Arkade indica: Distrito 9 coloca ETs como alvo de preconceito

19 de outubro de 2009
Autor: Fábio Torres

Arkade indica: Distrito 9 coloca ETs como alvo de preconceito

Depois da saga O Senhor dos Anéis, Peter Jackson se junta a Neil Blomkamp e traz Distrito 9, um filme que mostra alienígenas sofrendo com racismo (!) na África do Sul.

A história começa em 1990, quando uma estranha nave alienígena chega em Joanesburgo, na África do Sul. Vinte anos depois, o que se vê é os ETs sendo discriminados, vivendo em um distrito isolado chamado de Distrito 9, onde os “Prawns” (apelido dado a eles devido sua semelhança com uma espécie de grilos existente na região) vivem em condições precárias.

Tudo vai bem até Wikus Van der Merwe, um oficial da empresa militar Multi-National United responsável por relocar os alienígenas, se desentende com um deles e tem um líquido extraterrestre jogado em seu rosto. A partir daí, Wikus começa a se transformar em um Prawn, o que o faz se refugiar no Distrito 9.

O filme foi feito como um mockumentary – um documentário falso. As pessoas que aparecem dando entrevistas na verdade estavam respondendo sobre imigrantes! Originalmente, District 9 era um curta-metragem documental feito por Blomkamp. Jackson viu, gostou e conseguiu apoio para fazer um longa-metragem. Confira abaixo o trailer do filme Distrito 9, em cartaz nos cinemas.

2 Respostas para “Arkade indica: Distrito 9 coloca ETs como alvo de preconceito”

  • 10 de abril de 2011 às 22:47 -

    Reno

  • NuVYxs That’s 2 clever by half and 2×2 clever 4 me. Thanks!

  • 22 de setembro de 2011 às 08:52 -

    RBNSMTH

  • filmaçooooo!!!

Deixar um comentário (ver regras)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *