Análise Arkade – Darksiders: Warmastered Edition leva o mesmo remaster de 2016 para o Nintendo Switch

15 de abril de 2019
Autor: Junior Candido

Análise Arkade - Darksiders: Warmastered Edition leva o mesmo remaster de 2016 para o Nintendo Switch

Darksiders foi um dos grandes lançamentos de 2010. O game, que recebeu uma sequência em 2012, foi um dos títulos que entraram para o “clube do remaster” com uma versão melhorada, lançada em 2016. Chamada de Darksiders: Warmastered Edition, o título levava sua ação a até 4K, caso o console fosse um Xbox One X, ou um PS4 Pro.

Em ambos os consoles, era praticamente o mesmo game (o que não é algo ruim, longe disso), com as devidas melhorias gráficas e técnicas. O tempo foi passando, o Nintendo Switch chegou, foi se tornando interessante para as produtoras e, seja para quem tem saudade do game, ou para quem sempre quis jogá-lo em qualquer lugar, Darksiders desembarcou no híbrido da Nintendo.

E é exatamente isso o que você encontrará no console da NintendoDarksiders: Warmastered Edition é o mesmo jogo de 2016, apenas sem a opção de 4K, por razões óbvias. São 15 horas de gameplay no qual Guerra, um dos Cavaleiros do Apocalipse, precisa se provar inocente, quanto ao desencadeamento antecipado do Juízo Final.

Com um gameplay que lembra muito os games God of War clássicos, e puzzles que lembram muito Legend of Zelda, você precisará lutar em uma terra destruída, contra os demônios que hoje a governam. Foi a famosa “salada” que misturou diversos elementos de vários games, e deixaram-o bem interessante, no final das contas.

No Nintendo Switch, a portabilidade faz do game algo bem interessante. Acostumado a jogar esta série em um console tradicional, jogá-lo como portátil é bem divertido. Pois trata-se de um game divertido, cheio de ação, e que se mostra bem agradável, seja no controle, seja no visual. O estilo de arte do jogo é bem interessante, e, neste aspecto, é uma boa soma para o Switch, para uma diversidade maior de games.

Entretanto, Darksiders no Nintendo Switch só irá atender plenamente dois tipos de jogadores: os fãs saudosos do game, e que possuem apenas este console para jogar. Ou quem até tem outros consoles, ou um PC bacana, mas que não abre mão da portabilidade. Falo isso pelo fator preço, uma vez que o game original, ou o remasterizado, aparecem regularmente em promoções, ao passo de que o game do console da Nintendo é vendido à preço de novo.

Se você não vê nenhum problema nesta questão de preço, pode ter certeza de que aproveitará o mesmo game de 9 anos atrás. E, se você ainda não jogou o game, mas gosta de um estilo de arte mais dark e muita ação, Darksiders: Warmastered Edition aparece como uma boa opção para o Nintendo Switch.

Deixar um comentário (ver regras)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *