George Russel é o campeão da temporada da Fórmula 1 2020 Virtual

15 de junho de 2020
Autor: Junior Candido
George Russel é o campeão da temporada da Fórmula 1 2020 Virtual

Com a pandemia de coronavirus, diversas categorias esportivas se adaptaram, para manter seus fãs ativos, mesmo sem eventos, e com todos em casa. Com a Fórmula 1 não foi diferente. A categoria ainda não iniciou sua temporada em 2020, mas viu nos videogames uma ótima maneira de se aproximar dos fãs da velocidade.

E, pelo menos no virtual, já temos um campeão. George Russell, da Williams, venceu as últimas quatro provas da “temporada”. E, se pelos lados da sua equipe as coisas não vão muito bem (ano passado a equipe ficou em último, e para 2020 já perdeu patrocínio e está à venda, total ou parcial), no mundo virtual as coisas vão bem melhores.

O piloto britânico, de 22 anos, campeão da F-2 em 2018 e uma das grandes promessas da Fórmula 1, venceu o GP do Canadá neste domingo. Russell já havia vencido na Espanha, Mônaco e Azerbaijão. O título ficou mais fácil para o piloto, uma vez que seu rival direto na disputa, Charles Leclerc, não participou das atividades, disputando nesta oportunidade as 24 Horas de Le Mans, também virtual.

George Russel é o campeão da temporada da Fórmula 1 2020 Virtual

Russell largou na pole, disparou na ponta e venceu a prova sem grandes dificuldades. Alexander Albon, da Red Bull, ficou em segundo, e Esteban Gutiérrez, que já correu pela Fórmula 1 entre 2013 e 2016, completou o pódio, representando a Mercedes. Em quarto, um brasileiro: Caio Collet. Com apenas 18 anos, o jovem piloto representou a Renault, e brigou com Gutiérrez nas primeiras voltas em uma ótima apresentação.

A Fórmula 1 até lembrou que os três primeiros colocados na classificação geral já haviam dividido pódio no passado:

A prova também contou com Tiametmarduk, piloto virtual e Youtuber australiano, o chinês Guanyu Zhou, Nicholas Latifi, o atual companheiro de Russell na Williams, Callum Ilott, Anthony Davidson, David Schumacher (filho de Ralf Schumacher e piloto da F3), Louis Delétraz, Pietro Fittipaldi (neto de Emerson Fittipaldi), Pierre Gasly (que foi desclassificado na prova), e Gianluca Petecof.

Esta mistura de pilotos de Fórmula 1, pilotos de outras categorias que tem algum envolvimento com a F1, e pilotos virtuais marcou a reunião online de pilotos, que já havia começado com as lives de Lando Norris, assim que a pandemia adiou o início da temporada. Com o fim da “temporada virtual”, os olhos voltam para as pistas de corrida. Pois a Fórmula 1 está com a etapa de abertura 2020 bem próxima, com o GP da Áustria, no Red Bull Ring, marcada para o dia 5 de julho.

Deixar um comentário (ver regras)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *