Melhores do Ano Arkade 2018: Wandersong

30 de dezembro de 2018
Autor: Rodrigo Pscheidt

Melhores do Ano Arkade 2018: Wandersong

Quando a criatividade parece faltar no mundo dos games, eis que algum indie game aparece para provar que ainda há espaço para boas ideias: Wandersong é a carismática jornada de um bardo que vai ser herói, e usará sua voz e sua música para isso!

O bardo, figura comum em jogos com temática de fantasia medieval, nunca é o protagonista. Ele consegue ser no máximo o alívio cômico, e nunca está lá para salvar o dia. Wandersong quebra este paradigma, e coloca um otimista bardo para recuperar fragmentos de uma antiga canção que pode ser a salvação do mundo.

Melhores do Ano Arkade 2018: Wandersong

Com um visual cartunesco simples, mas colorido e cheio de estilo, Wandersong nos carrega por uma jornada repleta de personagens carismáticos e lugares exóticos. Vamos nos aliar à bruxas e piratas viciados em café, encontrar sereias e monstros mitológicos, exorcizar fantasmas… ou simplesmente ajudar alguém a lidar com a perda de um ente querido. Há espaço para pequenas e grandes aventuras aqui.

Wandersong é um jogo muito “good vibe”: porrada nunca é a solução aqui, e tudo é resolvido na base da música. Não por acaso, nosso protagonista sequer consegue empunhar uma espada, mas sua bela voz vai ajudá-lo a solucionar puzzles e resolver inúmeros problemas que só mesmo um intrépido bardo aventureiro é capaz.

Considerando que a violência é praticamente regra no mundo dos games, é prazeroso vermos um jogo que vai na contramão — e faz isso sem ser um walking simulator! Wandersong é um jogo do bem, que cativa a gente com seu humor bobinho, seu carisma e, claro, sua música. Tal qual a figura do bardo que torna-se herói, o jogo em si foge do clichê, brindando-nos com uma aventura onde tudo pode ser resolvido de forma pacífica.

Melhores do Ano Arkade 2018: Wandersong

Por tudo isso, Wandersong merece um lugarzinho especial em nossa lista de Melhores do Ano. É um joguinho extremamente simpático, que de maneira alegre e bem humorada, passa algumas mensagens bem poderosas de amizade e superação, e faz isso sempre mantendo um sorriso no rosto da gente.

Leia nossa análise completa de Wandersong e, se puder, dê uma chance para esta pequena pérola indie. Te garanto que ele vai te fazer sorrir e deixar seu coração mais leve.

Deixar um comentário (ver regras)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *