Análise Arkade – Monster Jam Steel Titans e a festa dos carrões com suas manobras insanas.

5 de julho de 2019
Autor: Junior Candido
Análise Arkade - Monster Jam Steel Titans e a festa dos carrões com suas manobras insanas.

Com tantos games de corrida atualmente, que buscam simular cada vez de maneira mais perfeita o que acontece em autódromos, sempre é bom curtir um game com uma pegada mais arcade, feito apenas pela diversão. E, nada como usar uma marca feita para o espetáculo, para trazer este conceito de insanidade sobre rodas.

É o que a THQ Nordic oferece com Monster Jam Steel Titans. Monster Jam é uma marca conhecida nos EUA, que oferece um dos entretenimentos que eles mais curtem: aquelas atividades com carros enormes com rodas idem, que envolvem corridas, manobras e muita insanidade.

Como um dos esportes preferidos de Homer Simspon, a proposta do game é a de levar várias das atividades comuns a série de atividades em quatro rodas da Monster Jam, em cenários variados, sempre com obstáculos e traçados que forçam o espetáculo. Sejam eles naturais ou artificiais, a premissa é a de fazer a insanidade acontecer.

Prontos para a insanidade?

Análise Arkade - Monster Jam Steel Titans e a festa dos carrões com suas manobras insanas.

O game em si é bem simples. Simples até demais, diria. Estamos falando de um título que bebe da fonte de games arcade. E que por isso, conta com um gameplay extremamente simples. Esqueça tudo o que você está acostumado com simulação. Ou mesmo com os gameplays de games arcade mais modernos, como The Crew 2.

O controle em Monster Jam Steel Titans lembra mais é os de games da época do Playstation 2. É, como disse, algo muito simples. E a física do jogo, também simplista, ajuda a reforçar essa sensação. É fácil, por exemplo, fazer uma manobra para fazer um carro capotado voltar para a ação. Tão simples quanto usar o botão de “voltar para a prova”. Isso sem falar em carros que voam longe por qualquer coisa.

O que reforça ainda mais essa “cara de game de geração passada” é o visual do jogo. Feito na Unreal Engine, não há muitos detalhes nas pistas (os estádios que ganham mais detalhes, neste sentido), apenas com os obstáculos e alguns poucos elementos espalhados pelo circuito. Isso não é de todo ruim, caso você vá jogar algo sem grande compromisso.

Universidade de monstros

Análise Arkade - Monster Jam Steel Titans e a festa dos carrões com suas manobras insanas.

No game, você participa da Monster Jam University, uma espécie de auto-escola, que vai ensinando o jogador os comandos básicos. Fica um pouco estranho, pois não há uma transição entre o tutorial e o gameplay em si. Então, você pode ter a impressão de estar jogando o tutorial “para sempre”.

A estrutura do game é bem simples: nesta “universidade”, você vai participando de várias atividades, como a de corrida, a de checkpoint, a de destruição, e uma com manobras. Conforme você vai concluindo-as, mais atividades, e novas áreas serão desbloqueadas. Novamente, um gameplay muito simples, e que não vai exigir muito do jogador.

Até que chega a hora de se exibir nos estádios. Que nos fazem lembrar dos bons e velhos tempos de Destruction Derby, ou de games como San Francisco Rush. Entendo que, numa geração repleta de games que trazem muito conteúdo para o jogador, muita gente possa torcer o nariz para este game. Mas, para quem quer apenas um gameplay casual, simples e divertido, e gosta do tema, dá sim pra se divertir, em algumas curtas sessões.

Apesar de simples, diverte.

E é basicamente isso que você pode esperar de Monster Jam Steel Titans. Não espere grandes coisas no game. Até The Crew 2, que engloba diversas categorias de veículos, conta com mais conteúdo, quando o assunto são os Monster Trucks. Mas, com seu gameplay extremamente simples, acessível, e, mesmo com cara de datado, divertido, é uma ótima opção casual, para quem quer apenas ligar um game e curtí-lo numa boa.

Monster Jam Steel Titans já está disponível, em versões para Playstation 4, Xbox One, e PC.

Deixar um comentário (ver regras)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *