BGS 2018: Super Smash Bros. Ultimate é diversão elevada a última potência

14 de outubro de 2018
Autor: Junior Candido

BGS 2018: Super Smash Bros. Ultimate é diversão elevada a última potência

A Nintendo esteve presente na Brasil Game Show, apresentando algumas novidades. Entre elas, Pokémon Let’s Go, e Super Smash Bros. Ultimate. O game, que vem gerando muitas espectativas por parte de seus fãs, foi oferecido para testes fechados à imprensa. E, tivemos a oportunidade de conhecer o game, que falta pouco para ser devidamente lançado.

Joguei o caos de Super Smash Bros. com três personagens: Ryu, Sonic e Solid Snake. E também joguei em três cenários diferentes: o de Ryu, o de Sonic, e um baseado em Metroid Prime. Em todos os três games, a única coisa que posso falar: o jogo é in-sa-no!

O caos que rola no game é incrível, pois você, ao mesmo tempo que se sente no controle de seu personagem, também percebe que está jogando um legítmo Smash Bros. O que quer dizer que rola de tudo, entre os quatro combatentes, nos interessantes cenários.

O gameplay está bem caprichado. Jogadores iniciantes ou casuais conseguem dar suas porradas e se divertir. Enquanto os mais dedicados também verão em Ultimate oportunidades de trocar sopapos com toda a técnica treinada disponível. Tudo flui de maneira bem interessante, e impressionará especialmente os que terão sua primeira experiência com o jogo, devido ao caos absoluto que reina entre as fases.

Vale mencionar que jogamos no controle Pro do Switch, que o faz um ótimo companheiro para o jogo. Creio que seja bacana jogar no Joy-Con original do console. Entretanto, vale muito a pena aproveitar o máximo dele curtindo o controle Pro. Especialmente para quem quer se dedicar mais.

A seleção de personagens, que já sabemos que é completa, ou “ultimate”, impressiona pela variedade e riqueza de possibilidades. Entre Mario, Ridley, Sonic, Link, Ryu, ou Pac-Man, só para jogar com um por um dos personagens, um bom tempo será gasto. O mesmo digo dos cenários, bem completos, cada um oferecendo seus desafios em particular, mostrando que a Nintendo se preocupou, de verdade, em desenvolver espaços interessantes para suas lutas.

O visual também segue incrível. Tudo colorido, com o “padrão Nintendo” de qualidade. Cenários bem desenvolvidos, e bem projetados tiram de vez a aura de se tratar apenas de um jogo “remasterizado com um nome bacana”. Super Smash Bros. Ultimate se mostra como um game bonito, acessível e, acima de tudo, divertido. Trata-se de um jogo de luta que pode garantir, desde jogadores profissionais, até disputas muito divertidas entre amigos.

Super Smash Bros. Ultimate chega para os ansiosos donos de Nintendo Switch no dia 7 de dezembro de 2018.

Deixar um comentário (ver regras)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *