EUA passa a considerar oficialmente videogames como forma de arte

18 de maio de 2011
Autor: Fábio Torres

EUA passa a considerar oficialmente videogames como forma de arte

Numa decisão que certamente desagradou Roger Ebert*, os Estados Unidos passaram a reconhecer os videogames como uma forma de arte.

A decisão veio por meio do National Endowment for Arts, o principal órgão norte-americano de fomento cultural, o qual reconheceu na última semana que “games interativos” também são arte e merecem incentivo governamental. A decisão foi considerada uma vitória por grande parte dos produtores independentes de jogos, mas foi considerada dúbia pela indústria.

Não sei se alguém realmente saiu para festejar essa decisão“, disse Erin Robison, uma desenvolvedora de games independentes. Ela acredita que o fundo beneficiará principalmente artistas que fazem “pequenos games de arte esquisitos”, mas que não deve ser muito útil para a maior parte dos programadores.

O pesquisador Ian Bogost, autor de livros acadêmicos sobre games, esclarece que as regras de financiamento não valem para todo e qualquer produtor: o game não pode ter fins comerciais e deve ser produzido por organizações livres de impostos. Programadores independentes podem se candidatar, mas apenas em parceria com ONGs locais.

*Roger Ebert é um crítico de cinema que, em 2007, afirmou que videogames nunca poderão ser considerados como uma forma de arte.

(Via Estadão)

25 Respostas para “EUA passa a considerar oficialmente videogames como forma de arte”

  • 18 de maio de 2011 às 14:07 -

    Renan

  • Interessante. Não deixa de ser uma vida, mas vai atingir uma parcela praticamente minúscula dos desenvolvedores… Eu acho que no fim das contas continua no mesmo. Mas acho muito bom esse reconhecimento!!! (Aprenda governo brasileiro!!! Chupa Record!!!!)

    • 18 de maio de 2011 às 14:09 -

      Renan

    • Não deixa de ser uma vitória* (Sei lá da onde saiu “vida”)

      • 18 de maio de 2011 às 15:47 -

        joão

      • Chupa Record!!! (2)

  • 18 de maio de 2011 às 14:28 -

    Márlon

  • O ramo “videogamelistíco” já fatura mais que o cinema, há jogos com enredos dignos de filmes hollydianos. Espero que com esse reconhecimento, os video-games não sejam tratados mais como “brincadeira para crianças”.

    • 18 de maio de 2011 às 14:57 -

      zecarlos

    • pois e ….agora imagine,games ,faturam e tem investimentos maiores que o cinema em nivel global,pena alguns governos nao enchergarem isso,e alguns preconceituosos manipuladores de opiniao como a rede record simplismente subestimarem esse ramo,que por sinal da mais dinheiro que igreja e politico ladrao hehhee

      engracado um cara do ramo considerado como arte dizer isso,que game nunca seria arte,ate porque pra se desenvolver um game e necessario um grupo criativo de artistas

      game e arte sim,e arte que da dinheiro ehhehe comercial ou nao

  • 18 de maio de 2011 às 15:14 -

    Isaac

  • AHHHHHH!!
    Nunca comentei aqui, mas essa notícia merece um comentário.

    Vitória! Victory! You Win! K.O.! Videogame Wins! bla bla bla

  • 18 de maio de 2011 às 15:15 -

    Isaac

  • Agora espero que não usem mais aquelas pretensiosas tags de “art game” ou “game art” que alguns jogos usam.

  • 18 de maio de 2011 às 15:27 -

    Renan

  • Só esclarecendo meu comentário lá encima, para evitar algum possível desentendimento: Estou muito feliz com o reconhecimento!!!! Games são SIM arte, para NÓS gamers é a mais bela arte!!!! Fico muito feliz com esse reconhecimento e espero que agora os video games sejam mais “respeitados”, e não fiquem sofrento tanto preconceito como se vê por aí. Infelizmente, no caso de ajuda do governo na situação, ela só se aplica a jogos independentes e sem objetivo comercial, o que vai atingir uma parcela bem pequena de desenvolvedores, nessa questão, as coisas vão ficar como estão hoje para as grandes desenvolvedoras. Mas isso é uma enorme vitória pra todos os gamers!!!

  • 18 de maio de 2011 às 15:28 -

    Kubrick Stare Nun

  • Sabem o que isso significa?
    INDIE GAMES FINANCIADOS PELO TIO SAM PARA TODO MUNDO!!! :D

    • 18 de maio de 2011 às 15:30 -

      Kubrick Stare Nun

    • PS: Não exatamente “indies”, mas sem duvida eles só estão considerando como “art” jogos não sejam meramente uma forma de entretenimento como a maioria das grandes franquias dos video games é.

  • 18 de maio de 2011 às 15:34 -

    Daniel

  • Aee Finalmente! Já estava passando da hora da forma de entretenimento mais lucrativa do mundo ser considerada arte oficialmente. Chupa Record! Chupa Roger Ebert!

  • 18 de maio de 2011 às 15:53 -

    Doakes

  • Realmente é uma arte…. arte de ganhar dinheiro fácil

    • 18 de maio de 2011 às 16:37 -

      Gustavo Melo

    • como assim dinheiro fácil ?Você sabe quanto tempo e o como é difícil fazer um jogo ? Eu faço alguns no blender só por diversão e demoro hum 2 meses imagine os jogos criado por produtoras e estúdios …

      • 18 de maio de 2011 às 17:39 -

        Pedx

      • Arte do entreterimento. Ganha dinheiro fácil quem é criativo e não mora no Brasil.

    • 18 de maio de 2011 às 17:21 -

      bladearts

    • É tão facil que todo mundo esta fazendo e ganhando muito dinheiro com isso srrssrrsrs.

    • 18 de maio de 2011 às 17:22 -

      bladearts

    • Comprei um botão chamado criar God of War 4, logo mais aperto pra ganhar fortuna.

    • 18 de maio de 2011 às 23:30 -

      Renan

    • Doakes deve ser rico então. Ou não.

  • 18 de maio de 2011 às 17:19 -

    bladearts

  • Reconhecimento nunca é facil de se alcançar, mais realmente é muito bom de qualquer forma. Pra mim é arte sim!
    Se expressar e passar uma mensagem independente do meio utilizado, isso é arte.
    Se o cinema é arte, games também é, e uma arte muito mais abrangente e ate um pouco mais amigavel.
    Porque permite um pouco de interação, coisa que o cinema não permite.
    A Arte no games é pra ser vista admirada e ate pode ser modificada, e acontece aos poucos, se cria e se trasforma na sua frente enquanto você progrede nesse espaço de tempo.

  • 18 de maio de 2011 às 18:14 -

    PedroHenrique

  • Os videogames SEMPRE foram arte, pelo menos para mim. Medíocre infeliz de quem não acha isso. Aposto que quando o cinema foi lançado, houve pessoas “do contra”, por achar estúpido ou algo assim.

    • 18 de maio de 2011 às 18:15 -

      PedroHenrique

    • Lançado, ficou tão esquisito… É melhor CRIADO, se encaixa mais :)

  • 18 de maio de 2011 às 18:23 -

    Bruno

  • Fazer o que… Hipocrisia no Brasil ta !#@$

  • 19 de maio de 2011 às 17:52 -

    KING OF KINGS

  • bom se estão achando que nao é o ideal, pode melhorar daqui a alguns anos.

  • 19 de maio de 2011 às 21:53 -

    RyogaBr

  • alguem reparo que na pintura o joystick que estaria ativo no console seria o terceiro pela posição da luz verde?
    eu nunca joguei meu xbox de lado pra saber se muda a posição das luzes verdes, mas pra uma imagem detalhada como essa foi um erro grande

    • 20 de maio de 2011 às 10:32 -

      Sadi Junior

    • Grande erro é colocar um X-box numa tv tubo de 14 polegadas!!! hauhauhauhahua

    • 21 de maio de 2011 às 15:00 -

      Bruno

    • Pior que é vardade velho, deveria estar ligada a luz da direita/cima. Pelo menos no meu console é assim…

Deixar um comentário (ver regras)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *