Análise Arkade: A aventura “Stealth Western” de Desperados III

16 de junho de 2020
Autor: Junior Candido
Análise Arkade: A aventura "Stealth Western" de Desperados III

2020 tem sido um ano bem curioso para os videogames. Além de games de muito tempo atrás, que ganharam uma nova versão, ou um remake, franquias há muito tempo esquecidas resolveram dar as caras novamente. Desperados é uma destas franquias. Sem jogo novo desde 2006, a série recebe, 14 anos depois, um novo game, que tem a missão de levar a sua estrutura de game para a atual geração, chega para os fãs de estratégia.

A série Desperados tem raízes no PC. Com seus dois games lançados em 2001 e 2006, a série tem raízes na estratégia. Mesmo com o tema Western, o foco aqui não é a ação desenfreada, e sim o uso de estratégias, para conseguir passar pelas fases e seus objetivos. E é esta a proposta de Desperados III, que chega com a missão de seguir a franquia, em um mundo no qual games de estratégia já estão mais comuns em consoles, e que há uma boa variedade do gênero.

Como tudo começou…

Análise Arkade: A aventura "Stealth Western" de Desperados III

A decisão pelo enredo de Desperados III, e que guiará o jogador pelas missões, é a de contar “como tudo começou”. Aqui, é possível saber como que John Cooper se tornou o caçador de recompensas dos outros dois games, assim como ver eventos os quais nos apresentam seus parceiros: Dr. McCoy, Kate O’Hara e Hector. Talvez, a ideia seja mostrar o passado, para incentivar os jogadores a conhecerem os outros games. Os dois primeiros Desperados, para PC, estão na Steam, a bons preços, para quem gosta do gênero.

E a maneira de jogar, também é a mesma. O game da Mimimi Games segue o mesmo estilo de seus antecessores. Para o bem, e para o mal. Se por um lado, o game tem a visão isométrica comum e útil para um jogo de estratégia, e um bom sistema de zoom, por outro, a impressão que temos é a de jogar um game extremamente datado, de 15 anos atrás. A câmera, por exemplo, é manual, e não há nada envolvendo algum zoom em partes específicas, sem contar as vezes que você vai andar “no nada”, pois a câmera está em um lugar, não focado no seu personagem.

Análise Arkade: A aventura "Stealth Western" de Desperados III

Para se ter uma ideia, o save, no Playstation 4, é acessado pelo touchpad. Mas, mesmo com esse jeitão de “jogo velho”, nos consoles, o jogo é funcional. A ação é mais simples do que em outros games do gênero. Assim, fica mais fácil planejar suas ações, trocando personagens, usando armadilhas e iscas, ou acionando o recurso que permite planejar antes a ação, e executar depois. É um game bem simples, se compararmos a outros do gênero, e que acaba sendo uma opção acessível, para quem busca conhecer o gênero, mas não quer a complexidade de um XCOM, por exemplo.

Bangue-Bangue sem Bangue-Bangue

Se você não conhece Desperados, e se interessou pelo game devido à sua comunicação, e por gostar de produções Western, cuidado. A última coisa que você fará aqui é trocar tiros com bandidos nos saloons. Desperados III é focado no stealth, e exigirá de você cumprir todos os objetivos, sem ser visto. O game te oferece, a cada missão, o controle de dois ou mais personagens. Com cada um tendo uma função e itens específicos, que podem ser explorados para cumprir os objetivos.

Até existem armas, mas elas são barulhentas, e são recomendadas apenas em momentos específicos, nos quais outros inimigos não serão alertados. Além de que as balas são limitadas, sendo preciso encontrar mais pelas fases. Os mapas são bem variados, dando razão para a história. São vilarejos, ranchos, pontes com trilhos de trem e acampamentos, todos típicos deste universo, e que exigem abordagens diferentes. Há, por exemplo, áreas noturnas, nas quais a visão dos inimigos ficam limitadas, e que é preciso apagar locais com luz, tanto para chamar atenção de alguém, quanto para avançar sem ser visto.

Uma coisa bem legal é o resumo da sua missão. Ao cumprir os objetivos, o jogo mostra o mapa e a suas ações, olha só:

As opções são simples, mas suficientes. Cada personagem tem suas características. Hector, por exemplo, pode carregar dois personagens mortos ou noucateados nos ombros. Kate pode roubar roupas, e disfarçada, seduzir inimigos, para que outros personagens passem em locais difíceis. Enquanto Dr. McCoy pode usar até a sua maleta para conseguir vantagem. John Cooper, no caso, faz o papel de “personagem equilibrado” aqui.

Análise Arkade: A aventura "Stealth Western" de Desperados III

O game também oferece várias missões secundárias. Acessível para novatos, por ser mais simples do que outros games do gênero, ele também desafia quem quer ir mais longe no game, pedindo cumprimento de missão em menos tempo, que coisas específicas sejam feitas, e que itens específicos sejam usados, ou não, na missão. Além disso, o save é por sua conta. Você terá o poder de salvar o jogo sempre que quiser. Nem em momentos chave da missão, é possível confiar no save do game, tendo o controle da sua mão. E a maioria dos personagens fará o quê? Sim, salvar o game a cada pequeno avanço, já que dá pra voltar no ponto de save a cada erro.

Um bom jogo, mas que parece vindo do Playstation 2

Análise Arkade: A aventura "Stealth Western" de Desperados III

Desperados III é um bom game. Mas é preciso observar que, em vários momentos, tem cara de jogo dos anos 2000. Visualmente falando, o jogo é simples demais. Não é feio, e os cenários são bem detalhados. Mas é simples. O fato de não ter um save state no game também é bem estranho, apesar de ser útil ter o controle dos momentos chave do game. E a sua dinâmica, como um todo, nos remete mais a um game da geração retrasada, do que um jogo atual.

Faltam muitos recursos, como um save automático, ou uma câmera mais evoluída. Mas o que temos aqui, é o suficiente. Bem mais acessível para novatos no mundo dos games de estratégia, e com bons desafios para quem ama o gênero, temos aqui uma boa opção do gênero, com boas opções. Se você, assim como eu, não se importar com tais limitações, pode ter certeza que haverá bons momentos de diversão com Desperados III.

Desperados III chega hoje, com versões para Xbox One, Playstation 4, e PC.

Deixar um comentário (ver regras)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *