A evolução dos jogos

2 de agosto de 2019
Autor: Arkade
A evolução dos jogos

Os jogos eletrônicos evoluíram tanto desde quando foram inventados, e esta evolução não segue uma linha reta já que há vários fatores externos como também várias empresas e segmentos que estão envolvidos nessas mudanças tecnológicas. 

Os primeiros jogos não utilizavam nem mesmo imagens apenas textos, já que os jogos precisavam acompanhar a evolução dos aparelhos eletrônicos. Mas se resumir em três grandes grupos temos: os jogos de arcade, os consoles caseiros e os mobiles. E é sobre esses três grupos que vamos falar mais para mostrar como o mundo do gaming evoluiu. 

Os jogos de arcade

Esses jogos surgiram em espaços públicos tanto em restaurantes como em parques, principalmente nos Estados Unidos durante os anos 70. Para jogar é preciso realizar pagamentos em moedas. Há vários tipos de jogos de arcade, os quais podem ser encontrados até os dias de hoje.

Esse tipo de jogo teve uma era de ouro entre os anos 70 e os anos 80, mas perdeu o seu domínio graças ao surgimento dos consoles caseiros. Um dos jogos mais famosos da época foi Space Invaders o qual foi lançado em 1978. Estima-se que em 1981 esta foi uma indústria que chegou a valer 8 bilhões de dólares, o que seria em torno de 22 bilhões de dólares na atualidade.

Esta foi uma era que deu origem aos jogos mais importantes entre eles: a série Street Fighter, Teenage Mutant Ninja Turtles (Tartarugas Ninja), o que se transformou em vários outros produtos, Mortal Kombat, Pac-Man, entre muitos outros. 

Os consoles caseiros 

Os principais consoles caseiros da atualidade são o PlayStation da Sony, o Xbox da gigante Microsoft e o Switch da Nintendo. Os consoles diferentemente dos jogos de arcade sofreram várias mudanças ao longo da história, sendo que hoje estamos na oitava geração, ou seja, foram mudando tanto que passaram por oito gerações.

Os primeiros consoles caseiros foram criados pela Atari, a qual também criou os principais arcades, mas foi com a Nintendo que tudo mudou. O Nintendo Enterteinment System, o famoso NES, foi o primeiro console caseiro que realmente revolucionou o seu mercado, a empresa trouxe um conceito bastante interessante para a indústria de que os jogos não precisavam ser complicados ou difíceis para serem bons, eles precisavam ser apenas simples.

Os melhores jogos da época dos consoles foram criados pela Nintendo, como Super Mario, The Legend of Zelda e Metroid, que deixaram um enorme legado e hoje são grandes franquias. 

Os mobiles 

Por fim temos os mobiles, os quais revolucionaram a forma como as pessoas não só jogam, mas vivem, já que dá praticamente fazer tudo com o aparelho celular, desde pagar contas até jogar poker por exemplo. Hoje é praticamente impossível imaginar a vida sem os aparelhos mobiles e os jogos eletrônicos são grande parte dessa realidade. Os brasileiros estão cada vez mais viciados nos seus celulares e lideram as listas de países com mais aparelhos por população. É também notável o crescimento dentro do Brasil dos e-sports, o que mostra como o país tem uma grande cultura de jogos eletrônicos. 

Infelizmente não é possível prever qual será o futuro dos jogos eletrônicos, já que as mudanças tecnológicas são incertas. Mas há um grande investimento por parte de empresas como Facebook e Google para fazer da realidade aumentada algo diário e cotidiano na vida das pessoas. Além disso, diversos especialistas da área de jogos eletrônicos acreditam que as mudanças serão tão intensas que será praticamente impossível reconhecer os dias de hoje em 2035. 

A internet como grande responsável pelo desenvolvimento do e-sports 

Hoje a internet mudou a forma como as pessoas jogam, já que é possível jogar com pessoas de todo o mundo não importando qual é o local e também qual é o horário que se quer jogar, basta ter internet e um celular, por exemplo. 

São várias as indústrias que também se beneficiaram das mudanças tecnológicas que os jogos eletrônicos sofreram, hoje por exemplo a indústria do cinema tem uma relação bastante íntima com a do gaming, já que vários jogos viraram filmes e vários filmes viraram jogos. 

Outra indústria que se beneficiou é a de Jogos de poker de dinheiro a qual teve um crescimento devido a internet e aos aparelhos mobiles. O poker é hoje o jogo de cartas mais jogado no mundo, e os campeonatos de poker online deram oportunidades para que novos jogadores amores e profissionais surgissem em locais onde os cassinos físicos não estão presentes. Com o crescimento do poker, ele poderá até mesmo se tornar um esporte olímpico, o qual vai utilizar da tecnologia digital para existir, já que os jogadores vão competir via telas mobiles. 

O que antes era hobby acabou se tornando profissão. Os e-sports estão crescendo em todo o mundo e trazendo oportunidades ainda maiores para uma indústria que já é bilionária. Os jogadores de videogames se tornaram profissionais e recebem patrocínios e até mesmo os jogadores de match poker o qual se dá via telas mobiles poderão se tornar esportistas olímpicos. Ou seja, uma grande evolução do que antes era entretenimento para o que hoje é dedicação séria. 

3 Respostas para “A evolução dos jogos”

  • 2 de agosto de 2019 às 20:20 -

    Helinux

  • Infelizmente nem todos acompanham a evolução, é o meu caso…não tenho todo esse dinheiro para sair comprando vídeo game novo, game e qualquer lançamento. A vida nem tudo é vídeo game, existem outras coisas, tipo responsabilidade e contas a pagar. Já sou feliz por causa de determinados jogos que consigo e tenho tempo para jogar. valeu galera!!!!

    • 3 de agosto de 2019 às 11:12 -

      Alexo Mello

    • A “falta de tempo” urge mais aos pobre, mas também aflige os ricos. Infelizmente o “mundo moderno” nos engole.

      • 4 de agosto de 2019 às 22:42 -

        Helinux

      • Acredito que não fui muito bem interpretado, tudo bem então!!!! Acompanho a tecnologia sim em todas as suas vertentes e lógicas, o que quero dizer que a medida do possível eu vou adquirindo determinado produto quando posso e quando tenho a possíbilidade de aproveitar a tecnologia em si. A evolução é boa e deve acontecer sim, infelizmente o País é que não evolui e ainda somos taxados como Terceiro Mundo. Para que as pessoas tenha um carro elétrico, vídeo game moderno, casa com piscina e até mesmo um bom sistema de saúde é necessário ter uma política de forma global em termos de trabalho, salário compatível com a realidade em que vivemos e a ambígua força de vontade e interesse dos Governantes em melhorar o nosso País. Portanto e tecnologia anda a toda velocidade e o País que só previlegia a quem tem dinheiro não anda nem empurrando. A desigualdade social é o que mais de ruin predomina no Brazil com Z!!!! valeu galera gamer!!!!

Deixar um comentário (ver regras)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *