Análise Arkade: Pode é um puzzle game sereno para curtir em 2 jogadores

14 de março de 2019
Autor: Rodrigo Pscheidt

Análise Arkade: Pode é um puzzle game sereno para curtir em 2 jogadores

Pode é um joguinho extremamente simpático com ênfase em trabalho cooperativo que coloca um pedregulho (?!) para ajudar uma estrela (?!) a voltar para o céu. Confira nossa análise de Pode!

A Estrela e a Pedra

Pode tem uma história simples e não-verbal que lembra um bocado a clássica animação Turma da Mônica e a Estrelinha Mágica: vemos uma estrelinha cair na Terra, e devemos ajudá-la a voltar para casa.

A estrelinha chama-se Glo, e sua luz não só serve para iluminar  locais escuros e derreter neve, como também afeta a vegetação, fazendo plantas crescerem bem depressa. Ela será ajudada por Bulder, um pedregulho cuja aura permite que rochas e cristais se manifestem, formando plataformas, degraus e muito mais.

Análise Arkade: Pode é um puzzle game sereno para curtir em 2 jogadores

Juntos, Glo e Bulder irão encarar diversos environmental puzzles, tendo que unir suas habilidades para superar os obstáculos. Conforme a aventura se desenrola, vamos descobrindo que seus poderes se complementam de formas bem interessantes. Por exemplo, se Bulder “engolir” Glo, pode direcionar o facho de luz da estrela, e isso será útil para acionar mecanismos e resolver puzzles.

Gameplay

Pode é aquele tipo de jogo que até pode ser jogado sozinho, mas brilha mesmo é no cooperativo. Jogando sozinho, você terá que ficar alternando entre os dois personagens o tempo todo, enquanto no coop, cada jogador assume o controle de um deles, o que torna a experiência muito mais dinâmica.

Mecanicamente, o jogo é simples, mas funcional: os personagens têm movimentação multidirecional livre, ainda que lenta e um tanto limitada pelo curto alcance de seus pulos. Assim, boa parte dos desafios envolve descobrir como chegar a locais de difícil acesso. Cada tela é um puzzle auto-contido, que deve ser superado mediante a utilização conjunta das habilidades de cada um.

Análise Arkade: Pode é um puzzle game sereno para curtir em 2 jogadores

A aura de poder de cada personagem altera o mundo ao redor de ambos, possibilitando que o jogador avance. Plantas viram trampolins, cristais viram plataformas, e muito mais. O nível de desafio é crescente, e por mais que um puzzle nunca seja realmente difícil, eles vão se tornando mais complexos e trabalhosos conforme o jogo avança, exigindo mais atenção dos jogadores.

Ritmo lento e Repetição

Esse é o tipo de jogo para ser curtido sem pressa, um pouquinho de cada vez. Na real, ele leva esse conceito um pouco longe demais: a velocidade de movimentação da dupla protagonista é bem lenta, e como o jogo em si envolve alguma tentativa e erro, há chance dele acabar enchendo o saco dos players mais impacientes.

Análise Arkade: Pode é um puzzle game sereno para curtir em 2 jogadores

A dificuldade do jogo ocasionalmente se faz presente do jeito “errado” — em seus trechos de plataforma: seja pela perspectiva ou simplesmente pelos pulos curtos dos personagens, saltos teoricamente simples entre duas plataformas acabam tornando-se verdadeiros exercícios de resiliência.

Apesar disso, Pode tem um andamento tranquilo, e o fato de não trazer nenhum tipo de punição torna-o leve e agradável, ainda que sua lentidão possa torná-lo mais maçante do que ele deveria ser. Em caso de morte, o máximo que vai acontecer é você ter que recomeçar uma sala/puzzle.

Análise Arkade: Pode é um puzzle game sereno para curtir em 2 jogadores

Em termos de audiovisual, não tem muito o que dizer: o jogo adota um visual meio low poly que não é nenhum primor, mas possui seu charme. Os personagens são simples, mas bem expressivos, e é legal utilizarmos seus poderes e testemunhar como eles afetam o cenário. Nenhum deles fala, mas soltam barulhinhos simpáticos, e a trilha sonora serena casa bem com esse lado “good vibe” do game.

Conclusão

Pode é um daqueles jogos que eu recomendo especificamente para quem ter um player 2 sempre por perto para jogar. Pode ser irmã(o), namorada(o), esposa(o), filha(o), amiga(o), o que for. Mas tenha um player 2 disponível, pois a experiência do game só é plenamente aproveitada se compartilhada com alguém.

Análise Arkade: Pode é um puzzle game sereno para curtir em 2 jogadores

E falo “sempre por perto” porque esse é o tipo de jogo ideal para se jogar aos poucos, em tardes preguiçosas de sábado. Não por ele ser especialmente longo, mas porque sua lentidão tende a torná-lo maçante depois de um tempo. Se jogado em doses homeopáticas, um pouquinho de cada vez, ele se torna bem mais aprazível.

Pode está disponível para Nintendo Switch e Playstation 4.

Deixar um comentário (ver regras)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *