Assistimos Super 8, novo filme de Spielberg e J. J. Abrams. Veja a resenha

11 de agosto de 2011
Autor: Rodrigo Pscheidt

Assistimos Super 8, novo filme de Spielberg e J. J. Abrams. Veja a resenha

Super 8 é um projeto misterioso que une dois grandes cineastas de gerações bem distintas: na produção temos Steven Spielberg, figura lendária que dirigiu ou produziu filmes que marcaram a vida de muita gente. Como roteirista e diretor temos J. J. Abrams, um cara mais jovem, mas que já conta com um currículo impressionante, tendo participado da criação de filmes e séries que viraram fenômenos. Não tinha como essa união dar errado, não é mesmo?

Mas antes de ir ao cinema achando que verá uma revolução, saiba que é preciso entender o contexto de Super 8: tanto Spielberg quanto Abrams cresceram fazendo seus pequenos filmes amadores em câmeras de 8 mm (daí o título do filme). Antes de trabalharem em grandes produções como E.T., Jurassic Park, O Resgate do Soldado Ryan ou Star Trek, ambos “brincaram” de fazer cinema amador quando eram jovens.

A essência de Super 8 é esta: embora haja um monte de coisas grandiosas, misteriosas e bizarras acontecendo pela cidade, o filme é basicamente sobre um grupo de moleques fazendo um filme amador (de zumbis!) no final da década de 70. É mais ou menos como em O Resgate do Soldado Ryan: a guerra está rolando durante todo o filme, mas serve apenas como pano de fundo na busca pelo tal soldado Ryan.

Assistimos Super 8, novo filme de Spielberg e J. J. Abrams. Veja a resenha

Enquanto trabalham em seu pequeno projeto cinematográfico, os garotos acabam acidentalmente presenciando (e filmando) um espetacular acidente entre um trem de carga e uma caminhonete. O trem pertence as Forças Armadas e carrega algo que não deveria escapar… mas escapou.

Aí o filme vira uma ficção científica leve, com generosas pitadas de teorias de conspiração. O exército isola a cidade e tenta de todo jeito encobrir dos apavorados moradores a verdade sobre o que está acontecendo. E é só o que eu posso adiantar da trama sem entregar spoilers. Ou não, visto que o filme segue esta linha de mistério conspiratório e não se preocupa em explicar detalhadamente muita coisa.

Assistimos Super 8, novo filme de Spielberg e J. J. Abrams. Veja a resenha

Mais ou menos como em Cloverfield – que, não por coincidência, é produzido por J.J. Abrams – o filme não mostra muito a tal coisa que fugiu do trem, mas quando mostra, o faz muito bem. Desta vez o filme não segue aquele estilo “câmera na mão” de Cloverfield, é um filme rodado do jeito tradicional, então, quando as coisas nos são mostradas, podemos vê-las bem.

No meio do caos que assolou a pequena cidade de Lillian, temos as coisas “banais” que são a espinha dorsal do filme: um moleque descobrindo seu primeiro amor, amigos brigando pela atenção de uma garota, pais e filhos tentando superar problemas familiares… tudo isso remete à diversos clássicos do tempo em que a  Sessão da Tarde passava filmes legais como Os Goonies, Conta Comigo, E.T. – O Extraterrestre e Quero Ser Grande.

Assistimos Super 8, novo filme de Spielberg e J. J. Abrams. Veja a resenha

E é essa homenagem aos bons filmes de décadas passadas que faz de Super 8 um filme tão interessante. É como se Spielberg e Abrams tentassem recriar seu tempo de infância nas telas e mostrar seu amor pelo cinema, acrescentando elementos fantasiosos aqui e ali para manter o clima de mistério no ar. E mistério é algo que Abrams domina, visto que é o criador dos seriados Lost e Fringe.

Super 8 é um filme divertido e gostoso de assistir, pois consegue ser tenso e leve ao mesmo tempo, sem enveredar de vez para nenhum dos lados. O elenco infanto-juvenil que carrega boa parte do filme nas costas trabalha bem (especialmente o Charles) e possui uma ótima química, o que contribui para que haja uma conexão entre o público e os personagens. Os efeitos especiais são ótimos, com destaque para o descarrilamento do trem, que é incrível.

Assistimos Super 8, novo filme de Spielberg e J. J. Abrams. Veja a resenha

Em resumo, Super 8 é um filme que merece ser assistido, especialmente se você cresceu assistindo aos clássicos de Steven Spielberg. Com Super 8, J. J. Abrams não apenas presta uma homenagem aos filmes clássicos do gênero, como insere de maneira competente seu estilo caracterísitco e misterioso de ficção científica.

Praticamente uma mistura de Cloverfield com Conta Comigo, o filme é uma excelente pedida tanto para fãs de ficção quanto para os saudosistas por filmes clássicos da Sessão da Tarde onde “uma turminha da pesada se mete nas mais loucas confusões“.

Super 8 estreia em nossos cinemas naesta sexta-feira, dia 12 de agosto, com cópias em salas normais e IMAX.

Nota: 9,0

33 Respostas para “Assistimos Super 8, novo filme de Spielberg e J. J. Abrams. Veja a resenha”

  • 11 de agosto de 2011 às 17:31 -

    Game Vicio

  • filme do spielberg = obrigado a assistir

  • 11 de agosto de 2011 às 18:33 -

    Bruno

  • Esse ai vou assistir, sem dúvida!
    “uma turminha da pesada se mete nas mais loucas confusões“. kkkkk, nunca esqueço essa frase!
    ________________________________________________
    Por falar nisso, Spielberg falou que tá fazendo Jurassic Park 4! Falaram que vai sair só em 2013… Ai sim ein!

    • 11 de agosto de 2011 às 23:39 -

      Renan

    • Jurassic Park 4 aí sim hein!!!!!!!!!!!!

      • 12 de agosto de 2011 às 11:09 -

        zecarlos

      • vexi…salvem-se quem puder….principalmente se ele nao dirigir o filme

      • 16 de agosto de 2011 às 10:34 -

        mixirica

      • po eu gostei pra caramba do 3 e não foi ele quem dirigiu tb (ou to errado?)

    • 13 de agosto de 2011 às 13:39 -

      caio

    • Cara to esperando por esse Jurassic Park a mais ou menos uns 20 anos ,não lançam nunca e na internet só tem boatos ,só acredito vendo a porra do Spielberg, falando “eu sou PhoDão e to fazendo o Jurassic Park 4 e vão se Fuder”aí sim vou ficar feliz .enquanto isso não acontece vou ter q aguardar mais uns trocentos anos .tá na hora dos dinossauros limpar o mundo da raça humana e reinarem soberanos .

      PS :acabando principalmente com políticos ,emos ,advogados ,direitos humanos e toda essa porra aí .

      • 24 de agosto de 2011 às 02:24 -

        Jurista

      • E o que tem de mal nos advogados?

  • 11 de agosto de 2011 às 18:37 -

    Dream

  • Vou assistir \o/

  • 11 de agosto de 2011 às 18:42 -

    fchristo

  • Nossa, até a trilha sonora me lembra os filmes da sessão da tarde.
    Quero assistir.

  • 11 de agosto de 2011 às 18:48 -

    zecarlos

  • hehhee uma turminha da pesada que se mete nas mais loucas confusoes….tenso

  • 11 de agosto de 2011 às 18:56 -

    Enrico

  • Primeiro filme do fds será esse, sem dúvida

  • 11 de agosto de 2011 às 19:29 -

    João

  • Deu vontade de assistir o “conta comigo” agora!!! Filmezinho q marcou minha Infancia.. Gostei de cloverfield e do conta comigo, logo super 8 eh obrigatorio!

  • 11 de agosto de 2011 às 19:36 -

    Dark Rock X

  • Diante do que eu li, espero poder assistí-lo…Off.: Bons tempos aqueles que a Tv passava bons fins e seriados, principalmente nos fins de tarde, hoje é so programas religiosos, policiais,baixarias, fofocas, lixos de tv a cabo/locadoras e afins…Saudades da velha Sessão da Tarde e da Sessão Aventura…

    • 11 de agosto de 2011 às 20:25 -

      Bruno

    • Pois é, só passa desgraça na tv hoje em dia. Ainda bem que tem a tv a cabo pra salva agente!

      • 11 de agosto de 2011 às 23:40 -

        Renan

      • Minha TV virou som ambiente do meu quarto kkkkkkk mal assisto, somente domingo, pois o pânico é o único programa que não perco mesmo!!!!

    • 11 de agosto de 2011 às 23:42 -

      Renan

    • Sessão da Tarde hoje se resume a: cachorro que salva a turminha, macaco skatista, cachorro jogador de baseball, macaco espião, cachorro que anda de bicicleta, macaco que fugiu do laboratório, etc… Se bem que não vejo sessão da tarde desde que comecei a fazer facul 2 anos atrás, nunca estou em casa na hora dos filmes kkkkkkkkkk

    • 12 de agosto de 2011 às 01:01 -

      Kubrick Stare Nun

    • Bons tempos? Do que é que você está falando? Os bons tempos nunca existiram. A TV aberta brasileira sempre foi uma merda, a diferença é que antigamente a Globo e o SBT passavam um filme decente em algumas raras ocasiões.

      • 12 de agosto de 2011 às 09:45 -

        Sadi Junior

      • VERDADE!!!

      • 16 de agosto de 2011 às 10:36 -

        mixirica

      • decada de 80 e até 96, 97 a tv ruelava meu velho
        ou vem fala que vc na rachava vendo olimpiadas do faustão

    • 12 de agosto de 2011 às 11:18 -

      zecarlos

    • discordo,tv a cabo hoje em dia ,e so enxecao de linguica em 200 canais pra vc escolher….o mesmo filme que passa numa hbo premuim da vida,as vezes passa no mesmo dia que na globo,tv a cabo ja teve seus dias dourados de filmes,na epoca em que passa filme que ainda iam estreiar no cinemas no brasil
      e a grade de repeticoes de programacao eram de 48 horas

      • 12 de agosto de 2011 às 11:41 -

        Bruno

      • O que me atrai mais são os seriados, Two And A Half Man, Friends, The Walking Dead, etc… Quem vai querer filme com tudo isso ai?

  • 11 de agosto de 2011 às 23:38 -

    Renan

  • Spielberg = Obrigado a assistir [2] Quero muito ver esse filme!!!! Não sei se já vi conta comigo, mas Cloverfield tenho em DVD e gosto muito!!!!!

  • 12 de agosto de 2011 às 01:48 -

    RyogaBr

  • porra sacanagem e eu fui no cinema hoje (quinta) se eu soubesse ia amanha mas pelo menos semana que vem da pra ver tranquilo as vezes ir na estreia é ruim por causa da fila mas realmente nao tinha ideia q o filme ja estava saindo achava q era só la pelo fim do ano eu ja tinha ficado bem entrigado com esse filme porq tem um trailer dele no jogo portal 2 que é bem legal. a e o filme que eu assisti hoje foi o assalto ao banco central, que foi bem legal tambem e merece a nossa apreciação o lima duarte e a julia Gun trabalham muito bem no filme aconcelho a todos, po o cinema nacional ta ficando muito bom tomara que com o tempo o preconceito com filmes Br acabe, pelo menos pra mim ja acabo

  • 12 de agosto de 2011 às 07:17 -

    alLxs1976

  • Já assisti e o filme é realmente isso, uma sessão da tarde com excelentes efeitos especiais e um descarrilamento de trem exageradamente exagerado (chega a ser ridícula esta cena). adorei todo o clima, toda a nostalgia (os personagens mirins são os melhores de muitos filmes feitos até aqui – destaque para o garotinho charles), mas não entendi tanto mistério em torno desse filme. aliás, entendi sim, ANGARIAR BILHETERIA, e com certeza vai fazer, mas é um filme que você assisti e depois não quer nem saber a respeito dada a falta de respeito com os fãs do gênero. só falta ter uma versão em 3D aí sim, seria dureza de engolir.

  • 12 de agosto de 2011 às 18:05 -

    k4d4j

  • Recomendo o filme muito bom mesmo.

  • 16 de agosto de 2011 às 10:36 -

    mixirica

  • eu quero ver o mosntro!!

    • 16 de agosto de 2011 às 10:37 -

      mixirica

    • “monstro”

  • 19 de agosto de 2011 às 13:49 -

    Ricardo

  • MUITO FODA esse filme. Os atores (crianças) roubaram a cena com a interpretação e humor únicos em cada personagem. Eu esperava bem menos.

  • 21 de agosto de 2011 às 11:40 -

    Junior

  • Filme cansativo, é como rever ET misturado com Lost e Transformers … Tem a cara do Spilberg, não fossem as explosões ensurdecedoradas eu teria dormido. Esperava mais!

  • 4 de dezembro de 2011 às 13:17 -

    Raquel Xavier

  • NOSSA ESSE FILME DEVE SER TUDO DE BOM!!!

  • 28 de janeiro de 2012 às 02:02 -

    Rodrigo Spinola Mazzoni

  • Nota 9? pelo amor de Deus…. terceiro filme seguido do Spielberg sobre ETs que assisto e acho um LIXO TOTAL! Sem consistência nenhuma entre os fatos, invasão e destruição sem sentido, e o ET em fuga deixando um final ridículo. Essa palhaçada tá virando clichê!

  • 7 de março de 2012 às 21:15 -

    Andrew Carneiro

  • sinceramente o final do filme super8 foi decepcionante, cara que coisa foi aquele que o et construiu? Foi uma nave espacial?
    Concordo com rodrigo.

  • 12 de julho de 2012 às 00:21 -

    Alex Camacari Camacari

  • belo filme vale apena recomendo

Deixar um comentário (ver regras)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *