Análise Arkade: TT Isle of Man traz a “corrida da morte” e simulação hardcore

24 de março de 2018
Autor: Rodrigo Pscheidt

Análise Arkade: TT Isle of Man traz a "corrida da morte" e simulação hardcore

É fato que o motociclismo não anda sendo muito bem representado no mundo dos games ultimamente. Recentemente, porém, surgiu um game que pode agradar quem curte velocidade sobre duas rodas com ênfase em simulação: este jogo é TT Isle of Man Ride on the Edge.

A Corrida da Morte

Antes de falar do game, acho válido contextualizar o que é o evento: a TT Isle of Man — que leva o simpático apelido de “corrida da morte” — é uma das mais famosas provas de motociclismo do mundo, e é realizada anualmente na Isle of Man, uma ilha que fica na Irlanda.

O percurso total da prova é de “apenas” 60 km, passando por paisagens rurais, vilarejos e áreas urbanas. Ela torna-se tão perigosa justamente por ser feita sobre ruas e estradas normais, sem o “cuidado” que o asfalto de um circuito oficial recebe.

Análise Arkade: TT Isle of Man traz a "corrida da morte" e simulação hardcore

Os pilotos que correm na TT Isle of Man alcançam velocidades de mais de 300 km/h, nestas “pistas”, e, obviamente, acidentes acontecem. O evento já existe há 100 anos, e até o ano passado, mais de 250 pilotos já tinham perdido a vida nas curvas da prova — só na prova de 2017 foram 3 mortes.

Simulação para quem manja

Acho que é justo dizer que TT Isle of Man Ride on the Edge está para os jogos de moto como Gran Turismo está para os jogos de carros: ele recria pistas e lugares reais, e esforça-se para oferecer uma experiência bastante realista de como deve ser pilotar uma moto de corrida.

Isso quer dizer que o que temos aqui é um jogo bem difícil. Só pra você ter uma ideia, a primeira conquista que ganhei jogando foi a “caia 10 vezes”. Pois é. Não que eu seja um baita piloto, mas é fato que o nível de dificuldade que temos aqui é para fãs hardcore de motociclismo.

Análise Arkade: TT Isle of Man traz a "corrida da morte" e simulação hardcore

Convenhamos, não tinha como ser fácil: assumir o controle de uma máquina que passa dos 300 km/h sem dúvida é uma tarefa árdua, especialmente para quem for corajoso o bastante para manter o câmbio manual e desativar todas as assistências que o jogo oferece.

Alás, não se engane, pois mesmo com as assistências e o câmbio automático, TT Isle of Man ainda é um jogo bem desafiador! Ah, e se quiser algo extremamente imersivo, experimente jogar com a visão em primeira pessoa.

Tipo assim, ó:

Análise Arkade: TT Isle of Man traz a "corrida da morte" e simulação hardcore

Confesso que fiquei um pouco enjoado com o sacolejar da câmera, mas a sensação de velocidade é incrível!

Modos de jogo

O carro-chefe do game obviamente é a corrida que dá nome ao jogo. E não é para menos: o traçado da Isle of Man foi recriado em escala 1:1 — isso mesmo, a pista do jogo tem o mesmo tamanho da real –, e traz uma recriação pra lá de fiel não só da pista em si, mas também da região, com cidades e vilarejos reproduzidos com muita atenção aos detalhes.

Ficou curioso para ver essa pista, né? Sem problemas, a gente te mostra uma corrida completa:

Se quiser comparar o traçado com o real, aqui tem um vídeo completo.

Além da corrida da morte, o jogo traz outras 9 pistas, todas também inspiradas em circuitos reais. Você pode encarar cada pista em corridas em modos de jogo bem clássicos, como o Corrida Rápida, Contrarrelógio (que antigamente a gente chamava de Time Trial) e o modo Carreira, que nos permite realmente começar com um piloto “novato” e ganhar prestígio (e dinheiro) ao participar de corridas.

Para quem quer correr com a galera, temos também um multiplayer online para até 8 jogadores e um curioso multiplayer offline que não divide a tela, cada um joga de uma vez e ao final os tempos são comparados.

Nos modos de jogo que não demandam ganho de dinheiro, o jogador é livre para escolher entre 25 pilotos reais e nada menos que 39 motos de marcas como BMW, Yamaha, Kawasaki, Suter, e Triumph. As máquinas dividem-se 2 categorias: as motos Supersport com até 600cc e as monstruosas Superbikes de até 1000cc.

Análise Arkade: TT Isle of Man traz a "corrida da morte" e simulação hardcore

Sendo bem honesto, a falta de pistas acaba tornando-se um problema, pois logo você  já vai ter visto tudo o que o o jogo tem a oferecer, e ainda que o modo Carreira não seja especialmente curto, ele acaba se tornando repetitivo justamente pela escassez de circuitos.

Audiovisual

Em um jogo tão pautado pela realidade, é de se esperar que tenhamos gráficos realistas, né? Pois ele não decepciona: o visual de TT Isle of Man Ride on the Edge é excelente, com texturas de alta qualidade, motos minunciosamente detalhadas e excelentes efeitos de luz e sombra.

Análise Arkade: TT Isle of Man traz a "corrida da morte" e simulação hardcore

Por ser um jogo que preza pela simulação, esqueça a música: aqui o destaque vai para o ronco dos motores, que soam altos e fortes — contando inclusive com engasgos e “tremidas” em caso de irregularidades no asfalto. O feedback sonoro é excelente, e ajuda os gamers mais experientes a terem mais controle sobre a máquina.

Se tem algo que deixa desejar aqui são as quedas. Claro que a gente não precisa ver um piloto se espatifando numa parede a 320 km/h, mas as animações de queda são bem toscas, e sem graça. A forma como voltamos para a pista também é estranha, e pode até prejudicar seu desempenho: algumas vezes o retorno é super rápido, em outras seu piloto fica um tempão rolando antes de voltar.

Conclusão

TT Isle of Man Ride on the Edge entrega simulação sobre duas rodas de extrema qualidade, mas peca pela falta de conteúdo. É um jogo claramente voltado para aficionados por motocicletas, familiarizados com a “corrida da morte” e, principalmente, jogadores que curtam a experiência realista de um simulador.

Análise Arkade: TT Isle of Man traz a "corrida da morte" e simulação hardcore

Sei que não existem muitas opções de jogos de corrida de moto disponíveis no mercado — e alguns são bem ruins — mas esse realmente só é recomendado aos entusiastas e fãs hardcore. Se você é um jogador casual que só quer acelerar, vai acabar frustrado, mas se você encarar o jogo com alguma seriedade, vai encontrar o que é provavelmente o melhor simulador de motociclismo do mercado.

TT Isle of Man Ride on the Edge já está disponível para PC, Playstation 4 e Xbox One, otimizado para o PS4 Pro e o XOne X. O game possui menus e legendas em português brasileiro.

Deixar um comentário (ver regras)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *