Darksiders: Nordic Games adquire a série e já pensa no futuro dos Cavaleiros

25 de abril de 2013
Autor: Daniel Zimmermann

Darksiders: Nordic Games adquire a série e já pensa no futuro dos Cavaleiros

Um dos últimos órfãos da THQ acaba de ser adotado: Darksiders passa para as mãos da Nordic Games por quase US$ 5 milhões. Veja o que a nova proprietária planeja para o quarteto apocalíptico.

A empresa sueca Nordic Games foi a surpresa do último leilão de games da extinta THQ. Pela quantia de 4,9 milhões de dólares, os vikings compraram os direitos pelas séries Darksiders, MX vs ATV, Red Faction, Titan Quest, e várias outras.

Após a negociação, o CEO da empresa, Lars Wingefors, falou sobre suas intenções com os títulos. Logo de cara, uma excelente notícia para os fãs: Darksiders 3 pode sim virar uma realidade. Ele declarou:

“Eu estou impressionado com o carinho e o interesse destes títulos, especialmente Darksiders. Se nós encontrarmos a equipe certa com os termos certos, eu tenho certeza que vamos fazer a sequência acontecer“.

Em seguida, com um balde nórdico de água fria, ele afirmou que não, a continuação não deve sair tão cedo. Pelo menos não em 2013. Lars explicou:

“Nós vamos sentar e conversar, acho que na próxima semana, para discutir todas as opções. Leva muito tempo para fazer um jogo. Vocês não vão ver um novo Darksiders neste ano. Eu não acredito em fazer uma sequência avacalhada”.

Darksiders: Nordic Games adquire a série e já pensa no futuro dos Cavaleiros

Como ele próprio reconheceu, a Nordic Games tem bastante experiência – principalmente como intermediária da THQ -, mas nunca trabalhou na produção de grandes games. Para ele, uma franquia como Darksiders merece uma boa continuação, e isso depende de um bom estúdio.

De qualquer forma, já é legal ver que a Nordic tem interesse – e respeito – pelo futuro da saga, e que não vai simplesmente lançar uma sequência apressada para lucrar em cima do nome dela. Se dependesse da Crytek – que agora é dona da Vigil Games, a criadora da série – nós jamais teríamos um novo Darksiders.

Enquanto a Nordic pensa no que fazer, alguns ex-funcionários da Vigil Games (agora membros da Crytek) já dão seus pitacos: “o jogo precisa ter o Strife e Fury [os cavaleiros restantes] jogáveis. Seria algo incrível! E claro, continuar com aspectos que deixaram os primeiros jogos famosos, como o sentimento de aventura”, afirmou Ben Curenton, combat designer dos games anteriores.

Vale lembrar também que, no ponto em que estamos, um game que comece a ser produzido agora tem grandes chances de ir direto para a próxima geração de consoles, o que é mais um motivo para termos boas expectativas para a continuação da série.

O último leilão de games da THQ aconteceu nesta semana. Além dos títulos comprados pela Nordic Games, a Gearbox (Borderlands, Aliens: Colonial Marines) angariou o game de estratégia Homeworld, e a 505 Games levou os títulos Drawn to Life e Drawn to Life: The Next Chapter.

É o fim da linha para a THQnós acompanhamos sua despedida de perto -, mas pode ser também um novo começo para a saga apocalíptica Darksiders. O que você espera de um futuro game da série? Qual cavaleiro você gostaria de ver como o próximo anti-herói protagonista de um Darksiders?

(Via: GameInformer, VG 24/7)

24 Respostas para “Darksiders: Nordic Games adquire a série e já pensa no futuro dos Cavaleiros”

  • 25 de abril de 2013 às 09:23 -

    leandro leon belmont alves

  • só sobrou o Peste a Fome.

    acho que vou ir com o Peste, já que ele é meio pistoleiro, vai ser bom dar uns tiros nos monstros com ele…

    prefiro esses nomes que citei do que Fúria e Conquista….desde quando isso é nome de cavaleiro do Apocalipse?

    • 25 de abril de 2013 às 10:01 -

      lffc

    • A tradução literal é conflito e fúria, acredito que a nordic vi fazer um excelente trabalho.

      • 25 de abril de 2013 às 16:37 -

        Daniel Zimmermann

      • Pois é, o Darksiders mudou o nome original dos Cavaleiros, se fossemos seguir pela bíblia, os próximos seriam Peste e Fome mesmo. Mas Fury e Strife se encaixaram bem na história.

  • 25 de abril de 2013 às 12:50 -

    Felipe Junqueira

  • Eu axo que tenho que começar a jogar essa série…

    • 25 de abril de 2013 às 12:51 -

      Felipe Junqueira

    • Lucca Lima Que vc acha ???

    • 25 de abril de 2013 às 16:52 -

      Lucca Lima

    • Ae fdp, boa caraio q essa poha seja fudido desgraça AUSHAUSHAUHS'

  • 25 de abril de 2013 às 12:58 -

    Lucas Ribeiro da Silveira

  • Pelo uq entendi, eles irão fazer um game coop.. com os cavaleiros restantes… Strife e Fury.. Que me parece uma boa ideia, sendo que um é pistoleiro, e o outro corpo a corpo… Tava ficando triste qndo vi q a THQ ia falir e não daria continuidade a série.. ótima noticia!

  • 25 de abril de 2013 às 10:09 -

    Manolo

  • Fiquei muito feliz com essa notícia.

  • 25 de abril de 2013 às 10:19 -

    Diana

  • “Vocês não vão ver um novo Darksiders neste ano. Eu não acredito em fazer uma sequência avacalhada”
    Ponto para ele e que assim seja.

  • 25 de abril de 2013 às 13:30 -

    Claudio Junior

  • Fiqueii mais aliviado com essa notícia, que Darksiders fou comprado pela Nordic Games…
    Agora, pra fechar com chave de ouro, eles precisam fazer mas 3 jogos… Um do Strife, Um do Fury, e o ultimo com o 4 cavaleiros… Pra mim, seria ÉPICO demais… Mas é só minha opinião…

  • 25 de abril de 2013 às 10:36 -

    Arthur

  • Só tenho duas perguntas na minha cabeça: como e da onde uma empresa sueca de distribuição de games puxou a soma de 4,9 milhões de dólares pra compra a serie darksiders e outras?

    e como se fala a palavra “avacalhada” em sueco?

    tirando isso estou feliz da serie Darksiders( e outras) encontrarem um lar.

    • 25 de abril de 2013 às 10:40 -

      Renan do Prado

    • Distribuidoras tem uma boa grana em caixa, podem não trabalhar diretamente no desenvolvimento mas pelo visto é bem rentável.

      Pois se a Crapcom estava praticamente distribuindo todos os seus PRÓPRIOS jogos contratando estúdios externos para produzí-los.

    • 25 de abril de 2013 às 14:48 -

      Diana

    • Poderia estar avacalhada a palavra, aí não conseguiram traduzir… ‘—–‘

    • 26 de abril de 2013 às 05:26 -

      Daniel Zimmermann

    • Arthur e Diana, a palavra que ele usou foi “shitty”, em inglês mesmo. “… a shitty sequence”. “Avacalhada” não é a tradução literal…

      “Avacalhada” em sueco deve ser “älvwaäkalhördarllgsörnn” ou algo do tipo!

      Quanto à grana, eles são vikings, logo devem ter pilhado algumas vilas costeiras e comprado o game.

  • 25 de abril de 2013 às 10:38 -

    Renan do Prado

  • Excelente notícia!!!! Nunca joguei a série, mas é bom ver que a Nordic adquiriu a série e pretende continuá-la da maneira que merece!!!

  • 25 de abril de 2013 às 22:28 -

    Danielwarfare

  • N Ã O!!!
    OUSEM!!!
    ESTRAGAR!!!
    ESSA!!!
    SÉRIE!!!

    De fã para produtores.

  • 26 de abril de 2013 às 16:39 -

    Enrico Prado Ignacio

  • Comprar jogo com franquia é certeza de lucro.

  • 27 de abril de 2013 às 02:39 -

    Babiro

  • Que notícia boa, estou aliviado, realmente pensei que não veríamos uma sequência para essa franquia fantástica que é Darksiders!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • 29 de abril de 2013 às 13:39 -

    Matheus Martins

  • coop com os cavaleiros restantes e um modo para 2 jogadores ou mais (jogando com qualquer um dos 4) seria fantastico

  • 30 de abril de 2013 às 01:13 -

    Alex Augusto

  • Fiquei feliz com a notícia, sou fã da série e gostaria muito de jogar com os novos cavaleiros.

  • 4 de maio de 2013 às 16:27 -

    Piterson Souza

  • Zerando o 1° agora que vai continuar to animando pra zera o 2°

    • 4 de maio de 2013 às 16:27 -

      Piterson Souza

    • Alessandro Nino vai acaba não

    • 7 de maio de 2013 às 01:03 -

      Alessandro Nino

    • legal Pit vo comprar o novo

  • 25 de dezembro de 2013 às 21:45 -

    designer discount wedding dresses

  • I was studying some of your content on this website and I believe this site is very instructive! Retain putting up.

Deixar um comentário (ver regras)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *