Campus Party 2013: Buzz Aldrin emociona ao falar de sua experiência na Lua

29 de janeiro de 2013
Autor: Junior Candido

Campus Party 2013: Buzz Aldrin emociona ao falar de sua experiência na Lua

Buzz Aldrin é uma lenda. Ele foi o segundo homem a pisar na Lua na missão Apollo 11 em 1969. Agora, ele é o primeiro keynote a compartilhar suas experiências na Campus Party 2013 nesta terça (29).

Aldrin contou sua história, como sempre foi apaixonado pelo céu e por voar, seus serviços como piloto militar norte-americano até ser escolhido para integrar a equipe de Astronautas em um projeto dos EUA que buscava mandar os primeiros homens ao solo lunar.

E deu créditos a empreitada ao presidente dos EUA John Kennedy, que segundo ele, convocou o país a esta causa em comum: a de enviar homens à Lua (e trazê-los de volta em segurança, o que, para Aldrin, foi a sua parte preferida do projeto).

Campus Party 2013: Buzz Aldrin emociona ao falar de sua experiência na Lua

E Buzz quer mais, quer Marte

Buzz também revelou que seu grande sonho é um pouco mais audacioso que ir à Lua: ele quer que o homem pise também em Marte. Disse que era o destino óbvio após a Lua, mas que nunca houve condições para esta conquista.

Aldrin revelou algumas pesquisas e disse que mesmo que não esteja vivo para ver tal façanha, pelo menos poderá ter contribuído para este grande projeto.

E Buzz Aldrin, mesmo com sua idade avançada mostrou a todos os jovens presentes que o mundo precisa mais do que uma geração apenas apaixonada por tecnologia: precisa é de pessoas que usem esta mesma tecnologia tão admirada e dominada para o bem comum.

13 Respostas para “Campus Party 2013: Buzz Aldrin emociona ao falar de sua experiência na Lua”

  • 29 de janeiro de 2013 às 19:35 -

    Renan do Prado

  • Essa deve ter sido uma palestra inesquecível!!!!

  • 29 de janeiro de 2013 às 20:06 -

    FeeH

  • Na boa ! Pra mim eles não foram pra lua , pois se ele tivesse indo há anos atrás iriam de novo pra comprovar em Full HD ashaushauhsuahsau .

    • 29 de janeiro de 2013 às 20:07 -

      FeeH

    • Novamente nos tempos de agora **

      • 29 de janeiro de 2013 às 20:10 -

        leandro leon belmont alves

      • é mesmo Feeh, se eles foram para a Lua uma vez, porque eles não vão novamente? Hmmmmm. sempre achei essa história mal contada

      • 30 de janeiro de 2013 às 00:40 -

        Rodrigo Pscheidt

      • Embora eu também seja um pouco cético sobre o assunto, devemos lembrar do contexto histórico envolvido: na década de 60 estava rolando a “Corrida Espacial”, com EUA e URSS disputando para ver quem chegava na Lua antes.

        Agora, a situação é completamente diferente, não há corrida nenhuma, logo, uma missão tripulada à Lua seria apenas um gasto absurdo de dinheiro. É “mais barato enviar apenas robôs e sondas e – caso algo extraordinário seja encontrado – aí sim mandar seres humanos.

        Anyway, acredito que se o homem olhasse um pouco mais para a Terra e menos para o espaço, viveríamos em um mundo bem melhor… =P

      • 30 de janeiro de 2013 às 00:55 -

        Diana

      • Não desmereço a conquista de vida dele, mas penso um pouco como o Rodrigo. Podemos melhorar primeiro aqui, na terrinha, sem falar no mar, que é tão menos explorado quanto a Lua. Não se pode simplesmente pensar que ser avançado é conquistar o espaço. A literatura e a sétima arte já nos mostraram exemplos de como a vida humana pode ser deplorável se se esquecer de suas próprias origens. Afinal, poder-se-ia supor que uma espécie que consegue viajar pelo espaço já não precisa se preocupar com problemas de onde vem.

    • 29 de janeiro de 2013 às 20:39 -

      Rafael

    • Cara na lua tem ate hoje os restos das naves e placas de aluminio la bem o fato de eles n irem la de novo e pq vc gasta milhoes para ganhar zero e se pensar bem um robo chego em marte ano passado o que e bem melhor para construir um base ou Qg e quando estiver tudo pronto a sim colonizar por min marte sera uma otima mina de ferro.

    • 30 de janeiro de 2013 às 10:18 -

      Henrique Gonçalves

    • Heuhueuhhue, eu amo as teorias de conspirações em cima do pouso da Lua, algumas são engraçadas, outras são estranhas enquanto outras conseguem ser extremamente verdadeiras.

      Mas ainda acho extremamente importante a exploração de outros mundos em seu fator cientifico e o Curiosity deu para mostrar que tudo é possível \o/

    • 30 de janeiro de 2013 às 12:35 -

      Junior Candido

    • O Buzz disse que sua vontade de desbravar o espaco ajuda as pessoas a descobrir novas tecnologias para o nosso uso, como um GPS, celular e por ai vai. E o interessante nao foi só o fator espaço, mas o fato dele ter contado muito da própria vida mesmo e se nao foi de fato pra lua, pelo menos deixa bom exemplo aqui na terra.

      • 30 de janeiro de 2013 às 13:00 -

        Renan do Prado

      • Ese é o verdadeiro Buzz Lightyear!!!!

  • 29 de janeiro de 2013 às 23:53 -

    Kubrick Stare Nun

  • Esse cara só não foi primeiro a pisar na Lua porque ele teve a gentileza de deixar o Armstrong passar na frente :D

    • 30 de janeiro de 2013 às 10:19 -

      Henrique Gonçalves

    • Segundo homem a pisar na lua e primeiro a cortejar uma pessoa lá tambem XD

  • 30 de janeiro de 2013 às 02:28 -

    Bruno Silva

  • Como eu queria estar lá :

Deixar um comentário (ver regras)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *