F1 2019 – Hora da Hungria! Acerte seu carro para vencer na pista igual Hamilton, na corrida de hoje!

4 de agosto de 2019
Autor: Junior Candido
F1 2019 - Hora da Hungria! Acerte seu carro para vencer na pista igual Hamilton, na corrida de hoje!

Última corrida antes das férias de verão da Fórmula 1, a Hungria tem uma tradição muito forte na categoria. E também tem suas curiosidades. Em 1986, quando o GP foi integrado de vez à F1, era o único país do então bloco comunista que garantiu uma corrida no calendário. Buscando aproximação com o continente europeu, a motivação da corrida fez com que Hungaroring fosse construída em dez meses.

De presente, os húngaros ganharam, na minha opinião, a manobra mais impressionante da história da categoria. A ultrapassagem de Nelson Piquet em Ayrton Senna, que desafiou as leis da física e representa muito bem o chamado “Fórmula 1 raiz”. Inclusive, os dois brasileiros fizeram dobradinha no circuito, que viu, logo em seu primeiro ano, o que é conhecida como a maior temporada de todos os tempos.

Foi lá também que aconteceu a famosa ultrapassagem de Rubens Barrichello em Michael Schumacher, em 2010. O brasileiro, de Williams, quase acertou o muro, mas não tirou o pé e garantiu a ultrapassagem ao alemão, seu ex-companheiro na Ferrari, que na ocasião tinha voltado da aposentadoria, para correr na Mercedes, em seu primeiro ano como equipe.

Hoje em dia, Hungaroring é conhecida por ser uma pista extremamente técnica. Max Verstappen, da Red Bull, vencedor da última corrida e um dos grandes talentos da F1, explicou em release que “é como se você estivesse dirigindo um carro grande em uma pista pequena, pois é muito estreito”. O piloto também disse que sua curva preferida é a 11, pois oferece uma sensação muito agradável quando é feita de maneira adequada.

E como o piloto bem disse, Hungaroring é uma das “pistas raiz” que insistem em permanecer na Fórmula 1 atual. Estreita e técnica, ela exige freadas precisas, e uma boa perícia em suas curvas, para garantir os melhores tempos. Veja, então, como configurar o carro no F1 2019, para correr em um circuito cheio de curvas, e que exigirá um carro extremamente responsivo:

  • Asa dianteira: 4
  • Asa traseira: 9
  • Diferencial aceleração ativa: 60%
  • Diferencial aceleração inativa: 100%
  • Cambagem dianteira: -2.70
  • Cambagem traseira: -1.20
  • Toe dianteiro: 0.08
  • Toe traseiro: 0.29
  • Suspensão dianteira: 5
  • Suspensão traseira: 3
  • Barra estabilizadora dianteira: 8
  • Barra estabilizadora traseira: 5
  • Altura frontal: 4
  • Altura traseira: 4
  • Pressão do freio: 88%
  • Balanceamento dos freios dianteiros: 55%
  • Pressão nos pneus dianteiros: 23.4 psi
  • Pressão nos pneus traseiros: 21.1 psi

Com ótima briga entre Verstappen e Hamilton, GP da Hungria termina com o pentacampeão voltando a vencer

F1 2019 - Hora da Hungria! Acerte seu carro para vencer na pista igual Hamilton, na corrida de hoje!

Na corrida, que contou com a primeira pole da carreira de Verstappen, os holandeses presentes em Hungaroring viram o piloto da Red Bull largar muito bem. Quem se deu mal foi Bottas, que na disputa inicial, foi tocado por Hamilton e Leclerc, e precisou trocar de asa, mudando toda a estratégia original.

Nas primeiras voltas, os pilotos brigaram mais pelo tempo, buscando voltas mais rápidas, para conseguirem vantagens nas paradas. Pneus trocados, a partir da volta 35, Verstappen e Hamilton começaram a briga pela primeira posição. Na volta 39, Hamilton brigou, Verstappen defendeu, e o piloto inglês forçou tanto a ponto de ter que usar a área de escape na manobra. A briga durou até a volta 49, quando Hamilton parou nos boxes.

A estratégia de pit-stops da Mercedes foi para brigar com tudo. Hamilton trocou de pneus, amarelos, buscando garantir um pneu melhor para atacar no fim da prova, e não permitir que a Red Bull pare com Verstappen, sob risco de perder a primeira posição. A troca de pneus garantiu a Hamilton tirar praticamente um segundo por volta. E, faltando 5 voltas, Hamilton chegou com 1.5 segundo de diferença.

E, nas últimas cinco voltas, hora da verdade. Na volta 67, Hamilton conseguiu a ultrapassagem e assumiu a liderança. E, por estar com carro melhor, abriu vantagem. Verstappen, para compensar, trocou os pneus, e fez a volta mais rápida, ganhando assim o ponto extra, além do segundo lugar.

F1 2019 - Hora da Hungria! Acerte seu carro para vencer na pista igual Hamilton, na corrida de hoje!

Ainda no final, Vettel chegou em Leclerc. E disputaram a terceira posição. E, na mesma curva que Hamilton garantiu a liderança, o piloto alemão ultrapassou o companheiro e assumiu o terceiro lugar. Sainz mantém a ótima fase da McLaren, com um quinto lugar. Gasly foi o sexto, Raikkonnen, Bottas, Norris e Albon fecharam a zona de pontuação.

Hamilton segue líder, com 250 pontos. Verstappen segue em terceiro no mundial, mas encostou ainda mais em Bottas. Agora o piloto holandês tem 181 pontos, contra 190 do piloto da Mercedes. As duas Ferraris seguem com o quarto e quinto lugares na classificação.

A Fórmula 1 entra em férias após este GP. Volta no dia 1 de setembro, no GP da Bélgica, com a segunda metade do campeonato, e com o início das corridas da F1 Esports Series.

Uma resposta para “F1 2019 – Hora da Hungria! Acerte seu carro para vencer na pista igual Hamilton, na corrida de hoje!”

  • 4 de agosto de 2019 às 22:31 -

    Helinux

  • A corrida de hoje foi boa em determinados aspectos!!!! Verstapen foi bem e pena que a Williams que tanto gosto não está bem nos dias atuais!!!! Amanheci vendo a corrida Moto GP e depois engatei na F1!!!! Tentei jogar no círcuito da Hungria no vídeo game e realmente a pista tem curvas que lhe pode surpreender em termos de batidas e rapidez. Gostei da corrida de um modo geral!!!! Fico na expectativa sobre a próxima corrida, valeu galera gamer!!!!

Deixar um comentário (ver regras)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *