Lost Amber quer relembrar Okami, com o seu lobo dono de poderes especiais

18 de outubro de 2016
Autor: Fabrício Fernandes

Lost Amber quer relembrar Okami, com o seu lobo dono de poderes especiais

A história e cultura que envolve Lost Ember nos cativa a conhecer cada pedaço de seu universo, na pele de um lobo que pode controlar outros animais. Veja como boas ideias e um bom enredo ainda são elementos importantes para a construção de um bom game.

Lost Ember é um jogo idealizado pela pequena produtora Mooneye Studios, sobre um majestoso lobo, e coloca o jogador para descobrir vários segredos sobre as ruínas de uma civilização esquecida e sua cultura, esperança, perdas e ambições, além de seu próprio destino. De acordo com a página oficial, vamos resolver mistérios em uma civilização conhecida como Machu Pila, cidade natal dos Inrahsi que agora se encontra destruída em meio a natureza, haverá muitas informações para encontrar de personagens vitais dessa antiga civilização.

Ao longo da maravilhosa jornada em meio a natureza e ruínas, o lobo protagonista terá o poder para controlar outros animais que você encontrará ao longo da história, que serão vitais em algumas situações. Como exemplo, você poderá controlar papagaios para ir até o topo de uma árvore, mergulhar nas profundezas de um rio nas escamas de um peixe, ou como uma toupeira cavar seu caminho sobre uma área inacessível, oferecendo assim, diversas e criativas maneiras de se atravessar o cenário. Os produtores gostariam de ver os jogadores aproveitando o game no seu próprio ritmo.

Lost Amber quer relembrar Okami, com o seu lobo dono de poderes especiais

Para completar o projeto, que ganha aspectos ambiciosos, a equipe chamou para trabalhar com os sons e músicas do game Craig Conner (ex diretor de música da Rockstar North) e Will Norton (ex designer senior de áudio e supervisor de diálogos). Juntos por mais de 30 anos, trabalharam em jogos como Red Dead Redemption, Max Payne 3 e a série Grand Thief Auto.

O jogo conquistou os 100 mil euros solicitados através do Kickstarter, mas ainda está aberto para receber doações, pois conta com uma meta especial de 400 mil euros, para ampliar ainda mais os recursos do game.

Seu lançamento está previsto para março de 2018 para o Playstation 4, Xbox One e PC, além de ser compatível com a Realidade Virtualcom o Oculus Rift e o HTC Vive confirmados, mais as intenções de se levar o título ao Playstation VR também.

Deixar um comentário (ver regras)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *