Os 5 piores periféricos do mundo dos games #fail

10 de maio de 2010
Autor: Erick Drefahl

Os 5 piores periféricos do mundo dos games #fail

Praticamente desde a invenção dos games, eles contaram com diversos periféricos – traquitanas geralmente de plástico que servem basicamente para… nada. Confira uma lista com cinco destes “aparelhos” que não foram bem sucedidos de um jeito ou de outro.

R.O.B. (NES)

Os 5 piores periféricos do mundo dos games #fail

R.O.B, ou Robotic Operating Buddy, é um acessório lançado para o NES em 1985. A idéia era essa pequena sucata jogar com você, mas o problema é que foram lançados apenas dois jogos compativeis com ele, que mesmo assim nem funcionam direito, já que seu parceiro robô tem sérios problemas de cordenação motora e leva quase 1 minuto para apertar um botão.

Konami LaserScope (NES)

Os 5 piores periféricos do mundo dos games #fail

O Laserscope da Konami foi lançado em 1990 para NES. Esse headset esquisito na verdade tem a mesma função da pistola, a diferença é que você mira com o olho direito e atira falando “fire” no microfone. O problema é que esse headset não tinha quase nenhuma precisão (assim como grande parte das pistolas do NES) e você com certeza perturbaria todos os seus vizinhos gritando “fire” a cada segundo.

Power Glove (NES)

Os 5 piores periféricos do mundo dos games #fail

Esse provavelmente é um dos periféricos mais fracassados da Nintendo, mas toda criança da época queria ter, isso devido a investimentos pesados em marketing. A Power Glove era uma luva que permitia o jogador jogar com apenas uma mão, os jogos respondiam de acordo com os movimentos que você fazia com o pulso e com os dedos. Mas como todo “bom” acessório do NES, ela simplesmente não funcionava direito,os jogos normalmente nem respondiam ou tinham um tempo enorme de resposta. Poucos são os games que você conseguia jogar com a luva, mas mesmo assim, era mais fácil pegar logo um controle.

Sega Activator

Os 5 piores periféricos do mundo dos games #fail

E você pensava que controles de movimentos eram uma invenção recente, não é? Bom, de fato os que funcionam até são. Mas em 1993 a Sega lançou para o Mega Drive o Sega Activator. Era um octagono que ficava no chão e reconhecia os movimentos do jogador no centro. Cada lado do octagono correspondia a um botão do controle do Genesis, parece simples, mas não é. Como você já deve ter imaginado, era impossivel fazer comandos complicados no seu Activator, então esqueça tentar fazer aquela fatality Sub-Zero. Além disso o jogador precisava calibrar o acessório toda vez que trocasse de jogo ou desligasse o console. Abaixo você pode conferir um video que vinha junto com seu Activator, demonstrando toda a “facilidade” do periférico.

Acessórios do Wii

Os 5 piores periféricos do mundo dos games #fail

Não é só antigamente que haviam acessórios esdrúxulos. Junto com o Wii, a Nintendo (sempre ela) vende uma infinidade de periféricos, como raquetes, tacos de golf, volantes, pistolas, espadas, etc. E o que eles fazem ? Nada! São apenas pedaços de plásticos, onde você encaixa o seu controle. Bom, ao menos eles funcionam direitinho…

26 Respostas para “Os 5 piores periféricos do mundo dos games #fail”

  • 10 de maio de 2010 às 17:36 -

    bassRedfield

  • O mais fail de todos, tanto em projeto quanto em idéia é esse tal de “Activator”.

    De onde tiraram a idéia que seria “cool” jogar daquele jeito? ¬¬’

  • 10 de maio de 2010 às 19:06 -

    Marcos

  • 3:27 do video do activator, tenho certeza que ele disse: “Just be sure to check the gay manuals..”

  • 10 de maio de 2010 às 19:53 -

    Jason

  • acho q ele falou game manuals

  • 10 de maio de 2010 às 21:49 -

    Felipe

  • As do NES pelo menos foram boas idéias, os do wii a direção é legalzinha, ja o Activator, da onde que tiveram aquela idéia ‘-‘

  • 10 de maio de 2010 às 23:44 -

    Wesley

  • Sempre que vejo a Power Glove lembro do filme “O rei do videogame” que passava (ou ainda passa, não sei) na sessão da tarde.

  • 11 de maio de 2010 às 09:20 -

    Bittar

  • Eu acho que o acessório mais fai de todos foi o prometido nintendo DD, que seria acoplado ao nintendo 64 e permitiria uma evolução em tempo real dos jogos e que nunca foi lançado!!!

  • 11 de maio de 2010 às 14:51 -

    Aero

  • “Mamãe eu quelo que você compla aqueli lobozinho pla joga malio cumigo!”

  • 11 de maio de 2010 às 16:53 -

    Aramis Mussi

  • a cara sinceramente, realmente são pedaçõs de plástico as peças do Wii mas eles dão mais emoção ao jogo…

  • 12 de maio de 2010 às 10:34 -

    @peraselvagem

  • Esqueceram o Meganet, a “internet” do megadrive. Era a coisa mais demorada e inútil que eu já vi na vida!

  • 14 de maio de 2010 às 00:08 -

    Julian

  • “a nintendo, sempre ela” ahieuhaiuea muito bom essa parte, eh uma forma de ganhar dinheiro fácil, muita crianças veêm coisas q são inúteis mas curtem pq são estilosas e querem mostrar pro amiguinhos depois
    muito bom o artigo =D

  • 20 de maio de 2010 às 22:46 -

    Sylvio

  • Muito bom esse post! Eu também queria ter tido uma Power Glove.

  • 24 de maio de 2010 às 21:19 -

    Cainã

  • Não acho que os acessórios do Wii sejam periféricos FAIL, até porque vendem bem, e dão uma sensação gostosa de se jogar. Sem contar que custam o que devem custar (eu daria R$15,00 num “pedaço de plástico” para jogar Mario Kart com mais empolgação).
    E sobre dizer que é sempre a Nintendo que comete as gafes, bem… Acho que é só compararmos os consoles e ver qual é mais divertido. E qual sempre foi.

  • 25 de maio de 2010 às 15:01 -

    Lycan Kelvin

  • lol… Tadinha da Nintendo, eu gostava bastante dela até a invenção do Wii não sei pq (: … Mas acho que os periféricos do Wii não são tão inúteis, deve mesmo dar uma sensação melhor nos jogos (:

  • 1 de junho de 2010 às 15:54 -

    Tulio Vitoretti

  • Esse monte de trecos de plástico não são acessórios oficiais da nintendo, são produzidos por empresas tercerizadas e não influenciam na experiência. Recomendo apenas o volante e a Zapper ORIGINAIS que são bem projetados e fazem alguma diferença.

    Sem querer ser fanboy da BigN mas já sendo, a maioria dos acessórios FAIL ou não são da Nintendo por que essa que mais lançava periféricos. Claro que era pra lucrar mais, mas mesmo assim quem se arrisca mais,lucra mais e fracassa mais.

  • 2 de junho de 2010 às 04:57 -

    RituaLs

  • @Aramis elas dão mais emoção ao jogo até uma peça de plástico sair voando e acertar tua TV de plasma novinha.. isso sim é emoção!

  • 4 de junho de 2010 às 19:18 -

    Vitor1_

  • Meu Wii veio com uma pistolinha, minha adrenalina vai a mil u.u

  • 4 de junho de 2010 às 20:32 -

    vincent_valentine

  • “E sobre dizer que é sempre a Nintendo que comete as gafes, bem… Acho que é só compararmos os consoles e ver qual é mais divertido. E qual sempre foi.”

    mais divertido? desde o nintendo meia boca a nintendo fez video games caracteristicos da geração anterior…

    talvez sejam falhos, mas foram esses acessórios da época do nintendinho 8bits que influenciaram os acessórios atuais

  • 9 de outubro de 2010 às 22:13 -

    rodrigo

  • puts eu nunca ia consegui joga com o baguio activator eu tava ferrado se tivesse aquilo quebrava de tanta raiva

  • 30 de janeiro de 2011 às 15:27 -

    Berstarke

  • Ah, os acessórios pra NES… melhor episódio do Angry Videogame Nerd (melhores episódios, aliás, já que ele dedica um inteiro pra Power Glove). Só não sabia que a Sega também tinha uma porção de fail. E os acessórios pra Wii não são tão fail assim. São só pedaços de plástico, sim, mas eles não prometem nada além de dar mais sensação de simulação de controle.

    Mas já que estamos falando de fail, que tal accessórios para… Kinect?!

    http://www.atomic-accessories.com/english/item/xboxkinect_eng.htm

    • 31 de dezembro de 2011 às 13:51 -

      Joao

    • Realmente, esse bote pra kinect foi foda..

  • 26 de fevereiro de 2011 às 13:17 -

    Camelo do Alaska

  • É muito fail essas peças do Wii, até hoje eu vejo em mercados essas raquetes de plastico, e esses volantes pra encaixar o controle no meio. E é engraçado pois da pra ver que estão desesperados para vender essas porcarias que chegam a custar 5 reais.

  • 31 de dezembro de 2011 às 13:49 -

    Joao

  • Esse robozinho era pros forever alone, neh? Onde ja se viu criar um robo pra pessoa nao jogar sozinnha? Hhaha

    • 2 de janeiro de 2012 às 16:20 -

      Raul

    • Hoje em dia os forever alone tem as Lives da vida. Mais divertidas e não levam um minuto para apertar um botão! =P

  • 3 de setembro de 2012 às 23:47 -

    Wii

  • As do Wii eu acho legal..o volante e as pistolas dão mas realismo, que é a intenção….por exemplo: eu estava jogando call of duty modern warfare 3..sem os periféricos…era bom claro… mas quando botei as armas ficou muito melhor de jogar..da mas conforto…Bem isso é oque eu achei^^

Deixar um comentário (ver regras)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *