Atletas recorrem aos games e o streaming durante as paralisações do esporte

17 de março de 2020
Autor: Junior Candido
Atletas recorrem aos games e o streaming durante as paralisações do esporte

Com a recomendação da OMS para que todos fiquem em suas casas o máximo possível, vários países tomaram medidas para evitar aglomerações, a fim de lidar de maneira mais adequada contra o coronavírus. Assim, o esporte acabou sofrendo impacto direto, com vários torneios de várias modalidades sendo suspensos, interrompidos, ou cancelados.

Para os atletas, restou o mesmo que para muitas outras pessoas: os videogames. Como na Itália, por exemplo, que viu o tráfego de Fortnite aumentar em 70% após a quarentena imposta pelo governo do país. Assim, Lando Norris, piloto da McLaren, correu no Albert Park Circuit, mesmo com o GP do país cancelado. Mas no videogame.

O piloto inglês, que retornou para sua casa após o cancelamento do GP da Austrália, criou o seu “próprio GP”. Convidou o goleiro do Real Madrid, Thibaut Courtois, e o piloto da Fórmula E, Stoffel Vandoorne, para correr com outros atletas em um GP da Austrália virtual, no F1 2020.

Atletas recorrem aos games e o streaming durante as paralisações do esporte

“O eSports é um setor muito veloz e empolgante, e o que queríamos fazer neste final de semana era uma corrida divertida, para os fãs que não estão na F1, explicou Jamie MacLaurin, fundadora do VeloceEsports, que organizou o evento.

Lando Norris tem um simulador e computador instalado em sua casa. “Sentamos e pensamos que as pessoas não teriam uma corrida de Fórmula 1, e ficariam em suas casas evitando o coronavírus. Assim, onde é melhor fazer uma corrida do que on-line”, contou o piloto da McLaren.

Lando Norris costuma fazer, eventualmente, lives no Twitch jogando F1 2020, e outros games. Courtois também gosta do game e de correr virtualmente, e também foi fácil convencê-lo a participar da atividade. “Entramos em contato com o Lando e ele estava interessado pra valer”, explicou MacLaurin. “Ambas as partes queriam fazer isso, e não deixar o coronavírus afetar as coisas mais ainda, além de dar uma guinada positiva na situação negativa em que todos estão vivendo”, acrescentou.

E não foi a única “corrida” que aconteceu neste domingo. Outro evento, com Max Verstappen e Juan Pablo Montoya, contou até com a presença dos comentaristas da BBC Radio 5, Jack Nicholls e Jolyon Palmer. “É difícil demais ser positivo demais, dadas as circunstâncias do coronavírus, mas o que gostaríamos de fazer é manter as pessoas otimistas e proporcionar a elas algo divertido”, disse ainda MacLaurin.

Ciclismo e futebol seguem vivos no mundo virtual

Atletas recorrem aos games e o streaming durante as paralisações do esporte

Além de Norris, Courtois, Verstappen e Montoya, mais atletas “gamers” participaram de streamings. Geraint Thomas, vencedor da Tour de France em 2018 e duas vezes medalhista de ouro olímpico, está pedalando pra valer no game em transmissões ao vivo, e Simon Yates (Vencedor da Vuelta na España) e seu irmão gêmeo Adam, também ciclistas, fazem quase que diariamente eventos.

Atletas recorrem aos games e o streaming durante as paralisações do esporte

E, no mundo do futebol, Borja Iglesias, do Real Betis, e Sergio Reguilon, do Sevilha, disputaram a partida entre os dois times, cancelado devido a paralisação da La Liga na Espanha, no FIFA 20.

Deixar um comentário (ver regras)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *