Melhores do Ano Arkade 2018: Starlink – Battle for Atlas

28 de dezembro de 2018
Autor: Rodrigo Pscheidt

Melhores do Ano Arkade 2018: Starlink - Battle for Atlas

Entre o anúncio de Starlink na E3 e seu lançamento, mal se passaram 4 meses. É pouco tempo para alimentar o hype, mesmo para um jogo que tira ninguém menos que Star Fox e sua turma da aposentadoria. Eu mesmo estava bem por fora do jogo… aí chegou meu código de review, e eu não consegui mais parar de jogá-lo!

Starlink: Battle for Atlas é uma nova IP da Ubisoft, que mistura conceitos de No Man’s Sky, Destiny e (claro) Star Fox para nos apresentar a um grupo de exploradores espaciais que estava de passagem pelo sistema solar Atlas quando é surpreendida e subjugada pelo vilão Grax e sua Legião.

Nosso objetivo logo torna-se não apenas sair dali com vida, mas pacificar o sistema solar Atlas, livrando-o da presença maligna da Legião. Para isso, vamos utilizar o sistema Starlink, tecnologia que nos permite trocar peças de espaçonaves “on the fly” para que possamos enfrentar qualquer perigo.

Melhores do Ano Arkade 2018: Starlink - Battle for Atlas

Starlink é mais um daqueles jogos com recurso toys to life — brinquedos reais que são transportados para o mundo digital do game –, mas isso nem é o mais interessante: mesmo jogando a versão digital (sem os brinquedos intercambiáveis) eu me diverti muito com o jogo, e seu mix de combate elemental/estratégico com exploração, ainda que seja um tanto formulaico, rende boas horas de jogatina.

Quem optar pela versão Nintendo Switch do jogo ainda tem um plus de luxo: a presença da tropa Star Fox, que irá auxiliar a tripulação da Equinox em suas missões. No Nintendo Switch, Fox é um personagem jogável, que traz de brinde seus amigos PeppyFalcon e Slippy, sua nave clássica e um bom punhado de missões exclusivas envolvendo seu arqui-inimigo Wolf O’Donnell.

Melhores do Ano Arkade 2018: Starlink - Battle for Atlas

Jogos de exploração espacial não são mais tão comuns hoje em dia, e a própria série Star Fox anda meio apagada. Isso sem dúvida ajuda a deixar Starlink: Battle for Atlas ainda mais interessante, mas o fato é que ele é um jogo muito competente, que pode ser o pontapé inicial para uma nova e incrível franquia. Sem dúvida mereceu um lugarzinho em nossa lista de Melhores do Ano.

Leia aqui nossa análise completa de Starlink: Battle for Atlas e — se aceita um conselho — opte pela versão digital do jogo. E, se puder se dar ao luxo de escolher em qual plataforma jogar, a versão Switch é a mais indicada por trazer ótimos conteúdos exclusivos.

Deixar um comentário (ver regras)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *