Lembre (e jogue) sete jogos épicos de Star Wars para comemorar a estreia de O Despertar da Força

17 de dezembro de 2015
Autor: Junior Candido

Lembre (e jogue) sete jogos épicos de Star Wars para comemorar a estreia de O Despertar da Força

Já que o assunto do dia, depois do bloqueio do Whatsapp é a estreia do novo Star Wars, vem com a gente relembrar sete jogos épicos da franquia, que marcaram época igual os filmes.

Quem já era dominado pelo vírus Star Wars, está muito “doente” esta semana. E quem foi picado pelo mosquito nestes dias está desesperado querendo conhecer mais sobre o universo. Seja revendo todos os clássicos ou querendo ler tudo o que puder a respeito, o que vemos é uma febre Star Wars semelhante ao que quem viveu na época da primeira trilogia apreciou de perto.

No universo Star Wars, os games também participam de maneira importante, pois eles eram responsáveis, até o Episódio III, por ampliar o contexto do jogo, explicando mais sobre a história de todos os eventos e permitindo o controle de vários personagens da saga. Vale lembrar que a partir de Star Wars: Battlefront, os games já não terão mais esta capacidade, pois a Disney, nova detentora dos direitos da saga, definiu que o universo expandido será 100% independente dos eventos do cinema.

Para os jedis que estão neste momento com seus uniformes e que já assistiram o filme na cabine umas três vezes — e vai hoje na estreia global — e para aqueles que se interessaram recentemente com o universo Star Wars, vamos juntos relembrar sete jogos que marcaram época em um lugar muito, muito distante…

Star Wars: Shadows of the Empire (1996 – N64, Windows 95)

Pelo menos para mim, quando se fala de game Star Wars, o primeiro título que vem à mente é o clássico lançado para Nintendo 64 em 1996, bem no lançamento do console. A aventura inédita, que consiste em guiar Dash Rendar, com apoio de Luke Skywalker, em mais um resgate da Princesa Leia, apesar de arcaico, mesmo para os padrões do N64 — pela razão óbvia de ser jogo de lançamento — divertiu muito, especialmente pela possibilidade de guiar um Snowspeeeder.

Star Wars: Episode I Racer (1999 – N64, PC e Dreamcast)

Um dos elementos de grande sucesso do Episódio I, lançado em 1999, eram as corridas de Anakin Skywalker. Intencionalmente ou não, o lance é que tais eventos geraram um game de corrida, aonde o jogador poderia correr a galáxia para correr com as naves bacanas do jogo, em um gameplay que não é uma “cópia” de Mario Kart, como era costume na época.

Star Wars: Rebel Assault I e II (1993 – PC, Sega CD e PSOne)

Não adianta: o que o jogador de Star Wars sempre gostou foi de guiar as naves do jogo. E em Rebel Assault você pode fazer isso várias vezes, além de fazer outra coisa admirada pelos gamers fãs da série, disparar laser pra todo lado. Na época em que games com imagens reais digitalizadas eram “sucesso”, o jogo que hoje é tosco e com controle horrível divertiu e rendeu até continuação. Vale para relembrar os bons tempos dos “jogos-filme”, mas se ficar bravo de perder demais devido ao controle, não nos xingue!

Star Wars: Dark Forces (1995 – PC e PSOne)

O “Doom” de Star Wars. Seguindo a moda dos jogos de tiro para PC, como o próprio Doom, Quake, Wolfeinstein 3D e Duke Nukem 3D, a Guerra nas Estrelas também tem seu shooter old school, e bem divertido por sinal. Kyle Katarn é o protagonista, com a missão de atrapalhar o Império pelas fases do jogo. Na prática, é Doom mesmo, mas com Stormtroopers no lugar de monstros e armas laser no lugar da shotgun.

Star Wars: Masters of Teräs Käsi (1998 – PSOne)

Este entra via cota, pois é ruim até dizer chega. Vale mencionar por ser uma tentativa de introduzir a série nos jogos de luta, incluindo uma arte marcial especial do universo, a Teräs Käsi. Só que nem esta arte exclusiva salva o jogo de ser genérico até dizer chega, com história nada a ver e controles péssimos, em uma época aonde Tekken chutava bundas sem parar.

Star Wars: Knights of the Old Republic (2003 – Xbox, PC)

Se todos queriam ter um Xbox em 2003, era por causa deste game. Exclusivo para o primeiro console da Microsoft, o game te leva para 4 mil anos antes dos eventos do cinema, apresentando melhor os Sith e a Velha República. Conquistou o público por ser um RPG consistente e apresentar um enredo dos mais bem feitos, indo além do tema “pegue uma nave e atire no que se mexer”.

Star Wars: Rogue Squadron (1998 – Nintendo 64)

Me atrevo a dizer que o Nintendo 64 é o lar dos melhores jogos da série, pois além do já mencionado Shadows of the Empire, o Rogue Squadron, que gerou uma série no console, também é um dos games necessários do 64-bit da Nintendo. Com missões bem feitas e visual bonito para o padrão da época, é daqueles títulos que ficam velhos mas divertem muito até hoje.

E o resto, tio? Cadê?

Trouxemos sete games da série para relembrar alguns títulos, não é um top 7 nem um “melhores” da série. Por isso, esta matéria pode continuar com você, nos comentários. Tem um game que não foi mencionado aqui? Pois fale dele e a razão de gostar de jogá-lo, ou nos conte mais sobre os games citados. E que a força esteja com você. =D

2 Respostas para “Lembre (e jogue) sete jogos épicos de Star Wars para comemorar a estreia de O Despertar da Força”

  • 17 de dezembro de 2015 às 17:31 -

    leandro leon belmont alves

  • faltou falar de Battle for Naboo e o Force Unleashed 1…o 2 é meh!

  • 26 de dezembro de 2015 às 18:31 -

    Schmidt

  • Nunca fui muito fã de star wars mas os games de N64 eram muito divertidos, saldade de games assim!

Deixar um comentário (ver regras)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *