • 1 de maio de 2015 às 00:43 -

    Carlos Schneider

  • Inclusive pior coisa que o site do Arkade fez foi liberar o Disqus aqui. Brotaram neandertais de todo buraco pra dizer que mulher n deve usar roupa curta nos GAMES!!!!!

    • 1 de maio de 2015 às 00:45 -

      Henrique

    • Ué amigo, discussões e debates funcionam assim. Dois lados falando sobre um tema recorrente. Eu não sou obrigado a concordar contigo e você não é obrigado a concordar comigo, mas precisamos do minimo de decência para escutar a outra pessoa para que a discussão seja saudável.

      • 1 de maio de 2015 às 00:51 -

        Carlos Schneider

      • Com ctz, o oposto de virar uma fauna;

  • 1 de maio de 2015 às 00:53 -

    Otto Cerqueira

  • Tô de saco cheio disso. Feminismo não fala de direitos iguais trabalhistas, não fala de mulheres que apanham dos maridos, mas fala do quê? Personagens fictícias. Eu vou jogar com ela mesmo se ela tiver pelada.

    Tô ofendendo as mulheres que conheço com isso? Lógico que não! Elas nem ligam pra isso porque estão tocando suas vidas em vez de ligar pra um short mais curto no videogame. E quando elas veem um homem de peito amostra elas babam também. Chega de hipocrisia.

    • 24 de janeiro de 2017 às 16:06 -

      Pedro

    • O certo é só represantar o gosto do nerdzão virki que precisa ter peitos pulando em todos os jgos se eles choram. Ah pfr reclamam sim, saim da bolha invisivel e pensem nas suas filhas que poderão ser gamers no futuro

      • 24 de janeiro de 2017 às 16:07 -

        Pedro

      • Virgem* ali kkkk

  • 1 de maio de 2015 às 01:00 -

    Roberto Santos

  • Acho foda a maior parte dos que estão criticando a sensualidade da personagem questionando a participação no jogo que ainda está em produção, chamando a mesma de “pedaço de carne” pra punheteiros e etc mas sequer leram a parte que os desenvolvedores falaram que ela será a primeira mulher “cid” na série, se transformar um personagem que por trocentos outros jogos era sempre masculino pela primeira vez em um feminino é machismo, para o mundo que eu quero descer.

    “Não há realmente nenhum significado profundo para isso, nós só queríamos fazer um personagem que aparecesse em várias formas em todos os jogos. Eu acho que sempre tive uma queda por esse tipo de personagem. Cid é como Yoda da série de Star Wars–muito inteligente e sábio.”—Hironobu Sakaguchi na EGM2 em agosto de 1997.

    Sobre o “Cid” na série final fantasy.

    Chamar a personagem de rasa e fap material sem sequer conhecer o jogo ou a série (que tem várias personagens principais mulheres), não seria mais preconceituoso ainda?

    • 1 de maio de 2015 às 03:49 -

      Leandro alves

    • “Chamar a personagem de rasa e fap material sem sequer conhecer o jogo ou a série (que tem várias personagens principais mulheres), não seria mais preconceituoso ainda?”

      amigo, você não é ingênuo é? o jogo é feito por japoneses e para nerds nipônicos (ou coisa pior por lá) onde metade dos produtos se não tiver fan service ou “XXX” não vende. mesmo se a personagem tiver um lado “forte” (eu nunca vi uma personagem de FF ter esse lado, só a Lightning e nem tanto assim. talvez as de FF Tatics e olhe lá) e mesmo assim, estará sujeita a fapações não importa o quando a defenda.

      • 1 de maio de 2015 às 10:34 -

        Roberto Santos

      • Amigo, não tem inocente aqui não, a personagem foi feita com decotes e pernas de fora porque normalmente os homens gostam disso (e várias mulheres, de se vestir assim).

        Lado forte? do que vc tá falando? se não conhece personagem feminina importante de ff, então nunca jogou nenhum, pq mais fortes que essa lightning msm, teriam mais que 10 fácil.

        Ninguém está tentando dizer que a personagem não tem sexualidade exacerbada, o que está tentando dizer é RELAXA O RABO E JOGA O JOGO.

      • 1 de maio de 2015 às 11:56 -

        Leandro alves

      • sim, já joguei vários FF, e poucas tiveram alguma obrigação um pouco maior que a protagonista, como a Ashe do FFXII, mas roupas dela são o de menos, e foi você quem falou para não julgar a moça pelas roupas como se ela fosse algo de muito importante para o jogo. no máximo ela vai estar na nave junto com o grupo como NPC e olhe lá.

        e se está estressado, vá tomar o seu Toddynho hoje jovem, porque ninguém o ofendeu aqui.

      • 1 de maio de 2015 às 12:18 -

        Roberto Santos

      • Perai, “um pouco maior que a protagonista”? ai tu quer me fuder, se o centro da história É o protagonista como tu vai querer que o personagem secundário seja maior que ele?!?!?! E se ela for como todos os outros cids, ela vai ser crucial pra história.

        Cid que criou todo o poder militar do império no ff6 com o desenvolvimento magitek e o ultimo chefe kefka e a personagem Celes, Cid que fez a highwind no ff7 e era responsavel pelo desenvolvimento espacial de midgar, Cid que era o Thundergod no ff tatics (personagem mais forte do jogo), Cid diretor da Balamb garden no ff8, O rei de Lindblum e também desenvolvedor de aeronaves no ff9, No ff10 ele é o pai de rikku, tio da yuna e o líder dos al bhed.

        Andar na nave ou no bolso, nesse caso, é indiferente cara.

        Mas como o mundo é mimimi hoje, é mais importante o fato dela usar short (vai na praia, elas vão estar sem eles) é mais importante que o papel que ela vai exercer na história.

      • 1 de maio de 2015 às 12:37 -

        Luan Barbosa

      • Então você já respondeu a própria questão: Se todos os Cid de Final Fantasy são tão importantes, por que sexualizar a primeira Cid feminina da série? Teria alguma finalidade pratica? Ou seria só pra agradar garotinhos com testosterona em ebulição (como a maioria dos comentadores aqui se demonstraram ser)?

        Isso não é simples ao ponto de “se não gostar, não compra”. Tem muita gente que não gosta disso, garotas gamers, em sua maioria. Tenta pensar como você se sentiria se fosse mulher e gostaria de jogar Final Fantasy XV, mas além de não ter nenhum protagonista do mesmo sexo que você, a unica personagem feminina apresentada até agora tenha sido propagandeada como a gostosa que ajuda os caras?

      • 1 de maio de 2015 às 13:01 -

        Roberto Santos

      • Ué, ele sempre tinha sido humano até o ff tatics advance, dai fizeram ele um monstro, depois um moogle. E dai que dessa vez fizeram uma menina com peitão? ele pode ser um monstro mas não uma mulher gostosa?
        A finalidade prática é por cumprir a cota de gostosas pra vender, foi final fantasy que colocou na cabeça do homem que ele gosta de ancas.
        E a macharia que tem nesse jogo foi feita pra agradar a quem? os gays?
        E qual o problema de ser garotinho com testosterona em ebulição? isso é ofensa? se não for mulher ou vc é ou já foi um, então respeita os caras.
        E sim, SE eu fosse mulher, e não gostasse que as personagens se vestissem com short e blusa decotada (moro no litoral do nordeste, a média das jovens que se vestem assim aqui é no mínimo 1 pra 1), ou de 15 homens diferentes no grupo, eu realmente não iria gostar do que demonstraram até agora. E dai?
        Eu não gostei dos personagens do ffxiii, a maioria tem a personalidade muito forçada. E dai?

        Vou chorar porque não fizeram um jogo sob encomenda para meus gostos?

        E sim, é simples, se não gostar não compra. Quando algo não me agrada, eu não faço. Critico de otário, por não conhecer. Ou pior, compro e jogo só pra criticar…

      • 1 de maio de 2015 às 13:14 -

        Luan Barbosa

      • É… Tá aí a prova de que você e todos os atrasados que comentaram aqui veem a figura feminina apenas como um objeto sexual feito pra agradar homem. :) Fim de papo.

      • 1 de maio de 2015 às 15:05 -

        Roberto Santos

      • Atrasado? e tu tá chegando na frente do que? e quem tá na frente do que?

        Tu realmente sabe ler? Em que ponto exatamente eu disse que mulher é um objeto? e tu, honra teus ovos, ninguém aqui tá superestimando nem subestimando ninguém, agora defender uma causa sem raciocinar como vc tá fazendo é humilhante de se ver…

        Acho foda quando perco meu tempo discutindo com criança…

      • 1 de maio de 2015 às 16:59 -

        Luan Barbosa

      • Bem, se você já partiu para a ofensa, não posso fazer nada.

        Você só reproduziu de uma forma mais formal todo o machismo e ignorância dos outros comentários raivosos aqui. Não vejo nenhuma diferença entre os teus comentários, que tenta silenciar quem tem uma opinião adversa à esse jogo comercial, e os comentários sem noção de que “tem que ter mulher gostosa porque eu gosto” e “se não gostou não compra”, que ao meu ver, são comentários totalmente irracionais.

        Já coloquei minha opinião em diversos comentários aqui mesmo (se você souber ler, vai ve-los), e a unica coisa que consegui em troca foi rage e ofensa descerebrada.

        Se você tá se achando a vitima, aí…..

      • 1 de maio de 2015 às 18:56 -

        Roberto Santos

      • Cara, não parti pra ofensa, eu só digo que criança é que não olha pros lados e só quer saber da sua opinião.

        Sinto muito, mas não curto essa defensiva toda de “raivosos” e tal.

        E assim, na minha opinião, se tu acha que as opiniões dos outros são “totalmente irracionais”, não tem idade mental para entrar num debate.

        Do teu ponto de vista, não deveria haver porno pq tu n gosta, ou não deveria haver beijo hetero em publico porque ou melhor, mulher não deve usar short curto pq é sexual demais.

        Falar de jogo comercial é foda, quando teu avatar é da hsien-ko de outro jogo meio sexual né? afinal de contas duas irmãs succubus uma sem peito e outra do peitão não são nem um pouco sexualizadas e que querem silenciar quem tem uma opinião adversa do jogo comercial (existe um que não seja?).

      • 2 de maio de 2015 às 21:59 -

        Carlos Schneider

      • Não adianta amigo. Infelizmente alguns editores do Arkade seguem a palmatória socialista. Por mais lógica e bom senso q vc jogue aqui eles vão recuar ou DISTORCER tudo. Lamentável onde deveria ser um refúgio de Gamers onde todos se respeitam e se igualam eles buscam disparidades de algo onde todos gostam. Curioso que …”E você, o que acha do visual de Cindy e da postura dos produtores? Vamos debater nos comentários!” Mas se vc discorda é sexista. NerdPai é um lamentavelmente q deu um tiro no pé.

  • 1 de maio de 2015 às 01:34 -

    GodSlayer

  • Os cara faz os jogos do jeito que eles quiser… se gosto joga, se não gosto não joga e chora ai…

  • 1 de maio de 2015 às 02:12 -

    Bruno Felipe

  • Isso é apenas um jogo acabem com o MIMIMI AFF

    • 24 de janeiro de 2017 às 16:16 -

      Lari

    • Falo mimimi já sei que não tem argumentos

  • 1 de maio de 2015 às 02:12 -

    Bruno Felipe

  • E que comecem a revolução (MIMIMI) kkkk

  • 1 de maio de 2015 às 03:07 -

    KarasuZero

  • 1 de maio de 2015 às 03:10 -

    KarasuZero

  • A hipocrisia da Square Enix doeu forte…. Quer dizer, a mulher peitudona pode, agora um cara não pode porque é muito sexy?

    Aham…

  • 1 de maio de 2015 às 04:16 -

    Revolts

  • só comentário lixo… inclusive o meu sera para a maioria… mas Lara Croft, principalmente a nova sabe ser sexy (no mundo dos jogos) sem precisar apelar… me chupa que essa roupa numa mecânica é necessária… esse papo cheio de ismo é um saco tb… vão todos a merda…

  • 1 de maio de 2015 às 04:33 -

    anaoefdp

  • Boicote tá aí pra isso. Não gostou? Não compre.

    • 24 de janeiro de 2017 às 16:08 -

      Kkk

    • O certo é só represantar o gosto do nerdzão virji chorão que precisa ter peitos pulando em todos os jgos se satisfazer. Ah pfr reclamam sim, saim da bolha invisivel e pensem nas suas filhas que poderão ser gamers no futuro

  • 1 de maio de 2015 às 05:37 -

    luizssf12

  • Ainda bem que eu nasci nos anos 90, Esses marmanjos de hoje em dia estão
    perdidos. Reinicia o mundo que deu merda! kkkkkkkkkkkkkk

  • 1 de maio de 2015 às 11:18 -

    UMA LULUR

  • essa discussão é ridicula só pelo fato de final fantasy sempre ter tido personagens seminuas, até mesmo principais algumas vezes, e só agora tão reclamando dessa daí? é só falta do que fazer da vida mesmo

  • 1 de maio de 2015 às 11:24 -

    UMA LULUR

  • e daí que eles querem chamar a atenção da personagem só pra fazer cosplays ou vender figures, o produto é deles, mas a personagem num vai deixar de ter sua personalidade e importancia, nos jogos de hoje em dia, nenhum personagem mais é raso e sem graça, se tão reclamando da personagem só pq ela é sexualizada vão lá e reclamem da bruna surfistinha por exemplo, fez sucesso sendo uma prostituta e tudo mais, mas foi admirada pela sua personalidade também…

    enfim, no final é tudo problema dessa sociedade do mimimi de hj em dia msm

  • 1 de maio de 2015 às 12:01 -

    Efferson Fira Leite Silva

  • Na moral, discussão mais besta.
    Cara, a sexualidade nos games é muuuuuuito antiga, não me lembro exatamente o jogo, mas creio que seja o Terranigma, que em certa parte do game uma personagem tem sonhos eróticos com o protagonista… Para com isso, não gostou?
    É simples de resolver: Não jogue!
    Na época em que foi criado o FF VII, o visual de Tiffa também era super sensual, e o que dizer então de Morrigan (darkstalkers), Chun Lee, Cami, Lara Croft, a “gatinha” Felícia e tantas outras que literalmente, mostram as roupas íntimas? Agora vir martirizar uma personagem por usar roupa curta quando tantas outras usam quase nada?
    Vão plantas banana pra ver se nasce morango da vir de uva!
    Puro mínimo mesmo

    • 24 de janeiro de 2017 às 16:10 -

      Lari

    • Antigamente, hoje as coisas tão mudando aos poucos :)

  • 1 de maio de 2015 às 14:33 -

    Laura Pyon

  • Quer dizer que sexy sem ser vulgar é se vestir que nem freira?
    Primeiro as feminazi falam “meu corpo, minhas regras. Posso usar a roupa que eu quiser a m ser julgada.” e ai ficam julgando uma personagem pelo tamanho da roupa D:
    A Cid tem que ficar do jeito que foi criada e de brinde ainda deviam deixar o Ignis sem camisa :*
    Vlw flw

  • 1 de maio de 2015 às 14:41 -

    Tomate

  • Só digo uma coisa: Tudo viado chorão.

  • 1 de maio de 2015 às 15:53 -

    OgaihtNuke

  • Só porque querem um personagem mulher no game não significa que ela tenha que ter a sensualidade como ponto alto no look dela. ¬¬ nada haver, isso é sim apelativo.

  • 2 de maio de 2015 às 03:54 -

    Onigumo

  • Acho que essa conversa já esta polemizada demais, poxa o problema e a sensualidade ou a relevância, digo qual o problema de o personagem ser sensual se tiver um motivo de ser? O personagem não pode ser erótico, ou sádico ou qualquer coisa agora, certo fan-service e oque normalmente mais se usa para justificar esse tipo de coisa mas se a equipe diz que serve para algo no decorrer do jogo fazer oque ne, as vesses e justamente essa a ideia, surpreender, a maldade esta primeiro na cabeça de vocês, essa cid bonitona vai ser com certeza um personagem vazio por si so? Porque ela e sensual emtao ela não vai ter profundidade, joia colegas quem e que ta desmerecendo as personagem de jogos são justamente vocês….

  • 2 de maio de 2015 às 11:48 -

    Gabriel Mendes Rocha

  • O que mais me impressiona é a hipocrisia de que todos sabemos que existe e continuará existindo mulheres que gostam de usar roupas curtas por espontânea vontade, mas nos jogos, nos filmes e nos quadrinho não pode. Tem que ser um mundo perfeito pros puritanos que provavelmente nem vão jogar o jogo.

  • 2 de maio de 2015 às 14:47 -

    JPDL

  • Não mudes Japão baseado <3 Adoro como a discussão no ocidente está em erupção mas até agora os developpers japonêses nem ligam, que fique tudo de acordo com a visão do autor o resto não importa.

    • 24 de janeiro de 2017 às 16:20 -

      Lari

    • Claro que não mas quando ver que a maioria dos jogadores não gostam de que se vestem pior que prostitutas eles mudam rapidinho de opnião, tudo é dinheiro ;) e espero que mudem e façam personagens feminas Legais pra se JOGAR

  • 2 de maio de 2015 às 19:10 -

    Gordon Freeman

  • Ela lembra um pouco akele traveco do Final Fight.

  • 2 de maio de 2015 às 21:22 -

    Thiago Machado Santos

  • Caras, eu estava num outro forum e digo, foi doído, fico triste com o mundo que (se vier) minha filah vai herdar. Mas par quem quer esclarecer as mentes antes de me chamar de femi-nazi: Tem este ótimo artigo da wikipedia (mimim não e confiável, mas o artigo tá todo linkado em referencias entao deve valer de algo) http://en.wikipedia.org/…/Gender_representation_in…
    http://en.wikipedia.org/wiki/Sexism_in_video_gaming Tem este artigo que é válido (sim eu busco artigo sobre este tipo de coisa porque eu valoro muito meu tempo com entretenimento, já busquei artigos sobre mangas, aniems e até yaoi – existe pesquisa sobre isto acredite) – tinha outro mas não consegui o link da revista:
    http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC2807025/
    Por fim, se a preguiça for muita, algo bem curtinho, mas considero extremamente importante.
    http://www.pcgamer.com/why-manveer-heirs-attack-on…/

  • 2 de maio de 2015 às 23:41 -

    Yuriwii

  • Ele tá certo, quem tá de mimimi que não jogue porra.E qual o problema de fazer um personagem sexysta?Se tenho o direito de fazer um personagem não sexysta o contrário vale?Ela não parece de menor..são reclamações pífias;;colocar uma engine foda nessa sem desmostrar uma sensualidade bem feita..me parece um desperdiço.

    • 24 de janeiro de 2017 às 16:23 -

      Lari

    • A questão é por que fazem mulheres femininas iguais prostitutas? Que mundo ele vive que não pensam na visão dos outros e não podem ser criticados ainda. Essa roupa tá mais sexualizada que de sexu shop se acha que ninguem vai reclamar? Aham kkkkk

  • 3 de maio de 2015 às 11:31 -

    Vitor Urubatan

  • Rsss bons tempos do final fantasy 6, Xenogears, Star Ocean e companhia.
    Eram bons personagens, contando boas histórias.

  • 3 de maio de 2015 às 22:11 -

    shennon

  • Eu gostei, não me importo, contando que ela prenda minha atenção ta valendo.

  • 3 de maio de 2015 às 23:30 -

    Anderson Campos

  • Hater’s são fodas mesmo, hein! O jogo parece ser fenomenal, e os caras estão reclamando sobre isso mesmo?! Realmente o Hideo Kojima me parece certo mesmo, pois, personagens como Chun-li e Cammy são do jeito que são. Isso vende e não é de hoje. É japonês simples.

  • 4 de maio de 2015 às 11:46 -

    Neophytu

  • Eu gosto assim como esta e certamente gostaria também se ela tivesse de burca,macacão, saia secretaria ou qualquer outro jeito, pois é final fantasy.

  • 4 de maio de 2015 às 12:01 -

    Robson Rodrigues Francisco

  • UAU! De longe foi a maior concentração de comentários extremistas que vi aqui!

    Minha opinião é a seguinte, Gostei do visual dela, não achei tão erotizado como foi dito pela matéria, mas entendo que as pessoas se ofendam e achem exagerado! Tudo é relativo pois onde moro a maioria das mulheres andam assim, e nem por isso eu as enxergo com desprezo ou bonecas sexuais, longe disso! eu acho que temos que nos vestir com o que der na telha!

    • 6 de maio de 2015 às 12:22 -

      Miss X

    • Eles se deram ao trabalho até de marcar o bronzeado da bunda dela, onde isso não é erotizado pra você? Eu também gostei do design dela no geral; o rosto dela é lindo e ela parece ser uma personagem divertida, mas achei que os produtores exageram sim. Pra mim ela parece fora de lugar ali, tanto pelo fato de ser uma mecânica, como pelo fato de estar cercadas por caras cobertos dos pés à cabeça.

  • 5 de maio de 2015 às 08:57 -

    Caique

  • Mil vezes esse modelito, parabênjs pela fã arte

  • 6 de maio de 2015 às 11:12 -

    Miss X

  • Os caras me vestem a mina com uma fantasia de sexy shop e depois vem falar que “a intenção não era deixar ela erótica”? Tá ceeeeeerto ¬¬’

    O que as pessoas estão criticando é que simplesmente NÃO FAZ SENTIDO para uma mecânica se vestir desse jeito. Até onde sei, ela não usa mágica pra impedir que caia óleo quente nas pernas, barriga ou peitos, então a intenção era sim que os jogadores olhassem pra ela e a 1ª coisa que reparassem fosse a (falta de) roupa, não o fato dela ser uma mecânica ou uma personagem divertida e carismática.

    E sério, o que tem de errado em criticar isso? É pedir demais que os produtores façam personagens coerentes? Ninguém ia comentar nada se resolvessem vestir os 4 caras principais sem camisa e com metade da bunda de fora por acaso? Aliás, muito engraçado que quando alguns fans se sentiram incomodados e reclamaram do design do protagonista do jogo que a Square quer lançar pra mobile, eles atenderam rapidinho:

    (fonte: http://www.eurogamer.net/articles/2015-04-07-square-enix-tones-down-its-too-sexy-male-star-of-mobius-final-fantasy)

    Até onde sei, Final Fantasy ficou popular por ter jogos com tramas envolventes e personagens carismáticos, então por que de uns tempos pra cá os produtores estão fazendo isso com suas personagens femininas? Será que eles não tem mais capacidade para criar uma garota que seja apreciada pelos jogadores sem apelar para fanservice? Os fans iriam gostar menos da Cindy se mudassem a roupa dela?

  • 6 de maio de 2015 às 11:18 -

    Miss X

  • Os caras me vestem a mina com uma fantasia de sexy shop e depois vem falar que “a intenção não era deixar ela erótica”? Tá ceeeeeerto ¬¬’

    O que as pessoas estão criticando é que simplesmente NÃO FAZ SENTIDO para uma mecânica se vestir desse jeito. Até onde sei, ela não usa mágica pra impedir que caia óleo quente nas pernas, barriga ou peitos, então a intenção era sim que os jogadores olhassem pra ela e a 1ª coisa que reparassem fosse a (falta de) roupa, não o fato dela ser uma mecânica ou uma personagem divertida e carismática.

    E sério, o que tem de errado em criticar isso? É pedir demais que os produtores façam personagens coerentes? Ninguém ia comentar nada se resolvessem vestir os 4 caras principais sem camisa e com metade da bunda de fora por acaso? Aliás, muito engraçado que quando alguns fans se sentiram incomodados e reclamaram do design do protagonista do jogo que a Square quer lançar pra mobile, eles atenderam rapidinho:

    http://www.eurogamer.net/articles/2015-04-07-square-enix-tones-down-its-too-sexy-male-star-of-mobius-final-fantasy

    Até onde sei, Final Fantasy ficou popular por ter jogos com tramas envolventes e personagens carismáticos, então por que de uns tempos pra cá os produtores estão fazendo isso com suas personagens femininas? Será que eles não tem mais capacidade para criar uma garota que seja apreciada pelos jogadores sem apelar para fanservice? Os fans iriam gostar menos da Cindy se mudassem a roupa dela?

    Aqui o tal do garoto do jogo pra mobile:

  • 6 de maio de 2015 às 23:00 -

    Schmidt

  • Caceta!! Tudo isso por causa de uma personagem de game com roupas sensuais….novelas, filmes, propagandas, TV em geral e pessoas na rua são assim. Não tô entendendo mais nada!!

  • 7 de maio de 2015 às 09:41 -

    Marcelo Ribeiro Basilio

  • O que é morar num país moralista hipócrita, não? kkkkkkkk Parece stand-up do Rafinha isso aqui, só que para surdo e mudo kkkkkkkk

  • 8 de maio de 2015 às 14:10 -

    Lanzinho

  • Eu heim! Babaquice, o Game vai ser testosterona pura 4 caras correndo juntos o tempo todo! deixa a menina lá, aparentemente ela nem é jogável…
    O jogo não vai ter Uma tifa ou Yuna p/ sensualizar e ninguém nunca reclamou.
    Do jeito que anda vai sair o final fantasy 16 e as meninas vão está de burca e os rapazes mais andrógenos. (Nada contra, só um pensamento breve)

  • 10 de maio de 2015 às 19:47 -

    Jackson Jose de Souza

  • os caras tão com medo de se apaixonar pela personagem ?

  • 25 de agosto de 2015 às 16:03 -

    Fabio SILVA

  • Eu acho que esses europeus reclamantes não passam de uns boiolas :)

  • 22 de maio de 2016 às 00:14 -

    Um caboco

  • Shortinho na escola e top pode. No vídeo game não pode. Tem que ser uma muçumana.Tem que vestir mais o Cratos de GOW? E tirar aquela barbicha machista? Porque aquela barba é machista.

  • 22 de maio de 2016 às 00:17 -

    Um caboco

  • Vai ter mulher sexy no jogos sim, igual a vida real. Tem muita mulher sensual (e não reclamo) Ou tu quer mudar como as mulheres se vestem?

  • 20 de junho de 2016 às 09:52 -

    André luis

  • Onde está escrito, gamers passe uma caneta e risque, bote no lugar ou feministas chatas pra caralho que não te o que fazer ou bote, pessoas chatas pra caralho que acha que podem falar por todo mundo. fim!

Deixar um comentário (ver regras)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *