Pre-review Arkade: 10 fatos e curiosidades bacanas sobre Final Fantasy XV

30 de novembro de 2016
Autor: Rodrigo Pscheidt

Pre-review Arkade: 10 fatos e curiosidades bacanas sobre Final Fantasy XV

Só fomos começar a jogar Final Fantasy XV na última segunda feira (28/11) e, por conta disso, talvez nosso review oficial demore um pouquinho para sair. Mas já acumulamos umas boas horas de jogo, e queremos compartilhar algumas informações bacanas para você ler enquanto nosso review não sai.

Uma história sobre amizade e companheirismo

A série Final Fantasy sempre orbita temas clichês, mas um de seus méritos é justamente o de conseguir abordar estes temas com muita sensibilidade. Sempre existem grandes guerras entre nações ou cristais mágicos em perigo, e aqui não é diferente: há uma guerra acontecendo, e existem cristais mágicos em perigo.

Porém, há outra coisa que se destaca aqui: a amizade dos protagonistas. Noctis, IgnisPrompto e Gladiolus são realmente companheiros, e isso fica evidente nos diálogos e interações que rolam entre eles. E nós, jogadores, realmente nos sentimos parte deste grupo. A Square incutiu muita humanidade em cada um deles, e isso gera muita empatia.

Pre-review Arkade: 10 fatos e curiosidades bacanas sobre Final Fantasy XV

Final Fantasy VIII é um dos meus games favoritos da saga. E isso é muito porque, antes de ser uma história sobre salvar o mundo, ele é uma bela história de amor. O amor entre Squall e Rinoa, dois jovens que, por acaso, estão envolvidos em uma história maior. Final Fantasy XV também tem uma grande história rolando — e até agora ela está sendo bem boa –, mas este feeling de amizade, lealdade e companheirismo é o que fica mais evidente. E este é um bom feeling, não concorda?

O combate é frenético, mas não é hack n’ slash

Eu só tive a oportunidade de jogar uma das demos de Final Fantasy XV — e foi a menorzinha, a Platinum Demo — e ela não me permitiu entender direito como os combates funcionavam. Pelos trailers e vídeos de gameplay, tudo me parecia acelerado demais, frenético demais, confuso demais. Quase um Devil May Cry disfarçado de Final Fantasy.

Pre-review Arkade: 10 fatos e curiosidades bacanas sobre Final Fantasy XV

A boa notícia é que ele não é assim tão frenético. Quer dizer, na real ele é, mas não como em um hack n’ slash. Há certa estratégia envolvida na escolha de armas, você ainda pode “congelar” a ação para usar itens, e o trabalho em equipe é fundamental, pois Noctis pode ordenar algumas ações para seus amigos.

O teleporte — ou translocação, como é chamado no game — é um elemento chave nos combates. Você certamente já viu isso nos trailers: Noctis arremessa sua arma e teleporta-se para junto dela em seguida. Isso é muito útil como ataque, mas também te ajuda a dar uma escapadinha para recuperar o fôlego caso a batalha esteja muito tensa. É meio confuso (e a câmera não ajuda muito), mas funciona e dá uma dinâmica interessante aos combates.

Pre-review Arkade: 10 fatos e curiosidades bacanas sobre Final Fantasy XV

Prometo que falarei mais detalhadamente sobre os combates no review, ok?

As magias funcionam como granadas

Taí uma coisa bizarra: no mundo de Final Fantasy XV as magias funcionam como consumíveis, e devem ser equipadas como armas secundárias. Você deve absorver essências elementais (fogo, gelo, eletricidade, etc.) para criar as magias, e então equipá-las nos seus personagens.

Pre-review Arkade: 10 fatos e curiosidades bacanas sobre Final Fantasy XV

Para utilizar uma magia previamente equipada, mire e lance-a, como uma granada. Ela causará dano de área por um tempo, e pode atingir tanto inimigos quanto aliados (pois é, não passe no meio do fogo, mesmo que tenha sido lançado por seu grupo).

Por conta disso, seu MP agora tem outra função: ele serve como uma espécie de stamina, e é gasto conforme Noctis usa suas habilidades de esquiva e translocação (que, afinal, são habilidades “mágicas”).

Você precisa abastecer seu carro

O Regalia (pois é, seu carro tem um nome) é uma parte importantíssima do game. O mundo de Final Fantasy XV é vasto — um mix de antigo e novo, grandes metrópoles ao lado de enormes pradarias, ruínas de civilizações perdidas no meio de florestas exuberante –, mas possui estradas que interligam tudo, e oferecem um meio rápido e (relativamente) seguro de viajar.

Pre-review Arkade: 10 fatos e curiosidades bacanas sobre Final Fantasy XV

Curiosamente, ao contrário de jogos de mundo aberto mais “realistas” onde os veículos têm gasolina infinita, em Final Fantasy XV você realmente precisa abastecer o seu carro! Há um mostrador na tela e os personagens irão te lembrar disso de vez em quando, mas se você esquecer de fazer isso, vai acabar tendo que empurrar (ou rebocar) seu carro! Tô falando sério!

Pre-review Arkade: 10 fatos e curiosidades bacanas sobre Final Fantasy XV

Fora isso, você também pode customizar o Regalia, mudando sua pintura ou aplicando adesivos e decalques. Ele não precisa ser sempre escuro e sisudo, pode ser muito mais alegre e colorido, basta você customizá-lo! Ah, e se não quiser dirigir, não precisa: na maior parte do tempo, você pode deixar Ignis assumir o volante e simplesmente curtir a paisagem.

30 anos de música para você apreciar

Final Fantasy XV foi lançado no ano em que a franquia completa 30 anos. Para trazer um ar de nostalgia aos fãs das antigas, a Square implementou algo muito bacana: álbuns com as trilhas sonoras completas de praticamente todos os jogos anteriores da série, para você curtir enquanto dirige.

Abaixo, deixo um videozinho que capturei ontem: Ignis dirigia e eu relaxava para curtir as paisagens ao som da apoteótica Liberi Fatali, de Final Fantasy VIII:

Você pode comprar os álbuns separadamente com diversos comerciantes espalhados pelo mundo do game, e quando estiver na estrada com o Regalia, use o direcional digital para ligar/desligar o rádio e alternar entre faixas e álbuns.

Chocobos de aluguel

O Regalia é muito legal, mas se quiser uma forma mais divertida de viajar, que tal alugar um Chocobo? Este recurso não está disponível nas primeiras horas de jogo — você precisa realizar uma caçada específica para liberá-lo — mas uma vez liberado, permite que você use “parquímetros” para comprar tickets de aluguel de Chocobos!

Ainda não sei se é possível comprar/manter seu próprio Chocobo (mas é possível customizar seu Chocobo alugado), mas o aluguel é muito prático, pois você pode usar um apito para chamá-lo a qualquer momento. Montado em um Chocobo você se locomove com muito mais rapidez, sem contar que as aves podem andar por matas e outros locais que o carro não acessa.

Pre-review Arkade: 10 fatos e curiosidades bacanas sobre Final Fantasy XV

Ah, e caso pinte uma batalha excepcionalmente difícil, você tem muito mais chances de conseguir fugir se estiver em um Chocobo!

Cada um tem seu hobbie

Como você já deve estar cansado de saber, Final Fantasy XV tem 4 protagonistas: Noctis, IgnisPrompto e Gladiolus. E eles não só têm personalidades bem diferentes, mas também mantém hobbies e interesses próprios.

Noctis adora pescar, e você invariavelmente vai gastar uma graninha em iscas e equipamentos para pegar peixes maiores e mais raros. E o mais legal é: os peixes que você pesca com ele podem ser úteis para Ignis, que adora cozinhar e está o tempo todo em busca de novos ingredientes, temperos.

Pre-review Arkade: 10 fatos e curiosidades bacanas sobre Final Fantasy XV

Prompto, por sua vez, é o fotógrafo do time, e está o tempo todo registrando as paisagens e as aventuras de seus amigos. Por fim, o grandalhão Gladiolus é perito em técnicas de sobrevivência, e suas habilidades incluem coleta de recursos e reconhecimento de terrenos.

Dormir para upar

Mais uma novidade pitoresca de Final Fantasy XV: os pontos de experiência que você ganha conforme derrota inimigos e cumpre objetivos não são “debitados” logo após o término das batalhas ou do fim das missões: o XP vai se acumulando enquanto você joga, e só é efetivamente entregue ao personagem a) quando você vai dormir ou b) ao final de um capítulo.

Pre-review Arkade: 10 fatos e curiosidades bacanas sobre Final Fantasy XV

Final Fantasy XV possui um sistema dinâmico de passagem de tempo, e conforme a noite se aproxima, é recomendável que você busque um hotel, um acampamento ou um trailer para descansar e repor as energias. Ao fazer isso, automaticamente o XP que você acumulou durante as aventuras daquele dia serão contabilizados para sua party, permitindo que eles subam de nível.

Só lembrando que, além do XP, você também ganha AP (Ability Points), que são necessários para destravar novas habilidades para o grupo.

A noite é perigosa

Como eu disse ali em cima, em Final Fantasy XV temos um interessante ciclo de dia e noite. Durante as primeiras horas do jogo, recomendo fortemente que você guarde as noites para dormir. A noite é cheia de perigos em FF XV, ainda que (obviamente) rolem caçadas e missões que você só consegue cumprir depois que o sol se põe.

Pre-review Arkade: 10 fatos e curiosidades bacanas sobre Final Fantasy XV

Veja bem: durante o dia, a maior parte dos inimigos que você enfrenta são basicamente criaturas que compõem a fauna daquele mundo. São “animais”, por assim dizer. Mas à noite surgem os demônios, monstros clássicos da franquia Final Fantasy (e vários novos, claro) que aproveitam a escuridão para caçar. Muitos deles possuem nível altíssimo e podem destroçar rapidamente seu grupo.

O próprio Ignis se recusa a dirigir durante a noite, alegando que é perigoso, então se quiser sair de carro, você não poderá contar com o “piloto automático” e precisará dirigir por conta própria. A dica é: pelo menos no início do jogo, evite sair à noite. Espere seus personagens estarem mais fortes.

Uma jornada fotográfica

Lembra que eu falei ali em cima que o hobbie do Prompto é a fotografia? Pois então, ele adora fotografar e é muito pró-ativo nisso: ele está tirando fotos o tempo todo — da paisagem, dos “bichos”, do grupo, e até as famigeradas “selfies” — e sempre que você vai dormir, é apresentado um apanhado das fotos que ele fez durante o dia.

Pre-review Arkade: 10 fatos e curiosidades bacanas sobre Final Fantasy XV

Você não tem controle algum sobre quando ou onde ele vai tirar as fotos (exceto algumas poucas em grupo, que são “posadas”), e isso só deixa tudo mais legal, pois alguns cliques do rapaz são surpreendentemente inspirados, e ele adiciona até alguns filtros. Confira alguns exemplos abaixo:

Pre-review Arkade: 10 fatos e curiosidades bacanas sobre Final Fantasy XV

Pre-review Arkade: 10 fatos e curiosidades bacanas sobre Final Fantasy XV

Pre-review Arkade: 10 fatos e curiosidades bacanas sobre Final Fantasy XV

Pre-review Arkade: 10 fatos e curiosidades bacanas sobre Final Fantasy XV

É possível salvar as suas favoritas e até compartilhá-las nas redes sociais. Vez ou outra os próprios personagens fazem comentários sobre as imagens e isso, por mais que seja só um detalhe, ajuda a torná-los mais humanos e reforça aquilo que eu disse lá em cima: Final Fantasy XV é, antes de mais nada, um jogo sobre amizade e companheirismo.

Por hoje é só

Ainda nem cheguei às 15 horas de jogo, então já adianto que nosso review oficial talvez demore um pouquinho para sair. Até porque, é um crime jogar esse jogo “na correria”, quero degustá-lo com a calma e paciência que ele merece.

Pre-review Arkade: 10 fatos e curiosidades bacanas sobre Final Fantasy XV

Mas teremos um review mais completo e detalhado em breve, prometo! Agora, se me dão licença, Noctis, IgnisPrompto e Gladiolus estão me esperando para continuarmos nossas aventuras! ;)

Uma resposta para “Pre-review Arkade: 10 fatos e curiosidades bacanas sobre Final Fantasy XV”

Deixar um comentário (ver regras)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *