Estatísticas sobre o perfil de gamers diz que estamos envelhecendo

28 de março de 2011
Autor: Maurício Piccini

Estatísticas sobre o perfil de gamers diz que estamos envelhecendo

Que jogos não são coisa de criança já sabemos há muito tempo. Mas então são coisa de quem?

Nos últimos anos, a idade dos jogadores vem subindo rapidamente. Segundo pesquisas realizadas nos EUA indicam que nossa idade média era de:

  • 29 anos em 2004,
  • 30 anos em 2005,
  • 33 anos em 2006,
  • 35 anos em 2008 e 2009
  • e 37 anos em 2010.

Um jogador médio começou a jogar há 12 anos, ou seja, desde 1999. Esse jogador, provavelmente ensinou seus pais a mexerem no computador, no videogame e até enviou e-mails com games engraçadinhos para a mãe, tentando convencê-la a jogar. Pois é, funcionou. Eles estão jogando também.

Apesar disso, quem paga pelos jogos tem em média 40 anos. Essas idades estão se aproximando, o que indica que mais e mais pessoas estão comprando jogos para si mesmas e não para seus filhos. Isso significa que mais e mais pessoas estão começando a jogar já adultos, ao invés de termos a iniciação ao game apenas na adolescência como era na década de 90. 12 anos de jogo parece bastante, mas é pouco para uma média de 37 anos. Eu tenho 30 anos (jovem para a média americana), mas jogo desde o fim da década de 80, cerca de 22 anos como gamer (muito mais experiente que a média).

No longo prazo, as crianças das próximas gerações serão gamers desde o início da vida. A essa altura, não estaremos mais discutindo se jogos digitais são bons ou ruins, mas ponderaremos racionalmente quais os pontos fortes dos jogos digitais em relação às outras brincadeiras disponíveis para as crianças. Estudos no Canadá já nos informam que nossas crianças são em média maiores e proporcionalmente mais pesadas que nós éramos décadas atrás. Mas os jovens de hoje já perdem em força muscular e flexibilidade em relação a seus pais e avós.

Onde jogamos?

Outras estatísticas, publicadas pela BBC, indicam que o público inglês ainda é mais jovem, tendo em média 28 anos. Ainda assim, é uma idade muito mais alta que a imagem que temos do gamer adolescente que joga para extravasar a raiva e as frustrações de suas tendências antissociais. Crianças e adultos jogam na sala de estar, enquanto adolescentes e adultos jovens (até 24 anos) jogam em seus quartos.

Mudança de console

Em 2002, 20% dos gamers possuiam um celular ou outro portátil para jogar, hoje 37% jogam em dispositivos móveis.

A melhor notícia de todas é que 63% dos pais consideram que os jogos digitais fazem bem a seus filhos.

Se 40% de todos os jogadores são mulheres, nos jogos sociais elas são maioria, atingindo a marca de 55%.

E de contexto social?

No começo do mês, a apresentação de Chris Trottier no GDC 2011 trouxe uma visão muito específica do perfil dos gamers de jogos sociais. De acordo com Trottier, o jogador médio de jogos sociais é:

  1. Mulher
  2. Tem 43 anos
  3. Não procura por games na internet, joga o que lhe é apresentado
  4. Tem pouco tempo para cada partida
  5. Usa o jogo como forma de se expressar

É interessante notar que, segundo pesquisa da PopCap, a maioria dos jogadores de games sociais estão divididos em dois grupos: solteiros sem filhos e casados com filhos em casa (28% para cada grupo). 41% desse público trabalha pelo menos 30 horas por semana.

Fiquei triste em saber que apenas 4% dos gamers sociais entrevistados têm especialização, 9% tem mestrado e só 2% tem doutorado. Dada a idade média avançada dos gamers, era de se esperar que muitos tivessem alguma pós-graduação. Claro que no Brasil esta porcentagem deve ser ainda menor. A falta de profissionais especializados (em suas respectivas áreas) na comunidade de gamers é, sim, um problema, pois queremos que os videogames sejam utilizados em programas de treinamento dentro de empresas e nas salas de aula das universidades e escolas. O mesmo ocorre com as classes mais altas, que esnobam os jogos digitais ou acham que têm algo melhor para fazer.

Mas talvez eu esteja errado, talvez a revolução digital venha mesmo de baixo para cima.

30 Respostas para “Estatísticas sobre o perfil de gamers diz que estamos envelhecendo”

  • 28 de março de 2011 às 17:13 -

    Marvox

  • O que falta realmente é uma fonte de pesquisa brasileira sobre o assunto. Nós brasileiros somos muuuuito diferentes!

  • 28 de março de 2011 às 17:32 -

    Wallacy

  • Pow, adorei a matéria, breve não teremos mais nem lembrança da época que diziam que video game é coisa pra criança!

  • 28 de março de 2011 às 17:43 -

    joao

  • Serviu pra detonar de vez os críticos que sempre associam os gamers à adolescentes cheio de espinhas e sem vida social. Sou gamer desde o bom e velho atari 2600, há mais de 15 anos, e digo com toda a certeza, meu filho terá videogames e nem por isso deixará de ter uma infancia brincando na rua ou jogando bola e muito menos será um adulto sem amigos..

  • 28 de março de 2011 às 17:57 -

    RenanAspira

  • O público gamer pode estar envelhecendo fisicamente, mas de cabeça falta muito ainda. Não sei como alguém pode achar GoW 3 um jogo bom o suficiente pra ser um dos melhores de qualquer ano…

    • 28 de março de 2011 às 18:09 -

      Adler Sasuke

    • Conhecendo o pessoal, só tenho uma palavra a dizer: Incoming!

    • 28 de março de 2011 às 23:20 -

      Renan

    • Bom, só digo uma coisa: Diga isso por você, se é a sua opinião, é a SUA opinião, só por que você não acha GOW3 um jogo bom ou digno de jogo do ano, não quer dizer que ele não é e que quem pensa diferente tenha cabeça pequena, ou é isso mesmo o que você acha?

    • 29 de março de 2011 às 10:58 -

      Diogo Farias

    • GOW 3? God Of War 3 ou Gears of War 3 que vai lançar esse ano.
      E se for God Of War… Po cara, falar mal do God Of War é sacanagem demais, o único jogo que me atrai do PS3, tá cheio de gente babaca que fica falando mal do God Of War sem ter uma opinião concreta. O jogo tem ótima trilha sonora, gráficos nem se fala, jogabilidade simples e intuitiva. As pessoas que falam mal do God Of War costumam criticar justo a jogabilidade, por ser simples e “mecânica” demais… De jeito algum uma jogabilidade boa é um defeito no jogo. Super Mario Bros. 3 tem jogabilidade extremamente simples e intuitiva (Muito mais simples que God Of War), e você já viu alguém ousar falar mal do jogo?

    • 29 de março de 2011 às 11:29 -

      Renan

    • Esse comentário (não o acima, o inicial) pareceu bastante preconceituoso com quem gosta de God of War 3, e eu, como um fã assíduo da série e do jogo, me senti ofendido. Quer dizer que se eu acho GoW 3 digno de jogo do ano então quer dizer que minha cabeça não é madura suficiente para a idade ou corpo que carrego? Trollagem talvez?

      • 30 de março de 2011 às 00:20 -

        Renan

      • Pois é, sem resposta….

    • 30 de março de 2011 às 16:09 -

      jefre

    • cara em partes eu concordo gow 3 é um otimo game e adorei jogar ele mas nao é o melhor jogo do ano e talz como muitos dizem minha opnião

      • 30 de março de 2011 às 23:59 -

        Diogo Farias

      • Ah, não é meu jogo favorito, mas mereceu o reconhecimento de melhor do ano sim… Hehe

  • 28 de março de 2011 às 19:03 -

    Eric

  • Não é possivel que a média de pessoas que jogam estão envelhecendo?…a maior mudança é de 2 anos de idade de um ano pro outro…sim pessoas de maior idade estão se intereçando mais em jogos virtuais…mas na minha opnião a maioria continua igual, apenas mais velha.

    • 28 de março de 2011 às 19:52 -

      Maurício Piccini

    • Sim, quem começou a jogar continua jogando. Mas crianças também estão COMEÇANDO a jogar. Se quem joga simplesmente envelhecesse (sem que os mais velhos começassem a jogar) a média de idade aumentaria “menos de um ano” a cada ano.

      Quer dizer, como toda a população envelhece “uma ano” a cada ano, para a média de idade aumentar “dois anos” em um ano, é preciso ainda que, para cada criança de 10 anos que comece a jogar, um adulto de 50 comece também (ou dois de 40 ou quatro de 35).

  • 28 de março de 2011 às 20:24 -

    Bruno

  • Meu pai eh viciado em GTA, meu irmao de 30 anos nao larga o PES, GTA, e um bom FPS, meu tio so sabe joga Medal e Call of Duty, minha cunhada joga jogos socias. So falta minha mae entra na turma!
    Realmente videogame nao eh mais coisa de criança :d

    • 28 de março de 2011 às 20:25 -

      Bruno

    • sociais *

  • 28 de março de 2011 às 22:24 -

    Luiz

  • Ha!! o larry king tbm joga vd heheh

  • 28 de março de 2011 às 22:47 -

    DanAvanna

  • Curti a matéria!
    Acho que a mente das “pessoas velhas e antigas” vêm se abrindo gradativamente…
    Concerteza no futuro os games serão incorporados de maneira sólida no Desenvolvimento/Arte/Educação das crianças,Pois NÓS(geração “Mente aberta”)estaremos “ditando as regras”…rs

  • 28 de março de 2011 às 23:23 -

    Renan

  • Ficarei velho jogando video game!!!!! (Claro que com minha esposa, filhos e os netos, quem sabe bisnetos kkkkkkkkk)

  • 29 de março de 2011 às 00:02 -

    samuka

  • ae galera, a vdd e q nois tamo fikando veio,hehehehe abraço a todos

  • 29 de março de 2011 às 00:09 -

    elvis gamer

  • uma vez gamer é gamer ate morrer ! rsrsr

  • 29 de março de 2011 às 11:10 -

    Diogo Farias

  • Meus pais jogavam Dynacom (cópia do Atari 2600) antes de eu nascer. Ou seja, faço parte dos que já nasceram gamers.
    Agora tenho 21 anos, no centro aí da média, mas minha mãe (que prefiro não revelar a idade :P) está lá no topo! Hehe.

  • 29 de março de 2011 às 11:13 -

    mixirica

  • comecei a jogar aos 7 anos, hj tenho 23… é rapaziada o tempo não para não!!!!

  • 29 de março de 2011 às 11:33 -

    Renan

  • Não lembro com que idade comecei a jogar, acho que com 3 ou 4 anos, pois lembro claramente que com 5 anos eu era gamer assíduo (saudades do meu Master System III com Sonic embutido na memória!!!!) Hoje eu tenho 20 e que venham mais todos os anos pela frente!!!!!!!

  • 29 de março de 2011 às 11:38 -

    Rubens

  • eu jogo desde os 5 agora tenho 10 pra 11 so hacker e tenho xbox 360 slim e tenho gta 4 gta 4 espisodes prototype Just Cause 2 Grid Halo que decepcionou, batman the arkham asylum
    skate 3 red dead redemption pure e algus mais

  • 29 de março de 2011 às 11:59 -

    Kubrick Stare Nun

  • Não preciso de pesquisa nenhuma para saber que eu estou envelhecendo :P

  • 29 de março de 2011 às 12:32 -

    beduschi

  • so se ver no espelho pra ver que tamos ficando mais velhos

  • 29 de março de 2011 às 14:20 -

    king of kings

  • mulheres maioria em jogos sociais??? nao parece, vai ve é diferente aqui.

  • 3 de abril de 2011 às 17:19 -

    satanick

  • Tenho 48 anos
    comecei com 15 anos
    meu 1º video game um atari
    hoje tenho xbox360

  • 4 de abril de 2011 às 00:32 -

    Elena

  • Tenho 33 anos, mãe de dois filhos (o mais velho de 10 anos já joga). Jogo desde a pré adolescência. Dentre MMO’s e consoles, jogar sempre foi meu hobby preferido.

  • 9 de janeiro de 2012 às 13:06 -

    KING OF KINGS

  • enquanto tiver maos terei jogos

Deixar um comentário (ver regras)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *