Assassin’s Creed III: dublagem em português chega no dia 11, e Ubisoft se desculpa por missão no Brasil

6 de dezembro de 2012
Autor: Rodrigo Pscheidt

Assassin's Creed III: dublagem em português chega no dia 11, e Ubisoft se desculpa por missão no Brasil

Duas notícias sobre Assassin’s Creed III que muito interessam para nós, brasileiros: a primeira é que o patch de dublagem em português chega já na semana que vem. A segunda é que a empresa se desculpou pela vergonhosa passagem de Desmond pelo Brasil.

Bom, mas vamos por partes: no próximo dia 11 – terça-feira da semana que vem – as redes Xbox Live e PSN recebem o patch de tradução, que chega na forma de um download gratuito. Então, se você sempre quis ouvir George Washington falando em português, esta é sua chance.

Vale lembrar que a dublagem chega atrasada porque a primeira versão estava com uma qualidade abaixo da esperada, o que levou a Ubisoft a procurar outro estúdio e fazer todo o trabalho novamente. O que nos leva a crer que teremos uma ótima dublagem! Cruzemos os dedos!

A outra notícia é sobre a passagem de Desmond pelo Brasil, que andou gerando certa polêmica. Basicamente, a passagem de Desmond pelo Brasil é bem desnecessária, e a maneira como nosso país foi retratado deixou muita gente irritada.

Se quiser conferir um vídeo desta missão, clique no play abaixo. Obviamente o vídeo contém alguns spoilers, então assista por sua conta e risco:

Não teve coragem de assistir? Ok, a gente resume: pelo que vimos no jogo, todos os brasileiros são mal educados, todas as nossas ruas são sujas e repletas de camelôs vendendo produtos piratas, todas as nossas mulheres usam pouca roupa e, claro, todos falam um português bizarríssimo.

Bertrand Chaverot, o diretor da Ubisoft Brasil, veio a público se desculpar sobre a missão brasileira: “conversei diretamente com o Sebastien Puel [que é o produtor do game] e ele pede desculpas, pois a missão foi feita rapidamente para agradecer o público brasileiro, mas foi feita com uma mentalidade ‘gringa’, que nem sempre é boa para a imagem do Brasil“.

Considerando que a Ubisoft sempre manteve uma política de boa vizinhança com os fãs brasileiros, vamos torcer para que ela não cometa este tipo de gafe novamente. Para saber mais sobre a relação da empresa com nosso país, confira nossa entrevista exclusiva com Bertrand Chaverot na edição 52 da Arkade.

E aí, você se sentiu ofendido com a representação do Brasil no game, ou acha que isso é frescura? Vai curtir o jogo dublado em português? Deixe seu comentário abaixo!

(Via: TechTudo)

76 Respostas para “Assassin’s Creed III: dublagem em português chega no dia 11, e Ubisoft se desculpa por missão no Brasil”

  • 6 de dezembro de 2012 às 16:08 -

    Lucas Justino

  • Ubisoft está indo por um bom caminho. Afinal, erros não são o que menos ocorrem nas empresas de games.

  • 6 de dezembro de 2012 às 14:11 -

    Fábio Torres

  • Pra Ubisoft se desculpar mesmo, nada melhor que um Assassin’s Creed 100% no Brasil! =P

    • 6 de dezembro de 2012 às 14:15 -

      DanielWarfare

    • Revolução Farroupilha LOL

  • 6 de dezembro de 2012 às 14:13 -

    DanielWarfare

  • Vamos dizer que eu tive vontade de falar umas verdades sobre o Brasil na frente dos produtores que fizeram essa fase. Eu não fiquei totalmente ofendido, mas dizer que não fiquei incomodado seria hipocrisia. Pois pelo o que eu vi, as nossas mulheres não usam roupas “completas” e existe camelo em todo metro cubico. Mas como sempre eu apoio MUITO a iniciativa de tentar reproduzir o Brasil.

    Mesmo que a dublagem seja uma merda, eu apoio a iniciativa. Pois é bom ver que as empresas estão olhando mais para o Quarto mercado gamer do Mundo :D

  • 6 de dezembro de 2012 às 14:16 -

    Bruno

  • Isso também aconteceu no filme Velozes e Furiosos 5 os caras destruiram Rio Janeiro e sairam no final milionarios

  • 6 de dezembro de 2012 às 14:21 -

    leandro(leon belmont)alves

  • ví o vídeo, a dublagem está com os brasileiros com um sotaque incomum. e enquanto o brasileiro ser mau educado, as garotas com pouca roupa e tal…olha, eu não sei vocês, mas em um bairro humilde, num festival, onde a maioria não tem uma boa educação…o brasileiro fala palavrão, muito palavrão. e sobre a semi nudez, é fato. aqui na minha cidade está havendo um festival religioso que dura uma semana, e o que eu vi de meninas de top e mini saia, amigo…

    se em festa religiosa é assim, imagine num estádio de lutadores de MMA.?

    eu apenas reclamaria da dublagem mesmo, mas do resto a Ubisoft retratou um bairro pobre brasileiro. não sei se é em São Paulo ou no Rio( que os gringos pensam que apenas esse dois lugares existem no País…ah, é. eles lembram da Amazônia as vezes) mas um bairro em festa, é mesmo assim.

    se fosse na Avenida Paulista, aí reclamava. mas na periferia?

    • 6 de dezembro de 2012 às 14:26 -

      Renan do Prado

    • Você está certo, mas tem um problema, que eu chamarei de “cartão postal”.

      (Isso não é uma crítica a cidade, apenas um exemplo) O Rio é o cartão postal do Brasil, qualquer um sabe disso, é o Rio que retrata o Brasil inteiro pros gringos mais descerebrados, portanto, quando tem casos de violência no Rio, e é publicado em jornais estrangeiros, os gringos acham que o país todo é perigoso.

      E esse trecho (que eu não assisti, só verei no game), retrata uma parte pobre e mal educada do Brasil, e mesmo que haja realmente um lugar assim aqui, lá fora os gringos assimilam essa única imagem com o Brasil todo. E é por isso que gera revolta.

      • 6 de dezembro de 2012 às 15:25 -

        Ana

      • A única coisa que eu achei levemente absurda aí nesse meio foi o biquíni usado até na estação de metrô. Gente, também não é assim né XD. Tá calor e tals, mas as pessoas tiram a camisa/vestem o top do biquíni na rua, na frente de casa e tudo mais.

        E benne, sobre a educação, benne duas vezes. Eu não me incomodo com gente falando palavrão perto de mim. Me incomoda empurra-empurra de metrô e gente que se aproveita com intimidação [qualquer uma que seja, a que eu mais lido é a por tamanho, já que eu sou uma anã].

        Foi uma apresentação razoável, eu diria, bem de quem não conhece o BR direito. Mas poderia ser pior, poderia ser a mulata, o futebol, o samba e o Cristo Redentor. Todos esses elementos, quando bem utilizados, fazem uma composição linda, mas o fato é que NÓS, os BRs, estamos de saco cheio dessa imagem. Digo que a apresentação foi razoável, pq se não fosse pelo biquíni e pelo PT-BR, eu diria que é uma estação de metrô em qualquer lugar do mundo.

    • 7 de dezembro de 2012 às 11:21 -

      Fernando Magalhães

    • Cara, concordo com você, mas também biquini no metrô já é demais. Quanto a dublagem bizarra, acho que este problema é comum, pois tem muito ator estrangeiro que fala espanhol e bota no currículo que fala português fluente (dá até pra perceber que o sotaque é meio puxado pro espanhol no vídeo, apesar das palavras serem pronunciadas corretamente). Um exemplo disso é o que aconteceu no filme Incrível Hulk, onde muitos atores fizeram isso.

      • 10 de dezembro de 2012 às 21:20 -

        Tudisco

      • vou mandar umas fotos pra vcs do que é a estação da Sé em horario de pico e no calor q esta… é sujeira, mta mulher com roupas minimas (sim, mta msm, hj tinha uma mulher praticamente com os seios de fora), algumas estações tem mtos quiosques de salgadinhos, lanches, capinhas de celular, controle remoto, camiseta, e não venha nenhum paulista vir falar o contrario pq eu te respondo logo, ande mais de metro e trem, nem vi eles mostrando vendedores de cerveja e sorvete dentro do vagão…

  • 6 de dezembro de 2012 às 14:22 -

    Renan do Prado

  • Não cheguei ainda na parte do Brasil, na verdade, joguei pouco desde que o game chegou pra mim. Mas é bom ver a Ubisoft se desculpando, visto que é a empresa que mais se preocupa com o público brasileiro atualmente ao que parece.

    Quanto a dublagem em português, bem, eu não vou usar, gosto de treinar meu inglês jogando, mas espero que tenham feito um trabalho digno!!!!

  • 6 de dezembro de 2012 às 16:29 -

    Thiago Adomaitis

  • Frescura, claro. O Brasi lé assim, não sei porque tem brasileiro de mimimimi por causa disso.

  • 6 de dezembro de 2012 às 14:42 -

    Kadu Spawn

  • Cara,na boa!
    eu não fiquei ofendido não…
    Pois é esta imagem que é vendida do nosso pais a anos,e quando esfregam isso na nossa cara tem gente que quer ficar ofendida???
    Para com isso galera,é só dar um role na 25 de março em são paulo ou dar uma passadinha próximo ao terminal de ônibus do Parque Dom Pedro que é uma imagem e cheiro bem pior que qualquer game um dia ousou retratar.
    Já conheci diversos lugares da America e Europa,e com o que já vi,o nosso pais não é o pior.
    Mais deixa a desejar em muitas coisas.
    Nós devemos parar de se preocupar com imagens e ir a luta,mudar essa imagem do Brasil é a nossa obrigação.
    Temos camelos sim.
    Algumas de nossas mulheres se vestem inadequadamente sim.
    Moramos em um pais imundo e sem educação.
    O lugar não faz a pessoa,mais a pessoa faz o lugar.
    80% dos motivos pelos quais São Paulo por exemplo tem tantas ententes com apenas 10 minutos de chuva,é justamente por causa do acumulo de lixo.
    Eu acredito que a casa de cada um dos leitores deste site tem a limpeza das suas casas em dia e impecaveis!
    Vamos cuidar do nosso pais assim como cuidamos de nossas casas,assim poderemos ter pelo menos algum argumento para criticar uma empresa,pessoa,ou opinião dada contra nosso pais ou nacionalidade.
    FICA A DICA GALERA!!!!!

    • 6 de dezembro de 2012 às 14:51 -

      DanielWarfare

    • “Moramos em um pais imundo e sem educação” Acho que isso já é exagero não?

      • 6 de dezembro de 2012 às 15:17 -

        Arthur

      • provavelmente não, o sem educação em grande parte ta certo, mas isso se aplica mais aos grandes centros urbanos, já o imundo vem como consequência do sem Educação.

        me diga, de quem é mais culpa as inundações nas ruas de são paulo? do governo que não faz nada e prefere deixar pra fazer em época de eleição? ou do povo que fica jogando lixo, resíduos e outras coisas na rua achando que alguém vai fazer o trabalho por eles, e isso consequentemente entope os bueiros?

      • 6 de dezembro de 2012 às 16:04 -

        DanielWarfare

      • Na verdade os dois são culpados quando a questão é a enchente.

        De um lado temos os engravatados de Brasilia que invés de usar os recursos necessários para melhorar a infraestrutura do Brasil, enfiam o dinheiro no fiofó. Eu moro em São Paulo, mas especificamente na zona leste. E quando é eleição aqui, OS CULPADOS SÃO OS FOLHETOS!!!

        Do outro lado temo as pessoas que continuam jogando lixo na rua invés de guardar ele na sacola.

        Sobre o povo do Brasil ser sem educação em concordo em parte. Mas deixa eu achar um vídeo aqui que prove do que estão falando.

      • 6 de dezembro de 2012 às 16:10 -

        DanielWarfare

      • Não foi difícil achar não. Toda vez que eu vejo esse vídeo eu tenho medo.

        http://www.youtube.com/watch?v=NzloIHo-5uw

      • 6 de dezembro de 2012 às 16:29 -

        leandro(leon belmont)alves

      • “me diga, de quem é mais culpa as inundações nas ruas de são paulo? do governo que não faz nada e prefere deixar pra fazer em época de eleição? ou do povo que fica jogando lixo, resíduos e outras coisas na rua achando que alguém vai fazer o trabalho por eles, e isso consequentemente entope os bueiros?”

        exatamente Arthur. é por isso que a educação é importante. de que adianta o pessoal da prefeitura recolher o lixo e fazer campanha, se o povo não escuta e não adere? quantos de nós aqui quando compramos lanche na rua, a gente joga a embalagem ou o plástico do cachorro quente ou batatinha na lata de lixo? garanto que bem poucos fazem isso. e concordo, muitos não estão nem aí para a sujeira, a prefeitura sempre limpa mesmo não é?

        pensamento ignorante ou de Jerico se me perguntarem

        será que por isso que nas zonas sul das cidades sempre se encontra limpa, com pessoas assediadas e limpas,as patricinhas vestidas dos pés a cabeça(mas sendo gostosas mesmo assim) sem linguagem chula e vulgar? não é porque apenas é lugar de gente rica e playboy filho de papai, eles tiveram educação. coisa que é precária para o pessoal humilde.

        eu sou pobre, trabalho e só me ferro, mas procuro sempre ter conteúdo para não fazer algo desse tipo, mas a pessoa tem que querer mudar para algo acontecer. eu falaria mais coisas, mas ficaria muito lono e é isso.

      • 7 de dezembro de 2012 às 07:16 -

        zecarlos

      • em resumo….brasileiro e mesmo hipocrita…o raca fdp…esse video do aniver de sao paulo e classico….e retrata melhor ainda a personalidade dos brasileiros.sem bom senso,sem educacao,sem auto-critica….e sem vergonha

  • 6 de dezembro de 2012 às 16:57 -

    Ivan Carvalho

  • tão reclamando do quê ? poderia ter sido bem pior !!

    • 6 de dezembro de 2012 às 17:40 -

      Marcus Gomes

    • Acabaram com o Brasil kkk

    • 6 de dezembro de 2012 às 19:29 -

      André Resende Rezera

    • Eu achando que eles tinham mostrada a Cracôlandia, rs.

    • 7 de dezembro de 2012 às 07:18 -

      zecarlos

    • achei que ficou muito bem retratado….so a lingua falada ali e que realmente e ofensiva….de resto ta bem igual qualquer capital

  • 6 de dezembro de 2012 às 15:02 -

    Rodolfo Beccari de Oliveira

  • Apenas para deixar claro, essa representação do Brasil não foi errada, todos os elementos que lá aparecem existem (camelôs, UFC, mulheres semi-nuas, bandeirinhas de festa junina, locais sujos), mas colocar todos esses arquétipos do Brasil junto é fazer algo MUITO amador. É como se eu pedisse à alguém criar um personagem brasileiro e me dessem um curupira de verde amarelo jogando futebol. Porra, sério?

    A Ubisoft possui um departamento voltado apenas para pesquisa, e se não possuísse, não conseguiria reconstruir Roma no período da Renascença, ou a Nova York do século 18. Quem já jogou AC3, sabe que a história está vinculada com a previsão do fim do mundo marcada pelo fim do calendário maia, e na primeira cena do jogo consta a data de 31/10, coincidentemente a data de lançamento do jogo. Com certeza o prazo ficou apertado, tendo em vista os diversos bugs que ainda permanecem.

    Como já comentaram aí em cima, a fase não me ofendeu, mas me incomodou. Confesso que deu um certo desânimo com o enorme descuido da empresa. É diferente de Max Payne 3 com sua novela “Amor e Damas”, que foi um escracho proposital, uma piada em formato de easter egg. Em AC3, eram tantas características ruins na fase do Brasil que teve mais tom de deboche do que piada.

    Mas o pior de tudo foi os banheiros sem privadas, somente um buraco no chão. E o Desmond fazendo comentário sobre “imagina se eu tiver que cagar aqui?”.

    • 6 de dezembro de 2012 às 15:11 -

      DanielWarfare

    • Essa do banheiro eu nem percebi cara. Valeu por informar, vou jogar a fase do Brasil novamente para ver isso.

      • 7 de dezembro de 2012 às 13:17 -

        TSalvatore

      • Achei que tu ia falar “Vou jogar novamente só pra fazer o Desmond cagar ali…” :O

    • 6 de dezembro de 2012 às 15:19 -

      Renan do Prado

    • Pois é, como você falou, juntaram tudo numa coisa só, aí fica ruim mesmo

    • 6 de dezembro de 2012 às 23:02 -

      zecarlos

    • certamente se basearam em banheiros de rodoviaria brasileiros da decada de 80…que me lembro bem que via varios desse tipo quando ia viajar…mas devo concordar a ubsoft pisou na bola em termos de competencia,ou fez que nem alogo da copa de 2014,jogou na maos dos estagiarios,afinal esssa fase parece que nao estava planejada na versao original …..e uma baita pisada de bola de uma empresa do gabarito da ubisoft

  • 6 de dezembro de 2012 às 17:04 -

    Djalma Patriarca

  • os cara fala com um sotake eskroto detestei!!!!!!!

  • 6 de dezembro de 2012 às 15:12 -

    Bruno

  • Eu li que o mesmo cara que se desculpou, prometeu um próximo jogo da série no Brasil, UM próximo, não O próximo.
    ___________________________________
    Pra galera que já terminou o Assassin’s Creed 3:
    Eu acabei de zerar o Assassin’s Creed 3, pelo menos a parte com o Desmond. E cara, eu achei meio estranho. Mas de uma coisa é certa, eles deixaram uma brecha pra uma puta sequencia, que se bem feita eu aprovo 100%.

  • 6 de dezembro de 2012 às 15:14 -

    Ana

  • Olha….. Eu só acho que reproduziram o que se tem nas ruas o_O

    No calor é normal a galere vestir pouca roupa. É até pecado pedir para todos andarem de calça jeans nesse oferenda do inferno que está sendo ultimamente. Eu não sei os outros, mas eu falo MUITO palavrão e falo errado. “A gente sabe” ao invés do belo “Nós sabemos”, enfim, é a linguagem do povo. Se ofender por isso parece coisa de elitista, a gente não tá numa Europa não. Concordo que o lixo pega mal, mas tirando isso, o resto foi completamente normal.

  • 6 de dezembro de 2012 às 17:21 -

    André Resende Rezera

  • Só vi coisa errada nas mulheres, mas não foi algo tão terrivel.

  • 6 de dezembro de 2012 às 15:45 -

    Junior Candido

  • Apelaram? Sim, mas ainda vai demorar pro brasileiro perder essa síndrome de cachorro vira-lata que se ofende com tudo.

    Eu entendo que a estima do brasileiro não é lá aquelas coisas mas, quem sabe com esse nosso crescimento a gente não evolua um pouco e ignore o que for realmente ofensivo a nossa cultura?

    E tem certas coisas ali que quem deve pedir desculpa é o governo e alguns brasileiros por agir tão errado.

  • 6 de dezembro de 2012 às 16:00 -

    Anderson Assumpção

  • Exeto pelo “todos” os brasileiros são mal educados, as ruas são realmente sujas, repletas de camelôs vendendo produtos piratas e as nossas mulheres realmente usam pouca roupa. Sem falar que alguns brasileiros falam um português bizarro.( Pra nóis fazer os coisa tudo )

    Eu acho até que essa fase se passa em Madureira no Rio de janeiro. Sorte que eles não relataram a Cracolândia de lá.

    Se fosse em fevereiro no carnaval as mulheres estariam é peladas e não com pouca roupa.

    Sad but True.

    • 6 de dezembro de 2012 às 22:52 -

      zecarlos

    • pois e….parece um rio de janeiro com icones de sao paulo…e igual aquele jogo,acho que o maxpayne,nao sei…que se passava em sao paulo e tinha caras numa favela bem carioca com camisas do fluminense hehehee

  • 6 de dezembro de 2012 às 16:01 -

    Medium MacIntosh

  • Na boa, pra um país tachado la fora como “The country where no fucks are given” ou “Brazil: No fucks given since 1822”, nós estamos reclamando demais dos dentes desse cavalo, afinal de contas essa missão, segundo Sebastien Puel, nem estava planejada para ser inclusa no jogo original. Eles resolveram fazer em forma de agradecimento, um “extra”.
    Eles perceberam o erro e possívelmente tomarão exemplos como Max Payne 3, o qual aborda (por pelo menos 50% do jogo) nosso país como tendo capacidade de impressionar pela sua inesperada imagem comum de “cidade grande”, ao invés do clichê “favelas, armas e mulheres”

  • 6 de dezembro de 2012 às 16:39 -

    Acme

  • caramba, descreveram o Brasil certinho então…
    um país no qual não vale a pena passar 1 minuto…se você conseguir sobreviver minuto claro…

  • 6 de dezembro de 2012 às 16:45 -

    Victor

  • asuhusasuh descreveram o Brasil como ele é, e o povo reclama. Vai entender!

  • 6 de dezembro de 2012 às 19:13 -

    Henrique Oliveira

  • Mas está igualzinho o Brasil. Eu não acho que tenha que se desculpar. Serio!

  • 6 de dezembro de 2012 às 17:30 -

    Kubrick Stare Nun

  • A unica coisa que eu achei esquisita foi que não dava para saber nem se o povo tava falando português ou russo, mas de resto eu acho que o level ficou até legal. Frescura esse negócio de pedir desculpa por isso.

    • 6 de dezembro de 2012 às 22:49 -

      zecarlos

    • pois…nem o local …o metro ali retratado nao lembra algo de sao paulo…eu pelo menos nao consegui identificar,talvez ele nao tivessem o direito de imagem sei la,o que justificara o exesso de icones brazukas,tipo,mosaico das calcadas de sao paulo,verde e amarelo e bandeiras do brasil…tmbm acho que nao deveriam se desculpar nao…mas seria interesssante ter mais informacoes do processo de producao

  • 6 de dezembro de 2012 às 17:36 -

    mateus

  • afs bestera mosso isso

  • 6 de dezembro de 2012 às 19:21 -

    Robs

  • Brasileiro é cínico consigo mesmo. Nós somos um povo que não nos levamos à sério. NÂO é motivo pra ficar ofendido, mas existiu uma generalização dessa visão gringa do País, a Ubisoft percebeu isso, então ponto pra ela. Em relação ao vídeo o problema foi mesmo a falta de cuidado com o português. Tenho por mim que eles acham que a lingua potuguesa não passa de um dialeto espanhol. Um “portunhol” mesmo, algo inelegivel. Se bem que historicamente os ingleses sempre acharam a lingua portuguesa bem esquisita.

    • 6 de dezembro de 2012 às 22:44 -

      zecarlos

    • mas nesse caso a ubsoft percebeu e esta resolvendo…..a pergunta e …que empresa de dublagem e essa que foi contratada pra fazer isso???

  • 6 de dezembro de 2012 às 22:43 -

    zecarlos

  • primeira coisa…prometi amim mesmo que boicotaria tudo e qualquer informacao de assassinos kleber,por ser contra amais essa continuacao….mas nao resisti….bom…ao meu ver se tem gente que se ofendeu com tal retratacao do brasil na missao,desculpa ai mas pra mim sao hipocritas,brasileiro em sua maioria sim e mal educado,nossas ruas sao sim cheias de lixo e camelos vendendo produtos piratas….quanto a isso pra mim esta bem fiel….agora as minas parecem ter saido do gta hehehe,o cenario parece uma mistura das capitais brasileiras,e o portugues falado ali…esse sim me irritou bastante….parece ate quelea empresa americana que pega brasileiros na rua e os transformam em dubladores de animacoes que sao vendidas pro mercado nacional…..mas de fe nao acho que a ubisoft tenha que se desculpar ou se envergonhar de retratar a realidade brasileira,mesmo que tal missao no brasil tenha side desnecessaria

    • 8 de dezembro de 2012 às 13:24 -

      Raul

    • A maioria dos brasileiros são alienados que vê a realidade que a mídia trás. pelo amor de Deus gente, que acha que aquela fase do jogo retratou bem o Brasil e acho que aquilo era a realidade, me desculpe, mas vocês são alienados que só sabem ficar no computador vendo essas notícias da globo falando mal do governo, etc.
      E o pior de tudo são essas pessoas que achou que a Ubisoft está certíssima em colocar a imagem do Brasil desse jeito, vocês mesmos falando mau do seu próprio país. Nem todas as ruas tem lixo jogado no chão ou tem um monte de camelô vendendo coisas, tudo bem que em várias partes do Brasil que tem isso, mas isso tem em todos os países, nos Estados Unidos possuem periferias como no Brasil.

      • 8 de dezembro de 2012 às 18:04 -

        zecarlos

      • ok…vamos por parte…primeira coisa,antes de concordar com a postura da ubsoft teriamos que saber um pouco mais da producao,se ela realmente teve autorizacao(pois e preciso uma autorizacao pra poder mostrar qualquer coisa publica num game ou filme ou qualquer outra coisa),pelo jeito ela nao teve,por isso o local ali parece generico,generalizar as coisa sao bem comuns,seja em filmes,series de tv,novelas(inclusive as nacionais fazem isso),e ate games….pra uma melhor interpretacao publica…portanto a ubisoft fez bem seu trampo,poderia ser melhor ???poderia!!….mas e necessarios saber os porques antes de julgar…outra coisa…se vc tem tanto orgulho de seu pais mano,paciencia,talvez vc esteja realmente longe da verdadeira realidade nacional,nao vejo gloria e nem orgulho em levantar um estadio de futebol em 2 anos gastando bilhoes e saber que tem milhares de hospitais por ai que a mais de 10 anos estao esperando investimento…temos gente enchendo acueca com milhares de reais enquanto a maioria fica alienado com 1 salario minimo….eu bato no peito e falo memo,nao tenho orgulho de se brasileiro nao,nao enquanto houver desiguladade e impunidade no pais,desculpa ai…..e nao menos importante,nao sei onde vc mora…eu vim de curitiba e achava a cidade um lixo(fora o centro que tudo limpinho e bairros nobres) quando vim pra sao paulo…percebi que curitiba e toda limpinha mesmo ate a preriferia la tem menos lixo,se vc viera sao paulo sugiro a vc dar umas bandas a partir de qualquer lugar importante da cidade,3 ou 4 quadras ja e o suficiente….entao ponto pra ubisoft

  • 7 de dezembro de 2012 às 08:49 -

    Fernando Silva

  • Ha! Mas é a cara do metrô de São Paulo! Não sei onde foi a referência para a cena, mas é praticamente aquilo! Os cavalos, empurrando todo mundo, as periguetes quase peladas e a sujeira, que alguns teimam em ignorar que ela existe.

    • 7 de dezembro de 2012 às 07:20 -

      zecarlos

    • certamente as periguetes foram uma homenagem ao rio de janeiro…no metro de sao paulo,que eu me lembre,quem comecava os empurra empurra,eram senhoras de cabelo branco e gente bem mais mal educada do que realmente aparece no jogo

    • 7 de dezembro de 2012 às 14:38 -

      DanielWarfare

    • Na verdade não tem nem como saber. Os metros de São Paulo(ou de qualquer outro estado) são tão cheios que não da para saber o perfil de quem está empurrando você. Na verdade, os nossos metros são horríveis. Agora imagina um metro ruim somado a um bando de idiota que fica empurrando? o resultado é o que a gente vê todo dia.

      Eu já estou comprando a minha pipoca, pois eu só quero ver como será a copa num país como o Brasil, um país que não está preparado para sediar uma copa. Aeroportos lotados, metros sobrecarregados, transito infernal, crimes por toda a esquina, se isso JÁ está ocorrendo, imagina quando vier uns 100 milhões de turistas para cá? eu não gosto de ser pessimista, e nem trazer esse assunto, mas me espanta o que pode e vai acontecer na copa.

      Mas talvez eu esteja errado, vai ver eu sou apenas um pessimista…

      • 8 de dezembro de 2012 às 09:40 -

        zecarlos

      • eu citei as senhoras de cabelo braco e posso confirmar,porque vi isso rolar do meu lado e nao era so 1 era 1 incenttivando outras senhoras,e dai ja viu ne,fica parecendo japao(so que de forma desorganizada,bem a cara do pais)…se vc pudererm reparem….logo quando cheguei em sao paulo,fiquei um tempo egando metro pra ir trabalhar,e caras serio….eu fiquei aterrorizado com a pessima educacao dos paulistas,principalmente no metro….tipo muitas coisas me incomodaram nessa fase mostrada ai,menos a retratacao dos brasileiros…serio mesmo

  • 7 de dezembro de 2012 às 11:26 -

    Jefferson Diniz

  • Tirando o sotaque estranho e a luta ilegal lá… não vi nada de mais…

  • 7 de dezembro de 2012 às 10:52 -

    Wellington Nascimento

  • Não parece nada com o Brasil!!!! O trem estava praticamente vazio.

  • 7 de dezembro de 2012 às 11:13 -

    Diana

  • Quem vive nesses locais realmente pode ficar ofendido, principalmente se não fizer parte daquilo que ele(a) vê (pelo menos, no geral), mas não devemos ignorar que isso existe no Brasil.

    O que eles fizeram foi uma maximização do que eles veem (e se propaga POR BRASILEIROS e, pior, PELA MÍDIA BRASILEIRA) na internet e nas TV’s mundo afora. O problema é que isso tem mais relação com reputação que com respeito. Se acreditarmos que as pessoas que jogarem essa fase vão ter menos respeito pelo Brasil, então, na verdade, elas já são um bando de alienadas independentemente do que jogam. Acredito que a mesma inteligência que podemos ter para saber que Roma não é só igreja, EUA não é só honra e coragem e Jerusalém não é só história, os “gringos” também têm capacidade de ter.

    E se não tiverem, pouco me importa. Reputação internacional não é nada perto do que o Brasil passa, com suas regiões tendo altas discrepâncias entre si e uma desunião imensa (pois só acham de pregar a pluralidade de origens e de culturas para vender turismo).

    Eu sei que não estou falando nada de novo aqui, eu entendo o que é se sentir ofendido. Se tiver um jogo na Amazônia (até se for feito por um brasileiro – que normalmente é do centro-sul), duvido se os mapas não vão ser recheados de jacarés, cobras, mata sem fim e gente (também) semi-nua pescando, vivendo em palafitas e caçando jaguatiricas. Eu sei que tem isso aqui e é o que vão frisar. Isso mudará minha realidade? A resposta é não. Então grande merda. Compra o jogo quem quiser.

    • 7 de dezembro de 2012 às 14:20 -

      Marcelo Melo

    • “…(pois só acham de pregar a pluralidade de origens e de culturas para vender turismo.”

      Muito perspicaz, menina.

      • 7 de dezembro de 2012 às 14:21 -

        Marcelo Melo

      • “…(pois só acham de pregar a pluralidade de origens e de culturas para vender turismo).”

    • 8 de dezembro de 2012 às 09:46 -

      zecarlos

    • diana concordo plenamente,em termos morais…..mas em termos comerciais de entreterimento…o generico vale mais que o moral,isso pra qualquer midia,o problema e que falamlos da ubisoft,….mas nao concordo com quem se ofende ,pra mim,se sentir ofendiido com essa missao e confirmar sua auto hipocrisia…..tipico de brasileiros

  • 7 de dezembro de 2012 às 13:25 -

    TSalvatore

  • Não foi “ofensivo”, está mais para inverossímel. Metrô de São Paulo a lá NY saindo diretamente com um lugar feio e violento, porém repleto de meganhas de bonezinho, as dançarinas do Funk em todo lugar, o Octógono “público”, enfim… Se tu não levar a sério, pode dar risada e o jogo é divertido da mesma forma.

  • 7 de dezembro de 2012 às 15:53 -

    Carlos Auditore

  • Não me senti ofendido não, realmente quando tava nessa fase, achei bem realista…o ruim mesmo só foi a tradução mal feita, mas nada que deixasse o jogo ruim.

  • 7 de dezembro de 2012 às 14:37 -

    Marcelo Melo

  • Ah…esse tema ressurge de tempos em tempos.

    Toda descrição parcial é passível de estereotipar o que é retratado e, quando ocorre, como no vídeo, uma agregação de uma série de símbolos considerados pejorativos à nossa cultura, o resultado é desagradável.

    Vale a ressalva de que só mesmo no AC 3 o brasileiro seria patriótico a ponto de estender tantas bandeiras em ambientes públicos: a maioria das pessoas com um mínimo de instrução formal deve pensar que o país não é grande coisa e que estaria melhor morando em algum lugar da Europa ocidental, nos EUA ou Canadá.

    No mais, foi uma fase mal-feita, fato que provavelmente se deu graças à falta de pesquisa e à pressa para o lançamento do jogo. Esperava mais de uma empresa multi-milionária, mas sempre preciso me lembrar de que boa parte do capital das grandes empresas não é investido em suas produções, ao contrário.

    Acho que é importante que não confundamos educação formal com senso de civilidade, de pertencimento a um grupo de cidadãos. Muitos dos problemas citados, principalmente o do acúmulo de lixo nas ruas, se dá porque o brasileiro não entende que o que é público também é dele, ao contrário.

    Aqui, o senso comum sustenta que o que é público pertence ao governo, e que este é uma espécie de entidade distinta do povo, que o governa como um monarca sem face. Isso, definitivamente, é péssimo para a construção – lenta e trôpega – de nossa cidadania.

    No mais, é importante alertar que o que entendemos por Brasil – esse aglomerado de comunidades urbanas, muitas próximas do litoral – definitivamente não é representativo da totalidade do país: estamos convenientemente ignorando nossos sertões, com tudo de bom e ruim que lá surge.

    Até onde sei, a representação do Max Payne 3 foi bem mais fidedigna.

  • 7 de dezembro de 2012 às 14:38 -

    Marcelo Melo

  • E o português falado foi imundo, por falta de palavra melhor. Trabalho porco.

    • 8 de dezembro de 2012 às 18:11 -

      zecarlos

    • hehe eu nao chamaria aquilo nem de portugues hahahhah

  • 7 de dezembro de 2012 às 17:44 -

    Vanderson Gonçalves Guimarães Filho

  • Tudo verdade, o Brazil é essa merda ai mesmo.
    Pego trem e metrô todos dias e o que eu vejo é isso ai mesmo.

    • 11 de dezembro de 2012 às 05:49 -

      Vitor Hunt

    • Que nada, o Metro tá muito irreal. Se fosse realista, era pro Desmond ter morrido lá: esmagado e sufocado pelo cheiro fétido do fim de expediente.

  • 7 de dezembro de 2012 às 20:35 -

    Marlon Mariotto

  • Pois olha… o Brasil ta feio mesmo, logico que da um estranhamento no jogo, mas eu acho que o mais foda é a tradução, porque ela não convence, mas como já foi falado… poderia ser bem pior!! Em todo o caso é muito bom ver o pedido de desculpa… isso mostra a preocupação da empresa, eu particularmente ficaria puto se eles não tivessem essa preocupação, porque me sinto puto quando representam o Brasil como um pais genérico falando espanhol e estão cagando e andando pra gente! tenho a certeza que eles vão só melhorar daqui pra frente! e o jogo é de mais!!

    • 7 de dezembro de 2012 às 19:42 -

      Marcelo Melo

    • Mas, quem disse que estão preocupados conosco?

    • 8 de dezembro de 2012 às 18:10 -

      zecarlos

    • o lace de ser generico e so um artificio de producao,ate mesmo em programas de tv e cinema nacional se usa isso,talvez seja ahora de vc entao ficar puto com o proprio mercado entao….e a galera fica falando que se ofendeu ai com o brasil do game e la la la ….aposto que nunca viram esse filme…..o feitico do rio…..heheheheh…ai sim vcs vao ver o que e ser alem de generico,por sinal tem ate um documentario sobre a visao dos gringos sobre o brasil e citam bastante esse filme recomendo procurar….se queiserm mesmo tomar um susto….mas lembrei de uma coisa agora nesse filme,tem a demie moore com os peito de fora,talvez pra brasileiro nao perceber que nao estao filmando no brasil ahhahahahha

  • 8 de dezembro de 2012 às 09:17 -

    Leonardo Pk

  • Falaram que a missão foi feita segundo ótica de “mentalidade gringa”, mas a mentalidade gringa é bem o reflexo de nosso país, não vi nada que não manchasse mais a imagem de nosso país do que já estamos acostumados a ver todos os dias, poderia ter sido muito pior. Brasileiro tem mania de que não podem retratar nosso país como ele verdadeiramente é, mas reclamam, também, quando nossos governos fazem de tudo para maquiar a realidade para os gringos verem. Vai entender.

  • 8 de dezembro de 2012 às 11:24 -

    passaro

  • ta perfeito!! um povo ignorante, burro e sujo. enquanto a dublagem; brasileiro nao sabe nem falar o portugues direito, pra mim ta otimo. tinha que te esculachado mais essa merda de brasil corrupto e pornografico, pois e essa visao que passamos pro pessoal la fora. se esta se sentindo incomodado faça alguma coisa para mudar o país em vez de tentar Tapar o sol com a peneira!!!

  • 9 de dezembro de 2012 às 18:00 -

    Leonardo Dias

  • Realmente foi um lixo tem que pedir desculpar sim.

  • 9 de dezembro de 2012 às 16:15 -

    joabe

  • Vegonhoso seria se a missão fosse em brasilia, ai sim ia ser feio.
    O Desmondes ia virar politico e bater a carteira do brasil.

  • 9 de dezembro de 2012 às 18:49 -

    Lucas Salvatore

  • Mas o Brasil é cheio de camelos mesmo, as muloheres andam iguais putas na rua, pra mim os gringos vem o Brasil do mesmo modo que os Brasileiros, mostram ser.

  • 9 de dezembro de 2012 às 23:31 -

    Marcio Junior

  • A questão que ninguem entende é que tinha que mostrar o lado bom do pais ou voces acham que na europa tudo é maravihoso tambem, ir passear lá na europa ou nos eua é maravilhoso fazer compras né mas se somos bem tratados lá é porque
    somos turistas morem lá pra ver como que funciona,é muita ignorância desdenhar do nosso pais quem estraga o nosso pais são pessoas ignorantes que só sabem criticar e não fazem nada pra melhorar.

    • 11 de dezembro de 2012 às 01:24 -

      zecarlos

    • vc tem razao….porem de e se em algo bonito pra falar do brasil…mano,nao tem nada de se orgulhar aqui a muito tempo,tentar achar qualidade positiva no brasil e jogar merda no ventilador….mas se um dia nao formos um pais com maior desigualdade social,tributos e corrupcao,e dar mais valor a educacao pelo menos(porque perde ate pra argentina na ultima pesquisa da onu),se deixar de ser hipocrita um dia teremos algo pra se orulhar do brasil,mas ja sabeos que sempre somos o ultimo em tudo que e importante entao…senta que isso pode demorar…e muito

  • 21 de dezembro de 2012 às 14:20 -

    Felipe Sckhar

  • não sei porque se ofenderam, retrataram essa porcaria de pais com precisão =p

  • 25 de dezembro de 2012 às 01:05 -

    Luciano Pereira Mendes

  • "Vai pra puta que te paríl" foi boa… kkkkkkk

Deixar um comentário (ver regras)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *