Análise Arkade: Nickelodeon Kart Racers traz personagens famosos, corridas genéricas e muita gosma verde

19 de novembro de 2018
Autor: Rodrigo Pscheidt

Análise Arkade: Nickelodeon Kart Racers traz personagens famosos, corridas genéricas e muita gosma verde

Que tal um jogo de corrida de kart que mistura personagens de Bob Esponja, Tartarugas Ninja e outros desenhos animados famosos? Esta é a proposta de Nickelodeon Kart Racers, e nosso review dele você confere agora!

Velocidade + gosma verde

Nickelodeon Kart Racers reúne personagens de animações muito populares da Nickelodeon para divertidas corridas de kart. Desenhos de ontem e de hoje marcam presença no game, indo de Bob Esponja e Tartarugas Ninja até Os Anjinhos e Hey Arnold.

Análise Arkade: Nickelodeon Kart Racers traz personagens famosos, corridas genéricas e muita gosma verde

O jogo segue uma estrutura bastante simples e sem frescura: simplesmente escolha um modo de jogo, um piloto e pise fundo para chegar em primeiro. O principal diferencial deste jogo — em relação aos outros games de kart — é a “gosma verde” que se espalha pelos cenários, servindo tanto para alterar a dinâmica da corrida quanto para ser usada como nitro pelos veículos.

Simplicidade (até demais)

Com 12 personagens selecionáveis e mais de 20 pistasNickelodeon Kart Racers preza pela simplicidade: o gameplay é super básico, ainda que os carros até se transformem — como em Sonic & Sega All Star Racers Transformed –, assumindo automaticamente diferentes configurações para voar ou “velejar”, conforme o traçado da pista demanda.

Análise Arkade: Nickelodeon Kart Racers traz personagens famosos, corridas genéricas e muita gosma verde

Seu carro automaticamente “veleja” na gosma verde

Quem jogou qualquer jogo de kart nas últimas décadas vai se sentir em casa aqui: acelerar, frear, realizar drifts, coletar e usar power ups… a cartilha do gênero está inteira aqui. As pistas obviamente são temáticas, de modo que vamos passear pelos esgotos das Tartarugas Ninja e pelos arredores da Fenda do Biquíni.

Os power ups seguem a mesma pegada, brincando com conceitos dos desenhos animados da Nickelodeon: saem os cascos de tartaruga e as cascas de banana, entram águas-vivas que irão bloquear sua visão, mísseis em forma de mamadeira, pedaços de pizza que grudam na tela, e por aí vai.

Análise Arkade: Nickelodeon Kart Racers traz personagens famosos, corridas genéricas e muita gosma verde

As águas-vivas atrapalham a visão do jogador

Confira uma corrida completa no vídeo abaixo, na qual jogo de Patrick Estrela:

Se por um lado a simplicidade do game torna Nickelodeon Kart Racers acessível para a criançada — que, afinal, é o público-alvo de um jogo desses –, por outro, torna-o bastante raso e limitado: há poucos modos de jogo disponíveis, e a falta de conteúdo desbloqueável desestimula o jogador a continuar jogando, especialmente se jogado sozinho.

Sem uma Campanha ou pelo menos um Modo Carreira, sobram apenas torneios curtinhos, desafios e corridas “avulsas”, que podem ser jogadas entre até 4 players em tela dividida. Pois é, nada de multiplayer online aqui, mais um aspecto que denota o simplismo excessivo adotado na produção.

Análise Arkade: Nickelodeon Kart Racers traz personagens famosos, corridas genéricas e muita gosma verde

Multiplayer local para até 4 players, como nos bons tempos de Mario Kart 64

Audiovisual simples

Nickelodeon Kart Racers tem a maior cara de jogo de baixo orçamento: o visual do game não traz nada de mais — mesmo em se tratando de um jogo baseado em desenhos animados — e claramente foi feito com um budget bastante apertado, o que obviamente comprometeu a qualidade do produto final.

Sendo justo, ele não é um jogo especialmente feio, mas também está longe de ser bonito, e tem cara de “geração passada”. Tudo é simples, liso e sem personalidade, dando ao conjunto da obra um ar bem genérico, que não faz jus às inspiradas animações nas quais o game busca seu elenco. A trilha sonora segue a mesma linha: cumpre seu papel, mas não soa nada inspirada.

Análise Arkade: Nickelodeon Kart Racers traz personagens famosos, corridas genéricas e muita gosma verde

Arnold dominando em uma pista temática d’Os Anjinhos

Quer mais um exemplo desta simplicidade latente: temos aqui personagens extremamente carismáticos, mas nenhum deles têm voz no jogo. Na verdade, não há absolutamente nenhuma voz no jogo. Eu chuto que não houve grana para contratar os dubladores oficiais, e, para não botar vozes genéricas que matariam a imagem dos personagens, só o que temos são balões de fala, uma forma bem sem graça de explorar a personalidade de cada piloto.

Conclusão

Eu gosto muito de jogos de corrida de kart, mas 2018 não anda sendo um bom ano para eles. Depois do morno All-Star Fruit Racing, este Nickelodeon Kart Racers é mais um jogo extremamente genérico, que se limita a fazer o mínimo que se espera de um jogo do tipo. Sobram personagens licenciados bacanas, mas faltam criatividade, carisma, conteúdo… falta “alma”, no geral.

Análise Arkade: Nickelodeon Kart Racers traz personagens famosos, corridas genéricas e muita gosma verde

A gosma verde

Crianças — que não tem um pensamento crítico apurado — talvez ainda se divirtam correndo com a turma do Bob Esponja  e as Tartarugas Ninja… mas os pais dessas crianças, que são quem compram os jogos, possivelmente vão se aborrecer com a simplicidade e o escopo tremendamente limitado do game.

Em resumo: se você está atrás de um jogo de kart, sem dúvida há opções melhores por aí. Nenhuma delas é recente, mas as vezes é melhor continuarmos revisitando bons clássicos — tipo Mario Kart ou Crash Team Racing — do que gastarmos dinheiro com jogos novos que deixam a desejar.

Nickelodeon Kart Racers foi lançado em 23 de outubro, com versões para Playstation 4, Xbox One e Nintendo Switch. O jogo não tem suporte ao nosso idioma, contando com menus e legendas apenas em inglês.

Deixar um comentário (ver regras)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *