Modder criou uma placa mãe para o Netuno, aquele console cancelado da SEGA

5 de fevereiro de 2024
Modder criou uma placa mãe para o Netuno, aquele console cancelado da SEGA

Lembra daquele mod personalizado do Sega Netuno? Recentemente, foi falado sobre a modificação que trouxe vida para este console cancelado, onde os fãs pegavam peças do Mega Drive e 32X para criar um sistema all-in-one que, infelizmente, nunca chegou a ser lançado no passado.

Agora, o modder de tecnologia retrô Cosam trouxe o console mais próximo ainda da vida ao desenvolver uma placa-mãe para o Netuno totalmente personalizada, eliminando a necessidade de sacrificar a placa-mãe de um Mega Drive.

Cosam confirmou que sua placa se encaixa perfeitamente no shell personalizado da Sega Netuno criado por @dvizix. Embora ainda não tenhamos atingido o estágio em que o sistema é construído inteiramente com peças novas — os chips essenciais ainda são retirados dos consoles da SEGA doados — este avanço representa um passo emocionante na evolução desse projeto.

O Netuno, um sistema cancelado da SEGA que combinaria Mega Drive e Sega 32X, nunca chegou às prateleiras, mas continua a intrigar os fãs. Mas no ano passado, o modder DVIZIX criou uma carcaça impressa em 3D para o Netuno, utilizada pelo canal Macho Nacho Productions em conjunto com outros mods para criar uma representação próxima do console imaginado.

Embora ainda haja ajustes a serem feitos, como um botão liga/desliga problemático, o custo total para produzir todas as peças do mod ultrapassou os US$ 300, excluindo as peças dos sistemas reais da SEGA necessárias para o projeto.

O Datafrog SF2000 é a opção mais simples, porém a mais barata, para quem quer jogar os clássicos, como games de Mega Drive e Super Nintendo. Você encontra o portátil por cerca de R$ 80 no AliExpress.

Uma resposta para “Modder criou uma placa mãe para o Netuno, aquele console cancelado da SEGA”

  • 5 de fevereiro de 2024 às 22:34 -

    Helinux

  • Show de bola!!!! bons tempos do 32X, Valeu!!!!

Deixar um comentário (ver regras)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *