Side Pocket (NES, Snes, Mega Drive) – O clássico da sinuca

21 de março de 2011
Autor: Carlo Henrique

Side Pocket (NES, Snes, Mega Drive) - O clássico da sinuca

Os antigos videogames das gerações 8 e 16 bit receberam jogos de esporte que marcavam muito pelo realismo e pela complexidade de seus elementos na época, era surpresa para muitos verem o nível dos gráficos e o quanto fiel ao esporte proposto um jogo era, mas foi justamente pela simplicidade que Side Pocket, um jogo de sinuca, conseguiu divertir a muitos jogadores nos videogames dos anos 80 e 90.

Desenvolvido pela Iguana Entertainment e publicado pela Data East em 1987 para Nintendo, depois, em 1993 portado para outros videogames, sendo eles Game Boy, Wonder Swan, Game Gear, Mega Drive e Super Nintendo, o jogo tinha como foco o modo Single Player, em cada estágio o jogador devia acertar todas as bolas nos buracos para encerrar a partida, tudo era baseado na força aplicada na bola e na direção do traçado escolhido e se o jogador errava um buraco, uma vida era perdida, haviam também buracos especiais que apareciam aleatoriamente durante a partida, tanto podiam dar uma ajuda na pontuação quanto podiam trazer a mítica “super bola”, que fazia com que a bola branca ficasse mais rápida e se movesse por muito mais tempo, fazendo com que várias bolas fossem neutralizadas em uma única tacada, bolas que podiam ser “engavetadas” em qualquer ordem, não existia a regra da bola 8 e não se perdiam pontos se a bola branca fosse pro buraco e quando o jogador acertava várias bolas sem errar, ganhava um bônus na hora de contar a pontuação. Para passar de cada estágio era necessário conseguir uma determinada pontuação, quanto mais avançado o estágio, maior era a quantidade de pontos necessária, mas também mais bolas eram colocadas na mesa.

Side Pocket (NES, Snes, Mega Drive) - O clássico da sinuca

Durante o modo Single Player, entre uma fase e outra, os jogadores eram levados a certos desafios que se tornaram memoráveis para seus fãs, principalmente o jogo dos cálices, onde o jogador devia, em apenas uma tacada, acertar todas as bolas em buracos determinados sem acertar nenhum dos copos que serviam de barreiras postas sobre as mesas e também o inesquecível desafio conhecido como Dark Zone, que eventualmente aparecia ao terminar as fases em que a mesa ficava escura e o jogador devia acertar a bola branca em um buraco marcado para ganhar um super bônus. Apesar dos muitos pontos que se destacavam nesse jogo, um deles com certeza era dificuldade, no desafio dos cálices era muito fácil acertar os copos sem nem tocar na bola, o que frustrava muito os jogadores, no jogo principal, ao calcular o traçado e a força necessária para acertar a bola, era muito normal ela chegar perto da caçapa e bater no cantinho, o que fazia muitos pensarem “odeio quando acontece isso” enquanto uma vida era perdida. Além do modo Single Player havia também dois modos multiplayer, um era uma disputa normal com o segundo jogador, e o outro era o modo das nove bolas, além disso, havia também o modo Trick Game, onde o jogador podia praticar os diferentes desafios que apareciam durante o jogo, muito útil, uma vez que se podia treinar o que quisesse, a escolha era livre, o ultimo modo do jogo era o Jukebox, onde o jogador podia escutar as músicas que tocavam durante o jogo, não que a trilha sonora mereça algum destaque.

Side Pocket (NES, Snes, Mega Drive) - O clássico da sinuca

Durante a história dos vídeo games, muitos jogos marcaram a história pela sua excelência, e é muito bom ver que jogos simples também tem o seu lugar garantido, Side Pocket é considerado um artefato valiosíssimo por vários dos gamers da velha guarda ou mesmo para uma nova geração que recebeu os ports do jogo em seus videogames nos anos 90, o que nos faz pensar que vários jogos tão complexos, mesmo de hoje em dia, não conseguiram ter nem metade da excelência que Side Pocket teve com sua simplicidade.

28 Respostas para “Side Pocket (NES, Snes, Mega Drive) – O clássico da sinuca”

  • 21 de março de 2011 às 09:43 -

    Hadan

  • Peraí, dizer que a trilha sonora de Side Pocket não mereça algum destaque? Meu, é uma das melhores trilhas já produzidas para um game da antiga geração! Quantas vezes não liguei o cart só para ouvir os sons do game!Se “Whispers”, “Groovin'”, “Cue Ball Boogie”, “Come on Over”, “Midnight Kiss”, “Natural Shot”, “Meteor-Man” e “Dinner for Two” não empolgarem suas jogadas, lamento dizer que não reparou na profundidade e na beleza das composições, ainda que em .mid. Agora, em relação ao jogo em si, não há, ainda, game de “sinuca” que tenha superado ou se igualado a este jogo e aposto que muitos da velha guarda concordarão comigo.

    • 3 de abril de 2013 às 02:09 -

      xereca

    • tambem acho otimas

    • 8 de novembro de 2018 às 13:01 -

      Felipe Camargo

    • Cara, concordo completamente com vc! Vc disse tudo que penso. A trilha sonora de Side Pocket é uma obra prima! Tb ouço até hoje, principalmente a faixa “the Lounge”, que recomendo. Tirando esse disparate cometido pelo escritor da resenha, concordo com ele no restante e agradeço por manter vivo um jogo tão importante e com uma jogabilidade tão boa.

      • 1 de março de 2019 às 06:28 -

        Carlo Henrique

      • Não adianta, quase oito anos depois de ter escrito este texto, minha opinião sobre a trilha continua a mesma. Não acho ruim nem boa huauahaha

  • 21 de março de 2011 às 10:19 -

    johnnyburanelo

  • muito legal este jogo, joguei muito, no começo eu alugava na locadora na esquina de casa(bons tempos), depois eu comprei o cartucho usado na mesma locadora, jogava muito com meu pai este jogo,
    gostei de ver
    :)

    • 22 de março de 2011 às 16:29 -

      Hadan

    • Era a única coisa que meu velho jogava comigo no Snes. Bons tempos que NÃO VOLTARÃO mais…

      • 24 de maio de 2012 às 11:33 -

        riu

      • kkkkkkkkkk
        bomn,bomns,maus,tempos… ninguem consegue tira da cabeça

  • 21 de março de 2011 às 11:31 -

    mobilegamer.com.br (Dario)

  • Todo mundo jogou essa bagaça pelo menos uma vez…

    • 21 de março de 2011 às 21:06 -

      Bruno

    • eu nao O.O

      • 22 de março de 2011 às 16:25 -

        Hadan

      • Que idade você tem?

  • 21 de março de 2011 às 11:33 -

    Kubrick Stare Nun

  • Os desafios em que eles colocavam copos na mesa eram difíceis demais <- FATO
    :D

  • 21 de março de 2011 às 11:35 -

    mobilegamer.com.br (Dario)

  • Existe também outro clássico da Data East pouco conhecido, mas muito bom.. é o Night Slashers.. primeiro beat’up com zumbis..

  • 21 de março de 2011 às 11:49 -

    arautosoturno

  • Quem é que não se lembra daquele truque de pular a bola por cima da taça!

    • 21 de março de 2011 às 11:58 -

      king of kings

    • what? nem sabia que tinha jeito de fazer essa manha, vai ver era por isso que eu nunca conseguia acertar.

      • 22 de março de 2011 às 16:27 -

        Hadan

      • Segure o “Y” e vá apertando para cima até a posição da bola ficar baixa. Depois, pressione para cima mais duas vezes. Mas é apenas um ou dois desafios que usam essa tática e somente para “balançar” a mesa para as bolas caírem. De resto, os efeitos de “loop” quem comandavam, na maioria.

  • 21 de março de 2011 às 12:25 -

    beduschi

  • joguei muito no mega drive ^^

  • 21 de março de 2011 às 13:14 -

    mixirica

  • esse é classico sem duvidas, aqueles “trick game” eram (são) muito treta de fazer todos

  • 21 de março de 2011 às 14:19 -

    Paulo Rodrigo

  • Minha mãe gosta desse game até hoje. Quando não tem novela pra ver ela manda eu colocar esse game pra jogar.

  • 21 de março de 2011 às 17:10 -

    Lessa

  • Um dos jogos que mais joguei no SNES, bao demais!
    Mas falar que a trilha sonora nao merece destaque, ai se ta de sacanagem.
    Pra mim esse é o melhor jogo de sinuca ja feito… mas até que Hustle Kings não é tao ruim nao hein!

  • 23 de março de 2011 às 16:49 -

    jefre

  • quem zerou esse jogo fala eu pq tem q ser muito bom

    • 24 de março de 2011 às 12:28 -

      Hadan

    • Nunca consegui. Tenho curiosidade de saber o final mas não procuro na Internet algum vídeo a respeito por medo de estragar alguma “surpresa” (se bem que duvido que tenha algum final que surpreenda). Certamente a garota do cabelo curto não dará mais que uma “piscadinha”.

    • 24 de março de 2011 às 20:52 -

      petterson

    • eu não

    • 25 de março de 2011 às 17:32 -

      Hadan

    • Fechei ontem, no emulador. Não fiquei no “F2, F4”, mas confesso que fui procurar um vídeo para acertar os tricks. Eu não esperaria ver um final igual ao Final Fantasy IV, mas não teve nada de especial, não sendo também, decepcionante. Só um “finalzinho”. Não havia que esperar mais que isso, não é?

  • 15 de fevereiro de 2012 às 11:04 -

    marcos

  • alguem sabe me dizer como passa na fase do side pocket,depois que pega o aviao.tem que matar a bola amarela no meio e a azul no canto direito.se puderem me ajudar agradeco.

  • 2 de junho de 2012 às 21:15 -

    Dézinho

  • Nunca passei de Las Vegas, dificil demais.

  • 23 de junho de 2012 às 21:13 -

    Jailton Manoel

  • Por favor como faz os efeitos no side pocket, e o loop, desde já obrigado

  • 10 de fevereiro de 2013 às 03:10 -

    Kaique Cintra Pereira

  • Muito bom, lembrei desse jogo por causa da trilha sonora que pra mim é a melhor de todos os jogos que já joguei ! tenho até as 20 músicas que tocava durante o jogo no computador.. inclusive estou ouvindo uma agora ;)

  • 1 de novembro de 2014 às 02:49 -

    O Covil

  • Aqui tem um vídeo com o Trick Game completo:https://www.youtube.com/watch?v=l8gHZ6mzv_s

Deixar um comentário (ver regras)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *