Melhores do Ano Arkade 2018: Celeste

29 de dezembro de 2018
Autor: Renan do Prado

Melhores do Ano Arkade 2018: Celeste

Um dos mais cativantes games lançados este ano tem um pouco do Brasil em sua alma! Celeste é um game criado pelos canadenses Matt Thorson e Noel Berry, que contou com a ajuda da galera do estúdio brasileiro MiniBoss, Amora Bettany, Pedro Medeiros, juntos de Gabby DaRienzo e com Lena Raine na composição de sua belíssima trilha sonora. E foi um dos grandes destaques deste ano!

Melhores do Ano Arkade 2018: Celeste

Celeste é um game que conta a história de Madeline, uma garota que decide escalar a Montanha Celeste para vencer suas próprias fraquezas mentais e físicas. O game conta uma belíssima aventura de superação, muito desafio e que trata de forma bela a discussão sobre saúde mental, algo que se torna mais e mais importante a cada dia.

Celeste tem um belíssimo visual pixelado, além de uma trilha sonora simplesmente maravilhosa. O game é um platformer cheio de armadilhas, bem ao estilo Super Meat Boy — mas com um nível de desafio altamente customizável –, entregando ao jogador a difícil missão de atravessar cada tela cheia de armadilhas usando toda a sua habilidade e perícia.

Melhores do Ano Arkade 2018: Celeste

Sua simplicidade e beleza, além de seu divertido e alto desafio atraiu a atenção de todo o mundo, o que fez com o que o game inclusive vencesse duas categorias na The Game Awards de 2018Celeste foi premiado com o Melhor Indie de 2018 e ganhou o prêmio da categoria Games for Change, que premia games com temáticas sociais, que buscam de alguma forma trazer alguma mudança ao mundo.

Celeste é um game realmente cativante e viciante: cada tela apresenta um desafio mais alto que a anterior, mas apesar disso o game nunca se torna injusto. E se os jogadores estiverem achando as telas “comuns” fáceis demais, ainda há o modo B-Sides, que adiciona novos levels com dificuldade realmente masoquista! Por tudo isso e muito mais, Celeste merecidamente ganha seu lugar em nossa lista dos Melhores Games de 2018!

Deixar um comentário (ver regras)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *