Ether One: um game indie promissor que você deveria ficar de olho

20 de novembro de 2013
Autor: Junior Candido

Ether One: um game indie promissor que você deveria ficar de olho

No século XX, todas as doenças mentais e problemas com perda de memória terão cura. Haverá uma profissão que cuida da restauração e conserto das mentes das pessoas. E é isso o que você vai fazer em Ether One: restaurar mentes em um game indie promissor!

Produzido pela White Paper Games (que fica em Manchester, na Inglaterra), Ether One conta uma história no mínimo irônica. O protagonista possui esta habilidade de restaurar memórias, e vai precisar recuperar a sua própria.

Não é uma premissa realmente inédita – Remember Me, que saiu no início do ano, tinha uma premissa semelhante – mas aqui sai a pancadaria e entra a resolução de puzzles: sua mente é como um grande quebra-cabeça, cujas peças vão sendo encaixadas aos poucos.

Ether One: um game indie promissor que você deveria ficar de olho

Ether One é um jogo belíssimo, e seu capricho deve ir além do visual: o game promete uma jogabilidade inovadora (mesmo sendo em primeira pessoa) e uma trama que promete prender o jogador.

A história vai acontecer durante o século XX e os “cenários” serão as mentes das pessoas, o que significa que teremos mudanças e modificações constantes de cenários no melhor estilo Inception.

A exploração aqui não será de itens, mas de memórias, o que já torna este game bem diferente do convencional, com uma dificuldade que vai aumentado conforme se progride na trama.

Ether One: um game indie promissor que você deveria ficar de olho

Confira abaixo um trailer que apresenta o rico universo do game:

Curtiu? Então fique ligado: Ether One é a primeira metade de um game dividido em duas partes. Ele já foi aprovado pela comunidade no Steam Greenligth, e deve ser lançado ainda este ano para PC e Mac. Fique de olho!

(Via: Site Oficial Ether One, Indie DB)

4 Respostas para “Ether One: um game indie promissor que você deveria ficar de olho”

  • 20 de novembro de 2013 às 10:03 -

    leandro leon belmont alves

  • seria divertido, saber como seria a nossa mente conforme perguntas feitas ao jogador.

  • 20 de novembro de 2013 às 11:51 -

    Renan do Prado

  • Por algum motivo esse game me lembrou do antigo filme Johnny Mnemonic.
    Achei bem interessante a ideia!!!

  • 20 de novembro de 2013 às 17:44 -

    Dayan Valente

  • Caraca! Já coloquei nos meus favoritos do Steam pra poder comprar assim que lançar!
    \o/

  • 21 de novembro de 2013 às 16:25 -

    Bruno

  • O protagonista toda hora volta pra um pier com um barquinho flutuando…Booker DeWitt, é você?

Deixar um comentário (ver regras)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *