Análise Arkade: Salve o mundo em várias gerações no divertido The Swords of Ditto

24 de abril de 2018
Autor: Renan do Prado

Análise Arkade: Salve o mundo em várias gerações no divertido The Swords of Ditto

Anunciado no ano passado, The Swords of Ditto já chamou muito a atenção por seu visual bem bonitinho. E agora que finalmente o game está entre nós, encontramos muita diversão e aventuras únicas nesse excelente indie criado pela onebitbeyond em parceria com a Devolver Digital! Então pegue sua espada e se prepare para uma aventura de várias gerações em nossa análise completa do game!

Gerações de heróis enfrentando uma terrível bruxa

Análise Arkade: Salve o mundo em várias gerações no divertido The Swords of Ditto

The Swords of Ditto conta a história da pequena ilha de Ditto, um lugar bonito mas muito perigoso, pois nele vive a terrível bruxa Mormo, um ser maligno que ressuscita a cada 100 anos para espalhar monstros e escuridão pela ilha e escravizar seus habitantes. E para tentar salvar a todos desse mal apenas um único herói se levanta, a Espada de Ditto.

E assim a aventura segue com o despertar do novo herói, convocado por Puku, uma besouro rola-bosta mágica que a cada 100 anos escolhe uma nova pessoa para assumir o posto de Espada e colocar um fim em mais uma batalha contra Mormo. Puku ajuda os heróis em seus primeiros passos e então os deixa para explorarem a ilha e se prepararem para o fatídico confronto contra a terrível bruxa, que acontecerá em exatos 5 dias do surgimento da nova Espada.

Novas aventuras a cada 100 anos

Análise Arkade: Salve o mundo em várias gerações no divertido The Swords of Ditto

Na ilha de Ditto tudo está em constante transformação. E isso fica evidente a cada geração de heróis que controlamos. Suas ações em uma era afetarão a próxima, deixando as coisas mais fáceis ou mais difíceis para cada Espada. Por exemplo, em minhas primeiras horas de jogatina, eu ainda não estava bem familiarizado com o mundo do game, por conta disso eu morria bastante, e aqui vai uma informação importante: Cada personagem tem apenas uma única vida. Se morrer, só daqui 100 anos surge um novo personagem!

Análise Arkade: Salve o mundo em várias gerações no divertido The Swords of Ditto

Esse é o estado do mundo se Mormo vencer, tudo fica sombrio e perigoso

Dessa forma, por morrer em minhas primeiras gerações, o mundo do game se tornou muito escuro e perigoso, até que eu finalmente consegui derrotar Mormo pela primeira vez. Isso é um recurso muito interessante do game, se você derrotar Mormo, os próximos 100 anos serão pacíficos e o mundo do game menos perigoso. Mas se você morrer, Mormo dominará a ilha e a jogará em trevas pelos próximos 100 anos. E quando um novo herói surgir, o mundo será escuro e muito mais perigoso.

Análise Arkade: Salve o mundo em várias gerações no divertido The Swords of Ditto

E assim é o mundo se Mormo for derrotada, mais pacífico e mais colorido

Cada aventura é gerada proceduralmente, sendo assim, o game nunca será o mesmo em cada geração de heróis, todo o mundo será reconstruído, bem como cada dungeon, sidequest, tipos de monstros que aparecerem. Tudo será sempre diferente. E uma coisa legal do game é que cada herói é relembrado ou não em sua geração seguinte. Se você derrotar Mormo, uma estátua de seu personagem estará presente no centro da cidade central da ilha. Mas se falhar, seu herói será esquecido, restando apenas um túmulo abandonado em um cemitério.

5 dias para se preparar, ou não

Análise Arkade: Salve o mundo em várias gerações no divertido The Swords of Ditto

Como já dito, quando um novo herói surge, ele ou ela terá 5 dias antes de enfrentar MormoPuku lhe dará uma direção a seguir a partir daí, e cabe apenas a você segui-la ou não. Antes de enfrentar Mormo, sua missão é coletar as Toys of Legend, novas armas que te ajudarão a derrotar monstros e a solucionar alguns puzzles. Entre essas novas armas temos por exemplo um arco e flecha, um vinil usado como disco de arremesso, um anel que solta laser e várias outras armas diferentes.

Análise Arkade: Salve o mundo em várias gerações no divertido The Swords of Ditto

Com essas armas (duas específicas por geração), o jogador deve ir atrás das Âncoras de Mormo, dois cristais que se destruídos, deixarão a luta contra a bruxa consideravelmente mais fácil. Ou você pode não fazer nada disso e tentar encarar Mormo com mais dificuldades, enquanto aproveita o tempo para explorar o mapa e as dungeons do game. Felizmente o tempo para dentro de dungeons e cidades, do contrário você não teria tempo para absolutamente nada.

Além de sua missão principal, o jogador pode tentar realizar sidequests para outros personagens espalhados por todo o mapa. Basta conversar com personagens com uma estrela sobre suas cabeças e realizar o que eles pedirem em troca de itens ou dinheiro. Existe bastante coisa pra se fazer no game, mesmo que seja simplesmente sair explorando por aí.

Análise Arkade: Salve o mundo em várias gerações no divertido The Swords of Ditto

Inicialmente o game passa a impressão de ser uma espécie de RPG sem fim em que seu objetivo é derrotar Mormo de novo e de novo indefinidamente, mas a partir de certo ponto, se o jogador se empenhar em coletar itens especiais e explorar outros recursos do game, o game revela a verdadeira missão por trás do surgimento de uma nova Espada a cada 100 anos. E lhe apresenta a opção de colocar um fim na ressurreição secular da bruxa de uma vez por todas. Nesse ponto o game se abre para um objetivo maior e torna ainda mais interessante continuar jogando.

Um “Mini-RPG” com elementos Rogue-like

Análise Arkade: Salve o mundo em várias gerações no divertido The Swords of Ditto

The Sword of Ditto é um game extremamente simples e muito divertido. Seu gameplay lembra um pouco o estilo do clássico The Legend of Zelda lá do Nintendinho, com câmera aérea, áreas do mapa divididos em blocos e exploração e combate bem simplificados. Você usa um botão para atacar com sua espada, outro para usar seus equipamentos secundários e Toys of Legend, um botão para rolar e desviar de ataques, os direcionais para alternar os equipamentos secundários, um botão para consumir itens de cura de forma rápida e por fim o mapa e o menu.

O level e experiência de cada personagem é herdado para o personagem seguinte, pois seu level é importante para o andamento do game, pois as dungeons principais só se abrem se seu personagem estiver no level necessário, que normalmente é apenas um acima. Se seu personagem morrer, o seguinte continuará a aventura com todo o dinheiro de seu antecessor e seu Kazoo, um item que habilita o fast travel entre estações de ônibus. Como uma ajuda a enfrentar um mundo mais perigoso. Mas se você derrotar Mormo, o personagem seguinte começará mantendo apenas o mesmo level e XP, mas sem dinheiro ou o Kazoo. O que não é problema, pois você terá bastante tempo para recuperar tudo.

As Toys of Legend podem ser compradas em uma lojinha na cidade do game, assim , você pode jogar com mais do que as duas que o game oferece em dungeons, desde que tenha o dinheiro para comprá-las. Entre outros Toys of Legend temos um drone controlado remotamente que explode, um iô-iô com espinhos, uma roupa de Super Sentai que te transforma num guerreiro gigante e mais.

Análise Arkade: Salve o mundo em várias gerações no divertido The Swords of Ditto

Uma coisa legal é que o game pode ser jogado tanto sozinho como em co-op de dois jogadores na frente da tela. Basta que você ligue um segundo controle no meio do game que automaticamente um novo personagem aparece na tela, compartilhando os mesmos poderes do personagem principal. Se jogar sozinho já é divertido, entre duas pessoas é ainda mais legal, graças ao gameplay simples e diversão abundante que o game oferece!

E além dos equipamentos secundários, o jogador ainda pode equipar seu personagem com Stickers, encontrados ao redor do mapa ou que podem ser comprados na cidade. Esses stickers dão vantagens adicionais a seu personagem, como maior defesa e poder de ataque, adicionar fogo, veneno ou outros efeitos a sua arma, desbloquear golpes especiais e muito mais.

Audiovisual

Análise Arkade: Salve o mundo em várias gerações no divertido The Swords of Ditto

The Swords of Ditto é um game muito bonitinho. Seu visual é todo em estilo de desenho animado e tudo é simplesmente muito fofinho. Os personagens possuem todos visuais únicos, principalmente o protagonista. Cada personagem que você joga terá um visual diferente do anterior. Você pode jogar com humanos, cachorros, gatos, coelhos, pássaros, sapos, meninos ou meninas, com diversas cores e roupas de herói diferentes.

Os cenários do game são muito bem feitos. Como já mencionado, os mapas são construídos proceduralmente, então nunca eles serão iguais entre si, apesar do game reaproveitar alguns layouts, principalmente em pontos chave do mapa, mas isso é o de menos, porque mesmo repetindo algumas coisas, todo o resto será diferente. Apesar disso, o game mantém a coerência ao criar mapas, não parecendo que tudo foi simplesmente jogado aleatoriamente. Os cenários são bem feitos, cheios de detalhes, bem construídos e cheios de elementos diferentes, incluindo até alguns segredos como dungeons e itens escondidos.

Análise Arkade: Salve o mundo em várias gerações no divertido The Swords of Ditto

E para combinar com o visual, a trilha sonora do game também tem um estilo de desenho animado, com músicas leves e animadas. É quase como um verdadeiro desenho animado transformado em video game, tudo é bem simples e ao mesmo tempo muito bem feito. A música também é refletida no estado do mundo do game. Um mundo em paz terá músicas mais leves. Mas se Mormo estiver no controle, então as músicas serão mais sombrias.

Conclusão

Análise Arkade: Salve o mundo em várias gerações no divertido The Swords of Ditto

The Swords of Ditto é um game muito divertido! Ele pode parecer repetitivo em uma primeira olhada, com a luta contra Mormo sendo repetida a cada nova geração de personagens, mas quando nos aprofundamos no Lore e nos segredos do game, em que descobrimos que há mais do que apenas essa batalha sem fim, as coisas ficam ainda mais interessantes e divertidas!

Esse é um game muito divertido para uma jogatina relaxante sozinho, ou para um co-op com um amigo na frente da TV, como acontecia nos velhos tempos e atualmente parece algo tão nostálgico. Sendo o primeiro game da produtora indie onebitbeyond, já é uma excelente estréia e já podemos esperar por coisas ainda melhores no futuro! Então se você quer um bom jogo muito carismático e divertido, então dê uma chance para The Swords of Ditto!

The Swords of Ditto está sendo lançado hoje, dia 24 de abril! O game tem versões para PC Playstation 4.

Deixar um comentário (ver regras)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *