Metroid completa 25 anos! Relembre o melhor da série!

8 de agosto de 2011
Autor: Rodrigo Pscheidt

Metroid completa 25 anos! Relembre o melhor da série!

No último final de semana – mais precisamente no sábado, dia 6 de agosto – completaram-se 25 anos do lançamento do primeiro game da série Metroid. Iniciada em 1986 para o Nintendinho, a franquia já passou por quase todas as plataformas da Nintendo. Relembre na sequência alguns dos grandes momentos de Metroid!

Com mais de 10 jogos lançados, a temática da série Metroid evoluiu, mas manteve sua essência: você controla a caçadora de recompensas Samus Aran em uma eterna batalha contra os Space Pirates, malfeitores que utilizam Metroids – organismos alienígenas que parecem águas-vivas gigantes – modificados geneticamente para espalhar o caos pela galáxia. Ação, plataforma  e a busca por upgrades (com essenciais backtrackings) são algumas das marcas registradas da franquia.

Com o passar o do tempo, a série se dividiu em dois subgêneros: a série principal que é composta basicamente por jogos de ação e plataforma, e a série Prime, que leva a mitologia do game para o gênero FPS.

A cronologia da série é um pouco confusa, com games recentes que remontam fatos antigos e servem de ligação entre os clássicos da série. A lista a seguir foi organizada de acordo com a data de lançamento dos games, e não com a ordem cronológica da franquia.

Metroid (1986)

O game foi um marco na história dos games por dois motivos: além de ser o primeiro game da série, foi um dos primeiros games onde o personagem principal era uma mulher! E o mais legal é que você só descobria isso no final do game, pois durante toda a aventura o traje espacial de Samus não dava nenhuma pista de quem estava lá dentro.

Metroid II: Return of Samus (1991)

Após alguns anos de ausência, Samus Aran volta à ativa em um game exclusivo para o GameBoy. Embora apresente um visual mais fraco por conta das limitações da plataforma, o game manteve a ação da série intacta e a jogabilidade viciante que se tornaria outro dos grandes pontos fortes da série.

Super Metroid (1994)

Samus Aran chega ao Super Nintendo em um game que se tornou rapidamente um clássico, visto que trouxe melhores gráficos, jogabilidade e trilha sonora para uma série que já contava com milhares de fãs. Novas armas e habilidades foram acrescentadas ao arsenal da personagem, que desta vez tinha que encarar inúmeros desafios em sua busca pelo líder dos Space Pirates, para recuperar uma larva Metroid.

Metroid Fusion (2002)

Após vários anos longe dos holofotes, Samus é novamente recrutada para uma missão no GameBoy Advance. O game é cronologicamente o último da série, e acompanha a protagonista em uma pesquisa por um laboratório espacial, onde ela descobre diversos fatos importantes sobre a vida dos Metroids, conhecimento fundamental para quem quer entender a história completa da saga.

Metroid Prime (2002)

Primeiro game tridimensional da série, Metroid Prime iniciou a sub-franquia que deixa o estilo plataforma side scroll de lado e se aventura pelo gênero FPS. Marcando o debute da série no GameCube, a série Prime teve algumas sequências e spin offs em plataformas variadas (para o Nintendo DS existe até um jogo de pinball!). Em 2009, a trilogia principal Metroid Prime foi lançada em uma coletânea para Nintendo Wii, com a jogabilidade totalmente adaptada ao Wiimote.

Metroid: Other M (2010)

Planejando dar um novo fôlego à série e resgatar o estilo de ação e plataforma dos primórdios da franquia, a Nintendo se juntou ao Team Ninja (famoso pela série Ninja Gaiden)  e à D-Rocket para fundar o Project M, time que cuidou do desenvolvimento do mais recente game da série. O resultado é um game que mistura elementos de plataforma e FPS com ação em terceira pessoa. A Samus tagarela acabou descaracterizando um pouco a personagem, mas ainda assim, os gráficos e a jogabilidade de Metroid: Other M brilham no Nintendo Wii.

Vale lembrar que além de protagonizar a série Metroid, Samus Aran ganhou fama pelo mundo e é constantemente vista em “carne e osso” graças ao trabalho de cosplayers. A heroína participou de outros games da Nintendo, como Super Smash Bros. Brawl. Ao lado de Super Mario Bros. e The Legend of Zelda, a série Metroid se destaca na biblioteca da Nintendo, e completa o trio de principais games próprios da empresa.

Embora não haja nenhum novo game da série Metroid em desenvolvimento, vamos torcer para que a Nintendo não deixe Samus engavetada por muito tempo, e que as novas plataformas da Nintendo – o 3Ds e o vindouro Wii U – recebam novos games desta franquia clássica. Parabéns, Samus Aran e Metroid, pelos 25 anos de sucesso!

 

25 Respostas para “Metroid completa 25 anos! Relembre o melhor da série!”

  • 8 de agosto de 2011 às 19:08 -

    HIGH SUMMONER

  • eu AMO metroid,é a melhor serie para min,o ultimo é meio estranho mais é bom do mesmo jeito.

  • 8 de agosto de 2011 às 20:09 -

    Danilo Boros

  • Muito legal o post pessoal! Mas apenas uma correção, o Super Metroid é de 1994 e não de 1992, e o Metroid Prime é de 2002 tambem, assim como o Fusion :D

    Abraços!

  • 8 de agosto de 2011 às 22:00 -

    Gustavo Matias

  • Bacana, parabéns!

    Eu postei no meu blog há um tempo atrás a história da série completa, EM ORDEM CRONOLÓGICA. Vale a pena conferir:

    http://prageek.blogspot.com/2010/11/historia-de-metroid.html

    • 9 de agosto de 2011 às 01:33 -

      joão

    • Show de bola tanto o post da arkade qnto do nosso amigo gustavo matias!

    • 9 de agosto de 2011 às 11:12 -

      Angelo Scabuzzi

    • Cara, parabéns pelo seu ótimo texto. É raro alguém que goste de games escrever tão bem assim. Adoro a série e sua matéria me ajudou muito no entendimento do enredo. Obrigado.

    • 9 de agosto de 2011 às 11:26 -

      Renan

    • Ótimo texto Gustavo!!!! Parabéns mesmo!!!!

  • 8 de agosto de 2011 às 23:45 -

    Renan

  • Sou muito fã de Metroid!!!!! Zerei todos da série principal com exceção do 1º original, pois zerei na versão Zero Mission. História e jogabilidades magníficas!!!!!!!!!

  • 8 de agosto de 2011 às 23:46 -

    Renan

  • Uma correção, o video que está no Fusion que vcs colocaram na verdade é do Zero Mission. no Fusion a Samus usa uma armadura azul.

  • 9 de agosto de 2011 às 07:52 -

    Jaime

  • faltou o zero mission

  • 9 de agosto de 2011 às 13:01 -

    rato amarelo corredor com uma taser

  • serio pra min a trilogia prime é sem comparaçoes é uma obra prima.

    • 9 de agosto de 2011 às 13:21 -

      rato amarelo corredor com uma taser

    • rimou

  • 9 de agosto de 2011 às 15:30 -

    KING OF KINGS

  • eu lembro de metroid só pelo smash bros muito bom jogar com ele

    • 10 de agosto de 2011 às 13:23 -

      Diogo Farias

    • Ela! xD
      Descobri a pouco tempo também, ja tinha jogando, mas nunca tinha terminado um jogo… Haha

      • 4 de fevereiro de 2012 às 22:24 -

        KING OF KINGS

      • pois é cara é mulher e bonita ainda hehehehe

      • 10 de março de 2012 às 18:20 -

        KING OF KINGS

      • eu tbm nao

  • 9 de agosto de 2011 às 16:37 -

    Fidelis

  • O Zero Mission é muito bom também, mesmo sendo remake do primeiro jogo, ele mesclou a jogabilidade do Super e do Fusion.
    Ótima matéria!

    • 22 de setembro de 2014 às 03:11 -

      NecopsX

    • E o Super Metroid é um remake do Zero Mission , então o Super Metroid é o remake do remake do primeiro jogo .. 

  • 16 de agosto de 2011 às 09:44 -

    mixirica

  • o metroid 3 na minha opinião ainda é imbativel!!!!!!!!!!

    • 4 de fevereiro de 2012 às 22:26 -

      KING OF KINGS

    • yes the best

  • 5 de fevereiro de 2012 às 00:19 -

    Bruno Cassio

  • fiquei boquiberto quando soube q era mulher me fez mudar minha cabeça

  • 4 de fevereiro de 2012 às 22:29 -

    KING OF KINGS

  • um dos melhores criados

  • 24 de abril de 2012 às 16:59 -

    Samuel Ambrosio

  • um dos melhores! ainda tenho o cartucho. mas para não destruir o material, uso emulador!

    • 8 de maio de 2012 às 20:12 -

      KING OF KINGS

    • como assim destruir? tu vai jogar pro alto

  • 25 de agosto de 2012 às 15:01 -

    Saulo Augusto Duarte

  • Meu favorito de todos é o Super Metroid. Samus adquire novas habilidades que até então eram inexistentes nos dois primeiros games da franquia: Speed Booster, Spazer, Super Missile, Power Bomb, Grappling Beam, X-Ray Scope, Reserve Tanks, Charge Beam e Gravity Suit. O objetivo do game é terminar todas as áreas com um tempo inferior a 03:00:00 para garantir o melhor final.

  • 14 de janeiro de 2014 às 14:06 -

    igor

  • Super Metroid e o melhor jogo da historia , e muito d+ e a Samus é muuuuuuuuuuuuuito GATA , meu irmão ! :D . metroid e o melhor jogo das galaxias !

Deixar um comentário (ver regras)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *